Archive for the ‘noticias’ Category

Após apreensão, carnes impróprias para o consumo são levadas para o aterro sanitário do município

sexta-feira, setembro 19th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) por meio da Vigilância Sanitária do município (Visa Manaus) inutilizou nesta quinta-feira (18/09) mais de 600 quilos de carnes. O produto estava sendo transportado pelo veículo de placa JXJ-5551, conduzido pelo motorista, Heitor Filho da Costa, detido por policiais rodoviários federais por volta das 11h no Km 43 da BR 174 (Manaus/Boa Vista). “As carnes estavam sendo transportadas sem refrigeração ou congelamento, o que colocava em risco a saúde da população”, disse o fiscal-veterinário, Fabrício Barros, da Visa Manaus.

Segundo o motorista Heitor Costa, os produtos haviam sido adquiridos no comércio da cidade de Manaus e, seguiria para a capital Boa Vista, no Estado de Roraima. A apreensão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal – PRF no final da manhã. No início da tarde, os fiscais veterinários Fabrício Barros e Ricardo Celestino foram designados pelo órgão de vigilância sanitária e se dirigiram até o local.

Ao constatarem a falta de higiene e a ausência de refrigeração no caminhão-baú onde os cortes de carnes estavam sendo transportados, os fiscais lavraram os autos de infração, apreensão e inutilização dos produtos, encaminhando-os ao Aterro Sanitário de Manaus. “As carnes deverão servir para produção de ração”, observou o fiscal-veterinário, Ricardo Celestino, da Visa Manaus.

Especificação dos produtos apreendidos:

  • 500 kg de carne bovina;
  • 126 kg de frango;
  • 20 kg de linguiça;
  • 20 kg de fígado.

O que diz o Código Sanitário de Manaus (Lei 392/97 e Decreto 3.910/97):

Capítulo VII – Apreensão e inutilização de Alimentos 

Art. 294 – Os alimentos manifestamente deteriorados e os alterados de tal forma que a alteração justifique considerá-los, de pronto, impróprios para o consumo, serão apreendidos e inutilizados pela autoridade sanitária, sem prejuízo das demais penalidades cabíveis.

§ 1º – A autoridade sanitária lavrará o Auto de Infração seguido do Auto de Apreensão e Inutilização, especificando a natureza, marca, quantidade e qualidade do produto, devendo ser assinados pela autoridade e pelo infrator ou, na recusa deste, por duas testemunhas.

§ 2º – Quando, a critério da autoridade sanitária, o produto for passível de utilização para fins industriais ou agropecuários, sem prejuízo para a saúde pública, poderá ser transportado, por conta e risco do infrator, para local designado, acompanhado por autoridade sanitária, que verificará sua destinação, até o momento de não mais ser possível expô-lo ao consumo humano.

SEMSA/VISA MANAUS

Wilson Reis

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Experiências de sucesso na área da saúde serão premiadas nesta sexta-feira

sexta-feira, setembro 19th, 2014

expsucessemsa2

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e o Conselho Regional de Farmácia do Estado do Amazonas (CRF-AM) entregarão os certificados e prêmios da 1ª Mostra Assistência Farmacêutica e da 1ª Mostra Apoio e Diagnóstico, nesta sexta-feira, 19, às 19h, no Salão Solimões, anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro, no Centro. As mostras reuniram 16 trabalhos de experiências bem-sucedidas executadas pelos profissionais de saúde da rede municipal.

Durante o mês de agosto, os trabalhos puderam ser inscritos na sede da Semsa. Os profissionais da saúde desenvolveram projetos em unidades das zonas urbana e rural, incluindo a área fluvial. Durante toda esta quinta-feira, 18, os 16 trabalhos foram apresentados no auditório da sede da secretaria para a subsecretária de Gestão da Saúde, Lubélia Sá Freire. “Nós estamos satisfeitos com os resultados. Todos os trabalhos têm qualidade e o melhor é que parte deles está sendo aplicado nas nossas unidades de saúde”, disse a subsecretária.

Os trabalhos foram avaliados pelos profissionais indicados pelo Conselho Regional de Farmácia. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, o evento visa incentivar a produção técnico-científica voltada ao acesso e promoção do uso racional de medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e ao acesso, promoção e utilização dos serviços laboratoriais.

“A mostra é uma forma de premiar e reconhecer o mérito das atividades desenvolvidas por profissionais farmacêuticos e bioquímicos de forma inovadora nos serviços de saúde e que estão impactando diretamente e positivamente na oferta dos serviços de saúde para a população de Manaus”, destaca Homero de Miranda Leão.

Categorias

A Mostra de Assistência Farmacêutica incluiu trabalhos em cinco categorias: Rede de Atenção à Saúde – RAS e a Assistência Farmacêutica – AF; Organização no município; Interação com o NASF / Atenção Básica; Uso racional de medicamentos; e Humanização do atendimento.

A Mostra de Apoio e Diagnóstico tem as seguintes categorias: Bacteriologia Clínica; Bioestatística e Bioinformática; Bioquímica Clínica; Biossegurança e Saúde Ocupacional; Citologia Clínica; Diagnóstico Laboratorial Baseado em Evidência; Endocrinologia e Metabologia; Ensino das Análises Clínicas e Educação Continuada; Gestão e Legislação de Laboratórios Clínicos; Hematologia Clínica e Imunohematologia; Imunologia Clínica; Líquidos Biológicos e Urinálise;  Metodologia Científica e Bioética; Parasitologia Clínica; Qualidade e Acreditação de Laboratórios Clínicos; Saúde Pública e Vigilância em Saúde e Ambiental; Toxicologia Clínica e Doping; Virologia Clínica.

A coordenadora do evento, a farmacêutica Mie Muroya Guimarães, explica que foram escolhidas as principais categorias no que se refere aos serviços de farmácia e de apoio e diagnóstico. “A premiação da mostra vai observar critérios como a contribuição para a consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS (universalidade, integralidade, equidade e resolutividade); o grau de consonância dos trabalhos/experiências com as políticas nacionais, o impacto sobre as práticas de saúde, na gestão e/ou nos indicadores de saúde; a sustentabilidade e continuidade dos trabalhos para a melhoria do SUS e dos serviços de saúde e o potencial de inovação no serviço público”, destacou a farmacêutica.

Prêmio professor Sebastião Ferreira Marinho

Nesta sexta-feira, 19, serão entregues ainda as comendas aos vencedores do prêmio professor Sebastião Ferreira.  Organizado pelo CRF/AM, a outorga é concedida às pessoas da área da saúde que se destacaram em 2013 por seus relevantes serviços à classe farmacêutica e à sociedade. A premiação que já está em sua 5ª Edição faz parte da programação do Dia Internacional do Farmacêutico, comemorado no próximo dia 25 de setembro.

De acordo com a presidente do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Amazonas, Ednilza Guedes, o professor Sebastião Ferreira Marinho, que dá nome à premiação, se dedicou por 30 anos, em prol da profissão farmacêutica e a realização das duas premiações juntas é importante, principalmente, por valorizar as conquistas e transformações que os farmacêuticos deste Estado têm experimentado nos últimos anos. “Estamos vivendo um novo momento para os profissionais da área de farmácia, pois tivemos nosso reconhecimento ampliado e devidamente reconhecido com a publicação da Lei n.13.021/14, que dá status de estabelecimento de saúde às farmácias e drogarias e ganhamos em agosto uma das maiores fábricas de medicamentos sólidos da América Latina e uma das mais modernas do mundo, ampliando um novo horizonte aos farmacêuticos do Amazonas”, aponta Ednilza Guedes. O evento contará com a presença do presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter Jorge João.

 

Texto: Cláudia Barbosa e Agnaldo Oliveira Júnior/ Marcelo Guilherme (CRF)

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeitura convoca seis aprovados no concurso da Semsa de 2005

sexta-feira, setembro 19th, 2014

A Prefeitura de Manaus está convocando seis candidatos aprovados no concurso da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de 2005.  São cinco administradores, sendo um portador de necessidades especiais, e, ainda, um economista.

O concurso foi homologado por meio do Decreto de 08/08/2005, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), número 1298, de 09/08/2005, nomeados mediante o Decreto de 29/08/2014, publicado no DOM, Edição número 3483, de 29/08/2014, dentro da lista de cadastro reserva da Prefeitura de Manaus.

Os aprovados devem comparecer até o dia 7 de outubro, no Auditório Deodato de Miranda Leão, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, número 1.695, Adrianópolis, das 8h às 13h, para orientação quanto aos procedimentos pré-admissionais e checagem de pré-requisitos, em conformidade com o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Manaus.

Após a convocação, havendo necessidade, deverão ser chamados os candidatos aprovados no concurso realizado em 2012.

Abaixo, os nomes dos convocados pela Semsa:

Anderson Muniz de Oliveira

Stanley Raphael Ribeiro Gomes

Anderson Rodrigo Souza Peixoto

Daniel Reis Armond de Melo

Edilson Pinto Barbosa

Luiz Francisco Belém Costa

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Moradores do Terra Nova ganham a sétima unidade de saúde do bairro

sexta-feira, setembro 19th, 2014

ubstrnv2

O bairro Terra Nova, zona Norte, recebeu na quinta-feira, 18, sua sétima unidade de saúde. Localizada na comunidade Rio Piorini, a UBS N57 é também a 16ª inaugurada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto desde o início da gestão e vai atender a quase quatro mil moradores da área.

A nova UBS foi construída em um padrão de 130 metros quadrados, é equipada com um consultório médico e outro de enfermagem, dois gabinetes odontológicos, farmácia, salas de nebulização, curativo e imunização. O atendimento da unidade será disponibilizado por uma equipe de Saúde de Família, composta por um médico generalista, enfermeiro, técnico de enfermagem e sete agentes comunitários de saúde, além de cirurgião-dentista generalista e um atendente de consultório dentário.

Durante a inauguração da unidade, o prefeito Arthur Virgílio Neto destacou que para os próximos anos de administração estão previstas a construção de 15 novas UBSs, com três ou quatro equipes de Saúde da Família, duas Unidades de Saúde Fluviais, oito Academias da Saúde, a reforma de 43 unidades, sendo que 13 obras já foram licitadas, e a ampliação de outras 16 UBSs.

“Queremos oferecer saúde de qualidade e para isso precisamos de unidades com uma boa estrutura para atender bem a população. Por isso, estamos investindo tanto em construções, reformas e ampliações. Os módulos de saúde terão Academia da Saúde, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, ou seja, uma equipe completa para oferecer bons serviços à população”, assegurou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, disse que a nova UBS ofertará atendimento médico assistencial, em pequenas emergências e focará, principalmente, na prevenção e controle de doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial. “O sonho de ter uma Atenção Primária fortalecida está sendo concretizado. E valorizar a assistência terciária significa desafogar hospitais e prontos-socorros”, salientou.

Inspeção

Após a inauguração da UBS N57, o prefeito Arthur Virgílio Neto andou pelas ruas do loteamento para inspecionar o andamento das ações de pavimentação, drenagem profunda e meio-fio realizadas por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

“Incrível como tanto tempo depois desse loteamento se estabelecer,  nenhum governante conseguiu trazer o mínimo de infraestrutura pra esse lugar. O bairro não tinha nada e agora já começa a ter o necessário para que esses moradores tenham qualidade de vida. Já colocamos as tubulações e vamos usar um asfalto com a mesma qualidade que foi usado nas avenidas Djalma Batista, Constatino Nery e principais vias da cidade”, afirmou o prefeito, que se comprometeu em retornar ao loteamento nas próximas duas semanas para continuar acompanhando o andamento das obras.

Reportagem: Assessoria da Semsa / Leonardo Fierro

Fotos: Arlesson Sicsú

Prefeitura inaugura a 15ª Unidade Básica de Saúde

quinta-feira, setembro 18th, 2014

prefinaugubsam (2)

O bairro Armando Mendes, na zona Leste, recebeu da Prefeitura de Manaus mais uma Unidade Básica de Saúde da Estratégia Saúde da Família, na terça-feira, 16. O prefeito Arthur Virgílio Neto e o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, entregaram a UBS L 09, localizada na Rua Igarapé Beija-Flor, na Comunidade da Sharp. Esta é a 15ª unidade entregue nesta gestão. Juntas, elas já beneficiaram mais de 116 mil pessoas. Mais 14 serão inauguradas até o final do ano, sendo que a 16ª UBS será entregue nesta quinta-feira, 18, às 08h, no bairro Terra Nova.

“O meu compromisso é oferecer cobertura de atendimento primário de saúde a 70% da população de Manaus, porque os outros 30% não utilizam o Sistema Único de Saúde, o SUS, porque possuem plano particular de saúde. Estamos investindo em construções, reformas, ampliações e os módulos de saúde terão academia da saúde, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, ou seja, uma equipe completa para oferecer saúde de qualidade à população”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Homero de Miranda Leão Neto explicou que a nova unidade de saúde possui quatro mil moradores na área de abrangência, com atendimento médico assistencial, pequenas emergências e focando, principalmente, na prevenção e controle de doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial. “O sonho de ter uma atenção primária fortalecida está sendo concretizado e valorizar a assistência terciária significa desafogar hospitais e prontos-socorros”.

A nova UBS foi construída em um padrão de 130 metros quadrados, é equipada com um consultório médico e outro de enfermagem, dois gabinetes odontológicos, farmácia, salas de nebulização, curativo e imunização. O atendimento em saúde será disponibilizado por uma equipe de Saúde de Família, composta por um médico generalista, enfermeiro, técnico de enfermagem e sete agentes comunitários de saúde, além de cirurgião-dentista generalista e um atendente de consultório dentário.

Para os próximos anos da administração, estão previstas a construção de 15 novas Unidades Básicas de Saúde, com três ou quatro equipes de Saúde da Família,  duas Unidades de Saúde Fluviais, oito Academias da Saúde, a reforma de 43 Unidades de Saúde, sendo que 13 obras já foram licitadas, e ampliação de 16 UBSs.

Texto: Cláudia Barbosa

Fotos: Arlesson Sicsú/Semcom

Parceria entre Semed e Semsa beneficia 200 pessoas com carreta odontológica

quinta-feira, setembro 18th, 2014

carretodonto2

Na terça-feira, 16, a Unidade Móvel de Saúde Odontológica do Programa Saúde Manaus Itinerante, resultado da parceria das Secretarias Municipais de Educação (Semed) e Saúde (Semsa), completa uma semana de serviços de saúde, tendo atendido 200 pessoas.

Os serviços de saúde ocorrem até esta sexta-feira, 19, em tempo integral, em frente à Oca do Conhecimento Ambiental da Semed, localizada na Travessa B5, na Comunidade Cidade do Leste, bairro Grande Vitória, zona Leste.

A expectativa é atender um total de 450 pessoas até o final da programação da carreta odontológica da Semsa, entre os alunos da Oca do Conhecimento, pais e a comunidade em geral.

