Archive for the ‘noticias’ Category

Conheça próximos locais de atendimento das Carretas da Mulher

quinta-feira, novembro 1st, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou, na quarta-feira (31), a programação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, para o mês de novembro. A partir da próxima segunda-feira (5), duas “Carretas da Mulher” – como essas unidades móveis são mais conhecidas –, estarão atendendo no conjunto Canaranas, na zona Norte. No dia 7, duas unidades começam a atender em Petrópolis, na zona Sul e outras duas no Parque 10, zona Centro-Sul. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, as seis unidades móveis permanecerão nesses bairros até o dia 23 de novembro.

Esta semana, as “Carretas da Mulher” estão encerrando um período de atendimento no Parque Municipal do Idoso e no Parque Municipal Lagoa do Japiim, onde ficaram desde o início deste mês, oferecendo os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero.

As “Carretas da Mulher” funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento estará sendo feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria unidade móvel, mediante triagem da equipe de atendimento.

De acordo com a coordenação do serviço, desde que começaram a funcionar, em agosto de 2011, até 30 de agosto deste ano, as “Carretas da Mulher” já realizaram mais de 14,9 mil mamografias; 21,7 mil ultrassonografias; e 13,8 mil coletas de preventivo do câncer do colo do útero, totalizando mais de 50,3 mil exames.

Outros serviços – Além das seis Unidades Móveis de Saúde voltadas para o atendimento das mulheres, a Prefeitura de Manaus tem em funcionamento mais quatro Unidades Móveis Odontológicas e duas Unidades Móveis Médico-Laboratorial que atendem, prioritariamente, nas escolas da rede pública municipal. Atualmente, estas unidades estão posicionadas na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Ana Mota Braga, que fica no bairro de São Francisco, e EMEF Francisca Gomes Mendes, na Compensa II.

Confira os próximos locais de atendimento das “Carretas da Mulher”

Pátio da empresa Eucatur – Conjunto Canaranas, Cidade Nova, zona Norte

Pátio da igreja católica Santa Catarina de Sena, Petrópolis, zona Sul

Parque Municipal do Mindu, Parque 10, zona Centro-Sul

Prefeitura divulga funcionamento dos serviços de Saúde no feriado

quinta-feira, novembro 1st, 2012

A Prefeitura de Manaus informa que a Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) manterão plantão de 24 horas para atender à população, na sexta-feira (02), feriado nacional de Finados.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não funcionarão neste dia, retomando o atendimento normal na segunda-feira (05). As cinco unidades do Programa Farmácia Gratuita, instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e São José (T5), ambos na zona Leste; na Compensa; e no V-8 seguem esta mesma programação.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, ressalta que o serviço SOS Vida cumprirá, na sexta-feira, a agenda normal de remoção de pacientes, para realização de alguns procedimentos previamente marcados, como é o caso de hemodiálise.

Semsa projeta redução da taxa de mortalidade infantil em Manaus

quinta-feira, novembro 1st, 2012

A taxa de mortalidade infantil, em Manaus, deve fechar o ano com uma redução acima de 5%, em relação a 2011, segundo estimativas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).  De janeiro a setembro deste ano, foram registrados 423 óbitos de crianças menores de 1 ano, contra 461 mortes verificadas, nesta faixa etária, no mesmo período do ano passado. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, salienta que o porcentual projetado representará o cumprimento da meta anual pactuada com o Ministério da Saúde. “Nossa avaliação é de que medidas como a implantação do ‘Programa de Nutrição Infantil Leite do Meu Filho’ e o fortalecimento das ações de apoio e estímulo ao aleitamento materno, já começam a impactar positivamente para a redução mais rápida e expressiva deste indicador”, disse Francisco Deodato.

O secretário destacou que o principal eixo do “Leite do Meu Filho” são as consultas de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças inscritas. “De janeiro a outubro deste ano, 118.377 consultas ambulatoriais de puericultura foram realizadas pela rede pública municipal de saúde, no âmbito do programa”, afirmou Deodato. Ele explica que estas consultas permitiram identificar aquelas crianças que estão com o peso adequado, com quadro de magreza extrema ou em situação de obesidade, por exemplo. Conforme o caso, elas passam a ter o acompanhamento de uma equipe multiprofissional.

A pediatra Elena Marta Amaral do Santos, coordenadora técnica do “Leite do Meu Filho”, observa que as crianças inscritas no programa passam por consultas com intervalos de, no máximo, três meses. O Ministério da Saúde preconiza que, até os dois anos de idade, a criança passe pelo mínimo de nove consultas de acompanhamento. A partir daí, adota pelo menos uma consulta anual de puericultura ou acompanhamento do crescimento e desenvolvimento, próximo ao mês de aniversário da criança. “As crianças inscritas no ‘Leite do Meu Filho’, que permanecem no programa até completar 5 anos, estão mantendo a rotina de pelo menos quatro consultas por ano, ou seja, um número acima do calendário preconizado pelo Ministério ”, diz Elena Marta.

Estas consultas de acompanhamento, salienta a pediatra da Semsa, são fundamentais para diminuir os índices de adoecimento e morte das crianças, sobretudo por diarreia e pneumonia. “O que o programa faz é assegurar que a criança será avaliada mesmo estando com saúde e não apenas se estiver doente. O cartão de vacinação da criança é monitorado frequentemente, outra garantia de que ela estará protegida contra doenças imunopreviníveis”, acrescenta a coordenadora do “Leite do Meu Filho”.

A responsável pelo Setor de Saúde da Criança da Semsa, enfermeira Ivone Amazonas, destaca também os avanços obtidos pela rede municipal de saúde com a implementação das ações da Rede Amamenta Brasil, em parceira com o Ministério da Saúde. Atualmente, o índice de crianças na faixa etária de 0 a 6 meses, em aleitamento materno exclusivo, está em 48,5%, em Manaus. Para se ter uma ideia do que isso representa basta verificar que, em 1999, o índice de aleitamento materno exclusivo era de apenas 24,4%, entre os bebês de 0 a 4 meses. É expressivo, também, o número de crianças que continuam sendo amamentadas, mesmo com a introdução da alimentação complementar. Na faixa de 6 a 11 meses, o índice é de 75,1%. De 12 a 15 meses, está em 63,4%. “Em todos os casos, os indicadores de Manaus estão acima da média nacional”, diz Ivone Amazonas.

Alimentação Saudável – Desde dezembro de 2009 e com maior intensidade a partir de 2011, a Semsa vem realizando oficinas de formação de tutores da Estratégia Nacional de Alimentação Complementar Saudável (ENPACS). O objetivo é capacitar os profissionais de saúde da Atenção Básica para o desenvolvimento de ações rotineiras, nas Unidades de Saúde, que promovam a alimentação adequada de crianças menores de 2 anos de idade. A nutricionista Tânia Batista, que também integra a equipe do Programa Leite do Meu Filho, explica que nas oficinas são apresentados os Dez Passos da Alimentação Saudável, incluindo o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida. “Já foram realizadas sete oficinas, que formaram 104 tutores municipais da ENPACS. Estes tutores realizaram rodas de conversa com 305 profissionais de 19 Unidades Básicas de Saúde. Ao final da atividade, cada UBS elaborou seu plano de ação para promover a alimentação saudável das crianças.

As “Oficinas Culinárias” desenvolvidas por meio de parceria entre a Semsa, o SESI – Cozinha Brasil e o Centro de Vida Integral (CVI) são outra atividade importante. Mais de 600 famílias beneficiárias do Programa Leite do Meu Filho e Bolsa Família já foram alcançadas pelo projeto. Por meio de aulas teóricas e práticas os participantes aprendem receitas nutritivas e de baixo custo, para assegurar uma alimentação mais saudável à família.

Redução – Em 2008, a taxa de mortalidade infantil, em Manaus, era de 15,82 por 1.000 nascidos vivos. Em 2011, o indicador fechou com 13,35 óbitos por cada 1.000 nascidos vivos, uma redução de 15,7% no acumulado de três anos.

Experiência compartilhada – No início deste mês, um documentário sobre as ações desenvolvidas para acompanhamento das crianças assistidas pelo Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho” foi apresentado no Congresso Ibero-Americano de Pesquisa Qualitativa em Saúde, realizado em Lisboa. O evento é promovido por um amplo conjunto de instituições, que são referência no ensino e desenvolvimento de pesquisas. O documentário sobre o programa da Prefeitura de Manaus foi selecionado pela Comissão Científica do congresso.

“O evento teve a participação de 800 congressistas, oriundos de vários países. Manaus se destacou com a apresentação do documentário, pela amplitude do Programa e seu impacto tanto do ponto de vista social quanto na redução da morbimortalidade infantil. Foi um dos maiores trabalhos apresentados no Congresso”, diz Elena Marta. No próximo mês de dezembro, as ações do “Leite do Meu Filho” serão apresentadas na Convenção Internacional de Saúde Pública, em Cuba.

Semsa encerra atividades do “Outubro Rosa”

quinta-feira, novembro 1st, 2012

Além de fazer os exames de rotina – mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer de colo de útero – as mulheres atendidas na terça-feira (30), nas Unidades Móveis de Saúde da Mulher que estão posicionadas no Parque Municipal do Idoso, participaram de uma programação especial, que marcou o encerramento das atividades do Outubro Rosa, realizadas durante todo o mês pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Organizada pela Unidade Básica de Saúde Dr. Luiz Montenegro, do bairro Nossa Senhora das Graças, a programação incluiu palestras sobre o câncer de mama a dicas de alimentação saudável; realização de teste rápido para o diagnóstico de sífilis e HIV; além da oferta de vários serviços como corte de cabelo, maquiagem, manicure e massagem.

“Depois de um mês de atividades voltadas para o público feminino, principalmente, para a conscientização sobre a importância dos exames periódicos preventivos, como é o caso da mamografia, as equipes da Semsa levaram ao Parque do Idoso uma programação mais diversificada, que procurou associar oferta de serviços à educação em saúde”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

A diretora da UBS Luiz Montenegro, Aline Conceição Maia, explicou que além dos exames de saúde e das palestras, as mulheres atendidas nas Unidades Móveis posicionadas no Parque do Idoso também tiveram acesso a serviços como corte de cabelo, manicure, cuidados de pele, entre outros. “Foi uma forma de homenagear as mulheres, que são o público-alvo do Movimento Outubro Rosa”, disse a diretora.

Aline destacou a parceria de vários estabelecimentos comerciais localizados na área do Conjunto Vieiralves, para a realização do evento. “Foram esses parceiros que, aderindo à campanha do Outubro Rosa, disponibilizaram profissionais e produtos para a oferta dos serviços de beleza”, detalhou a diretora da UBS Luiz Montenegro.

Semsa promove seminário sobre vigilância em saúde do trabalhador

terça-feira, outubro 30th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promove nesta terça e quarta-feira (30 e 31), o I Seminário Municipal de Vigilância em Saúde do Trabalhador. Organizado pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), o evento será realizado no auditório do Conselho Regional de Medicina (rua Senador Raimundo Parente, Alvorada), das 8h às 17h.  De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o seminário fecha um ciclo de atividades realizadas durante todo o ano pelo Cerest do município, com a finalidade de fortalecer as ações de vigilância, no âmbito da Atenção Primária, em relação aos agravos e doenças que possam estar relacionados ao ambiente de trabalho.  “É muito importante que as unidades de saúde trabalhem com essa preocupação de identificar, tratar e notificar corretamente estes casos”, frisou o secretário.

Em agosto deste ano, o Ministério da Saúde instituiu a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNST), que tem por finalidade definir os princípios, diretrizes e estratégias a serem observadas pelas três esferas de gestão do SUS, para o desenvolvimento da atenção integral à saúde do trabalhador, com ênfase na vigilância. Um dos palestrantes convidados do seminário organizado pelo Cerest Manaus é o engenheiro de segurança do trabalho Eduardo Buoso, do Cerest Piracicaba (SP), que abordará a experiência bem sucedida de implantação da Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT) naquele município. As ações desenvolvidas pela Vigilância Sanitária da Semsa, em ambientes e processos de trabalho, também serão apresentadas, em palestra proferida por Pedro Contente, chefe da Divisão de Engenharia Sanitária do Departamento de Vigilância Sanitária (DVisa).

Ainda no primeiro dia do seminário, serão apresentados três estudos desenvolvidos pelo Cerest Manaus com três categorias de trabalhadores: um grupo de pequenos agricultores do Puraquequara; operários da construção civil; e guardas de trânsito. No primeiro trabalho, o foco da pesquisa foi o uso de agrotóxicos; a segunda exposição trata de ações de promoção à saúde nos canteiros de obras. O terceiro trabalho aborda a saúde auditiva dos guardas de trânsito.

“Políticas Públicas e Ações de Advocacia no Controle do Tabagismo no Ambiente de Trabalho”; “Prevenção ao Uso de Álcool e Outras Drogas no Ambiente de Trabalho” e “Vulnerabilidade da Mulher nas Condições de Trabalho” estão entre os temas que fazem parte das discussões no segundo dia de seminário, na quarta-feira.

Semsa supera meta anual de redução de casos de Malária

segunda-feira, outubro 29th, 2012

De janeiro a setembro, Manaus registrou uma redução de 35,4% no número de casos de Malária, na comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Em termos proporcionais, foi o resultado mais expressivo entre os municípios do Amazonas que tiveram queda no número de casos da doença, neste ano. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o porcentual já supera a meta de redução dos casos de Malária pactuada para este ano, em Manaus, que era de 30% e as ações de educação em saúde tiveram um papel importante neste resultado.

“O trabalho de informar, conscientizar e mobilizar a população é tão importante quanto reforçar a assistência ao paciente, para o diagnóstico e o tratamento da doença. As ações de educação em saúde têm função estratégica. É por meio delas que se consegue a adesão da população às medidas preventivas, tão essenciais para o enfrentamento de qualquer doença, sobretudo nos caso das endemias, como a Malária e da Dengue”, afirma Francisco Deodato.

As ações de educação e saúde desenvolvidas pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVEAM) da Semsa serão destaque durante o Seminário de Avaliação das Ações de Controle da Malária no Amazonas, que acontece na segunda e terça-feira (29 e 30), no auditório da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD). Promovido pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), do Governo do Estado, o evento reunirá representantes da área de vigilância epidemiológica de 38 municípios do Amazonas considerados prioritários no Plano de Combate à Malária.

O bom exemplo da importância da Educação em Saúde no combate à Malária, foi o trabalho desenvolvido no primeiro semestre deste ano, para a instalação dos mosquiteiros impregnados de longa duração, em imóveis localizados nas zonas rural e periurbana da cidade, identificadas como áreas de transmissão ativa da doença. “Não bastava o agente de endemias chegar às residências e instalar os mosquiteiros. Era necessário orientar as pessoas sobre o uso e manutenção desses equipamentos. Este trabalho prévio foi todo feito pelas equipes de Educação em Saúde, com o suporte de uma cartilha explicativa sobre a função, a maneira de usar e como fazer a limpeza do mosquiteiro”, explica Deodato. Mais de 100 mil MILDs, como são mais conhecidos os mosquiteiros, já foram instalados.

Resultados positivos – O ano de 2011 fechou com 14.947 casos de malária, contra 15.649 notificações, em 2010, e 16.390, registradas em 2009. Neste ano, até setembro, foram 7.558 notificações. Os números positivos devem-se aos investimentos e às medidas executadas pela Prefeitura de Manaus, por meio do Plano de Ação de controle da doença, que contou com apoio da FVS.

