Archive for the ‘noticias’ Category

Unidades Móveis iniciam atendimento em novos bairros

terça-feira, junho 10th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio do programa Saúde Manaus Itinerante, continua levando o atendimento de suas 10 Unidades Móveis, quatro de Saúde da Mulher, quatro de Saúde Odontológica e duas de Saúde Médico-Laboratorial, a vários pontos de Manaus. Esta semana, as unidades chegam ao Mauazinho, Sesi do Alvorada, Tarumã, São Francisco e Petrópolis.

No bairro do Mauazinho, as Unidades Móveis de Saúde da Mulher, de Saúde Odontológica e a Médico-Laboratorial ficarão até o dia 27 de junho, oferecendo serviços como mamografia, ultrassonografias, procedimentos odontológicos ambulatoriais, exames preventivos, coleta de exames laboratoriais, vacinas e consultas generalistas. As unidades ficarão localizadas na Av. Rio Negro, s/n, no estacionamento da Igreja dos Mormons.

O Sesi do Alvorada, o bairro São Francisco e o bairro Petrópolis receberão cada um o  atendimento de uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher até o dia 17 de junho. O Sesi do Alvorada fica localizado na Rua Vivaldo Lima, s/n, Alvorada I, ao lado do Centro de Internação Provisória Dagmar Feitosa. No São Francisco, a unidade ficará localizada na Rua Barbosa Rodrigues, em frente à loja Panda, próximo ao posto de vistoria do Detran. No Petrópolis, a unidade estará estacionada na Rua Delfim de Souza, 700, no CMEI Profª Odete de Araújo Puga Barbosa.

A comunidade da Unidade Básica de Saúde Lindalva Damasceno, no Tarumã, receberá uma Unidade Móvel de Saúde Odontológica e uma Médico-Laboratorial. Ambas ficarão estacionadas no km 03, em frente à UBS, até 30 de junho.

Atendimentos

As quatro Unidades Móveis de Saúde Odontológica (UMSO) realizam, por semana, 240 atendimentos odontológicos ambulatoriais.

As duas Unidades Móveis de Saúde Médico-Laboratorial (UMSML) realizam, por semana, 80 consultas generalistas, 80 consultas pediátricas, 120 exames preventivos (papanicolau), 150 coletas de exames de laboratório, além de disponibilizarem posto de vacinação e farmácia. Para a realização de consultas generalistas ou pediátricas são necessários RG e CPF ou, para menores, certidão de nascimento; para exames preventivos (papanicolau) são necessários RG e CPF.

Para garantir um resultado correto do preventivo, a mulher não deve ter relações sexuais (mesmo com camisinha) nos dois dias anteriores ao exame, deve evitar também o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores à realização do exame. É importante também que não estejam em seu período menstrual, porque a presença de sangue pode alterar o resultado. Mulheres grávidas também podem se submeter ao exame, sem prejuízo para sua saúde ou a do bebê.

Para coletas de exames de laboratório, são necessárias a solicitação dos exames, RG e CPF ou, para menores, a solicitação dos exames e certidão de nascimento.

As quatro Unidades Móveis de Saúde da Mulher (UMSM) realizam, por semana, 200 mamografias, sendo necessários RG, CPF e requisição médica para mulheres até 39 anos (para mulheres de 40 anos ou mais não é necessária requisição). Também são realizadas semanalmente 250 ultrassonografias (abdominal total, abdominal superior, transvaginal, pélvica, obstétrica, das vias urinárias, da tireoide e das mamas) para as quais são necessários RG, CPF e requisição médica.

Para verificar a programação e notícias das unidades móveis na internet, acesse semsa.manaus.am.gov.br e clique no ícone da programação das unidades móveis de saúde, no lado direito superior da página.

 

Confira abaixo a localização das Unidades Móveis de Saúde:

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE DA MULHER (UMSM)

SERVIÇOS OFERECIDOS: MAMOGRAFIAS E ULTRASSONOGRAFIAS: ABDOMINAL TOTAL, ABDOMINAL SUPERIOR, TRANSVAGINAL, PÉLVICA, OBSTÉTRICA, VIAS URINÁRIAS, TIREÓIDE E MAMA.