O secretário da Semed, Humberto Michiles, fez uma visita às dependências da Oca do Conhecimento e acompanhou de perto o trabalho realizado pela carreta na zona Leste da cidade.

“Essa carreta odontológica, que realiza um trabalho curativo, mas também preventivo com orientação, aplicação de flúor, entre outras coisas, é fundamental nos serviços realizados pelas duas secretarias e Prefeitura de Manaus”, comentou.

A coordenadora geral das Ocas do Conhecimento Ambiental, Gina Gama, ressaltou o trabalho realizado pela secretaria com os alunos e com a comunidade em geral, que residem nas proximidades da Oca, e destacou a importância da parceria entre as secretarias municipais.

“As pessoas daqui têm problema para se deslocar até os postos, porém, hoje estão aqui com uma carreta bem perto de suas casas, fazendo um atendimento muito útil nessa área odontológica”, salientou.

Aluna da Oca do Conhecimento, Dayane dos Santos Araújo, 13, moradora do bairro Grande Vitória, aproveitou os serviços para fazer limpeza e remoção de tártaros. Segundo a jovem, essa foi uma oportunidade que ela não poderia perder.

“Essa carreta faz um serviço excelente, porque ajuda as pessoas que precisam cuidar de seus dentes. Espero que continue e todos possam aproveitar o atendimento bem perto de casa”, finalizou.

A carreta odontológica atende as pessoas em serviços básicos, mas também conscientiza e informa a comunidade sobre como cuidar e tratar a saúde bucal.

Ocas do Conhecimento

As Ocas são espaços informais de educação construídos por infratores ambientais por determinação da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (Vemaqa), do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

Atualmente, há três Ocas do Conhecimento na capital: uma na comunidade Cidade do Leste, no bairro Grande Vitória, construída em 2005; outra no Nova Cidade, na zona Norte, construída em 2006; e a terceira está localizada na comunidade Bela Vista, no bairro Puraquequara, zona Leste, construída em 2013.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 8842-1188

Unidade Móvel de Saúde da Mulher chega ao Japiim II

terça-feira, setembro 16th, 2014

ubsmjii (2)

A unidade móvel de Saúde da Mulher do Programa Saúde Manaus Itinerante, da Prefeitura de Manaus, está atendendo desde esta segunda-feira, 16, no Abrigo O Coração do Pai, localizado na Rua D-14, nº 113, Japiim II. Os serviços no local serão oferecidos até este sábado, 20. As outras unidades continuam no Lírio do Vale, Osvaldo Frota e Puraquequara.

Até o dia 19 de setembro, os moradores do bairro Lírio do Vale serão atendidos também pela Unidade Móvel Saúde da Mulher, na Avenida Central, s/nº, próximo à quadra desportiva, e também terão as unidades móveis de Saúde Odontológica e Médico Laboratorial até o dia 12 de setembro.

“As unidades móveis têm uma longa programação para atender a todos os bairros de Manaus. Agora, estão no Japiim, atendendo as moradoras com vários exames, fortalecendo a saúde da mulher, com amplos serviços oferecidos, como mamografias e ultrassonografias, abdominal total, abdominal superior, transvaginal, pélvica, obstétrica, vias urinárias, tireóide e mama. Tudo para que a mulher fique protegida de várias doenças”, explicou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

As unidades móveis de Saúde Odontológica e Médico Laboratorial estão atendendo desde o dia 9 de setembro no bairro Osvaldo Frota, onde permanecerão até o dia 26 de setembro, na Rua 51, quadra 67, ao lado do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Argentina Barros. No bairro Puraquequara, as equipes estarão atendendo até o dia 3 de outubro, na Rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva.

Homero destacou que as Unidades Móveis de Saúde Odontológica e Médico-Laboratorial oferecem os serviços de odontologia ambulatorial e consultas médicas com clínico geral e pediatra, exames preventivos (papanicolau), posto de coleta de material para exames laboratoriais, posto de vacinação e farmácia.

Toda a programação das Unidades Móveis de Saúde pode ser acessada no site semsa.manaus.am.gov.br.

Localização das Unidades Móveis de Saúde

Unidade Móvel de Saúde da Mulher:

JAPIIM – ABRIGO O CORAÇÃO DO PAI (De 16/09 até 20/09)

Rua D-14, nº 113

LIRIO DO VALE – (Até 19.09)

Av. Central, s/n, próx. a quadra desportiva

OSVALDO FROTA (09.09 a 26.09.14)

Rua 51, qd 67, bairro Osvaldo frota, ao lado do Cmei Argentina Barros.

PURAQUEQUARA – (09.09 a 03.10.14)

Rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva, Puraquequara.

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE MÉDICO-LABORATORIAL:

OSVALDO FROTA – (09.09 A 26.09.14)

Rua 51, qd 67, bairro Osvaldo Frota, ao lado do Cmei Argentina Barros.

PURAQUEQUARA – (09.09 A 03.10.14)

Rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva, Puraquequara.

Foto: Rodemarques Abreu

LOCALIZAÇÃO DAS UNIDADES MÓVEIS DE SAÚDE

terça-feira, setembro 16th, 2014

Semsa organiza Mostra de Assistência Farmacêutica e de Apoio e Diagnóstico

sexta-feira, setembro 12th, 2014

ASSISTFARM (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está organizando a 1ª Mostra Assistência Farmacêutica e a 1ª Mostra Apoio e Diagnóstico, que irá reunir 16 trabalhos de experiências bem-sucedidas executadas pelos profissionais de saúde da rede municipal. A premiação das duas mostras vai acontecer no dia 18 de setembro, no auditório da Semsa, avenida Mário Ypiranga, Adrianópolis. No dia 19 de setembro, no Palácio Rio Negro, Centro, será a entrega dos certificados e dos prêmios.

Os trabalhos estão sendo avaliados pelos profissionais indicados pelo Conselho Regional de Farmácia. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero Miranda Leão, a intenção é incentivar a produção técnico-científica voltada ao acesso e promoção do uso racional de medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e ao acesso, promoção e utilização dos serviços laboratoriais.

“A mostra é uma forma de premiar e reconhecer o mérito das atividades desenvolvidas por profissionais farmacêuticos e farmacêuticos-bioquímicos de forma inovadora nos serviços de saúde e que estão impactando diretamente e de forma positiva na oferta dos serviços de saúde para a população de Manaus”, destaca Homero Miranda Leão.

A Mostra de Assistência Farmacêutica vai incluir trabalhos em cinco categorias: Rede de Atenção à Saúde – RAS e a Assistência Farmacêutica – AF; Organização no município; Interação com o NASF / Atenção Básica; Uso racional de medicamentos; e Humanização do atendimento.

Já a Mostra de Apoio e Diagnóstico, vai trabalhar com as seguintes categorias: Bacteriologia Clínica; Bioestatística e Bioinformática; Bioquímica Clínica; Biossegurança e Saúde Ocupacional; Citologia Clínica; Diagnóstico Laboratorial Baseado em Evidência; Endocrinologia e Metabologia; Ensino das Análises Clínicas e Educação Continuada; Gestão e Legislação de Laboratórios Clínicos; Hematologia Clínica e Imunohematologia; Imunologia Clínica; Líquidos Biológicos e Urinálise; Metodologia Científica e Bioética; Parasitologia Clínica; Qualidade e Acreditação de Laboratórios Clínicos; Saúde Pública e Vigilância em Saúde e Ambiental; Toxicologia Clínica e Doping; Virologia Clínica.

A coordenadora do evento, farmacêutica Mie Muroya Guimarães, explica que foram escolhidas as principais categorias no que se refere aos serviços de farmácia e de apoio e diagnóstico. “A premiação da mostra vai observar critérios como a contribuição para a consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS (universalidade, integralidade, equidade e resolutividade); o grau de consonância dos trabalhos/experiências com as políticas nacionais, o impacto sobre as práticas de saúde, na gestão e/ou nos indicadores de Saúde; a sustentabilidade e continuidade dos trabalhos para a melhoria do SUS e dos serviços de saúde e o potencial de inovação no serviço público”, destacou a farmacêutica.

A avaliação dos trabalhos será feita com o apoio do Conselho Regional de Farmácia. O público alvo são os profissionais da Semsa e mais informações podem ser obtidas no site da semsa.manaus.am.gov.br.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa realiza palestra com alunos do Ensino Médio do Sesc sobre meningite

quinta-feira, setembro 11th, 2014

reunimening2

Depois de tranquilizar pais, professores e alunos do Ensino Infantil da Escola do Serviço Social do Comércio (Sesc), relatando que todas as medidas preventivas foram tomadas para não haver riscos dos pequenos adquirirem meningite devido ao óbito do estudante de 6 anos pela doença, no último dia 5, profissionais do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) voltaram nesta quarta-feira (10) ao estabelecimento para conversar com pais e alunos do Ensino Médio. Médicos, enfermeiros e assistentes sociais ministraram palestra e tranquilizaram os estudantes, assegurando que todos os protocolos de prevenção da doença foram tomados.

A equipe também alertou sobre as formas de contágio, cuidados, principais sintomas e esclareceu também que não é verídica a informação de que outros alunos do Sesc estariam também com meningite, como está sendo veiculado em redes sociais na internet. “O caso foi isolado e tomamos todas as medidas para que houvesse o bloqueio da doença. Todos os alunos que conviviam diretamente com o menor, assim como os professores fizeram a quimioprofilaxia, para evitar que a doença fosse instalada”, afirmou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, Angélica Tavares.

A diretora da Unidade de Ensino Médico do Sesc, Luana Aguiar, disse que apesar de os alunos maiores não terem tido contato com o estudante de seis anos, eles ficaram com medo da doença ser contagiosa. “Essa palestra é importante, porque esclarece que não é dessa forma que se adquire meningite, e sim, no contato direto com a pessoa. Estamos tranquilizando os pais e estudantes para que possamos voltar às nossas atividades normais”, afirmou.

A aluna do 9º ano, Maria Everlany, de 14 anos, aproveitou a presença dos profissionais da Semsa e tirou todas as dúvidas. “Eu queria saber como se pegava, como transmitia e consegui tirar todas as minhas dúvidas e não estou mais preocupada, com medo de pegar a doença”, contou.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, disse que não há riscos de Manaus ter epidemia de meningite e que o número de casos está dentro do perfil epidemiológico. Segundo ele, Manaus teve redução de 71% de óbitos por meningite em 2014 em relação ao período de janeiro a agosto de 2013. No ano passado, a Semsa registrou 124 casos de meningite bacteriana e viral em Manaus no período de janeiro a agosto, dos quais 14 culminaram em óbitos. “Os números de 2014 apresentam uma redução de 42% de incidência da doença, ou seja, até agora foram registrados 71 casos com quatro mortes confirmadas. Graças ao trabalho de bloqueio logo que a doença é detectada, o número de casos está reduzindo”, afirmou.

Sobre a Meningite

Meningite é a inflamação das membranas que revestem o encéfalo e a medula espinhal, conhecidas coletivamente como meninges. A inflamação pode ser causada por infecções por vírusbactérias ou outros micro-organismos e, menos comumente, por certas drogas. A meningite pode pôr em risco a vida em função da proximidade da inflamação com órgãos nobres do sistema nervoso central e por isso essa condição é classificada como uma emergência médica.

Os sintomas mais comuns de meningite são forte dor de cabeça e rigidez de nuca associados à febre alta, confusão mental, alteração do nível de consciência,vômitos e a intolerância à luz (fotofobia) ou a sons altos (fonofobia). Algumas vezes, especialmente em crianças pequenas, somente sintomas inespecíficos podem estar presentes, como irritabilidade e sonolência. A presença de uma erupção cutânea pode indicar um caso particular de meningite; a causada por bactérias do tipo meningococos.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Unidades Móveis de Saúde atendem cinco bairros em diversas zonas da cidade

quarta-feira, setembro 10th, 2014

ubsatetnd (2)

As unidades móveis do Programa Saúde Manaus Itinerante, da Prefeitura de Manaus, estão atendendo em novas áreas da cidade: Novo Reino, Vale do Sinai, Lírio do Vale, Osvaldo Frota e Puraquequara.

Na Comunidade Novo Reino, no bairro Tancredo Neves, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) colocou à disposição da população uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher até o dia 12 de setembro, na avenida Batrum, s/nº, próximo à Escola Municipal Dr. Olavo das Neves.

No Vale do Sinai, na Cidade Nova, outra Unidade Móvel de Saúde da Mulher ficará também até o dia 12 de setembro, na rua Zero, s/nº, esquina com rua Duartina – ao lado da Escola Municipal de Educação Infantil João Braga.

Até o dia 19 de setembro, os moradores do bairro Lírio do Vale serão atendidos também pela Unidade Móvel Saúde da Mulher, na avenida Central, s/nº, próximo à quadra desportiva, e também terão as unidades móveis de Saúde Odontológica e Médico Laboratorial até o dia 12 de setembro.

“É uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto de levar as unidades móveis em todos os bairros da cidade, para que a população possa ser beneficiada pelos amplos serviços oferecidos. As unidades Móveis de Saúde da Mulher oferecem exames de mamografias e ultrassonografias, abdominal total, abdominal superior, transvaginal, pélvica, obstétrica, vias urinárias, tireoide e mama. Tudo para que a mulher fique protegida de várias doenças”, assegurou o secretário.

As unidades móveis de Saúde Odontológica e Médico Laboratorial estão atendendo desde esta terça-feira (9) no bairro Osvaldo Frota até o dia 26 de setembro, na rua 51, quadra 67, ao lado do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Argentina Barros. No bairro Puraquequara, as equipes estarão atendendo até o dia 3 de outubro, na rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva.

Homero destacou que as Unidades Móveis de Saúde Odontológica e Médico-Laboratorial oferecem os serviços de odontologia ambulatorial e consultas médicas com clínico geral e pediatra, exames preventivos (papanicolau), posto de coleta de material para exames laboratoriais, posto de vacinação e farmácia.

Toda a programação das Unidades Móveis de Saúde pode ser acessada por meio do site semsa.manaus.am.gov.br.

Localização das Unidades Móveis de Saúde:

Unidade Móvel de Saúde da Mulher:

Novo Reino – (Até 12.09.14)

Avenida Batrum, s/nº, próximo a Escola Municipal Dr. Olavo das Neves – Comunidade Novo Reino, Tancredo Neves.

Vale do Sinai – (Até o dia 12.09)

Rua Zero, s/nº, esquina com Rua Duartina, ao lado da Emef João Braga, Comunidade Vale do Sinai, bairro Cidade Nova.

Lírio do Vale – (Até 19.09)

Avenida Central, s/n, prox. a quadra desportiva

Osvaldo Frota – (09.09 a 26.09.14)

Rua 51, qd 67, bairro Osvaldo frota, ao lado do CMEI Argentina Barros.

Puraquequara – (09.09 a 03.10.14)

Rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva, Puraquequara.

 

Unidade Móvel de Saúde Médico-Laboratorial:

Osvaldo Frota – (09.09 A 26.09.14)

Rua 51, qd 67, bairro Osvaldo Frota, ao lado do CMEI Argentina Barros.