“Na área de diagnóstico, por exemplo, estamos conseguindo assegurar que, em 95% casos, o paciente comece a receber o tratamento em menos de 24 horas após a confirmação da infecção, o que é importantíssimo para interromper a cadeia de transmissão da doença”, afirma o secretário Francisco Deodato. Este avanço é resultado, segundo ele, da organização de uma ampla rede de diagnóstico – que hoje conta com 103 postos –, e do reforço às ações de busca ativa de casos suspeitos de Malária.

Semsa premia experiências exitosas do Distrito de Saúde Oeste

sexta-feira, outubro 26th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) premiou, nesta quinta-feira (25), seis experiências exitosas desenvolvidas no Distrito de Saúde Oeste, voltadas para a humanização e melhoria da qualidade das práticas de saúde no SUS. Os trabalhos selecionados vão participar da II Mostra Municipal de Humanização na Saúde, que acontecerá em 22 de novembro, e que contará com a participação de trabalhos de todos os Distritos de Saúde da capital.

Segundo avaliação da comissão julgadora, a experiência que obteve a primeira colocação foi a “Pesquisa de Satisfação com os usuários do Programa de Nutrição Infantil Leite do Meu Filho”, realizada pela Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Vila da Prata. Na II Mostra Municipal, os quatro primeiros colocados na etapa de premiação desta quinta-feira concorrerão na modalidade comunicação oral. Os trabalhos classificados em 5º e 6º lugares participarão como expositores, na modalidade pôster.

A experiência “Valorizando o trabalhador da saúde através da escuta: O Tapiri do Conto Itinerante”, desenvolvida pelo Grupo Ampliado de Educação popular em Saúde do Disa Oeste, foi escolhida pelo público presente – formado por profissionais de saúde, gestores e lideranças comunitárias –, como o melhor trabalho, recebendo o Prêmio do Júri Popular. Essa categoria de premiação tem o objetivo de envolver os participantes da Mostra, na avaliação dos trabalhos apresentados.

Entre os quesitos julgados, nas diversas categorias, incluem-se o grau de entendimento sobre a Política Nacional de Humanização (PNH); correlação das ações com os dispositivos da PNH; participação da comunidade nas ações; criatividade e outros critérios que são definidos coletivamente.

PNH – Instituída pelo Ministério da Saúde em 2003, a Política Nacional de Humanização foi formulada a partir da sistematização de experiências do chamado “SUS que dá certo”. A PNH reconhece que Estados, Municípios e serviços de saúde estão implantando práticas de humanização nas ações de atenção e gestão, com bons resultados, o que contribui para a legitimação do SUS como política pública.

A PNH tem o objetivo de efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e de gestão, bem como estimular trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários para a produção de saúde e a defesa da vida.

Confira a classificação geral dos trabalhos:

1º – Pesquisa de Satisfação com os usuários do Programa de Nutrição Infantil “Leite do meu Filho”;

2º - Utilização de gerenciador para otimização das ações de prevenção e controle do câncer cérvico-uterino;

3º - I Seminário de Preparação para Aposentadoria do Disa Oeste;

4º - Valorizando o trabalhador da saúde através da escuta: O Tapiri do Conto Itinerante;

5º – Atenção odontológica às crianças beneficiadas pelo Programa de Nutrição Infantil “Leite do meu Filho”;

6º – Melhorar o acolhimento na ESF Ampliada do bairro Vila da Prata através da classificação de risco utilizando a Escala de Coelho.

“Carretas” do Parque do Idoso não terão atendimento dias 26 e 29

sexta-feira, outubro 26th, 2012

As duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, que estão posicionadas no Parque Municipal do Idoso (bairro Nossa Senhora das Graças, zona Sul), suspenderão o serviço nesta sexta-feira (26) e na segunda-feira (29), retomando o atendimento normal a partir da próxima terça-feira (30). A medida foi necessária porque o Parque do Idoso abrigará seções de votação no próximo domingo (28), quando ocorre o segundo turno das Eleições Municipais. Em virtude disto, já a partir desta sexta-feira o local estará sob a responsabilidade do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que a suspensão do serviço não se aplica às “Carretas da Mulher” que estão posicionadas no Parque Lagoa do Japiim, na zona Centro-Sul. “Neste local o atendimento ocorrerá normalmente nesta sexta-feira e também na segunda-feira”, frisou. Nas “Carretas da Mulher” são oferecidos os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero.

O atendimento no Parque do Idoso e no Parque Lagoa do Japiim teve início no último dia 3 e deve se estender até o próximo dia 1º de novembro. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento estará sendo feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria unidade móvel, mediante triagem da equipe de atendimento.   

Veja os locais de atendimento das “Carretas da Mulher”

Parque Municipal do Idoso: rua Rio Mar, 1.324, Nossa Senhora das Graças

Parque Municipal Lagoa do Japiim: rua Coronel Rodrigo Otávio, s/n, Japiim

 

Experiências exitosas no Disa Oeste serão apresentadas

quinta-feira, outubro 25th, 2012

Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza, na quinta-feira (25), a II Mostra de Humanização na Saúde do Distrito de Saúde Oeste. A atividade vai reunir ações e projetos desenvolvidos por equipes de saúde para oferecer os serviços de Atenção Primária com mais qualidade à população e que valorizem usuários e trabalhadores da saúde. A mostra vai ser realizada no auditório da sede do Disa Oeste, das 8h30 às 12h.

Uma comissão julgadora será formada para avaliar os trabalhos apresentados. Entre os quesitos a serem julgados incluem-se o grau de entendimento sobre a Política Nacional de Humanização (PNH); correlação das ações com os dispositivos da PNH; participação da comunidade nas ações; criatividade e outros critérios a serem definidos coletivamente.

Os trabalhos selecionados vão participar da II Mostra Municipal de Humanização na Saúde, que acontecerá em 22 de novembro, e que contará com a participação de trabalhos de todos os Distritos de Saúde da capital. O público do evento, formado por servidores das Unidades Básicas de Saúde, representantes do Conselho Municipal de Saúde e lideranças comunitárias, avaliará as iniciativas apresentadas durante a mostra, para o Prêmio do Júri Popular.

Instituída pelo Ministério da Saúde em 2003, a Política Nacional de Humanização foi formulada a partir da sistematização de experiências do chamado “SUS que dá certo”. A PNH reconhece que Estados, Municípios e serviços de saúde estão implantando práticas de humanização nas ações de atenção e gestão, com bons resultados,  o que contribui para a legitimação do SUS como política pública.

A PNH tem o objetivo de efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e de gestão, bem como estimular trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários para a produção de saúde e a defesa da vida.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 25/10

8h30 – Abertura – Aldeniza Souza – Chefe do Disa Oeste

Cenopoesia: Humanização na Saúde – O que tenho a ver com isso?

9h – Experiência 1 – “Melhorar o acolhimento na ESF Ampliada do Vila da Prata, através da classificação de risco, utilizando a Escala de Coelho”

9h15 – Experiência 2 – “Atenção odontológica às crianças beneficiadas pelo Programa de Nutrição Infantil ‘Leite do Meu Filho’”

9h30 – Experiência 3 – “I Seminário de Preparação para Aposentadoria do Disa Oeste”

9h45 – Intervalo para o lanche

10h15 – Experiência 4 – “Utilização de gerenciador para otimização das ações de prevenção ao câncer cérvico-uterino”

10h30 – Experiência 5 – “Pesquisa de satisfação com os usuários do Programa de Nutrição Infantil ‘Leite do Meu Filho’ e da Sala de Vacina”

10h45 – Experiência 6 – “Valorizando o trabalhador da saúde através da escuta: O tapiri do conto itinerante”

11h15 – Resultado Oficial e do Júri Popular

 

Prefeitura divulga funcionamento dos serviços de Saúde no feriado

terça-feira, outubro 23rd, 2012

A Prefeitura de Manaus informa que a Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) manterão plantão de 24 horas para atender a população, na quarta-feira (24), feriado municipal em que se comemora o Aniversário de Manaus.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não funcionarão neste dia, retomando o atendimento normal na quinta-feira (25). As cinco unidades do Programa Farmácia Gratuita, instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e São José (T5), ambos na zona Leste; na Compensa; e no V-8 seguem esta mesma programação.

Já o serviço SOS Vida cumprirá, na quarta-feira, a agenda normal de remoção de pacientes, para realização de alguns procedimentos previamente marcados, como é o caso de hemodiálise.

Disa Norte realiza homenagem pelo Dia do Servidor Público

segunda-feira, outubro 22nd, 2012

O Grupo Ampliado de Educação Popular em Saúde do Distrito de Saúde Norte (Disa Norte) vai realizar nesta terça-feira, dia 23, uma ação em homenagem ao Dia do Servidor Público, comemorado no dia 28 de outubro. A ação vai acontecer na Policlínica Anna Barreto, no bairro Cidade de Deus, e será a primeira a ser realizada pelo Grupo Ampliado de Educação Popular em Saúde do Disa Norte. O público-alvo são os profissionais que atuam na unidade de saúde.

Com o tema “Dia do Servidor: Trabalhando Saúde e Vivência Popular”, o evento foi idealizado como forma de propiciar práticas democráticas, participativas e dinâmicas, visando a construção de diálogo e experiências em saúde entre os trabalhadores da policlínica.

A assistente social Amaríades Pinheiro, integrante do Grupo Ampliado de Educação Popular em Saúde, explica que a programação vai desenvolver práticas populares de cuidado e de arte. “A intenção é construir espaços coletivos de fala e escuta compartilhada, potencializando o protagonismo dos trabalhadores em seu ambiente de execução de tarefas e promovendo discussão sobre os processos de produção de saúde”, informa Amaríades.

O evento terá início às 09h00 e os profissionais de saúde poderão participar de atividades como Círculo de Cultura; Autocuidado; o Corredor do Cuidado; Mostra Cultural; Tenda do Conto; Espaço das Artes; e Cine Saúde.

 

Semsa fiscalizou comércio de bebidas alcoólicas no Boi Manaus

segunda-feira, outubro 22nd, 2012

Equipes de fiscalização do Departamento de Vigilância Sanitária (DVisa), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estarão atuando no entorno do Centro de Convenções (Sambódromo), nas três de noites de realização do Boi Manaus, que começa nesta sexta-feira (19). O principal objetivo é coibir a comercialização de bebidas alcoólicas, por vendedores ambulantes. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, alerta que a venda do produto por esses comerciantes é proibida pelo Código Sanitário do Município. Segundo ele, a ação envolverá aproximadamente 40 fiscais do DVisa (divididos nas três noites do evento) e contará com o apoio da Polícia Militar (PM).

O diretor do DVisa, Marco Fabris, explica que os ambulantes flagrados cometendo a infração serão notificados e poderão receber multa que varia de R$ 704 a R$ 7,1 mil. A proibição de venda de bebidas alcoólicas por ambulantes está prevista no artigo 418, Inciso II, do 3.910/97, que compõe o Código Sanitário municipal.

A Semsa também participará da estrutura de apoio ao Boi Manaus com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Seis ambulâncias ficarão posicionadas na área interna do Sambódromo, de acordo com o gerente-geral do SAMU, Ruy Abrahim.

A festa do Boi Manaus é realizada pela Prefeitura de Manaus e marca as comemorações do aniversário da cidade, que completa 343 anos, na próxima quarta-feira (24).

MSF Dr. Silas Santos promoveu III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança

sexta-feira, outubro 19th, 2012

 

 

 

 

 

“Dentre as várias ações desenvolvidas em parceria com a comunidade, a unidade de saúde promoveu pelo terceiro ano consecutivo a III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança, que aconteceu de 8 a 11 de outubro de 2012.Pensar o SUS sob a ótica da integralidade e da humanização significa situar os cidadãos como centro da organização das práticas de saúde”. É acreditando nesse diálogo com a comunidade, que trabalham as equipes do Módulo de Saúde da Família, Dr. Silas Santos, localizado no Conjunto Castanheiras, Bairro de São José, Distrito Leste de Manaus.

Durante esta semana várias atividades de Educação em Saúde e atendimento multiprofissional foram realizadas com as crianças e o tema que norteou o evento foi “Promovendo a Alimentação Infantil Saudável”.

O dia “D” do evento reuniu 470 crianças, que participaram das atividades de teatro de fantoches, cantinho da leitura, cantinho da pintura, sala de artes e de jogos, futebol, corrida de saco além do atendimento das equipes de saúde.

Teste Rápido para Sífilis, nesta sexta, nas “Carretas da Mulher”

sexta-feira, outubro 19th, 2012

As Unidades Móveis de Saúde da Mulher que estão posicionadas no Parque Municipal do Idoso e no Parque Lago do Japiim e a Policlínica Comte Telles (que fica no bairro do São José) estarão realizando, nesta sexta-feira (19), o teste rápido para o diagnóstico da Sífilis. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a oferta do exame nestas unidades da Prefeitura de Manaus faz parte da campanha organizada pelas Coordenações Estadual e Municipal de DST/Aids, alusiva ao Dia Nacional de Combate à Sífilis (20 de outubro).

Deodato frisa que o principal foco da campanha deste ano é a Sífilis Congênita, aquela transmitida de mãe para filho. O objetivo das ações educativas é reforçar a informação de que a doença, ainda com elevada prevalência no País, pode ser prevenida se a gestante for corretamente diagnosticada e adequadamente tratada, evitando a transmissão da doença para o bebê, por meio da placenta.

O exame sorológico tradicional para o diagnóstico da Sífilis – mais conhecido como VDRL – e o tratamento da doença, que é feito à base de antibióticos, estão disponíveis na rede pública de saúde. O Teste Rápido que auxilia no diagnóstico da doença, vem sendo utilizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em ações específicas. A previsão é de que passe a ser adotado na rotina de atendimento às gestantes em breve, com a implantação do programa Rede Cegonha, executado em parceria com o Governo Federal.

A gerente de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, Ana Carolina Leão, explica que, nesta sexta-feira, nas Unidades Móveis de Saúde que estão no Parque do Idoso e no Parque Lagoa do Japiim, o Teste Rápido da Sífilis será ofertado para as mulheres. O público masculino poderá fazer o teste apenas na Policlínica Comte Telles.

Outro local onde o teste estará sendo disponibilizado é a sede do Sindicato dos Estivadores, onde o trabalho estará sendo desenvolvido pela coordenação estadual de DST/Aids, da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD),  em parceria com a Rede Mulheres Positivas, o Movimento Cidadãs Positivas do Amazonas e Associação de Prevenção às DST/Aids e Hepatites Virais do Amazonas (Soceama). Todas essas entidades, assim como a Pastoral da Aids/Centro Dom Jackson, são parceiras da campanha.

Profissionais da saúde – Ainda como parte da Campanha de Combate à Sífilis, três blitze educativas serão realizadas nesta sexta-feira. Uma delas acontece às 9h, na Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajóz, na Compensa. À tarde, a partir das 14h, a ação será levada à Maternidade Ana Braga, da rede estadual. “Nas maternidades o público-alvo da blitz são os profissionais de saúde. O objetivo é reforçar junto aos profissionais a importância da identificação dos casos de grávidas que não tenham realizado o exame da sífilis, durante o pré-natal, para que elas sejam submetidas ao exame”, explica Ana Carolina.