  • MAUAZINHO – (24.05 A 27.06.14) EVENTO REALIZADO NO SÁBADO (24.05)

AV. RIO NEGRO S/N – MAUAZINHO, NO ESTACIONAMENTO DA IGREJA DOS MORMONS

  • SESI – ALVORADA – (02.06 A 17.06.14)

RUA VIVALDO LIMA, SN, ALVORADA I, AO LADO DO DAGMAR FEITOSA

  • SÃO FRANCISCO – (03.06 A 17.06.14) EVENTO REALIZADO NO SÁBADO (07.06)

RUA BARBOSA RODRIGUES, EM FRENTE À LOJA PANDA, PRÓXIMO AO POSTO DE VISTORIA DO DETRAN/AM, BAIRRO SÃO FRANCISCO

  • PETRÓPOLIS – (07.06 A 17.06.14) EVENTO REALIZADO NO SÁBADO (07.06)

RUA DELFIM DE SOUZA, 700, PETRÓPOLIS, NO CMEI Prof.ª ODETE DE ARAÚJO PUGA BARBOSA

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE ODONTOLÓGICA (UMSO)

SERVIÇOS OFERECIDOS: PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS AMBULATORIAIS.

  • MAUAZINHO – (03.06 A 27.06.14)

AV. RIO NEGRO S/N – MAUAZINHO, NO ESTACIONAMENTO DA IGREJA DOS MORMONS

  • TARUMÃ – UBS LINDALVA DAMASCENO – (03.06 A 30.06.14)

EM FRENTE À UBS LINDALVA DAMASCENO, ESTRADA DO TARUMÃ, KM 03

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE MÉDICO-LABORATORIAL (UMSML)

SERVIÇOS OFERECIDOS: CONSULTAS GENERALISTAS, CONSULTAS PEDIÁTRICAS, EXAMES PREVENTIVOS (PAPANICOLAU), POSTO DE COLETA DE EXAMES DE LABORATÓRIO, POSTO DE VACINAÇÃO, FARMÁCIA.

  • MAUAZINHO – (10.06 A 27.06.14)

AV. RIO NEGRO S/N – MAUAZINHO, NO ESTACIONAMENTO DA IGREJA DOS MORMONS

  • TARUMÃ – UBS LINDALVA DAMASCENO – (03.06 A 30.06.14)

EM FRENTE À UBS LINDALVA DAMASCENO, ESTRADA DO TARUMÃ, KM 03

 

 

Departamento de Comunicação – SEMSA

Coordenação: Cláudia Barbosa

decom.semsa@gmail.com

Semsa forma especialistas em Gestão de Vigilância Sanitária e Emergência em Saúde

segunda-feira, junho 9th, 2014

Durante dez meses, cerca de 80 profissionais – eles, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) – participaram de cursos com status de especialização para atuarem em cargos de Gestão em Hospitais e Unidade de Saúde da cidade e da Região Metropolitana de Manaus. A diplomação ocorreu na sexta-feira, 06, no Instituto Superior de Administração e Economia (Isae).

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, participou do encerramento dos cursos de Gestão de Vigilância Sanitária e Gestão de Emergência em Saúde Pública e ressaltou a importância da especialização para os profissionais que atuam na rede de saúde em todo o Estado, incluindo a Rede Saúde Manauara.

“Todos estão de parabéns pela dedicação com que cumpriram mais esta etapa da vida acadêmica e profissional. A gente sabe que não é fácil. Além de trabalhar na saúde, se dedicar a um curso puxado como este. Ganhamos desta forma a possibilidade de ter em nossos quadros gente mais especializada aumentando, assim, o grau de resolutividade de nossos atendimentos”, ressaltou o secretário.

Na cerimônia de entrega dos diplomas também estiveram presentes o diretor da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, e o representante da Secretaria de Estado da Saúde, Wagner Willian.

Especialização em Gestão da Saúde  

Depois da experiência acadêmica de formatação do curso, o ISAE deve abrir novas turmas para que outros profissionais possam adquirir os conhecimentos que agora estão consolidados na especialização. “A nossa intenção é abrir novas turmas em breve para aumentar a qualidade do atendimento e da gestão da saúde para todos os profissionais que atuam na rede do Amazonas, sejam eles médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos”, disse o presidente do ISAE, Professor José Olinto Ridolfo.

Há oito anos como servidor da Semsa, Jorge Luiz Maia sai da experiência com a certeza de que vai prestar um serviço cada vez melhor à sociedade como gestor de Saúde. “Nós tivemos a oportunidade de conhecer a vanguarda dos processos de administração da saúde e esta experiência aumenta a possibilidade de crescimento profissional”, disse Luiz Maia, atualmente lotado no Departamento de Vigilância Sanitária da Semsa.