Puraquequara – (09.09 A 03.10.14)

Rua Princesa Diane, no pátio da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva, Puraquequara.

Lírio do Vale – (Até 12.09) – (Unidades móveis de Saúde Odontológica e Médico Laboratorial)

Avenida Central, s/n, prox. a quadra desportiva

 

Texto: Cláudia Barbosa

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa descarta surto de meningite em Manaus

terça-feira, setembro 9th, 2014

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, descartou nesta segunda-feira, 8, qualquer possibilidade de surto de meningite em Manaus, devido ao óbito na sexta-feira, 5, de um aluno de seis anos do Centro Educacional do Serviço Social do Comércio (Sesc), localizado no Campos Elíseos, zona Centro-Oeste. O secretário lembrou que Manaus teve redução de 71% no número de óbitos por meningite em 2014, comparado ao período de janeiro a agosto de 2013.

“Não existe epidemia. É apenas um caso isolado de meningite, que está dentro do nosso padrão epidemiológico, dentro do esperado”, assegurou Homero, acrescentando que em 2013 a Semsa registrou 124 casos de meningite bacteriana e viral em Manaus no período de janeiro a agosto, dos quais 14 evoluíram para óbito. Os números de 2014 apresentam uma redução de 42% de incidência da doença, ou seja, até agora foram registrados 71 casos com quatro mortes confirmadas.

Segundo o secretário, o caso do estudante configura clinicamente a meningite. A criança foi levada para o SPA da Redenção na quarta-feira, 4, e no dia seguinte foi removida para o Pronto Socorro da Compensa, na zona Oeste, onde foi a óbito.  “O Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológico da Semsa fez um bloqueio epidemiológico assim que tomamos conhecimento do caso. Infelizmente a criança teve uma septicemia causada pela meningite e não resistiu”, assegurou Homero.

O secretário disse que todas as pessoas que tiveram contato direto com o aluno receberam medicação das equipes do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (DVAE), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa),  para conter, caso haja contaminação, o avanço da doença. “Não há que se fazer alarde. Iniciamos a quimioprofilaxia e tomamos todas as medidas necessárias para que a escola prossiga com suas atividades normais, já que a meningite não se pega no ambiente e sim no contato direto com a pessoa infectada pelo vírus, bactéria ou fungo, que pode não desenvolver a doença, mas pode transmitir para alguém que está com a imunidade baixa”.

Sobre a Meningite

Meningite é a inflamação das membranas que revestem o encéfalo e a medula espinhal, conhecidas coletivamente como meninges. A inflamação pode ser causada por infecções por vírus, bactérias ou outros micro-organismos e, menos comumente, por certas drogas. A meningite pode pôr em risco a vida em função da proximidade da inflamação com órgãos nobres do sistema nervoso central e por isso essa condição é classificada como uma emergência médica.

Os sintomas mais comuns de meningite são forte dor de cabeça e rigidez de nuca associados à febre alta, confusão mental, alteração do nível de consciência, vômitos e a intolerância à luz (fotofobia) ou a sons altos (fonofobia). Algumas vezes, especialmente em crianças pequenas, somente sintomas inespecíficos podem estar presentes, como irritabilidade e sonolência. A presença de uma erupção cutânea pode indicar um caso particular de meningite; a causada por bactérias do tipo meningococos.

Uma punção lombar pode ser usada para diagnosticar ou excluir um quadro de meningite. O procedimento envolve a inserção de uma agulha no canal medular para extração de uma amostra de líquor, o líquido que envolve o encéfalo e a medula espinhal. O líquido coletado é, em seguida, examinado em um laboratório. O tratamento habitual para a meningite é a pronta administração de antibióticos e, por vezes, fármacos antivirais. Em algumas situações, corticóides podem ser usados para prevenir complicações da inflamação hiperativa. A meningite pode ter complicações sérias a longo prazo como epilepsia, hidrocefalia e déficit cognitivo, especialmente se não tratada rapidamente. Algumas formas de meningite, como aquelas associadas com meningococo, Haemophilus influenzae tipo B, pneumococo ou vírus da caxumba, podem ser prevenidas através da vacinação, em crianças deaté dois anos.

Reportagem: Cláudia Barbosa

Teste rápido de HIV será oferecido em todas as Unidades Básicas de Saúde

terça-feira, setembro 9th, 2014

tstrhiv2

Todas as unidades básicas de saúde da capital passarão a oferecer o teste rápido de HIV, sífilis e hepatite B e C. Na segunda-feira, 8, a Prefeitura de Manaus iniciou mais uma capacitação de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com encerramento nesta quinta-feira, 11.

Atualmente, o teste rápido já está implantado em 50 unidades de saúde, incluindo policlínicas. A nova capacitação em Aconselhamento e Testes Rápidos está acontecendo na Escola de Serviço Público Municipal (Espi), na avenida Professor Nilton Lins, Nº 3259, Bloco D – Parque das Laranjeiras, com duas turmas envolvendo 67 profissionais, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. São profissionais de nível médio e superior que atuam nos Distritos de Saúde Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural (técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, assistentes sociais, enfermeiros, bioquímicos e psicólogos) e representantes de organizações não governamentais.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que a Semsa pretende encerrar o ano de 2014 com o teste rápido implantado em todas as 63 UBSs e nas sete policlínicas da rede municipal de saúde. “A implantação do teste rápido em todas as UBSs é fundamental para que se possa ampliar o acesso da população a um serviço que permite, de forma rápida e eficiente, o diagnóstico precoce de HIV, hepatite e sífilis, garantindo que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível e, consequentemente, reduzindo os casos de transmissão da doença”, destaca Homero.

A chefe do Núcleo de Controle de Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids e Hepatites Virais da Semsa, Adriana Raquel de Souza, disse que a partir desta capacitação, a Prefeitura de Manaus também estará iniciando a implantação do teste rápido nas 71 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), as chamadas “Casonas de Saúde”, construídas em 130 metros quadrados.

“Profissionais de cinco UBSFs do Distrito de Saúde Norte já estarão sendo capacitados na próxima semana para que seja iniciada a implantação da oferta de teste rápido na Estratégia Saúde da Família. Esse trabalho terá continuidade em 2015 para a ampliação da oferta do teste rápido na Atenção Primária em Saúde”, alerta Adriana Souza.

A capacitação aborda temas como Rede Cegonha, Co-infecção Tuberculose/HIV, Epidemiologia da Infecção pelo HIV/Aids, Sífilis e Hepatites Virais, Normas Técnicas dos Testes Rápidos, Diretrizes para o Aconselhamento, apresentação dos kits de testes rápidos, interpretação dos resultados, marcadores sorológicos, Biossegurança e Dinâmicas sobre Aconselhamento.

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Especialistas em Saúde Mental discutem o tema em congresso realizado em Manaus

segunda-feira, setembro 8th, 2014

saudemental (2)

Manaus sediou até domingo, 7, o IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental. O evento ocorreu na Universidade Nilton Lins, localizada na avenida Professor Nilton Lins, 60, Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul. Realizado pela primeira vez em Manaus, o congresso foi aberto, na noite da quinta-feira, 4, pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e pelo secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

Quatro  mil especialistas da área, de todo o Brasil, participaram do congresso, que este ano abordou o tema “Navegando pelos rios da Saúde Mental da Amazônia: Diversidades culturais, saberes e fazeres do Brasil”.

Além dos profissionais de Saúde Mental, houve também representantes da comunidade científica, trabalhadores, gestores, usuários do Sistema Único de Saúde e representantes de movimentos sociais. “O IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental teve o objetivo de ser mais do que um encontro científico e buscou reunir militantes sociais que podem contribuir com a troca de saberes e fazeres científicos e populares em torno da saúde mental e atenção psicossocial, ampliando os aspectos intersetoriais e transdisciplinares”, explica a gerente da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Efthimia Simões Haidos.

A Semsa contou com a participação de 90 profissionais da Rede de Atenção Psicossocial participando do Congresso, representando as policlínicas, os Distritos de Saúde, o Centro de Atenção Psicossocial – Sul (CAPS – Sul), o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPS – I) e o Serviço de Atenção Psicossocial, direcionado para adultos com problemas decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas.

A Rede de Atenção Psicossocial é composta por serviços desenvolvidos pelo Município e pelo Estado, onde são realizados atendimentos médicos, socioassistenciais, psicológicos, terapêuticos, entre outros.

“É um grande prazer voltar a Manaus para participar da abertura de um evento tão importante”, destacou o ministro da Saúde. “Nós temos o compromisso da colaboração com as ações do Governo Federal, bem como o compromisso de atuarmos com nossas próprias ações no município de Manaus para a melhoria dos atendimentos aos pacientes com distúrbios mentais. Estamos prestes a inaugurar dois novos CAPS na cidade”, disse o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

A programação completa do IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental, realizado em Manaus, pode ser acessada no site do evento: http://www.congresso2014.abrasme.org.br.

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeitura vai finalizar trabalho de implantação do teste rápido para HIV em 100% das UBSs

segunda-feira, setembro 8th, 2014

A Prefeitura de Manaus vai promover, de 8 a 11 de setembro, uma nova capacitação de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para finalizar o trabalho de implantação do teste rápido para HIV, sífilis e hepatites (B e C) em 100% das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da rede municipal. Atualmente, o teste rápido já está implantado em 50 unidades, incluindo policlínicas.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que a prefeitura pretende encerrar o ano de 2014 com o teste rápido implantado em todas as 63 UBSs e nas sete policlínicas da rede municipal de saúde. “A implantação do teste rápido em todas as UBSs é fundamental para que se possa ampliar o acesso da população a um serviço que permite, de forma rápida e eficiente, o diagnóstico precoce de HIV, hepatite e sífilis, garantindo que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível e, consequentemente, reduzindo os casos de transmissão da doença”, destaca Homero.

A nova capacitação em Aconselhamento e Testes Rápidos vai acontecer na Escola de Serviço Público Municipal (Espi), na avenida Professor Nilton Lins, Bloco D – Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul, com duas turmas envolvendo 67 profissionais, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. São profissionais de nível médio e superior que atuam nos Distritos de Saúde Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural (técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, assistentes sociais, enfermeiros, bioquímicos e psicólogos) e representantes de organizações não governamentais.

A chefe do Núcleo de Controle de Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids e Hepatites Virais da Semsa, Adriana Raquel de Souza, disse que a partir desta capacitação, a prefeitura também estará iniciando a implantação do teste rápido nas 71 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), as chamadas “Casonas de Saúde”, construídas em 130 metros quadrados.

“Profissionais de cinco UBSFs do Distrito de Saúde Norte já estarão sendo capacitados na próxima semana para que seja iniciada a implantação da oferta de teste rápido na Estratégia Saúde da Família. Esse trabalho terá continuidade em 2015 para a ampliação da oferta do teste rápido na Atenção Primária em Saúde”, alerta Adriana Souza.

A capacitação vai abordar temas como Rede Cegonha, Co-infecção Tuberculose/HIV, Epidemiologia da Infecção pelo HIV/Aids, Sífilis e Hepatites Virais, Normas Técnicas dos Testes Rápidos, Diretrizes para o Aconselhamento, apresentação dos kits de testes rápidos, interpretação dos resultados, marcadores sorológicos, Biossegurança e Dinâmicas sobre Aconselhamento.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Samu dá suporte à visita da imagem de Nossa Senhora de Nazaré

segunda-feira, setembro 8th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), mobilizou ambulâncias e profissionais de saúde durante a passagem da imagem de Nossa Senhora de Nazaré por Manaus, nos dias 5 e 6 de setembro.

A imagem da Santa chegou a Manaus ao meio-dia da sexta-feira, 5, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Durante o caminho até o município de Iranduba, duas ambulâncias, uma Unidade de Suporte Avançado (USA) e uma Unidade de Suporte Básico (UBS), acompanharam a imagem, em carreata, até o início da Ponte Rio Negro. A Santa passou por Iranduba e depois seguiu para o município de Careiro da Várzea.

No sábado, 6, a imagem retornou a Manaus em procissão fluvial pelos rios Solimões e Negro, com destino ao porto da capital. Durante a procissão, quatro ambulâncias estiveram de prontidão, duas Unidades de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA), no Porto de Manaus, no centro da cidade e uma Unidade de Suporte Básico (USB), no Porto da Ceasa, na zona Sul.

“Estivemos de prontidão para atender qualquer chamado envolvendo os fiéis que devem acompanhar a imagem, em terra e no rio”, afirma o gerente do Samu, Rui Abrahim.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeitura divulga plantão de serviços no feriado

quinta-feira, setembro 4th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informa que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu – 192) manterá plantão 24 horas para atender a população no feriado da Elevação do Amazonas à categoria de Província, nesta sexta-feira, 5 de setembro.

O plantão será mantido também com a Maternidade Moura Tapajóz, localizada na Avenida Brasil, na Compensa, mantendo integralmente suas atividades neste período.

Os demais estabelecimentos municipais de saúde, como as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Saúde Ambulatorial (USAs) e Policlínicas, que realizam o atendimento ambulatorial, suspenderão o funcionamento neste feriado. O atendimento será retomado normalmente na segunda-feira, 8.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeitura inicia pesquisa sobre vítimas de violência e acidentes

quinta-feira, setembro 4th, 2014

pesqvioac (2)

A Prefeitura de Manaus vai realizar, durante o mês de setembro, duas mil entrevistas para a aplicação da Pesquisa Nacional Viva Inquérito, que visa traçar o perfil epidemiológico das vítimas de violência e acidentes atendidas em serviços de saúde de urgência e emergência de Manaus.

A aplicação dos questionários da pesquisa, realizada por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), foi iniciada na segunda-feira, 1º, e será encerrada no dia 30 de setembro. O procedimento será feito em quatro estabelecimentos de saúde de Manaus: Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado (São José I); Hospital Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo (Jorge Teixeira); Hospital e Pronto Socorro da Criança – zona Leste (São José I); e Serviço de Pronto Atendimento Eliameme Rodrigues Mady – zona Norte (Galileia).

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explicou que os quatro hospitais foram selecionados seguindo critérios do Ministério da Saúde, instituição que organiza a pesquisa, levando em consideração a importância desses estabelecimentos na área de urgência e emergência em Manaus, principalmente através da consulta ao número de atendimentos de vítimas relacionadas às causas externas, ou seja, de pacientes vítimas de algum tipo de violência ou acidente.

A coordenadora local da pesquisa e chefe do Núcleo de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas da Semsa, Ana Carolina Leão, disse que durante os 30 dias da pesquisa, serão levantadas questões como os aspectos demográficos, tipos de violências e acidentes, circunstâncias, natureza das lesões e evolução do atendimento, bem como a elaboração de indicadores de monitoramento de violências e acidentes em Manaus.