Transmissão vertical – Segundo dados da Gerência Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais, neste ano, 66 casos de sífilis congênita já foram notificados em Manaus. No ano passado, foram 103 notificações. A transmissão vertical (de mãe para filho) da doença pode ocorrer em qualquer fase da gestação, com consequências que podem ir da má formação do feto, aborto e, até mesmo, à morte do recém-nascido. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis, nas gestantes com sífilis recente não tratada, a taxa de transmissão vertical varia de 70% a 100% e, na tardia, de 30% a 40%.

Feira de Alimentos orgânicos, no Parque dos Bilhares, neste sábado

sexta-feira, outubro 19th, 2012

Uma feira de alimentos orgânicos estará funcionando neste sábado (20), das 17h às 20h, no Parque dos Bilhares, como parte da programação de encerramento da “VII Semana da Alimentação Saudável”, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, além da feira, equipes da Semsa, com o apoio de acadêmicos da Faculdade Literatus, estarão no local reforçando as orientações sobre a importância da redução no consumo de sal, gorduras e açúcar na alimentação diária e as vantagens dos alimentos orgânicos.

A importância do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável na infância, também estará sendo abordada na atividade do Parque dos Bilhares. “Este é um tema prioritário nas ações da Equipe Técnica de Nutrição e Alimentação da Semsa, que atua de forma coordenada com o Setor de Saúde da Criança e o Programa de Nutrição Infantil Leite do Meu Filho”, destacou Deodato. Os visitantes do parque também poderão fazer a avaliação do Índice de Massa Corpórea (IMC), teste de glicemia e aferição de pressão arterial.

Organizada pela Área Técnica de Alimentação e Nutrição da Semsa, a “VII Semana da Alimentação Saudável” foi marcada por atividades específicas para os profissionais da rede de Atenção Básica e, também, ações educativas, desenvolvidas na Cozinha Comunitária da Colônia Antônio Aleixo e nas Policlínicas da rede municipal. Na terça-feira (16), profissionais da rede participaram de uma manhã de palestras, no auditório da Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz, na Compensa. Os temas abordados no encontro foram: “Alimentação fora do Lar”; “Alimentos Transgênicos e Organismos Geneticamente Modificados/OGM” e “Alimentos Funcionais”.

Ainda na terça-feira, uma ação educativa foi levada aos frequentadores da Cozinha Comunitária – programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) –, que funciona na rua Padre Mário, na Colônia Antonio Aleixo, zona Leste. Com o apoio da equipe da Unidade Básica de Saúde Lago do Aleixo, a ação abordou os riscos do consumo exagerado de sal, açúcar e gorduras. Serviços como aferição de pressão arterial e teste de glicemia capilar (que ajuda no diagnóstico do diabetes), também foram oferecidos.

Servidores do SAMU concluem capacitação em “Suporte Básico”

quarta-feira, outubro 17th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizou nesta terça-feira (16), no auditório da Assembleia Legislativa do Estado, a solenidade de formatura de 281 servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que integraram a 1ª Turma do Curso de Suporte Básico de Vida. O curso faz parte do “Projeto de Capacitação dos Profissionais de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel” e foi resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Manaus, o Ministério da Saúde e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), de São Paulo. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o principal objetivo do projeto é padronizar o atendimento pré-hospitalar oferecido pela Rede SAMU 192, em todo o País.

“É com imensa alegria que estamos certificando esta primeira turma de 281 técnicos Enfermagem e condutores socorristas do SAMU Manaus, que concluiu com êxito uma jornada de 18 meses de aprimoramento, cumprindo todos os critérios estabelecidos pelo Instituto de Educação e Ciências do HAOC”, disse Deodato. O secretário frisou que a permanente capacitação das equipes do SAMU foi tratada como prioridade pela gestão do prefeito Amazonino Mendes. “Além de ampliar e modernizar a estrutura de atendimento do SAMU, o prefeito implantou um Laboratório de Habilidades, espaço muito bem equipado e destinado ao treinamento das equipes do serviço”, acrescentou.

Durante a capacitação, os profissionais/alunos participaram de aulas presenciais (teóricas e práticas) e também de aulas ministradas no sistema de ensino à distância. Plataformas interativas foram utilizadas para que tivessem acesso à literatura especializada, provas e outros conteúdos relacionados aos temas dos 16 módulos de ensino. Para a condução deste trabalho em nível local, dois profissionais membros do Núcleo de Educação de Urgência do SAMU Manaus – o médico Jander de Moraes Araújo e a enfermeira Lêda Lima Sobral – foram previamente capacitados pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz, para atuar como tutores de todo o processo de treinamento.

“O fato de contarmos com a estrutura do Laboratório de Habilidades foi determinante para o sucesso desta iniciativa. Sem este espaço adequado, bem equipado, seria muito difícil executar o projeto. Temos relatos de que, em muitas cidades em que a Rede SAMU está presente, as dificuldades para a realização do curso foram grandes, justamente pela falta de uma estrutura de apoio como esta”, afirmou Lêda Sobral. A Rede Samu tem 147 centrais de atendimento, em todo o País. Destas, 27 – incluindo a de Manaus – foram selecionadas para participar do “Projeto de Capacitação dos Profissionais de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel”.

A diretora do Departamento de Atenção Especializada e Serviços de Urgência da Semsa, Cláudia Teixeira, destacou a amplitude da capacitação concluída pelos 281 profissionais do SAMU, que abordou conteúdos relacionados à Política Nacional de Atenção às Urgências; conceitos de Biosegurança e Segurança de Cena; Emergências Pediátricas, Obstétricas, Clínicas Neurológicas, Clínicas Cardiológicas, Psiquiátricas; Atendimentos a incidentes com múltiplas vítimas; Transporte Aeromédico e Aquaviário; Emergências Respiratórias, Metabólicas e Toxicológicas; Trauma e Emergências Cirúrgicas, entre outros temas. “Que ganha com a qualificação do atendimento de urgência e emergência pré-hospitalar é a população, que tem ao seu alcance profissionais bem preparados, aptos a prestar uma assistência de elevado padrão”, afirmou Cláudia Teixeira.

Sífilis congênita é tema de campanha educativa

quarta-feira, outubro 17th, 2012

A sífilis congênita (aquela transmitida de mãe para filho) é tema de uma campanha educativa que está sendo realizada esta semana, pelas coordenações estadual e municipal de DST/Aids, com o apoio de organizações da sociedade civil. A atividade é alusiva ao Dia Nacional de Combate à Sífilis – comemorado em 20 de outubro – e acontece nas unidades da rede municipal de Saúde, incluindo as “Carretas da Mulher” e os Postos de Saúde Rural; nos Centros de Convivência da Família; Maternidades, entre outros locais.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, diz que o objetivo da campanha é reforçar a informação de que a sífilis congênita, ainda com elevada prevalência no País, pode ser prevenida se a gestante for corretamente diagnosticada e adequadamente tratada, evitando a transmissão da doença para o bebê, por meio da placenta. “O exame para o diagnóstico da Sífilis e o tratamento da doença estão disponíveis na rede pública de saúde”, frisou o secretário.

Segundo dados da Gerência Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), neste ano, 66 casos de sífilis congênita já foram notificados em Manaus. No ano passado, foram 103 notificações. A transmissão vertical (de mãe para filho) da doença pode ocorrer em qualquer fase da gestação, com consequências que podem ir da má formação do feto, aborto e, até mesmo, à morte do recém-nascido. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis, nas gestantes com sífilis recente não tratada, a taxa de transmissão vertical varia de 70% a 100% e, na tardia, de 30% a 40%.

As ações que estão sendo desenvolvidas esta semana procuram reforçar a importância do pré-natal e da prática de sexo seguro. “No pré-natal, o exame para o diagnóstico de Sífilis, conhecido como VDRL, é procedimento padrão”, explica a gerente de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, Ana Carolina Leão. Ela destacou que a Sífilis é uma doença infecto-contagiosa, sexualmente transmissível, daí a necessidade de também inserir na campanha, as orientações sobre a prática de sexo seguro, com uso de preservativo.

Carretas da Mulher – Na sexta-feira (19), o teste rápido para o diagnóstico da Sífilis estará sendo disponibilizado nas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, que estão posicionadas no Parque Municipal do Idoso e Parque Municipal Lagoa do Japiim. Ana Carolina explica que, nas “Carretas da Mulher”, o exame será específico para o público feminino (mulheres em idade fértil). Neste dia, o público masculino poderá ter acesso ao teste na Policlínica Comte Telles, que fica no bairro do São José.

Atualmente, o teste rápido da Sífilis é oferecido pela rede pública municipal apenas em ações específicas (ao contrário do VDRL, que faz parte da rotina). Ana Carolina salienta que, com a Rede Cegonha, programa do governo federal que está em fase de implantação no âmbito do Município, o teste também deve passar a fazer parte da rotina de atendimento à gestante.

Servidores do SAMU concluem capacitação

terça-feira, outubro 16th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promove, nesta terça-feira (16), às 14h, no auditório da Assembleia Legislativa do Estado, a solenidade de formatura de 281 servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que integraram a 1ª Turma do Curso de Suporte Básico de Vida. O curso faz parte do “Projeto de Capacitação dos Profissionais de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel” e foi realizado por meio de parceria entre a Prefeitura de Manaus, o Ministério da Saúde e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), de São Paulo. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, que presidirá a solenidade de formatura, o principal objetivo do projeto é padronizar o atendimento pré-hospitalar oferecido pela Rede SAMU 192, em todo o País.

Serviço: Solenidade de Formatura dos Servidores do SAMU Manaus, que integram a 1ª Turma do Curso de Suporte Básico de Vida

Data/Hora: 16/10, às 14h

Local: Auditório da Assembleia Legislativa do Estado (av. Mário Ypirganda Monteiro, 3.950, Parque 10)

Infestação do mosquito da Dengue cai em Manaus

terça-feira, outubro 16th, 2012

O índice de infestação pelo mosquito da dengue, na capital amazonense, caiu de 2% em julho para 1,9%, em outubro, conforme levantamento realizado pela Prefeitura de Manaus, entre os dias 1º a 11 deste mês. Apesar da redução no índice, o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, alerta que a combinação entre altas temperaturas e o início das chuvas exige o reforço das medidas preventivas básicas, que evitam a proliferação do mosquito.

“A dengue se combate o ano inteiro, mas a partir de agora é necessário redobrar os cuidados no ambiente doméstico, fazendo a vistoria permanente nos quintais, pátios, lajes e outras áreas abertas, para eliminar aqueles depósitos que possam acumular água da chuva e se transformar em criadouros de larvas do Aedes aegypti”, orienta Deodato.

O secretário destaca que camburões, tanques e outros depósitos do tipo, utilizados para armazenar a água para o consumo doméstico, devem ser mantidos bem tampados e também ser permanentemente vistoriados para identificar se há presença de larvas do mosquito da dengue.

É muito importante lavar com escova ou palha de aço, as paredes de recipientes como camburões que guardam água para uso doméstico ou dos bebedouros de animais. Com isso, eliminam-se os ovos do mosquito, que costumam ser depositados pela fêmea nas paredes desses depósitos.

“Normalmente, a desova não acontece diretamente na água, mas sim na parede do recipiente, bem próximo a sua superfície. Estes ovos são muito resistentes, podem sobreviver grudados na parede enxuta por mais de um ano, daí a importância de uma limpeza eficiente, para realmente eliminá-los, evitando que entrem em contato com a água”, diz o biólogo Vanderson Sampaio, assessor técnico do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria Municipal Municipal de Saúde (Semsa).

Médio risco – Pelos parâmetros do Ministério da Saúde, o resultado apurado pelo Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa), na capital, é de médio risco para casos de dengue, patamar que vai de 1% a 3,8%. O LIRAa deste mês foi o quarto realizado este ano, em Manaus. Para realizar o levantamento, a Semsa inspeciou 27.197 imóveis, distribuídos por todas as zonas da cidade.

Executado trimestralmente, o LIRAa é uma das ferramentas utilizadas pela Semsa, para orientar as ações de controle da dengue na capital, permitindo que sejam priorizadas as áreas onde há maior infestação do mosquito transmissor da doença. No primeiro LIRAa do ano, realizado entre 9 e 20 de janeiro, o  índice de infestação pelo mosquito da dengue, na capital amazonense, estava em 3,4%. Em abril, quando foi realizado o segundo levantamento, o indicador baixou para 2,7%. Em julho, ficou em 2%.

Semsa inicia “VII Semana da Alimentação Saudável”

terça-feira, outubro 16th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) inicia, nesta terça-feira (16), às 9h, no auditório da Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz, na Compensa, as atividades da VII Semana da Alimentação Saudável. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a programação, organizada pela Área Técnica de Alimentação e Nutrição do órgão, reúne atividades específicas para os profissionais da rede de Atenção Básica e, também, ações educativas que serão desenvolvidas junto às pessoas atendidas na Cozinha Comunitária da Colônia Antonio Aleixo e nas Policlínicas da rede municipal, além dos frequentadores do Parque dos Bilhares.

A programação que acontece no auditório da Moura Tapajoz terá como público-alvo profissionais da rede municipal de saúde, que irão participar de uma rodada de palestras sobre os temas “Alimentação fora do Lar”; “Alimentos Transgênicos e Organismos Geneticamente Modificados/OGM” e “Alimentos Funcionais”. “Esta parte da programação tem o apoio do Conselho Regional de Nutricionistas e será uma oportunidade para os profissionais da rede se atualizarem sobre questões relacionadas à Segurança Alimentar, que é o tema central da programação deste ano”, disse o secretário.

Ainda na terça-feira, das 9h às 15h, uma ação educativa será levada aos frequentadores da Cozinha Comunitária – programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) –, que funciona na rua Padre Mário, na Colônia Antonio Aleixo, zona Leste. Com o apoio da equipe da Unidade Básica de Saúde Lago do Aleixo, a ação terá como foco os riscos do consumo exagerado de sal, açúcar e gorduras. Serviços como aferição de pressão arterial e teste de glicemia capilar (que ajuda no diagnóstico do diabetes), também serão oferecidos. “Estes mesmos temas serão trabalhados de forma mais intensificada, durante toda a semana, nas Policlínicas da rede municipal”, afirma a responsável pela Equipe Técnica de Alimentação e Nutrição, da Semsa, nutricionista Daniele Belota.

No sábado (20), o encerramento das atividades da VII Semana da Alimentação Saudável será marcado por uma programação no Parque dos Bilhares, zona Centro-Sul. Equipes da Semsa, com o apoio de acadêmicos da Faculdade Literatus, estarão no local, das 17h às 20h, reforçando as orientações sobre a importância da redução no consumo de sal, gorduras e açúcar; a importância do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável na infância; as vantagens dos alimentos orgânicos; e dicas sobre a rotulagem de alimentos. Os visitantes do parque também poderão fazer a avaliação do Índice de Massa Corpórea (IMC), Teste de Glicemia e aferição de pressão arterial.

Prefeitura divulga funcionamento dos serviços de Saúde no feriado

quinta-feira, outubro 11th, 2012

A Prefeitura de Manaus informa que a Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) manterão plantão de 24 horas para atender à população, nesta sexta-feira (12), feriado nacional que homenageia a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não funcionarão neste dia, retomando o atendimento normal na segunda-feira (15). As cinco unidades do Programa Farmácia Gratuita, instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e São José (T5), ambos na zona Leste; na Compensa; e no V-8 seguem esta mesma programação.