 

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Evento chama a atenção para a participação da população nas ações públicas de saúde

segunda-feira, junho 9th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e o Conselho Municipal de Saúde de Manaus (CMS/MAO) vão promover, de 09 a 11 de junho, a 9ª Semana do Controle Social.  O evento acontece anualmente para orientar a população sobre a importância da participação social na formulação, planejamento e acompanhamento das ações públicas de saúde.

O CMS espera envolver cerca de nove mil pessoas durante a mobilização, reunindo conselheiros locais e municipais de saúde, usuários, trabalhadores e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS).

O secretário municipal de Saúde e presidente do CMS/MAO, Homero de Miranda Leão Neto, explica que a Semana do Controle Social foi instituída por meio da Resolução nº 027/2006, também como uma forma de marcar o aniversário de criação do Conselho Municipal de Saúde de Manaus. “O CMS completa 23 anos de criação no dia 11 de junho e a Semana do Controle Social é uma forma de destacar a importância da entidade para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirma Homero de Miranda Leão.

Com o tema “SUS – Sistema Único de Saúde Ontem, Hoje, Amanhã e Sempre – Patrimônio do Povo Brasileiro”, o CMS organizou uma programação que pretende mobilizar a população em todas as zonas geográficas da cidade (Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural – ribeirinha e terrestre), realizando panfletagem e caminhadas nas principais avenidas da cidade, além de atividades educativas em escolas, unidades de saúde e faculdades.

A programação será encerrada no dia 11 de junho, com programação no auditório da Unip, das 8h30 às 12h30, com solenidade em homenagem ao 23º aniversário do CMS. Serão realizadas palestras abordando os temas: “Implantação da Política de Humanização dos Atendimentos de Saúde no município de Autazes”, “Rede Saúde Manauara” e “SUS – 25 anos de desafios, avanços e conquistas no Brasil”. O evento contará com a presidente do Conselho Nacional de Saúde, Maria do Socorro de Souza.

Histórico

O Conselho Municipal de Saúde (CMS/MAO) foi instituído nos termos da Lei n° 066, de 11 de junho de 1991, e constitui-se como órgão colegiado, de caráter permanente, deliberativo, consultivo, normativo e fiscalizador do SUS para o município de Manaus.

É composto por 32 membros titulares e seus respectivos suplentes: 25% escolhidos entre representantes do governo, entidades prestadoras de serviços de saúde e aparelho formador; 25% escolhidos entre representantes de trabalhadores de saúde e 50% de representantes de usuários do Sistema Único de Saúde.

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa entrega micro-ônibus para atividades do CAPSi

sexta-feira, junho 6th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) fez a entrega de um micro-ônibus para a execução das atividades do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), localizado na zona Leste de Manaus. O veículo vai ser utilizado exclusivamente na realização das atividades de reinserção psicossocial dos pacientes.

O CAPSi realiza o atendimento de crianças e adolescentes menores de 18 anos, com transtornos mentais graves e persistentes, ou com histórico de uso de álcool e outras drogas, e, no caso dos autistas, pessoas com transtorno de desenvolvimento.

A diretora do CAPSi, Elivandra Mendes, explica que as atividades de reinserção psicossocial são essenciais para o tratamento dos pacientes e incluem passeios e atividades de cultura, esporte e lazer. “Esse trabalho já era realizado com a utilização de ônibus da Secretaria Municipal de Educação (Semed), mas com um ônibus exclusivo para as nossas atividades será possível intensificar as ações, beneficiando os pacientes”, informa Elivandra Mendes.

A meta é realizar pelo menos uma atividade de reinserção psicossocial a cada semana, visitando locais como a Ponta Negra, o Teatro Amazonas, Cidade da Criança e espaços públicos para a prática de esporte. “Todas as atividades são organizadas de acordo com o projeto terapêutico elaborado pelos profissionais do CAPSi. Um dos focos é o estímulo à socialização das crianças e adolescentes. Além disso, muitos pacientes estão em situação de vulnerabilidade social e têm dificuldade de acesso às atividades culturais e de lazer”, destaca a diretora.

Atividades

O CAPSi também vai realizar nesta sexta-feira, 06, a partir das 9h, um brechó para a venda de roupas, acessórios, sapatos e brinquedos. De acordo com Elivandra Mendes, o brechó faz parte das atividades terapêuticas do CAPSi para a socialização dos pacientes e suas famílias.

Os produtos que serão vendidos foram doados pelos profissionais de saúde e pessoas da comunidade, sendo que o público-alvo principal são as famílias dos pacientes. O dinheiro arrecadado será utilizado em atividades terapêuticas como oficinas e reinserção psicossocial, e que serão definidas em conjunto por profissionais do CAPSi e os pais das crianças e adolescentes.