A pesquisa vai analisar lesões e óbitos decorrentes de acidentes ocorridos no trânsito e também que envolvam envenenamento, afogamento, quedas, queimaduras, entre outros. Nos casos de violência, a pesquisa vai focar em situações de agressões, suicídios ou tentativas, abusos físicos, sexuais, psicológicos, negligências e outras.

“A prefeitura promoveu o treinamento de 93 profissionais de saúde que irão aplicar o questionário da pesquisa nos quatro hospitais selecionados”, informa Ana Carolina.

A pesquisa vai subsidiar o Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva), implantado em 2006 pelo Ministério da Saúde com a finalidade de coletar dados e gerar informações sobre violências e acidentes, subsidiando políticas em saúde pública que possam gerar ações de prevenção às violências e aos acidentes. A pesquisa, que começou com levantamento anual, agora é realizada a cada três anos.

A previsão do Ministério da Saúde é de que o resultado da pesquisa seja divulgado em janeiro ou fevereiro de 2015.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Fotos: Assessoria de comunicação

Manaus sedia IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental

quarta-feira, setembro 3rd, 2014

O município de Manaus vai sediar, de 4 a 7 de setembro, o IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental. O evento vai acontecer na Universidade Nilton Lins, localizada na avenida Professor Nilton Lins, 60, Parque das Laranjeiras, e será realizado de forma inédita na capital amazonense. São esperados mais de quatro mil participantes.

A gerente da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Efthimia Simões Haidos, informa que profissionais da área de Saúde Mental de todo o Brasil estarão em Manaus para participar do congresso, que este ano abordará o tema “Navegando pelos rios da Saúde Mental da Amazônia: Diversidades culturais, saberes e fazeres do Brasil”.

O Congresso vai reunir não apenas profissionais da área de Saúde Mental, mas também representantes da comunidade científica, trabalhadores, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), além de representantes de movimentos sociais. “O IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental tem o objetivo de ser mais do que um encontro científico e vai buscar reunir militantes sociais que possam contribuir com a troca de saberes e fazeres, científicos e populares em torno da saúde mental e atenção psicossocial, ampliando os aspectos intersetoriais e transdisciplinares”, explica Efthimia Haidos.

A Semsa contará com 90 profissionais da Rede de Atenção Psicossocial participando do Congresso, representando as policlínicas, os Distritos de Saúde, o Centro de Atenção Psicossocial – Sul (CAPS – Sul), o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPS – I) e o Serviço de Atenção Psicossocial, direcionado para adultos com problemas decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas.

Serviços

A Rede de Atenção Psicossocial é uma política definida pelo Ministério da Saúde e tem como foco a prevenção, o cuidado e a reabilitação para pessoas em sofrimento psíquico e/ou com transtornos decorrentes do uso de álcool e outras drogas. “É uma política que privilegia ações comunitárias, inclusão social, respeito aos direitos humanos e a atenção humanizada”, destaca Efthimia Haidos.

A Rede de Atenção Psicossocial é composta por serviços desenvolvidos pelo Município e pelo Estado, onde são realizados atendimentos médicos, sócio-assistenciais, psicológicos, terapêuticos, entre outros.

A programação do IV Congresso Brasileiro de Saúde Mental pode ser acessada no site do evento, no endereço: http://www.congresso2014.abrasme.org.br.

Prefeitura inicia nova etapa do esquema vacinal contra o HPV

terça-feira, setembro 2nd, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), iniciou nesta segunda-feira, 1º, a nova etapa  da Campanha de Vacinação contra o Câncer do Colo do Útero, de combate ao HPV. Até o dia 30 de setembro, a Semsa pretende concluir a campanha iniciada em 2013, com a vacina contra HPV Bivalente, administrando a segunda e a terceira dose para adolescentes que iniciaram a vacinação no ano passado. Para a vacina HPV Bivalente, a meta é imunizar 2.733 adolescentes com a segunda dose e 9.336 com a terceira dose.

A Semsa também estará administrando a segunda dose da vacina Quadrivalente contra o HPV que entrou, em março de 2014, no calendário Nacional de Vacinação. O público-alvo são meninas de 11 a 13 anos, nascidas entre 1º de janeiro de 2001 e 31 de dezembro de 2003, com meta de vacinar 16.532 meninas com a segunda dose da vacina HPV Quadrivalente.  A terceira dose deverá ser aplicada depois de cinco anos, em março de 2019.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que, assim como nas primeiras etapas das campanhas, a Semsa utilizará a estratégia de vacinação nas escolas. “A vacina não estará disponível nas Unidades de Saúde. As adolescentes serão vacinadas nas escolas e os pais devem ficar atentos para o cronograma de vacinação estabelecido para cada instituição de ensino, tanto das redes municipal e estadual, quanto da rede particular de ensino”.

A vacinação contra o HPV é uma das estratégias de combate ao câncer de colo de útero, que registra alta incidência e mortalidade na Região Norte, e é considerado um importante problema de saúde pública.  Embora tenha alta incidência, esse tipo de câncer apresenta forte potencial de prevenção e cura quando diagnosticado precocemente, o que pode ser feito por meio de consultas regulares ao ginecologista e a realização regular dos exames recomendados.

Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-280-8280 ou pelo e-mail imunização.semsa@pmm.am.gov.br.

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Equipe de Saúde Bucal da Semsa recebe prêmio em Florianópolis

segunda-feira, setembro 1st, 2014

eqsaudbuc (2)

A Prefeitura de Manaus recebeu, na quinta-feira (28), em Florianópolis (SC), o prêmio de terceiro lugar na 9ª edição do Prêmio Brasil Sorridente, organizado pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), pela política pública em Saúde Bucal executada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

O prêmio foi entregue para a gerente do Programa de Saúde Bucal da Semsa, Nara Santana, e a odontóloga Vitória Marinheiro. A premiação é concedida anualmente a municípios brasileiros que se destacaram na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, o prêmio é o reconhecimento às cidades que realizam trabalhos de destaque na área de saúde bucal, executando ações inovadoras, beneficiando a população. “O prêmio mostra que as ações em saúde bucal executadas pela Prefeitura de Manaus estão no caminho correto na busca pela melhoria e qualificação dos serviços de saúde oferecidos para a população”, ressalta Homero de Miranda Leão Neto.

Manaus ficou atrás apenas das capitais Vitória e Florianópolis. “O prêmio avalia uma série de questões, incluindo o processo de contratação de cirurgiões dentistas, as ações de vigilância e a eficácia da implementação da Política Nacional de Saúde Bucal no município indicado”, declarou a gerente de Saúde Bucal da Semsa, Nara Esquivel Santana.

Atualmente, a Semsa possui 300 cirurgiões dentistas e 143 Unidades de Saúde que oferecem serviços em Saúde Bucal.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa faz treinamento sobre aplicação do teste rápido da Tuberculose

segunda-feira, setembro 1st, 2014

testraptub (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou treinamento para a utilização da máquina adquirida para a realização do teste rápido da tuberculose em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF). Mais de 300 enfermeiros e médicos dos Distritos de Saúde Norte, Sul e Oeste participam do treinamento.

O teste automatizado dinamiza o diagnóstico da Tuberculose com a análise do escarro dos pacientes. Dentro do processo de atendimento da Secretaria Municipal de Saúde, os resultados dos exames saem em 24 horas. “Além da rapidez dos resultados, a análise também indica se o paciente que possui a doença é resistente a algum medicamento. Antes, o resultado da análise de resistência aos medicamentos durava até 40 dias”, enfatizou o secretário municipal de Saúde, Homero Miranda Leão.

A possibilidade de indicar o medicamento correto a ser utilizado aumenta as chances de cura mais rápida da doença, em tratamentos que duram até seis meses. Diagnóstico e indicação de tratamento também ajudam na prevenção da tuberculose.

Em 2013, Manaus teve 1850 pacientes diagnosticados com tuberculose. Em 2014, até o mês de junho, foram 930 casos. ”Nós temos a convicção de que com o teste rápido, teremos a chance de prevenir com mais rapidez o avanço da doença, e o resultado do uso da tecnologia vai refletir no número de casos que deve cair gradativamente”, declarou a chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, Luciane Almeida.

Transmissão

A tuberculose, transmitida pelo Mycobacterium tuberculosis, o bacilo de Koch, é a doença infectocontagiosa que mais ocasiona mortes no Brasil. Estima-se, ainda, que mais ou menos 30% da população mundial estejam infectados, embora nem todos venham a desenvolver a doença.

O bacilo de Koch é transmitido nas gotículas eliminadas pela respiração, por espirros e pela tosse. Para que a primo-infecção ocorra, é necessário que ele chegue aos alvéolos. Se não alcançar os pulmões, nada acontece.

A partir dos alvéolos, porém, pode invadir a corrente linfática e alcançar os gânglios (linfonodos), órgãos de defesa do organismo.

A doença evolui quando a pessoa não consegue bloquear o bacilo que se divide, rompe a célula em que está fagocitado e provoca uma reação inflamatória muito intensa em vários tecidos a sua volta. O pulmão reage a essa inflamação produzindo muco e surge tosse produtiva.

Como o bacilo destrói a estrutura alveolar, formam-se cavernas no tecido pulmonar e vasos sanguíneos podem romper-se. Por isso, na tuberculose pulmonar, é frequente a presença de tosse com eliminação de catarro, muco e sangue.  Além dos pulmões, a doença pode acometer órgãos como rins, ossos, meninges, etc.

Sintomas

Tosse por mais de duas semanas, produção de catarro, febre, sudorese, cansaço, dor no peito, falta de apetite e emagrecimento são os principais sintomas da tuberculose. Nos casos mais avançados, pode aparecer escarro com sangue. Pessoas com esses sintomas associados ou isoladamente devem procurar a unidade de Saúde mais próxima de casa, o mais rápido possível, pois o tratamento é gratuito e deve ser iniciado imediatamente.

Fotos: Assessoria de Comunicação

Prefeitura de Manaus inicia segunda fase da Campanha Nacional contra o HPV

domingo, agosto 31st, 2014

segfaselchpv (2)

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), inicia nesta segunda-feira (1º), a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra HPV, de iniciativa do Ministério da Saúde. A primeira etapa teve início no dia 10 de março deste ano. A Semsa também oportunizará a imunização contra o HPV às adolescentes que deixaram de tomar a segunda e terceira doses da vacinação iniciada pelo Governo do Estado e Prefeitura de Manaus em 2013.

O secretário municipal de Saúde, Homero Miranda Leão, ressaltou que a vacina oferecida pelo Ministério da Saúde protege contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, enquanto os subtipos 6 e 11 respondem por 90% das verrugas anogenitais. “A aplicação da segunda dose, seis meses após a primeira, é fundamental para garantir a imunização. Sem a segunda dose da vacina, não há proteção”, alertou.

Homero ressaltou que no ano passado, o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus iniciaram de forma pioneira no Brasil a vacinação contra o HPV no Amazonas. Na ocasião foi solicitada a autorização por escrito dos pais das meninas de 11, 12 e 13 anos. O Ministério da Saúde, seguindo o Estatuto da Criança e do Adolescente, determinou que não havia necessidade da autorização dos pais para que as meninas fossem vacinadas, como aconteceu na primeira dose da vacina quadrivalente do HPV.“Com a opção do Ministério da Saúde de não exigir a autorização para a primeira dose da campanha nacional, os pais tiveram que tomar a iniciativa de procurar as escolas para assinarem o termo de recusa caso não quisessem que a filha fosse vacinada. Para receber a segunda dose, basta apresentar o cartão de vacinação ou documento de identificação na escola”, explicou Homero.

Como o município de Manaus iniciou o esquema vacinal de 49.912 meninas de 11, 12 e 13 anos ainda em 2013, a campanha nacional iniciou a imunização apenas nas meninas que, no ano passado, não estavam dentro da faixa etária para a campanha promovida pela Prefeitura de Manaus e pelo Governo do Amazonas. A estratégia de vacinação é a mesma, com a disponibilização da vacina em 695 escolas (estaduais, municipais e particulares) que trabalham com meninas na faixa etária exigida.

As meninas que tomaram a primeira, segunda dose e terceira doses da vacina contra o HPV, na campanha municipal iniciada no ano passado, já completaram o esquema vacinal e não precisam mais tomar. Apenas as que deixaram de tomar a vacina e as que tomaram a primeira dose do Ministério da Saúde, em março deste ano é que ser”ao imunizadas nesta etapa.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde também exige a aplicação de três doses, sendo que a segunda dose acontece agora em setembro de 2014 e a terceira dose depois de cinco anos, em março de 2019. “O HPV é responsável por 96% dos casos de câncer de colo de útero, o tipo de câncer que mais mata no Amazonas, estado que registra cerca de 200 óbitos de mulheres por ano devido à doença. Isso mostra a importância da vacina na prevenção desse mal e de que os pais e adolescentes fiquem atentos para não perder nenhuma das doses da imunização”, ressaltou Homero Miranda Leão.

Em 2015, a vacina será oferecida para meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, para meninas de 9 anos. O ministério reforçou a importância do uso do preservativo como proteção contra as demais doenças sexualmente transmissíveis e da realização do exame preventivo, conhecido como Papanicolau, em mulheres a partir dos 25 anos.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Prefeitura premia alunos vencedores de concurso sobre a dengue e o tabagismo

sexta-feira, agosto 29th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realiza nesta sexta-feira, 29, a cerimônia de premiação dos alunos vencedores do IV Concurso sobre Dengue e do V Concurso sobre Tabagismo. A cerimônia acontecerá no auditório da sede da Prefeitura de Manaus, avenida Brasil, 2971, bairro Compensa 1, às 9h.

Os dois concursos foram lançados no dia 30 de maio pela Gerência de Promoção à Saúde da Semsa, direcionados para alunos das escolas estaduais e municipais de Manaus, abordando os temas “Acenda a luz do seu coração e apague o cigarro da sua mão!” e “Dez Minutos contra a Dengue”. A partir do lançamento, cada escola promoveu discussão junto aos alunos sobre os temas e a importância do trabalho de combate ao tabagismo e à dengue.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que o concurso é realizado anualmente como parte das ações de promoção à saúde e prevenção às doenças. “O objetivo principal é buscar a redução da morbimortalidade (adoecimento e morte) por uso de cigarro e fortalecer o trabalho de controle e prevenção à dengue junto à comunidade, uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto”.

Premiação

O IV Concurso sobre Dengue contou com a participação de 298 escolas e o V Concurso sobre Tabagismo teve a participação de 371 escolas. Serão premiados os três primeiros colocados nas categorias Desenho e Slogan, em cada um dos concursos. Os vencedores receberão troféus, medalhas e brindes.

A banca avaliadora dos trabalhos contou com a participação de membros da Fundação de Medicina Tropical (FMT/AM), do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (Fcecon)  e da Liga Amazonense Contra o Câncer (LACC).