Já o serviço SOS Vida cumprirá, na sexta-feira, a agenda normal de remoção de pacientes, para realização de alguns procedimentos previamente marcados, como é o caso de hemodiálise.

Unidade encerra III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança

quinta-feira, outubro 11th, 2012

Orientações sobre nutrição saudável e atividades recreativas irão marcar o encerramento, na manhã desta quinta-feira (11), da III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança, promovida pelo Módulo de Saúde da Família (MSF) Dr. Silas Santos, da Prefeitura de Manaus. Durante toda a semana, a unidade de saúde localizada no conjunto Castanheiras, zona Leste da cidade, desenvolveu uma programação especial, voltada para o público infantil, com várias atividades de educação em saúde e atendimento multiprofissional.

De acordo com a diretora do MSF, fisioterapeuta Ana Célia de Sousa D’Oliveira, as orientações sobre nutrição saudável estarão sendo feitas pelas nutricionistas Cláudia Rolim e Josimara Moura, ambas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e por acadêmicos do curso de Nutrição da UniNilton Lins.

Mais de 100 crianças e suas mães participaram da III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança, cuja programação teve início na segunda-feira (8). Os pequenos passaram por avaliação antropométrica; atualização vacinal; escovação dos dentes supervisionada, com aplicação de flúor, entre outras atividades. As mães foram entrevistadas para prestar informações sobre os hábitos alimentares das crianças atendidas. “Estas informações serão posteriormente analisadas e aquelas crianças que apresentem desvio nutricional como, por exemplo, quadro do obesidade ou desnutrição, serão encaminhadas para atendimento na Policlínica Comte Telles, no São José.

No Silas Santos funcionam as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) L-111, L-112 e L-138. As três equipes se envolveram na realização da Semana de Atenção Integral à Criança, que também teve o apoio do Departamento de Atenção Básica da Semsa, por meio do Setor de Saúde da Criança e Equipe Técnica de Alimentação e Nutrição. “Todas as crianças que participaram das atividades realizadas no decorrer da semana, foram convidadas a retornar nesta quinta-feira para o encerramento da ação. Preparamos uma série de atividades recreativas e de orientação para recebê-las”, disse Ana Célia.

Servidoras da Saúde e da Educação participam de encontro

quinta-feira, outubro 11th, 2012

Quase 250 servidoras das Secretarias Municipais de Saúde e da Educação (Semsa e Semed) participaram, na manhã da quarta-feira (10), do evento organizado pelas duas pastas como parte das atividades do Outubro Rosa, movimento internacional de luta contra o câncer de mama. A programação aconteceu no auditório da Semed (no bairro de Adrianópolis) e incluiu palestras, com espaço para que as servidoras pudessem tirar suas dúvidas sobre a doença e, também, sobre o câncer de colo de útero.

A subsecretária municipal de Gestão da Saúde, Denise Machado, que representou o secretário Francisco Deodato na abertura do evento, frisou a importância da atividade, destacando os esforços realizados pela atual gestão para ampliar a oferta de mamografia na rede pública municipal de Saúde, facilitando o acesso das mulheres ao exame.

“Foi com muita alegria que vimos, no último dia 1º deste mês, o Ministério da Saúde criar o Programa de Mamografia Móvel. Há um ano, a Prefeitura de Manaus, de forma pioneira, implantou o Programa de Unidades Móveis de Saúde da Mulher, que hoje já conta com seis unidades de atendimento, percorrendo toda a cidade. Agora vemos um programa semelhante ser transformado em política nacional pelo Ministério”, afirmou Denise.

A subsecretária salientou que, além da implantação das unidades móveis – que são mais conhecidas como “Carretas da Mulher” –, a Prefeitura investiu para ampliar o número de policlínicas com a oferta do serviço de mamografia. Até 2010, apenas a Policlínica Djalma, na Compensa, dispunha de mamógrafo. Atualmente, o serviço é oferecido, também, na Unidade de Saúde Ambulatorial Alfredo Campos, no bairro do Zumbi; na Policlínica Comte Telles, no bairro de São José e na Unidade de Saúde Ambulatorial Major Sálvio Belota, no Santa Etelvina.

Representando o secretário municipal de Educação, Mauro Lippi, o subsecretário de Administração e Finanças da pasta, Luis Fabian Barbosa, afirmou que o evento organizado em parceria com a Semsa, além de ter como foco a saúde das servidoras, também foi uma oportunidade para subsidiá-las com informações que poderão ser repassadas, em sala de aula, para os estudantes. “O sucesso deste evento reside, também, na possibilidade de ele alcançar um número ainda mais expressivo de pessoas. As professoras, pedagogas, gestoras e demais profissionais da Educação que estão aqui, atuarão certamente como multiplicadores das informações repassadas pelos profissionais de saúde, durante as palestras”, disse Luis Fabian.

Diagnóstico precoce – O médico mastologista Gerson Mourão proferiu a palestra sobre o câncer de mama e, em seguida, participou de uma sessão de perguntas e respostas, durante a qual a platéia do evento pode tirar dúvidas. Mourão fez questão de destacar a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, como forma tanto de evitar as cirurgias mutiladoras, como de assegurar a cura da doença. Quando descoberto logo no início, este tipo de câncer tem prognóstico de 90% de cura.

“Em todo o País ainda é elevado o número de casos da doença descobertos em estágio avançado. Dois fatores contribuem para isso: a desinformação e as dificuldades do sistema de saúde, na esfera pública ou privada, de assegurar o acesso das mulheres ao exame de mamografia”, disse Mourão. O médico elogiou o projeto das “Carretas da Mulher”. “É uma iniciativa fantástica. Fiquei surpreso com a informação prestada aqui pelos técnicos da Semsa, de que essas unidades realizam uma média de 40 exames por dia. Isso muda toda a história, muda o perfil do diagnóstico da doença (na capital)”, disse o especialista.

Mourão aproveitou a palestra para reforçar a importância do auto-exame, que deve ser feito pelas mulheres todos os meses, para ajudar na detecção precoce de alterações nas mamas. “O exame clínico feito pelo médico e a mamografia têm no auto-exame um grande aliado. Estudos apontam que 80% dos cânceres de mama são originalmente descobertos pela própria paciente, que percebe o nódulo no seio e, então, procura o médico”, frisou o mastologista.

A enfermeira Rita Castro, do Setor de Saúde da Mulher, da Semsa, fez a palestra sobre o câncer de colo do útero, destacando a importância do exame preventivo, também conhecido como Papanicolau. Ela passou orientações sobre a faixa etária em que o exame é recomendado (de 25 a 64 anos), a periodicidade com que deve ser feito e a necessidade de tratamento das chamadas lesões precursoras (que podem levar ao câncer).

Exames – No próximo dia 15, como atividade complementar ao evento desta quarta-feira, uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher será posicionada no pátio da Semed, onde permanecerá por duas semanas, realizando exames de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo de câncer do colo do útero. Os dois primeiros exames necessitam de requisição médica. “Esta ação é uma iniciativa da Semsa e da Semed, mas outros órgãos da Prefeitura também podem participar. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 3642-9997”, explica a enfermeira Rita Castro, do Setor de Saúde da Mulher, da Semsa.

Semsa e Semed promovem evento pelo Outubro Rosa

quarta-feira, outubro 10th, 2012

Como parte das atividades do Outubro Rosa, as Secretarias Municipais de Saúde e da Educação (Semsa e Semed) promovem, na manhã desta quarta-feira (10), um evento que tem a finalidade de reforçar, junto às servidoras das duas instituições, a importância da prevenção ao câncer de mama e de colo do útero. A programação acontece das 8h30 às 9h30, no auditório da Semed (av. Mário Ypiranga Monteiro, 2549, bairro de Adrianópolis) e incluirá uma palestra proferida pelo médico mastologista Gerson Mourão.

No dia 15, como atividade complementar ao evento desta quarta-feira, uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher será posicionada no pátio da Semed, onde permanecerá por duas semanas, realizando exames de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo de câncer do colo do útero. Os dois primeiros exames necessitam de requisição médica. “Esta ação é uma iniciativa da Semsa e da Semed, mas outros órgãos da Prefeitura também podem participar. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 3642-9997”, explica a enfermeira Rita Castro, do Setor de Saúde da Mulher, da Semsa.

Rita Castro salienta que as mulheres na faixa etária entre 50 a 69 anos, pelo menos a cada dois anos, devem fazer o exame de mamografia, conforme preconiza o Instituto Nacional do Câncer (INCA), sendo que esse exame para rastreio pode iniciar a partir dos 40 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia.

“Estudos baseados em evidências demonstram que as mulheres com maior risco em desenvolver câncer de mama são aquelas entre 50 a 69 anos. Em qualquer idade, mulheres com nódulos mamários também podem fazer mamografia, sendo esta diagnóstica, conforme avaliação médica”,  destaca Rita.

Reforço – Nos últimos três anos, a rede municipal de saúde da capital recebeu um reforço importante para as ações de prevenção ao câncer de mama. Além de ampliar o número de policlínicas com a oferta do serviço de mamografia, a Prefeitura de Manaus foi pioneira na implantação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, mais conhecidas como “Carretas da Mulher”.

Até 2010, apenas a Policlínica Djalma, na Compensa, dispunha de mamógrafo. Em janeiro de 2011, o serviço passou a ser oferecido na Unidade de Saúde Ambulatorial Alfredo Campos, no bairro do Zumbi. Em dezembro do mesmo ano, foi a vez da Policlínica Comte Telles, no bairro de São José, ofertar o serviço. O mais recente reforço veio com a inauguração da Unidade de Saúde Ambulatorial Major Sálvio Belota, localizada no bairro Santa Etelvina, que também dispõe de mamógrafo.

Em agosto de 2011, a Semsa iniciou o processo de implantação das Carretas da Mulher. Hoje, já são 06 unidades do tipo funcionando e levando a todos aos bairros da cidade, os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero. Em pouco mais de um ano de funcionamento, as seis unidades móveis já realizaram mais de 50,3 mil exames, incluindo 15 mil mamografias.

Semelhança – No último dia 1º de outubro, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou a portaria que cria o Programa Mamografia Móvel, destinado a qualificar e ampliar a assistência oncológica no País e que será executado em parceria com Estados e Municípios. O programa prevê a implantação de Unidades Oncológicas Móveis, que percorrerão as cidades para a realização das mamografias, num modelo bastante semelhante ao do programa implantado pela Prefeitura de Manaus há um ano.

Movimento Outubro Rosa – O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo e seu nome remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama. Além de ações voltadas para a prevenção desta doença, o movimento tem se tornado conhecido pela adesão de governos, empresas e entidades que, todos os anos, neste mês, promovem a iluminação de monumentos, prédios, pontes, entre outras construções, utilizando a cor rosa. O objetivo é mobilizar a população em torno das ações preventivas contra o câncer de mama.

Maioria dos nomeados comparece no primeiro dia de atendimento

terça-feira, outubro 9th, 2012

Dos 753 candidatos convocados na semana passada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para tomar posse como servidor do órgão, mais da metade compareceu, na segunda-feira (10), para buscar orientação, fazer a entrega de documentos e pegar a lista de exames de saúde exigidos. O posto de atendimento montado no auditório da secretaria, que funcionou das 8h às 13h,  registrou a presença de 417 candidatos, o que representa 55,4%  do número total de convocados.

“Foi um número excelente para o primeiro dia de atendimento. A estrutura que montamos para recepcionar os novos servidores funcionou muito bem e apesar do grande número de candidatos, não houve contratempos”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

Segundo Deodato, os candidatos que compareceram na segunda-feira tiveram a documentação conferida, puderam tirar suas dúvidas sobre os procedimentos pré-admissionais e receberam a lista de exames de saúde, com encaminhamento para a Junta Médica do município. Os nomeados têm 30 dias – de 08/10 a 06/11 – para tomar posse no cargo. A sede da Semsa, onde os concursados estão sendo atendidos, fica na av. Mário Ypiranga Monteiro, 1695, bairro de Adrianópolis (com entrada pela rua Maceió).

A lista com o primeiro edital de convocação do concurso público realizado pela Semsa este ano foi publicada no Diário Oficial do Município do último dia 3. A versão eletrônica da publicação está disponível para consulta no Portal da Prefeitura (www.pmm.am.gov.br).  Foram nomeados 176 médicos (de nove especialidades diferentes); 189 especialistas em Saúde (cargo de nível superior, em diversas áreas); e 388 assistentes em saúde (cargo de nível médio e médio técnico).

Concurso 2005 – Além dos 753 primeiros nomeados do concurso realizado este ano, a Prefeitura de Manaus também convocou para tomar posse 122 aprovados no concurso da Semsa de 2005. Foram chamados aprovados para os cargos de cirurgião-dentista; fisioterapeuta, técnico de enfermagem e técnico de higiene dental.

Para os procedimentos pré-admissionais, estes candidatos estão sendo atendidos diretamente na Secretaria Municipal de Administração (Semad), também no período que vai de 08/10 a 06/11. A sede da Semad fica na rua São Luís, 416, Adrianópolis (sala 100, no 1º Andar).

Documentos – Para o processo admissional, os nomeados devem apresentar os seguintes documentos: Carteira de Identidade; Carteira do PIS/Pasep; CPF; Título de Eleitor e quitação eleitoral; Quitação Militar; Certidão de Casamento e Certidão Nascimento dos Dependentes  (se for o caso); Comprovante de Escolaridade e Histórico Escolar; Carteira do Conselho de Classe e quitação (se for o caso); Comprovante de Conta Corrente/Bradesco; Comprovante de Residência com CEP; 2 fotografias 3×4 atuais. Todos os documentos devem ser apresentados com original e duas cópias.

Além dos documentos, é necessária a apresentação de exames de saúde, cuja relação está disponível nos postos de atendimento aos candidatos (na Semsa ou na Semad, conforme o caso).

UBSF L33 e UBS Geraldo Magela realizam Tenda do Conto

segunda-feira, outubro 8th, 2012

A UBSF L33 e a Unidade Básica de Saúde Geraldo Magela realizarão no dia 9 de outubro, às 14h, a vivência da Tenda do Conto com grupo de idosos da comunidade do Armando Mendes em parceria com o Centro de Convivência do Idoso.

A Tenda do Conto, metodologia de contação de histórias, foi uma das oficinas do CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE, que aconteceu de 14 a 17 de agosto em parceria com o Instituto Leônidas e Maria Deane- Fiocruz.

Nesta metodologia de intervenção junto à comunidade, os trabalhadores da saúde convidam usuários a trazer objetos que façam parte de suas histórias de vida. Este simples convite já mobiliza a família na procura desse objeto, algo que já desencadeia diálogos acerca de experiências passadas esquecidas ou não compartilhadas. Um a um, sentados em uma cadeira de balanço, em roda, as histórias de vida vão sendo compartilhadas, em uma escuta qualificada, que promove encontros, experiências, amorosidade e, consequentemente, promove saúde.