Serviço

O CAPSi oferece atendimento com médico clínico e pediatra, assistente social, psicólogo, nutricionista, terapeuta ocupacional, enfermeiro, educador físico e farmacêutico, psiquiatra e fonoaudiólogo. Atualmente, o serviço atende entre 250 a 300 pessoas por mês, sendo que a maior parte do público atendido é formada por pessoas autistas e pessoas que sofrem com déficit de atenção ou hiperatividade, além de esquizofrenia e depressão.

O atendimento pelo CAPSi é feito através de demanda espontânea ou de encaminhamento pela rede ampliada de assistência, incluindo os serviços de saúde, de serviço social ou de justiça. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa tem trabalhos premiados em Congresso Nacional

sexta-feira, junho 6th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) foi premiada com dois trabalhos no  Congresso Nacional de Secretários Municipais de Saúde, que aconteceu de 1º a 5 de junho, na cidade de Serra, no Espírito Santo. Durante o evento foram apresentados trabalhos de todas as secretarias municipais do País com o tema central “Brasil, aqui tem SUS”.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, a Rede Municipal de Saúde concorreu com 16 trabalhos, todos mostrando os projetos de sucesso implantados pela gestão.

Entre as centenas de projetos apresentados, 168 foram selecionados para concorrer à menção honrosa e 12 chegaram à grande final. O “Desenho Assistencial” da Rede Saúde Manauara foi um dos vencedores. O projeto é da assessora Técnica da Semsa, Nayara Maksoud e mostra a capacidade de gestão da saúde no município de Manaus.

“Isso mostra o quanto estávamos no caminho certo quando começamos o trabalho. Agora, a nossa intenção é ampliar o modelo para que ele tenha ainda mais sucesso”, disse Nayara.

O outro trabalho premiado mostra o processo de gestão, no eixo “Assistência Farmacêutica”. O trabalho da servidora Mie Muroya Guimarães criou um sistema de uso racional de medicamentos em Unidade de Saúde da capital do Amazonas.

A equipe da Semsa que participou do Congresso, no Espírito Santo, foi coordenada pela subsecretária municipal de saúde, Lubélia Sá Freire. “Nós desenvolvemos os dois projetos com a intenção de dar soluções para metas do Ministério da Saúde. O reconhecimento mostra que estamos no caminho certo”, comemorou Lubélia Freire.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Visa Manaus reúne com empresas para garantir qualidade dos alimentos servidos durante Copa 2014

quinta-feira, junho 5th, 2014

Fiscais do Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estiveram reunidos nesta quarta-feira (04) para passar orientações sobre as exigências normativas com as sete empresas que prestarão serviço de alimentação na Arena da Amazônia durante os dias de jogos da Copa do Mundo.

“Estabelecemos uma série de medidas para garantir a qualidade dos alimentos que serão oferecidos durante os eventos da Copa do Mundo”, afirmou o diretor da Visa Manaus, Marcos Aurélio Fabris.

Fabris ressaltou que neste sábado (7) e no domingo (8), a Visa e a empresa CSM Brasil (fornecedora oficial de alimentos e bebidas da Copa) vai acompanhar o treinamento dos vendedores ambulantes de hotdog e refrigerante. Ele disse que a maior preocupação da Semsa é com relação à higiene na hora da manipulação do alimento. “Para evitar qualquer problema de saúde causado por ingestão de alimentos contaminados por problemas de manuseio, nos dias de jogos vamos contar com 15 fiscais que vão atuar nas cantinas e nas arquibancadas da Arena”, garantiu.

O diretor da Visa Manaus confirmou que segunda-feira (09), os fiscais do órgão visitarão as cantinas da Arena da Amazônia para inspecionar os produtos e verificar sua armazenagem. “A Visa Manaus vai verificar a produção, embarque, transporte e desembarque dos alimentos para manter a qualidade do produto que será servido ao nosso torcedor”, finaliza.

As comidas e bebidas estarão disponíveis para os torcedores em vários locais dentro e ao redor do estádio, tanto em barracas concessionárias e vendedores ambulantes, quanto dentro da FIFA Fanzones, onde os torcedores poderão experimentar a comida regional e conferir a área de churrasco.

 

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Marcelo Vasconcelos

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Feliz aniversário! Parabéns Secretário Homero de Miranda Leão Neto

quarta-feira, junho 4th, 2014

Os Servidores da Semsa desejam muita Felicidade, Saúde, Paz e Alegria nesse dia especial.