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Alunos são premiados em concurso sobre a dengue e o tabagismo

sexta-feira, agosto 29th, 2014

alpremfeira2

Doze alunos de escolas públicas foram premiados, nesta sexta-feira, 29, na cerimônia de divulgação dos vencedores do IV Concurso sobre Dengue e do V Concurso sobre Tabagismo, lançados, no dia 30 de maio, pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A cerimônia foi no auditório da sede da Prefeitura de Manaus, na Avenida Brasil, Compensa 1.

O concurso premiou os três primeiros colocados nas categorias desenho e slogan, tanto em dengue, que teve 298 trabalhos inscritos, quanto em tabagismo, que recebeu a inscrição de 371 trabalhos.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que os dois concursos são realizados anualmente e representam uma ação de saúde pública que é imprescindível no combate às doenças, envolvendo crianças e adolescentes, e integrando saúde e educação. “Não é possível mudar nada sem educação e conscientizar os estudantes é essencial na obtenção de sucesso das ações de saúde pública. Cada criança, que é incentivada a pensar sobre os problemas de saúde, acaba se tornando um agente multiplicador de informações dentro de casa e na própria comunidade”.

Os trabalhos premiados foram selecionados por uma banca avaliadora que teve a participação de membros da Fundação de Medicina Tropical (FMT/AM), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (Fcecon)  e da Liga Amazonense Contra o Câncer (LACC).

A pesquisadora Ilea Brandão, do Inpa, que participa do concurso há cinco anos, explica que a qualidade dos trabalhos selecionados nas escolas está melhorando a cada ano. “O concurso é importante por ser uma estratégia que modifica a ação das pessoas. Faz com que os alunos reflitam sobre o tema e observem o comportamento no seu entorno. Os trabalhos mostram que eles estão buscando as alternativas e expressam isso nos desenhos e slogans. Além disso, o número de trabalhos avaliados vem aumentando a cada edição do concurso, o que mostra a motivação dos professores em relação à atividade”.

Premiação

Todos os alunos foram premiados com certificados. Os terceiros colocados ganharam gravadores. Os alunos que ficaram em segundo lugar foram premiados com bicicletas. Já os primeiros colocados ganharam notebooks e troféus.

Uma das premiadas foi a estudante Ana Caroline dos Santos Melo, que venceu em primeiro lugar na categoria slogan do concurso sobre Tabagismo. “Aprendi que o tabagismo faz muito mal para a saúde, principalmente para o pulmão, e queria montar uma frase que ajudasse as pessoas a abandonar o tabagismo”, explicou.

Aluna do sexto ano da Escola Municipal Maria do Socorro Azevedo, no bairro Jorge Teixeira, Ana Caroline diz que recebeu informações sobre o Tabagismo na escola para formular o slogan vencedor: “Tabagismo é a droga que faz mal ao coração, muita gente usa e nem pensa no pulmão”.

Três alunos de uma mesma turma (4º ano C) da Escola Municipal Thomás Meireles venceram a categoria desenho.  A professora da sala, Soraya Freire, comentou sobre o trabalho realizado e se emocionou com a colocação dos alunos.  “Nosso objetivo é fazer com que as crianças desenvolvam competências e habilidade. Na realidade, o mais importante de tudo isso é a participação desses alunos e a satisfação que isso nos traz. Esse estímulo a produzir e o despertar para a questão social é muito importante porque enquanto não concebermos a educação no contexto da realidade social, fazendo esse link entre os problemas sociais e da escola, não corre a educação”.

O slogan “A dengue está aí, vamos combater e não deixar ela agir”, da aluna Valcineide Souza da Silva, 11, da Escola Municipal Francisco Campos Corrêa, ficou em segundo lugar. “Eu mesma criei o slogan depois de ter participado de palestras sobre a dengue. Aprendi muitas coisas, principalmente os meios de prevenir”, comentou.

TABAGISMO CATEGORIA: SLOGAN

1º Lugar – Ana Caroline Dos Santos Melo: “Tabagismo é a droga que faz mal ao coração, muita gente usa e nem pensa no pulmão”.

2º Lugar – Juliana Gomes Pereira: “Tire o cigarro da sua mão. Ele prejudica seu coração”.

3º Lugar – Stela C. Soares De Souza: “Ame seu coração. Levante seu dedo e diga não ao fumo!”.

TABAGISMO CATEGORIA: DESENHO

1º Lugar – Kesia Kelly Neves Lemos

2º Lugar – Júlio Cesar Guimarães Carvalho

3º Lugar – Maria Isabela de Paiva Cavalcante

DENGUE CATEGORIA: SLOGAN

1º Lugar – Eric Dezincourt Serrão:  “A dengue está ai. Vamos combater e não deixar ela agir”.

2º Lugar – Valcineide Souza da Silva: “A dengue não é brincadeira. Vamos nos prevenir contra a dengue. Não fique de fora, manda a dengue embora”.

3º Lugar – Josielhe Souza do Nascimento: “Não podemos deixar o mosquito da dengue nos ferrar, porque ele transmite doenças que podem nos matar”.

DENGUE CATEGORIA: DESENHO

1º Lugar – Karoline da Silva Nogueira

2º Lugar – Victor Santos de Souza

3º Lugar – Kayllan Lima de Lima

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio/Semsa e Luana Carvalho/Semed

Fotos: José Nildo/Semsa

Profissionais da rede municipal de saúde recebem treinamento para aplicar pesquisa

quinta-feira, agosto 28th, 2014

curso02

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realiza pela primeira vez na capital amazonense a Pesquisa Nacional Viva Inquérito, implantada em 2006 pelo Ministério da Saúde, com a proposta de traçar o perfil epidemiológico das vítimas de violência e acidentes atendidas em serviços de saúde de urgência e emergência. A capacitaçãopara a pesquisa teve início na segunda-feira,  25, na Escola de Serviço Público Municipal (Espi), no Parque das Laranjeiras, e encerrou nesta terça-feira, 26, com aulas práticas do treinamento de 93 profissionais para a aplicação da investigação.

A partir desta quarta-feira, 27, serão iniciadas as orientações práticas para a aplicação do questionário nos quatro hospitais e prontos-socorros onde a pesquisa será realizada em Manaus. O treinamento será encerrado na sexta-feira, 29.

“A Semsa tem acesso, pelos sistemas de informação, a dados de mortalidade e internação por violências ou acidentes, mas não temos um perfil epidemiológico com informações como escolaridade e residência das vítimas”, informa a coordenadora local da pesquisa e chefe do Núcleo de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas da Semsa, Ana Carolina Leão.

A pesquisa será executada no período de 1º a 30 de setembro de 2014 em quatro estabelecimentos de saúde de Manaus: Hospital e Pronto Socorro Dr.João Lúcio Pereira Machado (São José I); Hospital Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo (Jorge Teixeira); Hospital e Pronto Socorro da Criança – Zona Leste (São José I); e Serviço de Pronto Atendimento Eliameme Rodrigues Mady (Galileia – Zona Norte).

De acordo com o Ministério da Saúde, a meta para Manaus é a aplicação de duas mil entrevistas em um período de 30 dias corridos, mas o número pode ser maior dependendo do encaminhamento da pesquisa. Serão levantadas questões como os aspectos demográficos, tipos de violências e acidentes, circunstâncias, natureza das lesões e evolução do atendimento, bem como elaboração de indicadores de monitoramento de violências e acidentes em Manaus.

“Todos os 93 profissionais estão sendo treinados sobre como abordar da melhor forma possível a vítima ou o acompanhante nos hospitais e prontos-socorros, para aplicação do questionário”, explica Ana Carolina.

A previsão do Ministério da Saúde é de que o resultado da pesquisa seja divulgado em janeiro ou fevereiro de 2015, subsidiando políticas em saúde pública direcionadas a estes agravos ebuscando a elaboração de ações de prevenção. “A Semsa, por meio da atuação dos profissionais da Atenção Primária à Saúde, já realiza ações de prevenção à violência, estimulando a cultura da paz em escolas e intervindo com ações educativas nas comunidades, com o apoio da Estratégia Saúde da Família. Porém, a pesquisa vai fornecer um quadro mais real sobre a violência e que ajudará em um melhor direcionamento das ações de prevenção”, ressalta a coordenadora.

NOTA – UBS terá atividades paralisadas por três dias

quinta-feira, agosto 28th, 2014

A Prefeitura de Manaus informa que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Alfredo Campos, localizada na rua André Araújo, s/n, Zumbi II, zona Leste, terá suas atividades paralisadas nos dias 28, 29 e 30 de agosto para a execução de serviços de manutenção da rede elétrica. No local será realizada a troca e redimensionamento da rede elétrica com a instalação de mais um quadro de distribuição de energia.

A direção da unidade de saúde informa ainda que, durante o período de suspensão de atendimento, irá manter uma equipe de profissionais para o acolhimento e agendamento dos usuários. Os pacientes que estão agendados e possuem número de telefone para contato serão devidamente comunicados. A direção do Distrito de Saúde Leste (Disa Leste) também vai se reunir com líderes comunitários e com o Conselho Local de Saúde para divulgar informaçõessobre o período de paralisação das atividades.

Prefeitura interdita quatro drogarias na zona Norte

quinta-feira, agosto 28th, 2014

droginterd2

Quatro drogarias foram interditadas nesta terça-feira, 26, por agentes da Vigilância Sanitária (Visa Manaus), da Prefeitura de Manaus. Nestes locais foram identificadas infrações como falta de licença sanitária e ausência do profissional farmacêutico. As interdições ocorreram no Nova Cidade, Santa Etelvina e Monte das Oliveiras, na zona Norte.

A ação foi realizada em parceria com o Conselho Regional de Farmácia do Amazonas – CFR/AM. O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explicou que a fiscalização visa inibir o funcionamento ilegal dos estabelecimentos que colocam em risco a saúde da população e também fazer com que os proprietários dos estabelecimentos se conscientizem que, para atuar, é preciso estar legalizado junto à prefeitura e ao Conselho de Farmácia.

Para a coordenadora regional e presidente da Comissão de Fiscalização do Conselho de Farmácia, Luana Santana, a situação de muitas drogarias representa ameaça real à saúde da população. Na ação de fiscais e conselheiros foram encontradas também drogarias com estrutura precária de armazenamento de medicamentos, lixo e descarte de produtos realizados de forma irregular, além de locais de aplicação de injetáveis sem as condições mínimas de higiene. Até banheiros sem condições de uso foram inclusos no relatório da fiscalização.

Denúncias

A Visa Manaus e o CRF/AM, em dois meses de inspeção às drogarias e farmácias, interditaram, segundo o fiscal da Visa Manaus, Fábio Markendof, 10 estabelecimentos na cidade. A população que identificar irregularidades na prestação do serviço e no comércio de medicamentos pode fazer denúncias pelo Disque-Denúncia da Visa Manaus: 0800 092 0123 ou ao CRF/AM, pelos números: (92)  3594-4087/3584-4042.

Drogarias interditadas:

1. Drogaria Nova Vida ( Avenida Preciosa, 922- Nova Cidade);

2. Drogaria Farmamed (Avenida Nepal, 129 – Nova Cidade);

3. Drogaria Mini Farma (Rua Araribóia, quadra 53 – Residencial Viver Melhor – Santa Etelvina);

4. Drogaria Coração de Jesus (Avenida Samaúma, 641 – Monte das Oliveiras).

 

Reportagem: Wilson Reis

Prefeitura recebe novas motos para atendimento emergencial pelo Samu

quinta-feira, agosto 28th, 2014

motosamunovas2

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, recebeu, nesta quarta-feira (27), 12 novas motos que integrarão o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da capital. Os veículos foram doados pela fábrica Moto Honda, a pedido dos próprios servidores da Saúde. Atualmente, a Prefeitura de Manaus, conta, na Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com 45 técnicos de enfermagem habilitados e treinados pela polícia do Exército para pilotar motocicletas.

O prefeito explicou que a Moto Honda já é parceira em outros projetos importantes na cidade, como o Restaurante Popular, que oferece alimentação balanceada ao preço de R$ 1, e na escola de direção, disponibilizada pela montadora para treinamento dos agentes de trânsito municipais e estaduais.

“A Moto Honda se integrou à paisagem de Manaus, gerando impostos, criando riquezas e agregando valor à nossa cidade. Esse é um exemplo que deve ser seguido por outros empresários da Zona Franca de Manaus (ZFM). Eles são beneficiados pelos incentivos fiscais do modelo e, por isso, deveriam adotar atitudes que também somassem com a melhoria de vida dos trabalhadores e moradores daqui”, afirmou o prefeito.

Ao todo, o Samu conta, agora, com 17 motolâncias, se somadas às cinco que foram repassadas pelo Ministério da Saúde. As motolâncias são utilizadas pela prefeitura como solução para a locomoção e atendimento rápido às ocorrências clínicas e traumáticas, a fim de reduzir o tempo de resposta, realizando o atendimento de primeiros socorros até a chegada da ambulância.

“São instrumentos que irão abreviar o socorro às pessoas. Naqueles casos mais graves e acidentes severos, o atendimento se faz de maneira mais rápida e essa velocidade pode ser a diferença entre a vida e a morte”, reafirmou o secretário da Semsa, Homero de Miranda Leão.

A Moto Honda está instalada há mais de 30 anos no Distrito Industrial e já produziu mais de 20 milhões de motocicletas em sua fábrica na capital. “Essa é a nossa responsabilidade social com o povo de Manaus e do Amazonas. O mais importante é que essa parceria vai salvar muitas e muitas vidas, algo que não tem preço. O nosso pedido é que os condutores, de motos ou carros, tenham mais consciência no trânsito, uma das principais causas de morte, sobretudo, entre os jovens”, concluiu o gerente de Relações Institucionais da Moto Honda, Mário Okubo.

Reportagem: Alita Falcão

Fotos: Arlesson Sicsú

Prefeitura inicia processo para fortalecer o atendimento odontológico em Manaus

sexta-feira, agosto 22nd, 2014

atendodonto (2)

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta quarta-feira, 20, o processo de construção de uma linha guia para o fortalecimento do atendimento odontológico na cidade. Cerca de 30 cirurgiões-dentistas, representantes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e Conselho Regional de Odontologia do Amazonas (CRO-AM) colaboram com as experiências nos diversos órgãos para a criação da linha guia.

A ferramenta de gestão descreve com exatidão todos os processos para a garantia do atendimento com qualidade dos procedimentos odontológicos, desde a necessidade do paciente até o atendimento propriamente dito. Durante nove meses, os profissionais vão estar reunidos, pelo menos, uma vez a cada 30 dias para que avancem com as estratégias de criação da Linha Guia para a Odontologia da Semsa.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já realizou o processo de construção de linhas guias que organizam os processos de atendimento de pacientes em condições crônicas e na área materno-infantil. “Em até um ano vamos estar com a linha guia da odontologia implantada em toda a rede de saúde de Manaus”, disse a gerente de Saúde Bucal da Semsa, Nara Esquivel.