Tenda do Conto UBSF L33/Geraldo Magela

Quando: 09/10/12 – 14h

Onde: UBS Geraldo Magela

Rua I s/n – Armando Mendes

Responsável: Vânia Regina – Técnica de Enfermagem – UBSF L33

Ações da Semsa serão apresentadas em Congresso internacional

segunda-feira, outubro 8th, 2012

Um documentário sobre as ações desenvolvidas para acompanhamento das crianças assistidas pelo Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho”, da Prefeitura de Manaus, será apresentado no Congresso Ibero-Americano de Pesquisa Qualitativa em Saúde, que acontece na próxima semana, em Lisboa. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que o evento é promovido por um amplo conjunto de instituições, que são referência no ensino e desenvolvimento de pesquisas. O documentário sobre o programa foi selecionado pela Comissão Científica do congresso. A pediatra Elena Marta Amaral do Santos (coordenadora técnica do “Leite do Meu Filho”) e a nutricionista Tânia Batista, também da equipe técnica do programa, farão a apresentação do trabalho no evento, que acontece de 10 a 13 deste mês, na capital portuguesa.

No mesmo evento será apresentada a pesquisa “O Programa Saúde na Escola Sob o Olhar dos Agentes Sociais Envolvidos: um Estudo em Manaus/Amazonas/Brasil”. Elaborado como dissertação de Mestrado da pediatra Rita de Cássia Matos de Figueiredo Uchôa, do Setor de Saúde da Criança, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o trabalho apresenta uma avaliação das ações desenvolvidas pelo programa, sob a percepção de alunos, professores, profissionais da saúde e gestores de escolas e unidades de saúde envolvidos no projeto, no ano de 2011.

Indicadores – Em um ano de funcionamento, completado no último mês de agosto, já é possível identificar os primeiros resultados positivos da implantação do programa “Leite do Meu Filho”, sobretudo nas ações de Puericultura desenvolvidas pela rede municipal de Saúde. O número de consultas de acompanhamento médico das crianças menores de 5 anos, realizadas no primeiro semestre deste ano pela rede Atenção Básica, cresceu 48% em comparação ao mesmo período de 2011, destaca o secretário Francisco Deodato.

O principal objetivo do acompanhamento nas unidades de saúde é prevenir doenças como diarreia e pneumonias, ou quadros de desnutrição, contribuindo desta forma para a redução das taxas de mortalidade infantil. Nos seis primeiros meses de 2011, antes da implantação do “Leite do Meu Filho”, foram registradas no sistema da Gerência de Informação em Saúde (GERIS/DACAR) 38.130 consultas de crianças menores de 5 anos. No primeiro semestre deste ano, o número subiu para 56.446.

A pediatra neonatologista Elena Marta Amaral dos Santos destaca que a postura de levar a criança ao médico de forma preventiva, e não apenas quando ela está doente, é uma das medidas mais importantes para combater a mortalidade infantil, pois ajuda a evitar o surgimento de doenças. “É este o princípio que está sendo fortemente trabalhado junto às famílias cadastradas no “Leite do Meu Filho” e um dos aspectos que vamos destacar na apresentação que faremos em Lisboa”, diz Elena Marta.

Família – Além de incentivar a Puericultura, que é o acompanhamento do desenvolvimento da criança, o “Leite do Meu Filho” também engloba outras vertentes de acompanhamento, que procuram alcançar a família como um todo. É caso do planejamento familiar e do pré-natal, que visam contribuir para a redução dos índices de mortalidade materna. “Manaus fechou o ano de 2011 com uma expressiva queda no índice de mortalidade materna, que ficou em 56,87 por 100 mil nascidos vivos, contra os 78,78 mortes por 100 mil nascidos vivos, no ano de 2010. O programa Leite do Meu Filho tem muito a contribuir para manter esta tendência de queda e reduzir ainda mais este índice, que ainda é alto”, afirma Elena Marta.

Saúde na Escola – Criado em 2007 pelos Ministérios da Saúde e da Educação, e lançado em 2009 pela Prefeitura de Manaus, a proposta do PSE é oferecer atenção integral de prevenção, promoção e atenção à saúde de crianças, adolescentes e jovens do ensino básico público.  Uma das estratégias para o alcance desses objetivos é promover a articulação entre as escolas públicas e as unidades básicas de saúde, principalmente, da Estratégia Saúde da Família. No primeiro ano de funcionamento do programa, as ações foram desenvolvidas em 15 escolas públicas e envolveram 15 equipes da Estratégia. Atualmente, são 86 escolas e 84 equipes de saúde.

Unidade de Saúde promove “Alimentação Infantil Saudável”

segunda-feira, outubro 8th, 2012

O Módulo de Saúde da Família (MSF) Dr. Silas Santos realiza, no período de 8 a 11 deste mês, a III Semana de Atenção Integral à Saúde da Criança. Uma programação especial, com atividades de educação em saúde e atendimento multiprofissional ao público infantil foi preparada pelas três equipes de Saúde da Família que atuam na unidade da Prefeitura de Manaus, que fica no conjunto Castanheiras, bairro do São José, na zona Leste da cidade. “Promovendo a Alimentação Infantil Saudável” é o tema da programação deste ano, explica a diretora do MSF, fisioterapeuta Ana Célia de Sousa d’Oliveira.

“Esta é uma atividade que já se tornou tradicional na semana em que se comemora o Dia das Crianças (12 de Outubro), com grande participação da comunidade. As equipes trabalham com afinco para mobilizar o maior número de crianças, os agentes comunitários de saúde fazem todo um trabalho de divulgação prévia das ações, para garantir o sucesso da programação”, destaca Ana Célia. No MSF Dr. Silas Santos funcionam a UBSF L-111, L-112 e L-138.

Nos dias 8, 9 e 10, o atendimento multiprofissional às crianças vai incluir avaliação antropométrica; atualização vacinal; escovação dos dentes supervisionada, com aplicação de flúor; avaliação das práticas alimentares das crianças atendidas (com preenchimento de questionário); e encaminhamento das crianças que apresentem desvio nutricional ao atendimento nas Policlínicas do Distrito de Saúde Leste; e atividades lúdicas educativas.

No dia 11, nutricionistas e acadêmicos do curso de Nutrição estarão orientando crianças e pais sobre os aspectos de uma nutrição saudável e, em seguida, ganham espaço as atividades recreativas, já no clima de festa do Dia das Crianças. “Nós temos a preocupação de fazer desta atividade um momento de conscientização a respeito dos temas escolhidos. No ano passado, trabalhamos a questão da Saúde Bucal das crianças, com o tema ‘A saúde do seu filho começa pela boca’. Neste ano, vamos trabalhar bastante a questão da obesidade infantil”, destaca a enfermeira Jocilane Vasconcelos, da UBSF L-112.

A III Semana da Atenção Integral à Saúde da Criança tem o apoio do Departamento de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Setor de Saúde da Criança e Equipe Técnica de Alimentação e Nutrição.

“Carretas da Mulher” no Parque do Idoso não atendem nesta sexta

sexta-feira, outubro 5th, 2012

As duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, que estão posicionadas no Parque Municipal do Idoso (bairro Nossa Senhora das Graças, zona Sul), suspenderão o serviço nesta sexta-feira (5), retomando o atendimento normal a partir da próxima segunda-feira (8). A medida foi necessária porque o Parque do Idoso abrigará seções de votação no próximo domingo (7), dia das Eleições Municipais. Em virtude disto, já a partir desta sexta-feira o local estará sob a responsabilidade do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

O coordenador das unidades móveis de saúde, Sérgio Machado, explica que a suspensão do serviço não se aplica às “Carretas da Mulher” que estão posicionadas no Parque Lagoa do Japiim, na zona Centro-Sul. “Neste local o atendimento ocorrerá normalmente nesta sexta-feira”, frisou o secretário. Nas “Carretas da Mulher” são oferecidos os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero.

O atendimento no Parque do Idoso e no Parque Lagoa do Japiim teve início no último dia 3 e deve se estender por 15 dias úteis. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento estará sendo feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria unidade móvel, mediante triagem da equipe de atendimento.   

Veja os locais de atendimento das “Carretas da Mulher”

Parque Municipal do Idoso: Rua Rio Mar, 1.324, Nossa Senhora das Graças

Parque Municipal Lagoa do Japiim: Rua Coronel Rodrigo Otávio, s/n, Japiim

Nomeados em concurso começam a ser atendidos na segunda

sexta-feira, outubro 5th, 2012

A partir da próxima segunda-feira (8), os primeiros 753 candidatos nomeados do concurso público realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) este ano, já poderão comparecer à sede do órgão para os procedimentos pré-admissionais. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o atendimento será feito no auditório da secretaria (que funciona na Av. Mário Ypiranga Monteiro, 1695, bairro de Adrianópolis), no horário das 8h às 13h. Ele destaca que os nomeados têm 30 dias – de 08/10 a 06/11 – para tomar posse no cargo.

As primeiras nomeações do concurso da Semsa foram publicadas pela Prefeitura de Manaus no Diário Oficial do Município que começou a circular na noite da última quarta-feira (3). A versão eletrônica está disponível para consulta no Portal da prefeitura (www.pmm.am.gov.br).  Foram nomeados 176 médicos (de nove especialidades diferentes); 189 especialistas em Saúde (cargo de nível superior, em diversas áreas); e 388 assistentes em saúde (cargo de nível médio e médio técnico).

Concurso 2005 – No Diário Oficial que circulou na noite de quarta-feira (3), a Prefeitura também nomeou 122 aprovados no concurso realizado pela Semsa em 2005. Foram chamados para tomar posse candidatos aprovados para os cargos de cirurgião-dentista; fisioterapeuta, técnico de enfermagem e técnico de higiene dental.

Para os procedimentos pré-admissionais, estes candidatos serão atendidos diretamente na Secretaria Municipal de Administração (Semad), também no período que vai de 08/10 a 06/11. A sede da Semad fica na rua São Luís, 416, Adrianópolis (sala 100, no 1º Andar).

Documentos – Para o processo admissional, os nomeados devem apresentar os seguintes documentos: Carteira de Identidade; Carteira do PIS/Pasep; CPF; Título de Eleitor e quitação eleitoral; Quitação Militar; Certidão de Casamento e Certidão Nascimento dos Dependentes  (se for o caso); Comprovante de Escolaridade e Histórico Escolar; Carteira do Conselho de Classe e quitação (se for o caso); Comprovante de Conta Corrente/Bradesco; Comprovante de Residência com CEP; 2 fotografias 3×4 atuais. Todos os documentos devem ser apresentados com original e duas cópias.

Além dos documentos, será necessária a apresentação de exames de saúde, cuja relação estará disponível nos postos de atendimento aos candidatos (na Semsa ou na Semad, conforme o caso).

“Carretas da Mulher” já atendem no Parque do Idoso e Japiim

quarta-feira, outubro 3rd, 2012

As Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, iniciam nesta quarta-feira (3) um período de 15 dias úteis de atendimento no Parque Municipal do Idoso, localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Sul; e no Parque Lagoa do Japiim, no bairro do Japiim, zona Centro-Sul. Nas “Carretas da Mulher”, como são mais conhecidas estas unidades móveis, são oferecidos os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero.

O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento estará sendo feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria unidade móvel, mediante triagem da equipe de atendimento.

Neste mês, a Secretaria Municipal de Saúde se associa ao já tradicional Movimento Outubro Rosa e reforça as orientações sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, destaca que a rede municipal de saúde de Manaus recebeu um reforço importante nos últimos três anos, no que diz respeito à prevenção desta doença. “Além de ampliar o número de policlínicas com a oferta do serviço de mamografia, a Prefeitura de Manaus foi pioneira na implantação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, que também oferecem este exame”, acrescentou Deodato.

Até 2010, apenas a Policlínica Djalma, na Compensa, dispunha de mamógrafo. Em janeiro de 2011, o serviço passou a ser oferecido na Unidade de Saúde Ambulatorial Alfredo Campos, no bairro do Zumbi. Em dezembro do mesmo ano, foi a vez da Policlínica Comte Telles, no bairro de São José, ofertar o serviço. O mais recente reforço veio com a inauguração da Unidade de Saúde Ambulatorial Major Sálvio Belota, localizada no bairro Santa Etelvina, que também dispõe de mamógrafo.

Em agosto de 2011, a Semsa iniciou o processo de implantação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher. Hoje, já são 06 unidades do tipo funcionando. As “Carretas da Mulher” percorrem os bairros, oferecendo os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero. Em pouco mais de um ano de funcionamento, as seis unidades móveis já realizaram mais de 50,3 mil exames, incluindo 15 mil mamografias.

Semelhança – Na segunda-feira (1º), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou a portaria que cria o Programa Mamografia Móvel, destinado a qualificar e ampliar a assistência oncológica no País e que será executado em parceria com Estados e Municípios. O programa prevê a implantação de Unidades Oncológicas Móveis, que percorrerão as cidades para a realização das mamografias, num modelo bastante semelhante ao do programa implantado pela Prefeitura de Manaus há um ano.

Desde que começaram a funcionar, em agosto de 2011, até 30 de agosto deste ano, as “Carretas da Mulher”, da Prefeitura de Manaus, já realizaram 14,9 mil mamografias; 21,7 mil ultrassonografias; e 13,8 mil coletas de preventivo do câncer do colo do útero, totalizando 50,3 mil exames.

Prevenção – As mulheres na faixa etária entre 50 a 69 anos, pelo menos a cada dois anos, devem fazer o exame de mamografia, conforme preconiza o Instituto Nacional do Câncer (INCA), sendo que esse exame para rastreio pode iniciar a partir dos 40 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia. “Estudos baseados em evidências demonstram que as mulheres com maior risco em desenvolver câncer de mama são aquelas entre 50 a 69 anos. Em qualquer idade, mulheres com nódulos mamários também podem fazer mamografia, sendo esta diagnóstica, conforme avaliação médica”, destaca a enfermeira Rita Castro, do Setor de Saúde da Mulher, da Semsa.

Veja os locais de atendimento das “Carretas da Mulher”, a partir desta quarta-feira

Parque Municipal do Idoso: rua Rio Mar, 1.324, Nossa Senhora das Graças

Parque Municipal Lagoa do Japiim: rua Coronel Rodrigo Otávio, s/n, Japiim

Semsa inicia quarto LIRAa de 2012

quarta-feira, outubro 3rd, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou, na segunda-feira (1º), o quarto Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2012. Executado trimestralmente, o LIRAa é uma das ferramentas utilizadas pela Prefeitura de Manaus para orientar as ações de controle da dengue na capital, permitindo que sejam priorizadas as áreas onde há maior infestação do mosquito transmissor da doença. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o levantamento amostral deverá inspecionar 27.195 imóveis, distribuídos por todas as zonas da cidade.

Para a realização das atividades do quarto LIRAa do ano, a Semsa destacou 248 agentes de endemias e supervisores. O trabalho deve se estender até o próximo dia 15. Além de apontar as áreas da cidade com maior índice de infestação do mosquito da dengue, o levantamento também permite identificar os principais tipos de criadouros que estão favorecendo a proliferação do Aedes aegypti.

Na zona Leste, as atividades do LIRAa estão sendo iniciadas pelos bairros do Mauazinho (Vila da Felicidade), Colônia Antônio Aleixo e Armando Mendes. Na zona Norte, começam pelo Cidade de Deus, Cidade Nova (conjunto Manôa) e Novo Aleixo. O bairro Tarumã (incluindo o Tarumã-Açu) será o primeiro da zona Oeste; na zona Centro-Oeste, o trabalho começa pelo bairro da Paz. Na zona Centro-Sul, por Flores, Aleixo, Nossa Senhora das Graças e Parque 10. Na zona Sul, pelo bairro do Japiim.