Semsa informa que Disque Saúde está temporariamente instável

quarta-feira, junho 4th, 2014

Dvisa reúne com empresas para garantir qualidade

dos alimentos servidos durante Copa 2014

Fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estiveram reunidos nesta quarta-feira (04) para passar orientações sobre as exigências normativas com as sete empresas que prestarão serviço de alimentação na Arena da Amazônia durante os dias de jogos da Copa do Mundo.

“Estabelecemos uma série de medidas para garantir a qualidade dos alimentos que serão oferecidos durante os eventos da Copa do Mundo”, afirmou o diretor do Dvisa, Marcos Aurélio Fabris.

Fabris ressaltou que neste sábado (7) e no domingo (8), o Dvisa e a empresa CSM Brasil (fornecedora oficial de alimentos e bebidas da Copa) vai acompanhar o treinamento dos vendedores ambulantes de hotdog e refrigerante. Ele disse que a maior preocupação da Semsa é com relação a higiene na hora da manipulação do alimento. “Para evitar qualquer problema de saúde causado por ingestão de alimentos contaminados por problemas de manuseio, nos dias de jogos vamos contar com 15 fiscais que vão atuar nas cantinas e nas arquibancadas da Arena”, garantiu.

O diretor do Dvisa confirmou que segunda-feira (09), os fiscais do órgão visitarão as cantinas da Arena da Amazônia para inspecionar os produtos e verificar sua armazenagem. “O Dvisa vai verificar a produção, embarque, transporte e desembarque dos alimentos para manter a qualidade do produto que será servido ao nosso torcedor”, finaliza.

As comidas e bebidas estarão disponíveis para os torcedores em vários locais dentro e ao redor do estádio, tanto em barracas concessionárias e vendedores ambulantes, quanto dentro da FIFA Fanzones, onde os torcedores poderão experimentar a comida regional e conferir a área de churrasco.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Marcelo Vasconcelos

Unidades de Saúde da Mulher realizam atendimento em quatro bairros

quarta-feira, junho 4th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Programa Saúde Manaus Itinerante, iniciou nesta terça-feira, 03, atendimento com a Unidade Móvel de Saúde da Mulher na rua Barbosa Rodrigues, no bairro de São Francisco, zona Sul, próximo ao posto de vistoria do Detran-AM. A Unidade Móvel ficará no local até o próximo sábado, 07, com a oferta de exames de mamografia e ultrassonografias (abdominal total, abdominal superior, transvaginal, pélvica, obstétrica, vias urinárias, tireóide e mama).

Outras Unidades Móveis de Saúde da Mulher estão atendendo no bairro Betânia, na rua Comandante Ferraz, em frente à UBS Lúcio Flávio, até o dia 05 de junho, e no Sesi/Alvorada, na rua Vivaldo Lima, até o dia 06 de junho.

Uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher e outra de Saúde Odontológica também estão realizando atendimento nesta semana no bairro Mauazinho, na avenida Rio Negro, s/n°, no estacionamento da Igreja dos Mórmons, seguindo até o dia 27 de junho. A partir do dia 10 de junho, o bairro Mauazinho também vai contar com uma Unidade Móvel Médico-Laboratorial.

Os serviços de uma Unidade Móvel de Saúde Odontológica e de Saúde Médico-Laboratorial também são oferecidos na estrada do Tarumã, Km 03, em frente à UBS Lindalva Damasceno, até o dia 30 de junho.

As Unidades Móveis Médico-Laboratorial oferecem consultas com médicos generalistas e pediatras, exames preventivos (papanicolau), coleta de material para exames laboratoriais, posto de vacinação e farmácia. Já as Unidades Móveis de Saúde Odontológica oferecem atendimento odontológico ambulatorial.

Para as consultas médicas, mamografia e a realização do preventivo é necessário apresentar RG e CPF. Para as consultas com o pediatra é preciso certidão de nascimento do paciente menor de idade. Na realização de ultrassonografia, além de RG e CPF, é necessário apresentar a requisição médica. Já para mamografias, além de RG e CPF, é preciso requisição médica para mulheres com idade até 39 anos. As mulheres com mais de 40 anos não precisam apresentar requisição médica.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Semsa atuará no Centro Integrado de Comando e Controle Regional

quarta-feira, junho 4th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) terá três assentos operacionais no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC-R), inaugurado na manhã desta segunda-feira, 02. O Centro funciona na Avenida André Araújo, 1706, Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus.