Atendimentos

Atualmente, a Semsa dispõe de 377 cirurgiões-dentistas e 348 auxiliares e técnicos de saúde odontológica. São realizados cerca de 1,8 mil procedimentos diários.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Foto: Assessoria de comunicação

 

Manaus vai participar de pesquisa sobre perfil das vítimas de violências e acidentes

sexta-feira, agosto 22nd, 2014

O município de Manaus vai participar, pela primeira vez, da Pesquisa Nacional Viva Inquérito, que vai traçar o perfil epidemiológico das vítimas de violência e acidentes atendidas em serviços de saúde de urgência e emergência. A iniciativa do Ministério da Saúde será coordenada, em Manaus, pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas (Susam).

O Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) foi implantado em 2006 pelo Ministério da Saúde para coletar dados e gerar informações sobre violências e acidentes, subsidiando políticas em saúde pública direcionadas a estes agravos, buscando a elaboração de ações de prevenção. A pesquisa, que começou com levantamento anual, agora é realizada a cada três anos.

O trabalho em Manaus contribuirá para descrição do perfil epidemiológico das vítimas de violências e acidentes, segundo aspectos demográficos, tipos de violências e acidentes, circunstâncias, natureza das lesões e evolução do atendimento, bem como elaboração de indicadores de monitoramento de violências e acidentes em Manaus.

“A realização da pesquisa em Manaus é considerada como uma conquista para os profissionais e gestores da saúde, uma vez que vai permitir que o serviço de saúde tenha melhor entendimento sobre as violências e acidentes e, consequentemente, será possível elaborar estratégias mais eficientes de prevenção nos serviços de saúde”, destaca Ana Carolina Leão, chefe do Núcleo de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas.

Metodologia

A pesquisa Viva Inquérito 2014 vai acontecer no período de 1º a 30 de setembro de 2014. Em Manaus a pesquisa será realizada nas unidades H.P.S. Dr. João Lúcio Pereira Machado (São José I); Hospital Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo (Jorge Teixeira); H. P. S. da Criança – Zona Leste (São José I); e SPA Eliameme Rodrigues Mady (Galiléia). Pesquisadores treinados vão entrevistar todas as vítimas de violências e acidentes que derem entrada nessas unidades durante o período da pesquisa e nos turnos pré-selecionados.

“Para seleção destes serviços foi levada em consideração a importância local na área de urgência e emergência, principalmente através da consulta ao número de atendimentos por causas externas”, informa Ana Carolina.

Os pesquisadores, no total de 93, foram selecionados entre os servidores da Semsa e vão receber o treinamento no período de 25 a 29 de agosto, na Escola de Serviço Público Municipal, avenida Professor Nilton Lins, Parque das Laranjeiras. Nos dias 25 e 26 de agosto, serão realizadas aulas teóricas, para entendimento e assimilação da proposta da pesquisa, bem como preenchimento da ficha. De 27 a 29 de agosto, a proposta é a vivência prática e reconhecimento dos locais de execução da pesquisa, diretores e corpo clínico.

Departamento de Comunicação-Semsa/ (92) 3657-4860

1º Congresso Internacional de Saúde do Interior e Fronteiras

quinta-feira, agosto 21st, 2014

Prefeitura informa sobre lançamento de concurso com o tema ‘amamentação’

quinta-feira, agosto 21st, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informa que foi lançado o concurso “Amamentar: amor e saúde para sempre!”.  A iniciativa é da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) e vai reconhecer as melhores histórias, relatos, fotos e vídeos sobre a amamentação no Brasil.

A chefe do Núcleo de Saúde da Criança e Adolescente da Semsa, enfermeira Ivone Amazonas, explica que o concurso é também uma forma de comemorar o Dia Mundial do Aleitamento Materno, 1º de agosto, destacando os benefícios e a importância do leite materno para a saúde das crianças.

“O concurso é gratuito e está aberto para mães, familiares e profissionais de saúde de todo o Brasil. É mais uma ação importante no sentido de promover a amamentação, uma das principais ações que ajudam a reduzir a mortalidade infantil. Além disso, é um espaço para que os profissionais possam mostrar as experiências bem-sucedidas e executadas nos serviços de saúde”, destaca.

As histórias, relatos, fotos e vídeos serão julgados pelo Comitê de Seleção da Opas/OMS, atendendo a critérios de inclusão e o resultado final será divulgado em 5 de setembro, no portal da OPAS/OMS, com a apresentação dos ganhadores. O prêmio principal será o kit “O Matias!” composto por uma camiseta para o bebê, um caderno e uma sacola para a mamãe com o personagem – O Matias! Serão premiados os três primeiros lugares.

As inscrições para o concurso já estão abertas e devem ser feitas até às 23h59 do dia 31 de agosto pelo link   http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=16955. Outras informações sobre o concurso podem ser acessadas em outro link: http://www.onu.org.br/opas-lanca-concurso-amamentar-amor-e-saude-para-sempre ..

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Nota SEMSA

quarta-feira, agosto 20th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informa que houve um atraso no processo licitatório de aquisição de tiras para o teste de glicemia capilar, mas a situação já foi resolvida. Na última terça-feira, 19, todas as oito Unidades de Saúde que trabalham com o programa da automonitoramento (quando o paciente cadastrado no Hiperdia é dependente de insulina e precisa monitorar a glicemia diariamente em casa) receberam um novo estoque de tira para o teste de glicemia capilar. Esses pacientes, além da tira, estarão recebendo o novo aparelho (glicosímetro) para monitorar a glicemia em casa.

Em um primeiro momento, a Semsa está recebendo 300 mil fitas e também vai iniciar o abastecimento das demais Unidades de Saúde da rede municipal, que realizam o teste de glicemia capilar no primeiro atendimento clínico.

As oito UBSs que trabalham com o programa de automonitoramento de pacientes com diabete crônica estão distribuídas entre as zonas Norte, Leste, Oeste e Sul.

 

São 02 Unidades por Distrito de Saúde que  oferecem o Programa de Automonitoramento:

OESTE:  Policlínica Djalma Batista
Policlínica Franco de Sá
NORTE:  Policlínica José Antônio da Silva
UBS Áugias Gadelha
LESTE:   Policlínica Ivone Lima
Policlínica Comte Teles
SUL:        Policlínica Castelo Branco
Policlínica Antônio Reis

 

Profissionais da rede municipal de saúde participam de workshop sobre sistema de gestão

quarta-feira, agosto 20th, 2014

profeduwork2

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu nesta terça-feira, 19, “Workshop sobre o Processo de Certificação do Sistema de Gestão”. O evento aconteceu no auditório do órgão e reuniu gestores e outros profissionais da rede municipal de saúde, principalmente representantes da rede laboratorial. A proposta do encontro foi alinhar os procedimentos necessários para qualificar cada vez mais a gestão dos serviços. Uma das metas é a alcançar a certificação da rede laboratorial na NBR ISO 9001.

A partir do workshop, os profissionais foram orientados a identificar pontos prioritários para garantir a melhoria contínua dos serviços e normatizar as ações de qualidade que já são executadas na rede municipal de saúde. “A certificação será o resultado final do trabalho de qualidade que já é executado na rede laboratorial, reforçando a qualificação na gestão dos serviços”, disse a subsecretária de Gestão de Saúde da Semsa, Lubélia Sá Freire.

O evento contou com a presença do palestrante Daniel Gularte Xavier, representante da empresa multinacional TUV Rheinland do Brasil. ‘Foco no cliente’, ‘liderança’, ‘envolvimento com pessoas’, ‘abordagem de processo’, ‘abordagem sistêmica para a gestão’, ‘melhoria contínua’, ‘abordagem factual para tomada de decisões’ e ‘benefícios mútuos nas relações com os fornecedores’ são alguns dos temas descritos no sistema de gestão da qualidade.

Laboratórios Distritais

A Semsa possui quatro laboratórios distritais, que se somam ao laboratório da maternidade “Moura Tapajóz”, para onde são encaminhados os pacientes com os pedidos de exames das zonas Norte, Sul, Leste Oeste e Rural de Manaus. Nestes laboratórios são feitos todos os meses, em média, 300 mil exames.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Auditores do SUS participam de Encontro Regional em Manaus

terça-feira, agosto 19th, 2014

Auditores de estados e municípios das regiões Norte e Centro-Oeste estão participando, em Manaus, do Encontro Regional promovido pelo Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS). O evento começou nesta terça-feira, 19, no Tropical Hotel Manaus, na Ponta Negra, e será encerrado nesta quarta-feira, 20.

São 160 auditores do SUS participando de uma discussão sobre as formas de integração entre os serviços e os representantes dos serviços de auditoria do Sistema Único nas esferas federal, estadual e municipal.

O representante do Departamento Nacional de Auditoria do SUS do Ministério da Saúde, Milton Costa Souza, explica que o Sistema Nacional de Auditoria do SUS foi construído há mais de 20 anos e que a integração ainda é um desafio. “O Encontro Regional é uma forma de apresentar para os auditores os instrumentos que já existem e que podem ajudar estados e municípios a integrar um sistema nacional de melhor qualidade”, destacou Milton Souza.

A Auditoria do SUS representa o controle interno do Sistema Único de Saúde, fiscalizando as ações e serviços públicos de saúde, e sendo um instrumento para assegurar ao gestor público a aplicação adequada dos recursos destinados à saúde. As atividades da Auditoria do SUS incluem: averiguação de denúncias do usuário, auditoria sobre contratos de serviços de prestação de saúde, auditoria sobre licitações e auditoria assistencial dos serviços ofertados a população.

“A auditoria do SUS também é um instrumento que visa à qualidade dos serviços em saúde oferecidos ao cidadão, ajudando na construção de uma política pública que atenda as necessidade da população”, ressaltou o auditor do SUS da Assessoria de Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Olivan Silva Conceição.

O Encontro Regional terá continuidade nesta quarta-feira, 20, no Tropical Hotel Manaus, de 8h30 às 18h30, com discussão em grupo e apresentação sobre o “Sistema do processo de trabalho de auditoria no Sistema de Auditoria do SUS (Sisaud/SUS)”.

 

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Rede municipal de saúde começa a utilizar novo teste rápido de tuberculose

terça-feira, agosto 19th, 2014

testraptub (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) passou a utilizar nesta segunda-feira, 18, o Teste Molecular Rápido da Tuberculose (TRM-TB) para o diagnóstico da doença na rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), em Manaus. O novo teste vem substituir a Baciloscopia Direta do Escarro, utilizada há mais de 100 anos como principal método para o diagnóstico da tuberculose.

Em fevereiro desse ano, o Ministério da Saúde, Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado promoveram o treinamento de mais de 200 profissionais de saúde para a interpretação dos resultados do novo teste e as condutas frente ao tratamento do paciente. A partir da próxima semana, mais 300 profissionais de saúde, entre médicos e enfermeiros, irão participar de um novo treinamento para atuação como multiplicadores das informações para outros profissionais que integram a rede municipal de saúde.

O novo método de diagnóstico já está disponível nos Laboratórios Distritais Norte, Oeste e Sul, que receberam os equipamentos prontos para uso e já implantaram o teste na rotina de atendimento. O teste é realizado a partir da amostra de escarro do paciente com suspeita de tuberculose. “A entrega da amostra de escarro deve continuar a ser feita em um dos 83 postos de coletas do material, distribuídos em Unidades de Saúde nas zonas Norte, Leste, Oeste, Sul e Rural”, informa a chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, enfermeira Lucianne Aguiar.

O TRM-TB é um teste automatizado, simples, rápido e de fácil execução nos laboratórios. A partir da amostra de escarro, o teste detecta simultaneamente o Mycobacterium tuberculosis e a resistência à rifampicina (RIF), um dos quatro medicamentos indicados para o tratamento da tuberculose.

“Além disso, com maior agilidade no diagnóstico da resistência à rifampicina, será possível iniciar de forma precoce o tratamento com as outras drogas recomendadas para esses casos de resistência ao medicamento”, reforça Lucianne Aguiar.

A enfermeira alerta também que, embora o equipamento disponibilize o resultado do exame de até quatro pacientes em duas horas, em função do volume de amostras recebido diariamente pelos laboratórios e pela necessidade de organização interna, os pacientes terão acesso ao seu resultado no dia seguinte ao da entrega de sua amostra no próprio Posto de Coleta, que continuam responsáveis pelo recebimento e envio das amostras de escarro para os laboratórios.

“O Programa de Controle da Tuberculose e os Laboratórios Distritais estarão trabalhando de forma integrada para garantir que as pessoas que tiverem o diagnóstico de tuberculose confirmado sejam comunicadas imediatamente para o início do tratamento o mais rapidamente possível”.

O Laboratório Distrital Leste, da rede municipal, o laboratório da Policlínica Estadual Cardoso Fontes e a Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (rede estadual) também irão realizar o Teste Molecular Rápido da Tuberculose. Os equipamentos destes espaços estão passando por uma atualização do processo de calibração e, por isso, ainda não tiveram implantado o Teste Molecular Rápido da Tuberculose.

Com uma incidência de 93/100 mil habitantes (93 casos de tuberculose a cada 100 mil habitantes), o município de Manaus apresenta uma das cinco maiores taxas de incidência de tuberculose entre as capitais brasileiras. A média nacional do Brasil é de 38 /100 mil habitantes.

Ano de 2011 – 1.567 casos novos de tuberculose em Manaus

Ano de 2012 – 1.774 casos novos de tuberculose em Manaus

Ano de 2013 – 1.851 casos novos de tuberculose em Manaus

Quais são os casos em que o TRM-TB não está indicado?

O exame atualmente não está recomendado para:

·         Acompanhamento do tratamento de casos de tuberculose (baciloscopias mensais continuam sendo necessárias);

·         Suspeita de tuberculose extrapulmonar (exceto a laríngea) em amostras diversas;

·         Suspeita de micobacterioses não-tuberculosas.

 

Fotos: Departamento de Comunicação

Prefeitura amplia a oferta de teste rápido em HIV, sífilis e hepatites

terça-feira, agosto 19th, 2014

tsrpsfhivhep (2)

A Prefeitura de Manaus implantou em mais cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) a oferta do teste rápido para a detecção de HIV, sífilis e hepatites (B e C), ampliando de 41 para 47 o número de UBSs que oferecem o serviço na rede municipal.

O teste rápido foi implantado na Policlínica Castelo Branco (Parque 10 de Novembro), na UBS José Rayol (Chapada), na UBS Santos Dumont (Santo Antônio), na UBS Ida Mentoni (São Jorge) e na UBS Deodato de Miranda Leão (Glória). Além disso, o teste passou a ser oferecido, por meio da Unidade Fluvial da Semsa, uma vez ao mês, às comunidades ribeirinhas localizadas no rio Amazonas. A lista completa das Unidades Básicas de Saúde que oferecem o teste rápido pode ser acessada no site semsa.manaus.am.gov.br.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, informa que a meta da Semsa é concluir o trabalho de implantação dos testes rápidos em 100% das UBSs da rede municipal até o fim de 2014. “Para isso, a Semsa está realizando uma série de treinamentos para capacitar profissionais de todas as 63 Unidades Básicas de Saúde, além das sete policlínicas da rede municipal”.