No primeiro LIRAa do ano, realizado entre 9 e 20 de janeiro, o  índice de infestação pelo mosquito da dengue, na capital amazonense, estava em 3,4%. Em abril, quando foi realizado o segundo levantamento, o indicador baixou para 2,7%. Em julho, nova redução, para 2%. Pelos parâmetros do Ministério da Saúde, os resultados apurados representam médio risco para casos da doença, patamar que vai de 1% a 3,8%.

 

“Carretas da Mulher” vão atender nos Parques do Idoso e do Japiim

segunda-feira, outubro 1st, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou, na sexta-feira (28), a programação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, para o mês de outubro. A partir da próxima quarta-feira (3), as “Carretas da Mulher”, como essas unidades móveis são mais conhecidas, iniciam um período de 15 dias úteis de atendimento no Parque Municipal do Idoso, localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Sul; e no Parque Lagoa do Japiim, no bairro do Japiim, zona Centro-Sul.

Esta semana, as “Carretas da Mulher” concluíram um período de atendimento nos bairros da Alvorada, zona Centro Oeste; Monte das Oliveiras, na zona Norte; e na rua Ferreira Pena, área central da cidade, onde ficaram desde o início deste mês, oferecendo os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero.

As “Carretas da Mulher” funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento estará sendo feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria unidade móvel, mediante triagem da equipe de atendimento.

Desde que começaram a funcionar, em agosto de 2011, até 30 de agosto deste ano, as “Carretas da Mulher” já realizaram 14,9 mil mamografias; 21,7 mil ultrassonografias; e 13,8 mil coletas de preventivo do câncer do colo do útero, totalizando 50,3 mil exames.

Outros serviços – Além das seis Unidades Móveis de Saúde voltadas para o atendimento das mulheres, a Prefeitura de Manaus tem em funcionamento mais quatro Unidades Móveis Odontológicas e duas Unidades Móveis Médico-Laboratorial que atendem, prioritariamente, nas escolas da rede pública municipal. As próximas a receber o serviço são a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Ana Mota Braga, que fica no bairro de São Francisco, e EMEF Francisca Gomes Mendes, na Compensa II. O atendimento nestes locais terá início no dia 10 de outubro.

Equipes do SAMU participam de simulação de atendimento

sexta-feira, setembro 28th, 2012

 

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192), da Prefeitura de Manaus, participaram na quinta-feira (27), no Parque dos Bilhares, zona Centro-Sul, de uma simulação de atendimento de urgência, na ocorrência de desastres com múltiplas vítimas. Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas, que estavam de plantão nas oito bases do serviço, foram acionados para prestar socorro às “vítimas” de uma suposta explosão de dois botijões de gás, ocorrida numa lanchonete localizada no interior do parque, num horário de grande movimento no local.

O treinamento segue as diretrizes do Ministério da Saúde para a rede de atendimento de urgência e emergência, que prevê a capacitação permanente e periódica das equipes de atendimento pré-hospitalar, sob a coordenação do Núcleo de Educação Permanente de Urgência (NUEPU/SAMU). Além dos profissionais do SAMU, também participaram do exercício equipes do SOS Vida – programa de remoção de pacientes também executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) –; integrantes do Grupo Alfa, formado por acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); bombeiros civis, guardas metropolitanos e alunos de um curso técnico de Enfermagem.

As equipes foram dividas em duas turmas. A primeira realizou o exercício das 8h às 10h. A segunda, das 10h às 12h. A delimitação da área do acidente, o tempo resposta de chegada das equipes de socorro à área; tempo de atendimento no local e observância dos critérios de prioridade para o atendimento às vítimas foram alguns dos itens trabalhados durante a ação. A atividade também contou com a parceria da Guarda Metropolitana e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

“O objetivo deste treinamento é aplicar o conhecimento técnico das equipes em uma situação próxima da realidade, eliminando dúvidas e fazendo a atualização do protocolo de atendimento”, explicou Claudia Teixeira, diretora de Atenção Especializada e Serviços de Urgência da Semsa. Além de fazer parte da rotina de capacitação das equipes do serviço, o treinamento também integra os preparativos para a Copa do Mundo de 2014, que tem Manaus como uma das subsedes do evento.

Procolo Start – A metodologia de atendimento pré-hospitalar aplicada na simulação foi o Protocolo Start, adotado pelo Ministério da Saúde como padrão em incidentes com múltiplas vítimas. O objetivo da metodologia é assegurar a sobrevivência do maior número possível de feridos, classificando as vítimas em quatro escalas de prioridade, identificadas por cores: prioridade absoluta (vermelho), intermediária (amarelo), baixa (verde) e nula (cinza).

Com graus de prioridade absoluta e intermediária, a vítima deve passar pela triagem, atendimento e ser removida em até 30 minutos e 60 minutos, respectivamente. Pacientes com baixa prioridade são os que, geralmente, não precisam de remoção, pois sofreram lesões leves ou não apresentaram lesões. A prioridade nula é para aqueles que foram a óbito no momento do acidente.

Brechó de usuários do CAPS Sul movimenta Cachoeirinha

sexta-feira, setembro 28th, 2012

Um brechó organizado por servidores e usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Sul), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), movimentou, na quarta-feira (26), a sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) que a Prefeitura de Manaus mantém no bairro da Cachoeirinha. A responsável pela Equipe Técnica de Ações em Saúde Mental da Semsa, psicóloga Elivandra Mendes, explica que o brechó funcionou como oficina de geração de renda, com caráter terapêutico.  “Além do atendimento clínico especializado, os CAPS utilizam as oficinas terapêuticas como um instrumento importante de integração social dos usuários do serviço”, afirma Elivandra.

Na Oficina Brechó, os usuários atendem os clientes, cuidam da manutenção do espaço, fazem as vendas, aprendem a lidar melhor com o dinheiro. No final da atividade, todo o valor arrecadado é reinvestido em outras oficinas de geração de renda. “Roupas, sapatos e acessórios de segunda mão são vendidos juntamente com peças artesanais produzidas pelos próprios usuários, em outras oficinas terapêuticas”, detalha a coordenadora.

Em maio, num outro momento importante de atividade destinada a fortalecer os laços sociais das pessoas atendidas no serviço, o CAPS Sul, em parceria com o Programa de Educação para o Trabalho/PET Saúde Mental, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), organizou a exposição de fotografias “O Resgate dos Animais no Bosque”. Montada no Espaço Cultural Thiago de Melo, da Saraiva Megastore (no Manauara Shopping), a exposição foi produto de uma visita dos usuários do serviço, ao Parque Municipal do Mindu, no Parque 10. A partir das fotografias, o grupo foi estimulado a produzir uma fotonovela, desenvolvendo a história e seus personagens, dentro de uma temática ecológica.

Implantado pela Prefeitura de Manaus em 2010, o CAPS Sul foi o primeiro da rede municipal de saúde e atende adultos com transtornos mentais graves e persistentes. Os usuários atendidos na unidade recebem acompanhamento de uma equipe multiprofissional, com acesso a medicamentos, psicoterapia individual ou em grupo, oficinas terapêuticas, entre outras atividades.

SAMU realiza simulação de atendimento em desastres

quinta-feira, setembro 27th, 2012

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) da Prefeitura de Manaus realiza, nesta quinta-feira (27), a partir das 8h, no Parque dos Bilhares, zona Centro-Sul, uma simulação de atendimento de urgência, na ocorrência de desastres com múltiplas vítimas. De acordo com o subsecretário-executivo municipal de Saúde, Orestes Guimarães, o treinamento segue as diretrizes do Ministério da Saúde para a rede de atendimento de urgência e emergência, que prevê a capacitação permanente e periódica das equipes de atendimento pré-hospitalar, sob a coordenação do Núcleo de Educação Permanente de Urgência (NUEPU/SAMU).

O exercício envolverá, aproximadamente, 160 pessoas. Além de servidores do SAMU, a atividade terá a presença de equipes do SOS Vida – programa de remoção de pacientes também executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) –; de integrantes do Grupo Alfa, formado por acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); bombeiros civis, guardas metropolitanos e alunos/voluntários de curso técnico de Enfermagem.

As equipes foram dividas em duas turmas de 80 pessoas. A primeira turma realizará o exercício das 8h às 10h. A segunda, das 10h às 12h. A avaliação incluirá o tempo resposta de chegada das equipes de socorro à área do desastre e o tempo de atendimento no local. Toda a ação terá a parceria da Guarda Metropolitana e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

A previsão é de que o exercício envolva doze ambulâncias, além de quatro motolâncias. Elas serão acionadas e sairão das bases que estão distribuídas nas várias zonas da cidade. “O objetivo desta atividade é aplicar o conhecimento técnico das equipes em uma situação próxima da realidade, eliminando dúvidas e fazendo a atualização do protocolo de atendimento”, explica Claudia Teixeira, diretora de Atenção Especializada e Serviços de Urgência da Semsa.

Procolo Start – A metodologia de atendimento pré-hospitalar a ser aplicada na simulação será o Protocolo Start, adotado pelo Ministério da Saúde como padrão em incidentes com múltiplas vítimas. O objetivo da metodologia é assegurar a sobrevivência do maior número possível de feridos, classificando as vítimas em quatro escalas de prioridade, identificadas por cores: prioridade absoluta (vermelho), intermediária (amarelo), baixa (verde) e nula (cinza).

Com graus de prioridade absoluta e intermediária, a vítima deve passar pela triagem, atendimento e ser removida em até 30 minutos e 60 minutos, respectivamente. Pacientes com baixa prioridade são os que, geralmente, não precisam de remoção, pois sofreram lesões leves ou não apresentaram lesões. A prioridade nula é para aqueles que foram a óbito no momento do acidente.

Serviço: Simulado de atendimento do SAMU, em acidentes e catástrofes com múltiplas vítimas

Data/Hora: 27/09, às 8h

Local: Parque dos Bilhares (entrada pela Av. Djalma Batista)

Semsa firma parcerias para implantação do Projeto Vida no Trânsito

quarta-feira, setembro 26th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) lançou, na terça-feira (25), o Projeto Vida no Trânsito, que tem o apoio do Ministério da Saúde e a finalidade de fortalecer as políticas de prevenção de lesões e mortes no trânsito. Durante a reunião de lançamento, ocorrida no auditório da Semsa, o subsecretário-executivo municipal de Saúde, Orestes Guimarães, destacou que o projeto aposta no desenvolvimento de ações integradas e intersetoriais. O evento encerrou as atividades realizadas pela Prefeitura de Manaus no período de 18 a 25 deste mês, para marcar a Semana Nacional do Trânsito, na capital.

“Nosso primeiro desafio é integrar os sistemas de informações dos diversos órgãos com atuação na área do trânsito. Isso nos permitirá ter dados qualificados. As ações planejadas a partir destes dados, em nível local ou nacional, serão mais específicas, priorizando os fatores de risco e grupos de vítimas identificados como mais vulneráveis aos acidentes”, afirmou Orestes, quer representou o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, na solenidade de lançamento do Projeto Vida no Trânsito.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) foi o primeiro órgão municipal a assinar o Termo de Adesão ao Projeto Vida no Trânsito. O diretor-presidente do Instituto, Walter Cruz, destacou que a articulação entre os diversos órgãos com atuação na área de Trânsito é fundamental para a construção de um projeto que seja capaz de enfrentar prioritariamente os fatores que contribuem para a ocorrência de um número tão expressivo de acidentes e mortes no trânsito.

O Projeto Vida no Trânsito começou a ser implementado pelo Ministério da Saúde, no ano passado, em cinco capitais – Palmas (TO), Teresina (PI), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS) e Curitiba (PR). Em agosto deste ano, numa reunião realizada em Brasília, foi repassada a metodologia do projeto a novas cidades, incluindo Manaus. Como incentivo para implementação das ações, a capital do Amazonas recebeu repasse de R$ 250 mil.

“Iniciamos a formalização da parceria institucional entre os órgãos da Prefeitura e, em seguida, a mesma proposta será levada aos órgãos da esfera estadual, como é o caso do Detran/AM, Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde, e Secretaria de Segurança Pública”, frisou Orestes.

Entre os parceiros municipais incluem-se o Manaustrans; Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb); Secretarias Municipais de Educação (Semed), Infraestrutura (Seminf) e Comunicação (Semcom).

Cenário – Dados da Organização Mundial de Saúde apontam que, por ano, em todo o mundo, 1,2 milhão de pessoas morre e outras 50 milhões ficam feridas em acidentes de trânsito. É a primeira causa de morte na faixa etária entre 15 e 29 anos.  Em Manaus, quando se trata de óbitos associados a causas externas, os acidentes de trânsito ocupam o segundo lugar no ranking de mortalidade, atrás dos homicídios. Segundo dados disponibilizados pelo Manaustrans, de janeiro a junho deste ano, 5.635 foram lesionadas em acidentes de trânsito, na cidade, incluindo os casos de atropelamento. De janeiro a setembro deste ano, 178 mortes foram registradas. O dado positivo é que este número é 14,4% menor que o registrado no mesmo período de 2011, quando ocorreram 208 vítimas fatais no trânsito.

Parceria – “Não exceda a velocidade. Preserve a vida” foi o tema da Semana Nacional de Trânsito 2012, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).  O diretor-presidente do Manaustrans, Walter Cruz, destaca que a campanha se insere nas ações da “Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito – 2011/2010”, estratégia instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), que tem por meta reduzir em 50% os níveis de fatalidade nos acidentes de trânsito.

Semsa lança, nesta terça-feira (25), o Projeto Vida no Trânsito

terça-feira, setembro 25th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promove, nesta terça-feira (25), às 9h, o lançamento do Projeto Vida no Trânsito, com a adesão das instituições parceiras, no âmbito da administração municipal. O projeto, que conta com o apoio do Ministério da Saúde, tem a finalidade de fortalecer as políticas de prevenção de lesões e mortes no trânsito, com o desenvolvimento de programas e projetos de intervenção, priorizando os fatores de risco e grupos mais vulneráveis. O evento, que contará com a presença do subsecretário-executivo municipal de Saúde, Orestes Guimarães, e do diretor-presidente do Manaustrans, Walter Cruz, marca o encerramento da programação especial que vem sendo desenvolvida pela Prefeitura de Manaus, desde o último dia 18, como parte da Semana Nacional do Trânsito.

Serviço: Lançamento do Projeto Vida no Trânsito

Data: 25/09

Horário: às 9h

Local: auditório da Semsa (entrada pela rua Maceió, Adrianópolis)

Equipes da Semsa levam orientação aos pedestres nos terminais

sexta-feira, setembro 21st, 2012

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estarão presentes nos cinco grandes terminais de ônibus da cidade, nesta sexta-feira (21), das 7h às 10h30, realizando ações educativas com foco na prevenção de acidentes de trânsito. A atividade integra a programação especial que está sendo executada pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) desde a última terça-feira, como parte da Semana Nacional do Trânsito (comemorada em todo o País de 18 a 25 de setembro) e também marca o Dia Municipal pela Paz no Trânsito.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o trabalho de orientação que será feito pelas equipes de educação em saúde da Semsa tem o objetivo de reforçar, junto aos pedestres, a necessidade de uma postura mais cuidadosa no trânsito, com a adoção de condutas que são importantes para prevenir acidentes.