O secretário Municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, conheceu a estrutura que vai reunir informações de 35 órgãos das três esferas de governo, durante o período da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. “Nós estaremos no CICCR contribuindo com nossa experiência em saúde e atuando, sempre que for necessário, no caso em que a liderança de atuação efetiva for de nossa competência”, afirmou Homero.

A Semsa terá representantes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa) e do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Dvae). Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde vão estar conectados com todos os órgãos trocando informações sobre os serviços de atendimento aos torcedores, durante a Copa do Mundo.

O Centro Integrado de Comando e Controle Regional é uma espécie de quartel-general das operações da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e faz parte do planejamento estratégico de segurança do Governo Federal para todas as cidades-sede da Copa do Mundo.

Para a construção e aparelhamento do CICC-R, foram investidos R$ 68 milhões. O centro possui uma parede de vídeo de 11 metros (vídeo wall) com 36 telões, por onde vão chegar imagens das 230 câmeras instaladas na cidade, além de uma supercâmera instalada no helicóptero que vai transmitir imagens aéreas, também em tempo real. Nos 2700 metros quadrados de área construída estão os departamentos de Operações, Gerência de Crise e de Coordenação e Controle Integrados.

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Escolas na rede de combate à dengue e ao tabagismo

quarta-feira, junho 4th, 2014

“Acenda a luz do seu coração e apague o cigarro da sua mão!” e “Dez Minutos contra a Dengue” são os temas que serão abordados no 5º Concurso de Tabagismo e no 4º Concurso sobre Dengue, lançados nesta sexta-feira, 30, pela Prefeitura de Manaus e direcionados para as escolas municipais e estaduais.

O lançamento oficial aconteceu no auditório da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa 1,  com a presença de gestores das escolas e representantes das secretarias municipais de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed), que estão coordenando os dois concursos.

Durante a cerimônia do lançamento, o assessor da Subsecretaria de Gestão da Saúde da Semsa, Romeo Rodrigues Fialho, destacou a importância da parceria entre os setores de Saúde e Educação no trabalho de promoção à saúde e prevenção as doenças. “O combate à dengue e ao tabagismo ainda é um desafio para a saúde pública. Porém, é necessária a parceria entre diversos setores para que se obtenha sucesso na conscientização da importância do papel de cada pessoa na prevenção às doenças O setor de educação é fundamental nesta ação”, ressaltou Romeo Fialho.

Os concursos também irão contar com a parceria de instituições como a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), Fundação de Medicina Tropical (FMT), Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) e organizações não governamentais (ONGs).

A partir do lançamento, cada escola irá trabalhar junto aos alunos os temas a serem abordados. O concurso de combate ao tabagismo irá premiar os três primeiros colocados em três categorias: Desenho, História em Quadrinhos e Slogan. O concurso para o combate à dengue premiará nas categorias Desenho, Slogan e Experiência Pedagógica.

Para a coordenadora estadual de Atenção Oncológica da FCecon, Marília Muniz, o trabalho nas escolas é fundamental para reduzir a incidência de doenças causadas pelo uso do cigarro. “O concurso é essencial para alertar, conscientizar e educar as crianças e adolescentes, que podem participar ativamente e colocar no papel as experiências que vivenciam em casa, combatendo o tabagismo, que ainda hoje é uma das principais causas de doenças crônicas”, alertou Marília Muniz.

A coordenadora do Programa Municipal Saúde do Escolar da Semed, Lourdes de Araújo Souza, disse que a meta é envolver alunos de todas as escolas da rede municipal, incluindo as escolas do Programa Saúde na Escola (PSE), e escolas estaduais de Manaus. “Os professores e gestores são orientados a trabalhar os temas com a utilização de oficinas, rodas de conversa e outras metodologias, conscientizando e repassando informações de forma que os alunos possam desenvolver os trabalhos e multiplicar as informações para os familiares”, explicou a coordenadora.

A premiação dos trabalhos está prevista para acontecer no Dia Internacional de Controle do Fumo, 29 de agosto.

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Semsa realiza o acompanhamento de beneficiários do Bolsa Família

sexta-feira, maio 30th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai realizar, até o dia 30 de junho, o acompanhamento de saúde dos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF), referente ao primeiro semestre de 2014. O acompanhamento deve ser realizado a cada seis meses e é obrigatório para crianças menores de sete anos e de mulheres na faixa-etária de 14 a 44 anos, bem como das gestantes inseridas no programa.