As 47 UBSs que já oferecem os testes rápidos estão localizadas nas zonas Norte, Leste, Oeste, Sul e Rural (área terrestre e fluvial), incluindo a Unidade de Saúde Fluvial Semsa IV (Barco Catuiara). O serviço é oferecido na rotina de trabalho de cada UBS, de acordo com a realidade e a demanda específica da comunidade. O resultado é disponibilizado em 30 minutos, incluindo o pré e o pós-aconselhamento.

Qualquer pessoa pode ter acesso ao serviço, mas a prioridade são as grávidas durante a consulta do pré-natal. O serviço também é oferecido ao parceiro da gestante e pacientes em tratamento de tuberculose, doença que ainda é a principal causa de morte em pacientes com Aids.

 

Foto: Departamento de Comunicação

Servidores do Samu e SOS Vida são premiados após corrida

terça-feira, agosto 19th, 2014

corpedsamu (2)

A Associação dos Servidores do Samu e do SOS Vida (Assavi) premiou os vencedores da corrida pedestre, organizada pela entidade, no último sábado, 16, na Ponta Negra, zona Oeste de Manaus. Na categoria servidores foi premiado, em primeiro lugar, no naipe masculino, o condutor Edilson Silva, e, em primeiro lugar, no feminino, a técnica de enfermagem Elizma Pinheiro Silva.

A corrida teve percurso de quatro quilômetros e reuniu mais de 700 participantes nas categorias servidor e geral. A ideia foi homenagear os 845 servidores do Samu e os 117 do SOS Vida, que atuam no atendimento de urgência e emergência em Manaus.

Para o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, o evento, além de ser uma homenagem aos servidores, foi também uma forma de alertar a população para a importância da atividade física no cuidado com a saúde. “È um evento que chama a atenção da população para a importância da atuação dos profissionais do Samu e do SOS Vida, estimulando o cuidado com a saúde, principalmente entre os trabalhadores da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde), da prefeitura”, destacou.

A proposta da Associação dos Servidores do Samu e do SOS Vida é realizar a corrida anualmente. A prova do ano que vem está prevista para o dia 15 de agosto, marcando o aniversário da entidade, comemorado no dia 16 de agosto.

Os três primeiros colocados em todas as categorias receberam medalhas e brindes.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Fotos: Assessoria de comunicação

Profissionais da rede municipal de saúde participam de capacitação para combater o chikugunya

terça-feira, agosto 19th, 2014

semsacurcap2

Profissionais da rede municipal de saúde participam da Capacitação em Manejo Clínico e Classificação de Risco em Chikungunya, iniciada nesta segunda-feira, 18, no auditório da Fundação de Medicina Tropical- Heitor Dourado Vieira (FMT), na Avenida Pedro Teixeira, s/n°, D.Pedro I. O evento é organizado pelo Ministério da Saúde em parceria com as secretarias municipais e estaduais de Saúde de todo o país. Em Manaus, a capacitação ocorre com a participação do especialista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Kleber Luz, e do coordenador do Sistema de Administração da Saúde (SAS), do Ministério da Saúde (MS), Rodrigo Said.

“Nós estamos sempre vigilantes a toda doença que possa chegar a capital amazonense. A partir de agora teremos profissionais mais capacitados para tomar as melhores atitudes no sentido de combater a Chikungunya”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

Mais de 550 profissionais das secretarias de saúde do Estado (Susam) e do Município (Semsa), além da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) participam, durante dois dias, do evento que vai orientar os servidores a identificar, notificar e tratar pacientes com Chikungunya. “Os sintomas são muito parecidos com os da dengue e nós temos que estar preparados para combater a doença, que se originou na África e que está no Caribe”, disse a diretora-presidente em exercício da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemere Pinho.

Doença

A febre chikungunya é uma doença viral parecida com a dengue, transmitida pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti. Os sintomas também são parecidos: a febre é alta, aparece de repente, e vem acompanhada de dor de cabeça, mialgia (dor muscular), exantema (erupção na pele), conjuntivite e dor nas articulações (poliartrite). Porém, segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, ao contrário do que acontece com a dengue, não existe a forma hemorrágica da doença e é raro surgirem complicações graves que levem ao óbito, embora a dor nas articulações possa continuar a atingir o paciente por meses depois que a febre chikungunya desaparece.

Diagnóstico

O diagnóstico da febre chikungunya depende de uma avaliação clínica cuidadosa e do resultado de alguns exames laboratoriais.

Tratamento

Na fase aguda, o tratamento contra a febre chikungunya é sintomático. Analgésicos e antitérmicos são indicados para aliviar os sintomas. Manter o doente bem hidratado é medida essencial para a recuperação. É preciso evitar a automedicação.

Quando a febre desaparece, mas a dor nas articulações persiste, podem ser introduzidos medicamentos anti-inflamatórios e fisioterapia.

 

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Chikungunya é tema de capacitação para profissionais de saúde em Manaus

segunda-feira, agosto 18th, 2014

Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irão participar, nesta segunda-feira, 18, e terça-feira, 19, da capacitação em Manejo Clínico e Classificação de Risco em Chikungunya. O evento é organizado pelo Ministério da Saúde em parceria com as secretarias municipal e estadual de Saúde para promover a atualização dos profissionais da rede particular e pública de saúde sobre informações a respeito da doença.

A capacitação vai acontecer no auditório da Fundação de Medicina Tropical- Heitor Dourado Vieira (FMT-HDV). Os instrutores são profissionais do Ministério da Saúde. A primeira turma será nesta segunda-feira, 18, das 14h às 17h. Também foram disponibilizadas vagas para dia 18 no horário das 18h às 21h.  Na terça-feira, 19 haverá vagas para duas turmas: manhã e da tarde.

O público-alvo são médicos, enfermeiros, farmacêuticos, bioquímicos e demais profissionais em áreas afins.

Serviço

O quê: Chikungunya é tema de capacitação para profissionais de saúde em Manaus

Quando: Nesta segunda-feira, 18 de agosto

Horário: 14h

Onde: Auditório da Fundação de Medicina Tropical- Heitor Dourado Vieira (FMT), Av. Pedro Teixeira, s/n, D.Pedro I

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 8842-6135

Rede municipal de saúde substitui método de diagnóstico de tuberculose

segunda-feira, agosto 18th, 2014

A partir da próxima segunda-feira, 18, a baciloscopia direta do escarro, utilizada há mais de 100 anos como principal método para o diagnóstico da tuberculose, será substituída, na rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Manaus, pelo Teste Molecular Rápido da Tuberculose (TRM-TB).

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, informou que Manaus é um dos 92 municípios brasileiros selecionados pelo Ministério da Saúde (MS) para a utilização do novo método e o quinto a iniciar sua implantação na rede do SUS. “Até o momento, segundo o Programa Nacional de Controle da Tuberculose, apenas os municípios de Guarulhos, Santos, Recife e Salvador já iniciaram o uso da nova metodologia, enquanto os demais municípios estão em processo de recebimento e instalação dos equipamentos”.

Para a chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), enfermeira Lucianne Aguiar, o fato de Manaus ter apoiado a operacionalização do projeto piloto do Ministério da Saúde que avaliou, no ano de 2012, o custo-efetividade da introdução dessa nova tecnologia na rede do SUS foi determinante para que o município viesse a ser um dos primeiros a efetivar sua implantação.

O projeto-piloto envolveu o Laboratório Distrital Leste, da rede municipal, o laboratório da Policlínica Estadual Cardoso Fontes e da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (rede estadual). “Os três laboratórios permaneceram com os equipamentos, porém, estão passando por uma atualização do processo de calibração e por isso ainda não implantarão o Teste Molecular Rápido da Tuberculose”, explica Lucianne Aguiar.

Por outro lado, os Laboratórios Distritais Norte, Oeste e Sul receberam os equipamentos prontos para uso e irão finalizar os testes iniciais até este sábado, 16, e com isso estarão aptos a implantar em sua rotina o novo teste a partir do dia 18 de agosto. “No entanto, o paciente deverá continuar a entregar a amostra de escarro em um dos 83 postos de coleta distribuídos nas zonas Norte, Leste, Rural, Sul e Oeste de Manaus”, informa a enfermeira.

Capacitação

Em fevereiro desse ano, o Ministério da Saúde, Semsa e o Governo do Estado promoveram o treinamento de mais de 200 profissionais de saúde sobre a interpretação dos resultados do novo teste e as condutas frente ao tratamento do paciente. No período de 18 a 29 de agosto, haverá um novo treinamento direcionado para mais 250 profissionais, entre médicos e enfermeiros, que serão multiplicadores para outros profissionais que integram a rede municipal de saúde.

Vantagens

O teste molecular para tuberculose (TRM-TB) é um teste automatizado, simples, rápido e de fácil execução nos laboratórios. O teste detecta simultaneamente o Mycobacterium tuberculosis e a resistência à rifampicina (RIF), diretamente no escarro, em aproximadamente duas horas. O tempo de execução do teste no laboratório é de duas horas e fornece resultados com risco mínimo de contaminação.

A sensibilidade do TRM-TB é maior do que a da baciloscopia para a confirmação da doença e também para detectar uma possível resistência do paciente à rifampicina, um dos quatro medicamentos indicados para o tratamento da tuberculose.

Embora o equipamento disponibilize o resultado do exame de até quatro pacientes em duas horas, em função do volume de amostras recebido diariamente pelos laboratórios e pela necessidade de organização interna, os pacientes terão acesso ao seu resultado no dia seguinte ao da entrega de sua amostra no próprio Posto de Coleta, que continuam responsáveis pelo recebimento e envio das amostras de escarro para os laboratórios.

“No entanto, o Programa de Controle da Tuberculose e os Laboratórios Distritais estarão trabalhando de forma integrada no intuito de garantir que as pessoas que tiverem o diagnóstico de tuberculose confirmado sejam comunicadas imediatamente para iniciar do tratamento o mais rapidamente possível”, garante Lucianne Aguiar.

Com a implantação do teste rápido, a Semsa espera um aumento no índice de confirmação laboratorial dos casos de tuberculose (TB) e a diminuição do tempo para o início do tratamento convencional, assim como maior agilidade no diagnóstico da resistência à rifampicina. Isso também permitirá o início precoce do tratamento com as drogas recomendadas para esses casos de resistência ao medicamento.

Casos

O município de Manaus apresenta uma das cinco maiores taxas de incidência de tuberculose entre as capitais brasileiras. Em 2013, Manaus registrou uma incidência de 93/100 mil habitantes (93 casos de tuberculose a cada 100 mil habitantes). A incidência no Brasil é de 38 /100 mil.

Ano de 2011 – 1.567 casos novos de tuberculose em Manaus

Ano de 2012 – 1.774 casos novos de tuberculose em Manaus

Ano de 2013 – 1.851 casos novos de tuberculose em Manaus

Quais são os casos em que o TRM-TB não está indicado?

O exame atualmente não está recomendado para:

· Acompanhamento do tratamento de casos de tuberculose (baciloscopias mensais continuam sendo necessárias);

· Suspeita de tuberculose extrapulmonar (exceto a laríngea) em amostras diversas;

· Suspeita de micobacterioses não-tuberculosas.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 8842-6135

Prefeitura prorroga prazo para a inscrição em mostras na área da saúde

segunda-feira, agosto 18th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), prorrogou o prazo para a inscrição de trabalhos na 1ª Mostra Assistência Farmacêutica e na 1ª Mostra Apoio e Diagnóstico, que irão reunir experiências bem-sucedidas executadas pelos profissionais de saúde da rede municipal.

A nova data final para a inscrição dos trabalhos é 22 de agosto. Todos os inscritos vão passar pela avaliação que ocorre do dia 25 de agosto ao dia 5 de setembro. No dia 8 de setembro os trabalhos selecionados serão divulgados. A premiação das duas mostras vai acontecer no dia 19 de setembro, no Palácio Rio Negro.

O público-alvo são servidores da rede municipal de saúde. A avaliação dos trabalhos será feita com o apoio do Conselho Regional de Farmácia.

Categorias

A Mostra de Assistência Farmacêutica vai incluir trabalhos em cinco categorias: Rede de Atenção à Saúde – RAS e a Assistência Farmacêutica – AF; Organização no município; Interação com o NASF / Atenção Básica; Uso racional de medicamentos e Humanização do atendimento.

A Mostra de Apoio e Diagnóstico, vai trabalhar com as seguintes categorias: Bacteriologia Clínica; Bioestatística e Bioinformática; Bioquímica Clínica; Biossegurança e Saúde Ocupacional; Citologia Clínica; Diagnóstico Laboratorial Baseado em Evidência; Endocrinologia e Metabologia; Ensino das Análises Clínicas e Educação Continuada; Gestão e Legislação de Laboratórios Clínicos; Hematologia Clínica e Imunohematologia; Imunologia Clínica; Líquidos Biológicos e Urinálise;  Metodologia Científica e Bioética; Parasitologia Clínica; Qualidade e Acreditação de Laboratórios Clínicos; Saúde Pública e Vigilância em Saúde e Ambiental; Toxicologia Clínica e Doping; Virologia Clínica.

A premiação da mostra vai observar critérios como a contribuição para a consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS (universalidade, integralidade, equidade e resolutividade); o grau de consonância dos trabalhos com as políticas nacionais, o impacto sobre as práticas de saúde, na gestão e nos indicadores de Saúde; a sustentabilidade e continuidade dos trabalhos para a melhoria do SUS e dos serviços de saúde, além do potencial de inovação no serviço público.

Inscrições e links

Os trabalhos da área de medicamentos podem ser enviados para o endereço eletrônico premio.mostraaf@pmm.am.gov.br e as informações podem se obtidas no link http://semsa.manaus.am.gov.br/medicamentos/. Já os trabalhos da área de laboratórios podem ser enviados para o endereço eletrônicomostraadi@pmm.am.gov.br e as informações podem ser obtidas no link http://semsa.manaus.am.gov.br/laboratórios/.

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Corrida do Samu e SOS Vida vai reunir 700 participantes

segunda-feira, agosto 18th, 2014

A 1ª Corrida Pedestre do Samu e do SOS Vida, neste sábado, 16, reuniu 700 participantes. O evento é uma homenagem aos trabalhadores dos dois serviços que atuam na remoção de urgência e emergência, 24 horas por dia.

Organizada pela Associação dos Servidores do Samu e do SOS Vida (Assavi), a corrida tem o apoio da Prefeitura de Manaus, e marca também o aniversário de três anos da entidade, comemorado no dia 16 de agosto.

A concentração dos participantes será em frente ao anfiteatro do Complexo Turístico Ponta Negra, na zona Oeste, às 17h. O percurso da corrida é de quatro quilômetros, para duas categorias: Geral e Servidor, nos naipes masculino e feminino. Foram inscritos 300 servidores da Semsa e 400 outras pessoas.