“De um modo geral, no Brasil, os altos índices de morte e de lesões graves causadas por acidentes de trânsito são um problema de saúde pública e o sistema de saúde precisa estar envolvido, também, com as ações preventivas, de orientação, que possam contribuir para a redução dos indicadores da violência no trânsito”, afirma Deodato.

Os dados da Organização Mundial de Saúde apontam que, por ano, em todo o mundo, 1,2 milhão de pessoas morre e outras 50 milhões ficam feridas em acidentes de trânsito. É a primeira causa de morte na faixa etária entre 15 e 29 anos.  Em Manaus, quando se trata de óbitos associados a causas externas, os acidentes de trânsito ocupam o segundo lugar no ranking de mortalidade, atrás dos homicídios.

A gerente de Educação em Saúde da Semsa, Liziane Gularte, explica que o trabalho de orientação que será feito nesta sexta-feira pelas equipes da Secretaria abordará temas como a forma mais correta de fazer a travessia de uma rua quando se está acompanhado de crianças, que devem ser seguradas pelo pulso e não pela mão (para não correr o risco de se soltar); os riscos de caminhar pelas vias públicas escutando música com fones de ouvido, o que dificulta ao pedestre perceber a aproximação de um veículo; ou, ainda, os cuidados que devem ser observados ao atravessar uma via, mesmo ao utilizar a faixa de pedestre.

Liziane diz que, no terminal, as equipes estarão distribuindo um folheto como algumas dicas importantes, reforçando aqueles cuidados que devem ser seguidos tanto pelos pedestres quanto pelos condutores. “São informações de conhecimento geral, mas que precisam ser permanentemente reforçadas, como é o caso da importância do uso do cinto de segurança, dos riscos de dirigir falando ao celular, da cautela que se deve ter ao atravessar uma via, da prioridade que deve ser dada ao uso de passarelas, onde elas estão disponíveis, enfim, medidas de prevenção que podem contribuir para a redução de acidentes”.

Parceria – “Não exceda a velocidade. Preserve a vida” é o tema da Semana Nacional de Trânsito 2012, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).  O diretor-presidente do Manaustrans, Walter Cruz, destaca que a campanha está inserida nas ações da “Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito – 2011/2010”, estratégia instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), que tem por meta reduzir em 50% os níveis de fatalidade nos acidentes de trânsito.

Cruz explica que, para desenvolver as atividades da Semana do Trânsito, o Manaustrans firmou parceria com as secretarias municipais de Educação (Semed), da Saúde (Semsa), de Comunicação (Semcom), de Infraestrutura (Seminf); Serviço Social do Transporte e Serviço Social de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), e Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb). “Estamos desenvolvendo uma extensa programação que culminará com o lançamento, na terça-feira (25), do Projeto Vida no Trânsito. São ações executadas durante esta semana, mas que ficarão permanentes, para valorizar a vida das pessoas”, destacou o presidente do Manaustrans.

ACSs participam de curso sobre atendimento a usuários de drogas

quarta-feira, setembro 19th, 2012

Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) da Estratégia Saúde da Família participam, durante toda esta semana, do segundo módulo do “Curso de Atualização sobre Intervenção Breve e Aconselhamento Motivacional em Crack e Outras Drogas”. Com duração total de 60 horas divididas em três módulos, o curso é realizado pelo Centro Regional de Referência na Formação Permanente para o Atendimento aos Usuários de Crack e Outras Drogas do Estado do Amazonas (CRRFP-AM/UFAM), em parceria com Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas, da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) e o Setor de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

O processo de capacitação dos ACS teve início em julho, com o primeiro módulo do treinamento, e integra as ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Manaus para estruturar a rede de atendimento aos dependentes químicos. “Da mesma forma que estamos estruturando a área de atendimento especializado, com a implantação dos Centros de Atenção Psicossocial voltados para usuários de álcool e outras drogas, precisamos preparar e organizar a base do sistema de atendimento dos dependentes químicos, com a capacitação e a sensibilização dos profissionais da Estratégia Saúde da Família, considerada a principal porta de entrada da Atenção Primária, no Sistema Único de Saúde”, afirma o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

Em abril deste ano, a Prefeitura implantou o segundo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da rede municipal de saúde; o primeiro voltado para o atendimento de crianças e adolescentes até 16 anos portadoras de transtornos mentais graves ou usuárias de álcool e outras drogas. Um novo CAPS do tipo AD – como são chamadas as unidades que atendem pessoas com dependência química –, será implantado na zona Norte da cidade, desta vez tendo os adultos como público-alvo adulto.

A capacitação dos ACS acontece das 8h às 12h, no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), no Aleixo. “A proposta do curso é assegurar que os ACS estejam preparados para intervir com clareza e conhecimento sempre que identificarem, no trabalho realizado diariamente junto às comunidades em que atuam, casos de uso abusivo de álcool e outras drogas, fazendo o aconselhamento e o encaminhamento adequado desses usuários, ao sistema de saúde”, afirma o enfermeiro Jailson Barbosa, do Setor de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas, da Semsa.

Para ministrar a capacitação dos ACS, o CRRFP-AM/UFAM convidou profissionais de centros de excelência, que já desenvolvem um trabalho de referência na área de álcool e outras drogas. O primeiro módulo do curso, realizado em julho, foi ministrado pelo doutor em Ciências da Saúde Telmo Mota Ronzani, professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora e coordenador do CRRFP-UFJF. Nesta segunda fase, a professora Eroy Aparecida da Silva, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), onde coordena o curso de Especialização em Terapias Cognitivas para o Tratamento de Dependentes de Álcool e Outras Drogas.

Fique por dentro: A implantação dos Centros Regionais de Referência na Formação Permanente para o Atendimento aos Usuários de Crack e Outras Drogas faz parte do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack de 2010 e foi ampliado pelo programa “Crack: É Possível Vencer”, lançado pela presidência da República em 2011. Os CRRs são pólos de capacitação permanentes, que funcionam em instituições de Ensino Superior públicas do País. Têm como objetivo capacitar profissionais de saúde, assistência social, segurança, justiça, líderes comunitários, além de servidores do Judiciário, em temas relacionados à prevenção ao uso de crack e outras drogas, bem como ao tratamento do uso abusivo dessas substâncias. Até 2014, a previsão é de que haja 65 CRRs em atividade no País.

Manaus registra queda de 34,3% no número de casos de Malária

quarta-feira, setembro 19th, 2012

De janeiro a agosto deste ano, Manaus registrou queda de 34,3% no número de casos de Malária, na comparação com o mesmo período de 2011. Segundo dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), nos oito primeiros meses deste ano 6.487 casos da doença foram notificados, contra 9.873, de janeiro a agosto do ano anterior.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, destaca que a expectativa de uma elevação dos casos da doença associada ao período da vazante, após a cheia histórica dos rios no Estado, acabou não se confirmando, na capital. “Entre outros fatores, atribuímos este resultado positivo à melhoria no processo de busca ativa dos casos de pessoas com sintomas da doença, o que permite agilizar o início do tratamento e contribui para a quebra da cadeia de transmissão da Malária”, afirmou Deodato.

Em todos os meses deste ano, o número de casos registrados manteve-se abaixo das notificações de 2011. As reduções mais expressivas ocorreram em julho (-51,3%) e agosto (-56,1%).

Entre as ações realizadas este ano para o combate à Malária, na capital, o secretário Francisco Deodato destaca, ainda, a distribuição dos mosquiteiros impregnados com inseticida e a intensificação do processo de capacitação dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde que fazem o trabalho de campo, seja na identificação de pessoas com sintomas da doença para encaminhamento ao tratamento, seja nas ações de controle vetorial, como é o caso da borrifação (fumacê) das áreas de risco para a Malária. “Somente este ano já foram realizadas seis capacitações, que alcançaram 450 agentes”, disse o secretário.

A instalação dos mosquiteiros impregnados de longa duração (MILDs, como são mais conhecidos), tem como finalidade evitar o contato das pessoas com o vetor da Malária – o mosquito Anopheles sp. – e, consequentemente, reduzir o número de casos da doença. Os MILDs instalados foram doados à Prefeitura de Manaus pelo Fundo Global de Luta Contra a HIV/Aids, Tuberculose e Malária. O organismo internacional, que mantém parceria com o Ministério da Saúde, também repassou recursos da ordem de R$ 2,5 milhões, para auxiliar na execução do projeto. “Todas as áreas consideradas prioritárias para as ações de combate à Malária, na capital, já receberam esta ação”, informa Deodato.

Mais recentemente, com recursos repassados pelo Ministério da Saúde, a Semsa fez a aquisição de 11 botes e 24 veículos tipo Pick-up, para reforçar a logística de deslocamento das equipes de combate à Malária, na área rural da cidade. Além disso, mais quatro localidades da área rural passaram a contar com laboratórios para coleta e realização do exame de lâmina (gota espessa), utilizado para o diagnóstico da doença. Agora, já são 86 laboratórios funcionando.

A doença – Febre, calafrios, dores de cabeça e pelo corpo, cansaço, palidez e falta de apetite, são alguns dos sintomas da Malária. A doença pode evoluir para quadros mais graves, mas pode ser tratada com sucesso se for detectada precocemente.

Evitar as áreas de risco é a melhor forma de se prevenir contra a doença. Se isso não for possível, é importante que a pessoa evite expor-se a áreas desprotegidas entre o anoitecer e as primeiras horas da manhã, período de maior atividade do mosquito transmissor da Malária, o Anopheles. Usar repelentes no corpo; colocar mosquiteiros ao redor da cama ou da rede; colocar telas nas janelas e portas para dificultar a entrada do mosquito na casa e permitir a borrifação intradomiciliar realizada pelos agentes de endemias são outras medidas recomendadas.

Pessoas que tenham passado pelas áreas de risco da malária devem ficar atentas e, se apresentarem os sintomas da doença, procurar de imediato uma unidade de saúde para a realização do exame de lâmina (gota espessa). Em caso de o resultado ser positivo, é preciso iniciar logo o tratamento e não interrompê-lo. O exame é feito a partir de uma gota de sangue retirada do dedo do paciente e está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde do município.

Semsa conclui ciclo com foco em crianças e adolescentes indígenas

terça-feira, setembro 18th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) conclui, nesta terça-feira (18), o ciclo de capacitações em Saúde da População Indígena, com foco nas crianças e nos adolescentes. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a atividade, que teve início em agosto, foi realizada em todos os Distritos de Saúde e alcançou aproximadamente 180 profissionais, principalmente da Estratégia Saúde da Família. O curso desta terça-feira acontece das 8h às 12h, na sede do Distrito de Saúde Leste (rua das Rosas, no Jorge Teixeira).

A técnica responsável pelas Ações de Atenção à Saúde da População Indígena e da População Negra do município, socióloga Paula Azevedo, explica que a abordagem voltada para a saúde de crianças e adolescentes indígenas fez parte do planejamento da Semsa para este ano. “Em 2011, trabalhamos a temática da saúde da mulher indígena. Este ano direcionamos para crianças e adolescentes, e no ano que vem a ideia é focar nos idosos indígenas”, destacou Paula.

Para a socióloga, a capacitação dos profissionais é importante porque o atendimento à população indígena precisa levar em conta as especificidades deste usuário, buscando a melhor forma de inseri-lo nas políticas públicas de saúde. “Os indígenas que vivem na capital, em sua maioria estão em situação de vulnerabilidade social, um quadro que tem impacto direto na saúde dessas pessoas. É muito importante que os profissionais de saúde tenham uma visão mais ampla e contribuam para o processo de inclusão dessas populações na rotina de atendimento da rede de saúde”, afirma Paula.

A capacitação tem como tema principal a “Situação de Saúde X Doença em Crianças e Adolescentes Indígenas”, abordando ainda “Doenças de maior prevalência e incidência em crianças e adolescentes indígenas e formas de tratamento em cada cultura”, “Situação de saúde X Doenças em crianças e adolescentes indígenas residentes em área urbana e área rural do município de Manaus” e “Amamentação por mães adolescentes”.

Em agosto, a capacitação foi direcionada aos profissionais do Distrito de Saúde Sul. Na semana passada (dias 10 e 11) o treinamento contou com a participação dos profissionais dos Distritos Oeste e Rural, encerrando-se nesta terça-feira, pelo DISA Leste.

Rastreamento permite recuperação de ambulância roubada do SAMU

sexta-feira, setembro 14th, 2012

O sistema de rastreamento por meio de GPRS, adotado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para todas as ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), permitiu a rápida localização de uma dessas unidades móveis de atendimento, que foi roubada na madrugada da sexta-feira (14), da base Norte do serviço, localizada no bairro Cidade Nova. De acordo com a diretora do Departamento de Atenção Especializada e Serviços de Urgência da Semsa, Claudia Teixeira, o roubo ocorreu por volta das 4h20 e, graças ao equipamento de segurança, foi possível identificar que o veículo estava seguindo em direção ao município vizinho de Manacapuru, onde foi recuperado, por volta das 5h30, com o apoio da Polícia Militar.

De acordo com Claudia, o assaltante entrou na base do SAMU aproveitando-se do momento em que o guarda de segurança da unidade fazia a ronda na parte dos fundos do imóvel. De acordo com o relato do segurança, ao retornar à área de estacionamento ele viu o veículo saindo da base, mas pensou tratar-se de atendimento normal. “O segurança conta que estava fazendo a ronda porque ficou preocupado com a presença de dois homens que permaneceram por algum tempo numa praça que fica em frente à base, observando o movimento na unidade”.

Pouco tempo depois, na Central de Regulação do SAMU, localizada no bairro da Praça 14, zona Sul, a equipe de plantão considerou estranha a sinalização do painel de controle de rastreamento por GPS, apontando que a Unidade de Suporte Básico 32 (identificação da ambulância roubada) estava em deslocamento, sem que a Regulação tenha acionado a Base Norte para atender qualquer ocorrência. “Por rádio, a Regulação fez contato com a Base Norte para esclarecer a situação e, neste momento, foi constatada a situação de furto do veículo”.

O SAMU acionou o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), da Polícia Militar, informando que a ambulância havia atravessado a ponte Rio Negro (que leva ao município de Iranduba). Na entrada da cidade de Manacapuru, a PM conseguiu recuperar o veículo e prender o homem que o dirigia. O mesmo não portava documentos e declarou ter 22 anos.

A Semsa registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos.

Prêmio criado pela Semsa disputa mostra competitiva em Brasília

sexta-feira, setembro 14th, 2012

O Prêmio Excelência em Vacinação, criado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em 2010, foi selecionado para disputar a mostra competitiva da 12ª Mostra Nacional de Experiências Bem Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi), que acontece em outubro, em Brasília.  Organizado pelo Ministério da Saúde, o evento tem o objetivo de difundir temas importantes para a consolidação do SUS e premiar os profissionais e serviços de saúde do País que se destaquem no desenvolvimento de ações de vigilância em saúde, relevantes para a Saúde Pública.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que o Prêmio Excelência em Vacinação vem se consolidando como uma importante ferramenta de monitoramento da qualidade do serviço prestado pelas salas de vacinação que funcionam nas Unidades Básicas de Saúde. “A metodologia adotada para a escolha das unidades que recebem o prêmio anual por se destacarem nas ações de imunização reforça as boas práticas e contribui com a identificação de eventuais falhas no processo de trabalho, propondo as intervenções administrativas pertinentes. O objetivo é aprimorar cada vez mais o serviço”, destaca o secretário.