A coordenadora técnica das Ações de Nutrição da Semsa, nutricionista Tânia Maria Carvalho Batista, informa que 125 mil famílias estão cadastradas no PBF, em Manaus. Além do benefício financeiro, as famílias têm acesso a programas como o pré-natal, planejamento reprodutivo, imunização, saúde bucal, suplementação de micronutrientes (vitamina A, Ferro e ácido fólico), educação em saúde e crescimento e desenvolvimento. “O importante é garantir que as famílias façam o acompanhamento de saúde e sejam inseridas em programas de promoção da saúde e prevenção às doenças, contribuindo para a melhoria integral da saúde da população”, explica Tânia Batista.

O PBF oferece ainda uma ajuda de custo para mulheres gestantes. O recurso é repassado pelo governo federal depois do início do pré-natal na Unidade Básica de Saúde (UBS), sendo destinado para mulheres que já estão inseridas no Bolsa Família. A quantia deve ser utilizada para auxiliar na locomoção da mulher até a UBS e para garantir uma alimentação adequada. “Após o nascimento, a mãe deve realizar o cadastro da criança junto aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para pleitear, de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Ministério do Desenvolvimento Social, um benefício para ajudar a garantir o aleitamento materno exclusivo durante seis meses”, informa a nutricionista.

As famílias cadastradas no Programa Bolsa Família também têm acesso a cursos de Formação Inicial e Continuada, oferecido pelo governo federal. Em Manaus, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) identifica, através dos Cras, as famílias interessadas em participar dos cursos, que inclui qualificação nas áreas de estética, turismo, comércio e indústria. Os participantes recebem uma bolsa formação para contribuir com o transporte, material pedagógico e lanche dos alunos.

Para realizar o acompanhamento de saúde, é importante que as famílias não esqueçam de levar o cartão do programa, com identificação do NIS, cartão de vacinação ou cartão de gestante. O público-alvo do acompanhamento são as crianças menores de sete anos, cujos pais ou responsáveis sejam beneficiários do programa; e as mulheres na faixa-etária de 14 a 44 anos, incluindo as gestantes. O acompanhamento deve ser feito preferencialmente na UBS onde a família tem cadastro. Caso haja alteração de endereço, a orientação é de que se procure a UBS mais próxima de casa para fazer a atualização cadastral nos CRASs.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeitura abre a 1ª Conferência sobre Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

sexta-feira, maio 30th, 2014

 

confregsaude2

A Prefeitura de Manaus, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e do Centro Regional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (Cerest-Manaus), abriu, na noite desta quarta-feira, 28, a 1ª Conferência Regional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora – Entorno Manaus e do Rio Negro. O evento ocorre até esta sexta-feira, 30, no auditório da Universidade Paulista (Unip), localizada na Avenida Mário Ypiranga, nº 4.390, Parque Dez, zona Centro-Sul.

A intenção do encontro é levantar as propostas para a implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora – PNST, com o foco na proteção à saúde, à redução e eliminação do adoecimento e morte resultantes das condições, dos processos e dos ambientes de trabalho e o aprimoramento da assistência à saúde dos trabalhadores.

O secretário municipal de Saúde e presidente do Conselho Municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto representou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, na abertura do evento e explicou que a realização da etapa Regional-Manaus tem grande importância porque vai subsidiar as etapas Estadual e Nacional, apontando, por meio de relatórios, os resultados das discussões, além de viabilizar espaço democrático para a eleição dos delegados para a composição da etapa estadual. Ele destacou que a saúde pública se faz com pessoas que fazem a diferença.

“Depois de 32 anos de gestão em saúde, eu tenho a convicção de que toda a vez que encontro nos postos de saúde, sejam eles os mais distantes, pessoas que se envolvem muito com a proposta de fazer diferente e melhor, eu também tenho a certeza de que o atendimento à saúde pode ser muito bem feito, apesar das dificuldades diárias. Esta Conferência vai de encontro a este perfil. A vontade do gestor em dar condições perfeitas de trabalho e o trabalhador  e a trabalhadora fazendo a sua parte”, afirmou Homero.

Durante a abertura da Conferência, o secretário estadual de Saúde e presidente do conselho estadual de saúde, Wilson Alecrim ressaltou que as conferências municipais representam a base para todas as outras conferências das duas outras esperas de governo. “As conferências, estadual e nacional, só serão exitosas se a conferência municipal for bem sucedida. Aproveitem também para conseguir levantar propostas de melhorias para um atendimento de saúde que a população necessita”, afirmou Wilson Alecrim.

A representante da coordenação de saúde do trabalhador do Ministério da Saúde, Helen Cristina Sampaio, saudou todos os trabalhadores e trabalhadoras e destacou a importância das discussões levantadas durante a conferência.  “É preciso que se observe quais os aspectos econômicos e sociais, dentro da região amazônica e a partir daí levantar as propostas factíveis para que a gente possa fortalecer a política nacional em nível regional”, disse Helen Sampaio.