Os três primeiros colocados, no feminino e masculino, nas duas categorias, receberão medalhas e brindes.

 

Texto: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Lírio do Vale vai receber unidades móveis de saúde na próxima terça-feira

segunda-feira, agosto 18th, 2014

cunbssaud (2)

Moradores do Lírio do Vale e bairros próximos serão contemplados, na próxima terça-feira, 19, com duas unidades móveis de saúde: uma odontológica e outra médico-laboratorial. Os atendimentos médicos fazem parte do programa Saúde Manaus Itinerante, da Prefeitura de Manaus.

As duas unidades móveis ficarão estacionadas na avenida Central, próximo à quadra desportiva do bairro, até o dia 12 de setembro. Serão oferecidos serviços de odontologia ambulatorial e consultas médicas com clínico geral e pediatra, exames preventivos (papanicolau), posto de coleta de material para exames laboratoriais, posto de vacinação e farmácia.

A comunidade Novo Reino e os bairros Tancredo Neves, Vale do Sinai e Cidade Nova também estão recebendo uma Unidade Móvel de Saúde Odontológica e outra Médico-Laboratorial. No Novo Reino, as unidades móveis estão atendendo, até dia 4 de setembro, na avenida Batrum, s/n°, próximo à Escola Municipal Dr. Olavo Neves. No Vale do Sinai o atendimento acontece na rua Zero, s/n°, esquina com a rua Duartina, ao lado da Escola Municipal João Braga, também até dia 4 de setembro.

Uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher está atendendo no bairro Tarumã, na avenida Praia da Ponta Negra, esquina com a Rua Praia do Porto Seguro, em frente ao CMEI Professora Maria de Fátima Marques Campos, onde ficará até o dia 22 de agosto. Outra Unidade Móvel de Saúde da Mulher está atendendo no Novo Aleixo, na rua  Campo do Roma, s/n°, em frente ao CMEI Profª. Santina Castro Pereira, também até o dia 22 de agosto.

São oferecidos exames de mamografias e de ultrassonografia  (abdominal total; abdominal superior; transvaginal; pélvica; obstétrica; vias urinárias;  tireoide; e mamas). Nas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, o agendamento está sendo feito pelo Sistema de Regulação (Sisreg).

A lista com a programação das Unidades Móveis pode ser acessada no site semsa.manaus.am.gov.br. 

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Foto: Tácio Melo/Semcom

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Conselheiros de saúde participam de oficina de atualização

segunda-feira, agosto 18th, 2014

ofccap (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e o Conselho Municipal de Saúde (CMS) reuniram conselheiros municipais e locais de saúde em uma oficina de atualização das estratégias de melhoria das ações em saúde nas comunidades onde atuam. Os participantes da oficina assistiram aos filmes produzidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Os filmes reproduzem situações corriqueiras ou novas nas quais os conselheiros recebem orientações sobre como desenvolver o espírito de equipe e sobre as melhores formas de aplicar os conhecimentos adquiridos junto à comunidade. A partir da oficina, os conselheiros também vão estar aptos a contribuir com propostas para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, no ano que vem, em Brasília.

Antes da conferência nacional, Amazonas e Manaus vão promover conferências locais com a intenção de preparar projetos e soluções para serem apresentados no evento nacional.

Conselho Municipal de Saúde

Manaus possui 53 Conselhos Locais de Saúde que integram a estrutura do Conselho Municipal. São 514 conselheiros locais que têm a atribuição de propor, contribuir e deliberar sobre a gestão da saúde, de forma local, em Unidades Básicas do Município. Eles estão divididos da seguinte forma: 50% são usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), 25% são representantes de órgãos e 25% são profissionais da saúde.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Experiências de sucesso na rede municipal de saúde serão premiadas

sexta-feira, agosto 15th, 2014

premrdmun2

A Prefeitura de Manaus está organizando duas mostras que vão reunir experiências de sucesso executadas por profissionais de saúde da rede municipal. A 1ª Mostra Assistência Farmacêutica e a 1ª Mostra Apoio e Diagnóstico terão suas premiações  no dia 19 de setembro, no Palácio Rio Negro. As inscrições dos trabalhos devem ser feitas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), até esta sexta-feira, 15.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, o evento tem como objetivo incentivar a produção técnico-científica voltada ao acesso e promoção do uso racional de medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e ao acesso, promoção e utilização dos serviços laboratoriais.

“A mostra é uma forma de premiar e reconhecer o mérito das atividades desenvolvidas por profissionais farmacêuticos e farmacêuticos-bioquímicos de forma inovadora nos serviços de saúde e que estão impactando diretamente e de forma positiva na oferta dos serviços de saúde para a população de Manaus”, destaca Homero de Miranda Leão.

A Mostra de Assistência Farmacêutica vai incluir trabalhos em cinco categorias: Rede de Atenção à Saúde – RAS e a Assistência Farmacêutica – AF; Organização no município; Interação com o NASF / Atenção Básica; Uso racional de medicamentos; e Humanização do atendimento.

Já a Mostra de Apoio e Diagnóstico vai trabalhar com as seguintes categorias: Bacteriologia Clínica; Bioestatística e Bioinformática; Bioquímica Clínica; Biossegurança e Saúde Ocupacional; Citologia Clínica; Diagnóstico Laboratorial Baseado em Evidência; Endocrinologia e Metabologia; Ensino das Análises Clínicas e Educação Continuada; Gestão e Legislação de Laboratórios Clínicos; Hematologia Clínica e Imunohematologia; Imunologia Clínica; Líquidos Biológicos e Urinálise;  Metodologia Científica e Bioética; Parasitologia Clínica; Qualidade e Acreditação de Laboratórios Clínicos; Saúde Pública e Vigilância em Saúde e Ambiental; Toxicologia Clínica e Doping; e Virologia Clínica.

A coordenadora do evento, a farmacêutica Mie Muroya Guimarães explica que foram escolhidas as principais categorias no que se refere aos serviços de farmácia e de apoio e diagnóstico. “A premiação da mostra vai observar critérios como a contribuição para a consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS (universalidade, integralidade, equidade e resolutividade); o grau de consonância dos trabalhos/experiências com as políticas nacionais, o impacto sobre as práticas de saúde, na gestão e/ou nos indicadores de Saúde; a sustentabilidade e continuidade dos trabalhos para a melhoria do SUS e dos serviços de saúde e o potencial de inovação no serviço público”.

A avaliação dos trabalhos será feita com o apoio do Conselho Regional de Enfermagem. O público-alvo são os profissionais da Semsa. Mais informações podem ser obtidas no site da semsa.manaus.am.gov.br.

Mais de 81 mil estudantes serão atendidos pelo Programa Saúde na Escola

quinta-feira, agosto 14th, 2014

progsaudescal2

O município de Manaus terá para o biênio 2014/2015 o total de 147 escolas e 145 Equipes de Saúde da Atenção Básica incluídas no Programa Saúde na Escola (PSE). São 19 escolas a mais que na vigência anterior e um total de 81.769 alunos atendidos pelo programa em Manaus.

O termo de adesão ao PSE foi assinado na tarde desta quarta-feira, 13, pela Prefeitura de Manaus, por meio dos secretários municipais de Saúde, Homero de Miranda Leão, e de Educação, Humberto Michiles. A assinatura do termo ocorreu no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), localizada na Avenida Mário Ypiranga, nº 2549, Adrianópolis.

“São duas ações que não podem se dissociar. Duas atitudes que devem caminhar juntas: Educação e Saúde. Professores e profissionais de saúde precisam buscar cada vez mais a melhoria do desempenho dos estudantes nas escolas e, para isso, a saúde é fundamental”, disse Homero.

O secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, afirmou que o PSE é um instrumento fundamental para a melhoria do desempenho dos alunos de escolas públicas, estaduais e municipais. “Cabe a todos nós zelarmos pelo êxito deste programa. É fundamental tornarmos as ações do PSE bem sucedidas no município de Manaus”, afirmou Humberto Michiles.

Com a adesão, o PSE em Manaus passou a ter 99 escolas municipais e 48 estaduais, incluindo creches, pré-escolas, escolas de ensino fundamental, ensino médio e de educação de jovens e adultos.

Segundo a chefe do setor do Programa Saúde na Escola da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Aldacy Barroso, a adesão ao PSE é um processo realizado anualmente, incluindo também as escolas que já aderiram em anos anteriores. Com a adesão ao PSE, cada escola indicada passa a ter uma Equipe de Saúde da Atenção Básica de referência que irá executar ações de prevenção, promoção e avaliação das condições de saúde dos alunos.

As ações pactuadas são subdivididas em três componentes: avaliação das condições de saúde; promoção da saúde e prevenção de agravos; e formação profissional. As condições de saúde incluem avaliação de questões como avaliação antropométrica; saúde bucal; saúde ocular; verificação da situação vacinal; identificação de possíveis sinais de agravos de saúde negligenciados.

Em promoção da saúde e prevenção de agravos, são abordados junto aos alunos temas como segurança alimentar e promoção da alimentação saudável; promoção da cultura de paz e direitos humanos; promoção da saúde mental no território escolar; direito sexual e reprodutivo e prevenção das DST/AIDS; prevenção ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas; promoção das práticas corporais, atividade física e lazer nas escolas; prevenção das violências e acidentes.

A adesão

No total, cerca de 500 servidores públicos da Prefeitura de Manaus e também do Governo do Amazonas, das áreas da Saúde e Educação, participaram da cerimônia de adesão ao Programa Saúde na Escola. Na ocasião, todos os participantes fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos.

O PSE é uma iniciativa do Governo Federal em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Semed e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e com o Governo do Estado, por meio das Secretarias de Estado da Saúde (Susam) e da Educação (Seduc).

“Nós temos um percentual significativo de alunos que, para terem um bom rendimento escolar, precisam de assistência na área de saúde e

atendimento constante. A saúde é importante para a educação, assim como a educação é para a saúde. Essa integração mostra que valorizamos nossos alunos e se os estudantes se sentem amparados e assistidos, naturalmente se sentem estimulados a permanecerem na escola” comentou o secretário da Semed, Humberto Michiles.

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior e Luana Carvalho

Fotos: Lton Santos/Semed e Assessoria da Semsa

Feirantes da Compensa recebem blitz de orientação

quinta-feira, agosto 14th, 2014

feiracompfisc2

A Feira Modelo da Compensa 1, zona Oeste, recebeu, nesta terça-feira, 12, uma blitz educativa da Prefeitura de Manaus, realizada por fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Manaus). A finalidade da ação foi orientar os feirantes quanto à higiene na manipulação de alimentos, como verduras, frutas, pescados e carnes, além da comercialização de medicamentos naturais, que foram encontrados sem registros.

A ação contou com 12 fiscais divididos em grupos. Logo na entrada da feira, um comerciante foi solicitado a retirar da banca um estoque de garrafas contendo “mel de cana” e mel de abelha. Os produtos estavam sendo comercializados sem o registro no Ministério da Saúde. Como a blitze tem o caráter educativo, os feirantes receberam a orientação de retirada do produto do balcão.

Fiscal da Visa Manaus, Fábio Markendorf, afirmou que diversas irregularidade são encontradas diariamente nas feiras de Manaus e, por isso, a fiscalização será constante. Segundo o fiscal, a maior preocupação é com a higiene e o manuseio dos alimentos.

“O feirante deve estar de roupa branca, com a cabeça coberta e botas brancas. Isso facilita a detecção de qualquer sujeira. Além disso, a vestimenta branca é mais fresca e absorve mais o calor”, explicou.

Fábio acrescentou ainda que para preservar a qualidade dos alimentos, o acondicionamento de pescados, frangos e carnes vermelhas precisa de um cuidado especial por parte dos feirantes.

“O peixe deve estar sempre no gelo. A carne não pode ficar exposta porque chama a atenção de moscas, por exemplo. O frango deve estar congelado. Outro detalhe é quanto ao peixe salgado. Esse tipo de alimento é feito, geralmente, com peixe que não foi vendido no dia anterior e já sem condições de ser comercializado. Com isso, eles (feirantes) cortam e salgam, mas isso é proibido. Orientamos a retirada dos produtos, mas se houver reincidência, eles serão notificados”, afirmou o fiscal da Visa Manaus.

Durante a inspeção da Visa Manaus, fiscais do órgão constataram que os próprios clientes estão mais atentos quanto à higiene na hora das compras. O técnico de enfermagem Frank Cavalcante, por exemplo, afirma que observa todos os detalhes do produto que está adquirindo. Outra estratégia, segundo ele, é ser fiel ao feirante, comprando sempre no mesmo local. “Temos de observar tudo. Principalmente a higiene e a qualidade dos alimentos. Eu observo se o peixe, por exemplo, está com sangue e com as guelras vermelhas. Se estiver, eu compro”, comentou Frank.

A fiscalização também agradou aos comerciantes. O feirante João Luiz de Oliveira, que comercializa vísceras de gado (fígado, coração, rim, tripas e buxo), disse tomar todos os cuidados necessários.

“Se o consumidor chegar até minha banca e ela estiver cheia de moscas, ele não vai comprar. Mesmo com todos os cuidados, eles (fiscais) me orientaram a usar bota branca e a melhorar a claridade da lâmpada da minha banca. Vou providenciar isso ainda hoje”, disse o feirante.

Blitze como a desta terça-feira serão levadas para outras feiras e mercados da cidade. Nesta tarde, a fiscalização será na feira do bairro de Aparecida.

Texto: Carlos de Souza

FOTOS: Karla Vieira/Semcom

Manaus ganha prêmio em Saúde Bucal

segunda-feira, agosto 11th, 2014

manpremsaudbuc2

A política pública em Saúde Bucal executada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), foi premiada com o terceiro lugar na 9ª edição do Prêmio Brasil Sorridente, organizado pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). O prêmio é concedido anualmente a municípios brasileiros que se destacaram na implantação e efetivação das políticas públicas de Saúde Bucal.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, ressalta o trabalho realizado pela Prefeitura de Manaus. “O prêmio mostra que as ações em Saúde Bucal executadas pela prefeitura estão no caminho correto na busca pela melhoria e qualificação dos serviços de saúde oferecidos para a população”.

A gerente de Saúde Bucal, Nara Esquivel Santana, explica que o prêmio avalia uma série de questões, incluindo o processo de contratação de cirurgiões dentistas, as ações de vigilância em saúde bucal e a eficácia da implementação da Política Nacional de Saúde Bucal no município indicado. A Semsa trabalha hoje com 300 cirurgiões dentistas e 143 Unidades de Saúde que oferecem serviços em Saúde Bucal.

A premiação vai acontecer no dia 28 de agosto, em Santa Catarina.

 

Prêmio Brasil Sorridente:

Municípios com população acima de 300 mil habitantes

-        primeiro lugar – município de Vitória – ES

-        segundo lugar – município de Florianópolis – SC

-        terceiro lugar – município de Manaus – AM

-        quarto lugar – município de Ponta Grossa – PR

-        quinto lugar – município de Jundiaí – SP