Deodato frisa que, nos últimos quatro anos, Manaus tem sido destaque nas grandes campanhas de vacinação que fazem parte do calendário anual do Ministério da Saúde, sempre cumprindo ou superando as metas de cobertura vacinal estabelecidas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). “É importante que este nível de excelência se mantenha, também, no atendimento de rotina das salas de vacinação da rede municipal de saúde. A criação deste prêmio é uma estratégia importante para manter as equipes permanentemente estimuladas na busca pela qualidade deste serviço, que é tão fundamental para a prevenção de doenças”, afirma o secretário.

Metodologia – Organização e funcionamento das salas de vacinação, registros de dados e índices de cobertura vacinal alcançados são itens monitorados no processo de avaliação das unidades que concorrem ao prêmio anual de Excelência em Vacinação. A avaliação é feita por meio de visitas técnicas de equipes da Gerência de Imunização. Ao término de cada visita, é emitido um relatório, com a descrição detalhadas da situação encontrada e as orientações técnicas pertinentes. São analisados, ainda, os dados inseridos pelas unidades no Sistema de Informação de Avaliação do Programa de Imunização (SI-API) e Avaliação da Utilização de Imunobiológicos (SI-AIU).

De acordo com a gerente de Imunização da Semsa, enfermeira Kassia Véras, 48 salas de vacina concorreram na edição 2011 do Prêmio Excelência em Vacinação. Destas, 70% apresentaram melhorias no processo de trabalho de imunização. Na  primeira visita e análise administrativa dos dados oriundos dos sistemas de informação, verificou-se que 02 unidades receberam pontuação inferior a 5,0 pontos; 38 entre 5,1 e 8,0; e 08 entre 8,1 e 10 pontos. No segundo resultado, observaram-se melhorias significativas. Somente uma sala permaneceu com resultado inferior a 5,0 pontos; 35 tiveram pontuação entre 5,1 a 8,0 e 12 unidades entre 8,1 a 10,0 pontos.

“Em duas edições do prêmio já é possível perceber que a implantação das práticas que ele estimula representa um processo desafiador, mas compensatório. Os indicadores de avaliação demonstram que as unidades motivaram-se em cumprir as orientações técnicas; houve redução das falhas de organização da rede de frio (conservação das vacinas) e a prática de avaliação tornou- se uma atividade rotineira do serviço”, diz Kassia Véras.

Incentivo – Na Expoepi, a experiência vencedora de cada uma das 10 áreas temáticas que integrará a Mostra Competitiva, receberá uma premiação no valor de R$ 50 mil, mediante repasse de recurso financeiro do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal ou Estadual.

Treinamento tem foco na saúde de crianças e adolescentes indígenas

terça-feira, setembro 11th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizou, na segunda-feira (10), um treinamento em Saúde da População Indígena para profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF), que atuam na zona Norte de Manaus. O evento aconteceu durante toda a manhã, no Centro Estadual da Família Professora Teonísia Lobo, localizado no conjunto Amazonino Mendes e teve como foco a saúde de crianças e adolescentes indígenas.

A técnica responsável pelas Ações de Atenção à Saúde da População Indígena e da População Negra no município de Manaus, socióloga Paula Azevedo, explica que a abordagem voltada para a saúde de crianças e adolescentes indígenas faz parte do planejamento da Semsa para este ano. “Em 2011, trabalhamos a temática da saúde da mulher indígena. Este ano estamos direcionando para crianças e adolescentes, e no ano que vem a idéia é focar nos idosos indígenas. O treinamento é importante para que o profissional possa fazer uma abordagem específica para cada público, de forma adequada”, ressalta Paula Azevedo.

O treinamento teve como tema principal a “Situação de Saúde X Doença em Crianças e Adolescentes Indígenas”, abordando ainda “Doenças de maior prevalência e incidência em crianças e adolescentes indígenas e formas de tratamento em cada cultura”, “Situação de saúde X Doenças em crianças e adolescentes indígenas residentes em área urbana e área rural do município de Manaus” e “Amamentação por mães adolescentes”.

Segundo Paula Azevedo, a Semsa pretende treinar profissionais da ESF em todos os Distritos de Saúde. “Nesta terça-feira, a programação foi direcionada aos profissionais do DISA Norte, mas o mesmo treinamento aconteceu, em julho, no DISA Sul e se estenderá, nesta terça-feira (11), aos profissionais dos DISAs Oeste e Rural. Encerraremos no dia 18 de setembro, com os profissionais do DISA Leste”, informa Paula Azevedo.

Serviços de saúde no feriado da Semana da Pátria

terça-feira, setembro 4th, 2012

A Prefeitura de Manaus informa que a Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajoz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) manterão plantão de 24 horas para atender à população nos dias 5, 6 e 7 – que correspondem, respectivamente, ao feriado estadual em comemoração à Elevação do Amazonas à Categoria de Província; ponto facultativo; e feriado nacional da Independência –, bem como no final de semana subsequente (dias 8 e 9).

As Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não funcionarão neste período. As três unidades do Programa Farmácia Gratuita, instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e do São José (T5), ambos na zona Leste; na Compensa; e no V-8 seguem esta mesma programação, retomando o atendimento na segunda-feira (10).

O serviço SOS Vida cumprirá a agenda previamente marcada de remoção de pacientes para realização de alguns procedimentos, como é o caso de hemodiálise.

Programação das “Carretas da Mulher” para setembro

terça-feira, setembro 4th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou, nesta segunda-feira (3), a programação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, para o mês de setembro. Duas das seis “Carretas da Mulher” – como estas unidades móveis são mais conhecidas – permanecerão posicionadas no bairro da Alvorada II, na zona Oeste. Duas passarão a atender no bairro Monte das Oliveiras, na zona Norte. Completando o calendário, outras duas unidades farão atendimento na rua Ferreira Pena, no Centro (ao lado da sede da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos).

As Unidades Móveis de Saúde da Mulher oferecem serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer de colo de útero. De acordo com a subsecretária de Gestão da Saúde, Denise Machado, o atendimento nos novos locais se estenderá até 28 de setembro. A “Carreta da Mulher” que está no bairro da Alvorada funciona normalmente nesta segunda e terça-feira (3 e 4) e, em decorrência do feriado prolongado da Semana da Pátria (que inclui o ponto facultativo do dia 6), volta a atender na segunda-feira (10). As carretas que serão deslocadas para o Monte das Oliveiras e rua Ferreira Pena, no Centro, iniciam o período de atendimento no dia 12 (quarta-feira da próxima semana).

Serviços – As “Carretas da Mulher” funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. No caso dos exames de mamografia e ultrassonografia é necessário apresentar requisição médica. Este encaminhamento é feito pelas unidades de saúde da rede municipal que funcionam no entorno dos locais de atendimento. Para coleta de preventivo do câncer de colo do útero, o agendamento é feito na própria “Carreta da Mulher”, mediante triagem da equipe de atendimento.

Desde que foram implantadas pela Prefeitura de Manaus, em agosto de 2011, até o dia 30 de junho deste ano, as “Carretas da Mulher” já realizaram 14,3 mil mamografias; 21,7 mil ultrassonografias; e 12,8 mil coletas de preventivo do câncer do colo do útero, totalizando 48,9 mil exames.

Confira a programação de setembro

Alvorada II (03 a 28/09)

Rua J, nº 2 (pátio do Pró-Menor Dom Bosco)

Monte das Oliveiras (12 a 28/09)

Av. Samauma (praça que fica na entrada do Conjunto Vila da Barra)

Centro (12 a 28/09)

Rua Ferreira Pena (ao lado da sede da Semasdh)

Semsa e Correios promovem atividade de educação em saúde

sexta-feira, agosto 24th, 2012

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizou na quinta-feira (23), uma ação de Educação em Saúde direcionada aos trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. A atividade, realizada por equipe do Distrito de Saúde Norte, aconteceu no Centro de Distribuição Domiciliar (CDD), localizada no conjunto Manôa, e faz parte da Campanha de Saúde do Homem, que está sendo executada em todo o Brasil pelos Correios, como parte das comemorações pela passagem do Dia dos Pais, que foi celebrado no dia 12 deste mês.

A equipe do Disa Norte atendeu 50 profissionais e ofereceu serviços de aferição de Pressão Arterial e de Glicemia Capilar, vacinação contra Febre Amarela, Hepatite, Influenza e Tétano.  Também foram organizadas palestras sobre a Política Nacional de Saúde do Homem e sobre o Programa de Combate à Hipertensão e ao Diabetes (Hiperdia). Os trabalhadores receberam, ainda, orientação sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids (DST’s/Aids) e sobre o Programa de Controle de Tabagismo, que funciona na rede municipal de saúde e atende pessoas que queiram parar de fumar.

A enfermeira Lenita Moraes, responsável pelo Programa Saúde do Homem no Disa Norte, explica que a programação também foi organizada como referência ao Dia da Saúde do Homem, que será comemorado no sábado (25).

Programação especial – No sábado, a Semsa estará realizando III Torneio em Comemoração ao Dia da Saúde do Homem, que acontecerá das 8h às 17h, no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (avenida Noel Nutels, Cidade Nova) e associa atividades esportivas com oferta de serviços de saúde.

O evento pretende reunir servidores da Semsa e comunitários em geral, que participarão de partidas de Futsal, Voleibol, Dominó e Sinuca. Durante o evento, também haverá oferta de aferição de Pressão Arterial e de Glicemia Capilar, vacinação, teste rápido para o diagnóstico da infecção pelo HIV e ações educativas abordando os temas “Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids (DST’s/Aids)” e “Controle de Tabagismo”.

Curso sobre atenção humanizada tem palestra sobre Pedofilia

sexta-feira, agosto 24th, 2012

O diagnóstico clínico da pedofilia e a abordagem deste assunto no contexto da violência ou do abuso contra crianças e adolescentes, será o tema da palestra de encerramento do “VI Curso de Multiplicador para Atenção Humanizada a Vítimas de Violência Sexual e Doméstica”, que está sendo realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no auditório da Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajóz. O evento, que teve início na segunda-feira (20), reúne profissionais das áreas de Saúde, Educação, Assistência Social e Segurança Pública, além de representantes de entidades e instituições que integram a Rede de Proteção às Vítimas de Violência Sexual, na capital.

A palestra sobre Pedofilia, prevista para iniciar às 8h30, será ministrada pelo médico psiquiatra Domingos Timóteo de Jesus Ferreira que, entre outras atividades profissionais, atua como voluntário no Serviço de Atendimento a Vítimas de Violência Sexual (SAVVIS), da Maternidade Moura Tapajóz.

Durante toda a semana, os mais de 60 profissionais que estão participando do curso promovido pela Semsa puderam atualizar suas informações e debater temas como “Tráfico de Seres Humanos e Violência Sexual”; “O Protagonismo Juvenil no Combate à Violência Sexual”; “Aborto Legal”; “O Papel da Assistência Farmacêutica no Atendimento às Vítimas de Violência Sexual – Medicamentos Antiretrovirais e DSTs não virais”; “O Tratamento Psicológico dos Agressores”; “Aspectos Jurídicos da Rede de Proteção a Vítimas de Violência Sexual”, entre outros.

“Durante o curso há uma rica troca de experiências e de informações. O desconhecimento de uma instituição da rede de proteção, sobre o papel exercido pelas demais parceiras, pode prejudicar todo o processo de atendimento às vítimas de violência sexual e doméstica. Este tipo de evento, portanto, é fundamental para estreitar as parcerias e manter os profissionais atualizados”, diz a médica Zélia Campos, coordenadora do SAVVIS.

Atendimento especializado - A Prefeitura de Manaus mantém o Serviço de Apoio a Vítimas de Violência Sexual (SAVVIS), que funciona na Maternidade Moura Tapajóz. Desde 2006, quando foi implantado, o serviço especializado já realizou mais de 2,4 mil atendimentos.

O SAVVIS funciona 24 horas na Maternidade Municipal Dr. Moura Tapajóz, na Compensa. Também é disponibilizado, para atendimento ambulatorial de acolhimento às vítimas, nas Policlínicas Antônio Reis, Comte Telles e Monte das Oliveiras (das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira).

O acompanhamento das vítimas atendidas no serviço dura cerca de seis meses e é feito por uma equipe multiprofissional (médico, enfermeiro, psicólogo e assistente social), especialmente preparada para esse tipo de atendimento. Os pacientes têm atendimento prioritário e reservado, inclusive com leitos específicos em enfermaria específica (nos casos de internação) da maternidade.

Nos casos agudos (como são chamados aqueles em que o atendimento ocorre antes de completadas 72 horas da violência/abuso) os pacientes recebem os cuidados necessários para evitar doenças sexualmente transmissíveis – inclusive a Aids – e a gravidez indesejada, no caso das pacientes do sexo feminino, em idade fértil.

Além do atendimento médico, ambulatorial e psicológico, o SAVVIS orienta e acompanha as vítimas para que o crime seja registrado em uma delegacia. Em todos os casos em que a vítima é criança ou adolescente, é feita a notificação epidemiológica e ao Conselho Tutelar.

Campanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira

sexta-feira, agosto 24th, 2012

Termina nesta sexta-feira (24), a Campanha Nacional de Multivacinação, que tem o objetivo de atualizar o esquema vacinal das crianças menores de cinco anos de idade. A campanha acontece nas Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas da Prefeitura de Manaus e nos CAICs, da rede estadual. O atendimento nas salas de vacinação destas unidades é feito das 8h às 17h.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, desde o início da campanha, no último sábado (18), mais de 57,8 crianças compareceram aos postos de saúde para verificar a necessidade de atualizar o Cartão de Vacina. Destas, 39,2 mil estavam com o esquema de imunização em dia e outras 18,6 mil precisaram receber uma ou mais doses de vacina.

É indispensável que as crianças sejam levadas à unidade de saúde portando o seu Cartão de Vacinação. Somente mediante análise dos registros feitos no cartão é que o vacinador poderá identificar, com precisão, quais as vacinas que estão atrasadas. “Os pais que tiverem dúvida se o calendário de vacinação de seu filho está em dia, devem aproveitar essa oportunidade para ir à unidade de saúde, conversar com a equipe da sala de vacinação e, se for o caso, complementar a imunização da criança”, orientou o secretário.

Segundo a gerente de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), enfermeira Kassia Véras, a atualização abrange vacinas como a BCG, Hepatite B, Pentavalente, Tetravalente, Rotavírus, Pneumocócica 10 Valente, Meningocócica, Tríplice Viral, DTP e contra a Febre Amarela e a Paralisia Infantil. Cumprindo o calendário básico de vacinação, as crianças ficam protegidas contra doenças como sarampo, difteria, tétano, coqueluche, algumas formas de meningite, febre amarela, hepatite do tipo B, entre outras enfermidades.

Vitamina A – As crianças que estão comparecendo às unidades da rede municipal de saúde para avaliar a situação vacinal, também estão passando por uma triagem e, nos casos indicados, recebem uma megadose de Vitamina A. A oferta do suplemento tem a finalidade de ampliar a proteção contra quadros graves de doenças como diarreia, pneumonias e outras infecções relacionadas à deficiência da vitamina e faz parte das ações do programa Brasil Carinhoso, do Governo Federal, executado em parceria com Estados e Municípios.