O coordenador geral da conferência em Manaus, Gilson Aguiar, destacou que havia nove anos em que as diretrizes não eram debatidas com grande repercussão e que a conferência é a reabertura das  discussões, fundamentais para a melhoria do sistema de saúde.

Para a diretora do Cerest-Manaus e coordenadora executiva da Conferência, Verônica Souza, o evento vai permitir maior participação social e aprofundamento do debate dos eixos temáticos: “O desenvolvimento socioeconômico e seus reflexos na saúde do trabalhador e da trabalhadora”; “O fortalecimento da participação dos trabalhadores e das trabalhadoras, da comunidade e do controle social nas ações de saúde do trabalhador e da trabalhadora”; “A efetivação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os princípios da integralidade e intersetorialidade nas três esferas de governo”; e “Financiamento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador, nos Municípios, Estados e União”.

A 1ª Conferência em Manaus faz parte da 4ª Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, deliberada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), em sua 250ª Reunião Ordinária, realizada nos dias 09 e 10 de outubro de 2013 e convocada pela Portaria GM/MS nº 2.808 de 20 de novembro de 2013.

O foco de atuação são todos os trabalhadores presentes em áreas urbanas e rurais, abrangendo os do mercado formal, com carteira assinada ou não, do mercado informal, autônomos, funcionários públicos, desempregados e aposentados. Os agravos que podem estar relacionados às condições de trabalho somam mais de 250 doenças diferentes, todas catalogadas pelo Ministério da Saúde.

Cerest-Manaus

O Cerest-Manaus da Semsa tem por objetivo prestar atendimento individual e coletivo visando à promoção e proteção à saúde, por meio do desenvolvimento de políticas que assegurem o controle de riscos e a prevenção de doenças relacionadas aos ambientes de trabalho. O órgão também realiza a notificação de doenças, um direito assegurado ao trabalhador nas legislações trabalhistas, previdenciária e sanitária. Constitui-se em importante instrumento para planejar e verificar a eficácia de medidas de prevenção. A notificação aos órgãos de Vigilância à Saúde do Trabalhador garante os dados necessários para pesquisas sobre as doenças ocupacionais e acidentes ocorridos com os trabalhadores, possibilitando ainda orientar as políticas públicas, visando à diminuição destas ocorrências.

Reportagem: Cláudia Barbosa e Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa promove oficina de formação para profissionais do Programa Saúde na Escola

quinta-feira, maio 29th, 2014

progsaudeescolasemsa2

Com a adesão de mais 20 escolas ao Programa Saúde na Escola (PSE), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoveu, na segunda-feira, 26, e na terça-feira, 27, na Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), uma oficina de Formação de Multiplicadores para Profissionais de Educação.

A coordenadora do PSE na Semsa, Aldacy Barroso, explica que a oficina contou com a participação de 70 profissionais que irão atuar como multiplicadores das temáticas abordadas dentro do Programa Saúde na Escola: direitos sexuais e saúde reprodutiva; prevenção ao uso do álcool, crack, tabaco e outras drogas; e protagonismo juvenil – DST/Aids. “A oficina é realizada periodicamente pelo Grupo de Trabalho Intersetorial do PSE (GTI), com o objetivo de preparar os profissionais que irão atuar junto aos estudantes atendidos nas escolas do programa”, informou Aldacy.

Em Manaus, o PSE é executado desde 2009 por meio de parceria entre as secretarias municipais e estaduais de Saúde e Educação. Atualmente, o programa conta com a adesão de 147 escolas, 99 municipais (creches, Centros de Educação Infantil e escolas de ensino fundamental) e 48 estaduais, beneficiando 81.779 alunos.

Cada escola que adere ao PSE mantém um vínculo permanente com uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF), e os profissionais de Educação e Saúde recebem capacitação para executar as ações do programa em promoção da saúde e prevenção às doenças.

A representante da Secretaria Municipal de Educação (Semed) no GTI do PSE, psicóloga Maria do Perpétuo Socorro, informou que as escolas que aderem ao PSE mantêm um vínculo permanente com uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF). “O programa busca promover a saúde e educação integral das crianças e adolescentes, já que o bem-estar físico e mental é essencial para se atingir um aprendizado adequado”, destacou Mara do Perpétuo, lembrando que o PSE trabalha com ações de acuidade visual e de odontologia.

A Semsa também tem programado uma nova oficina para o mês de julho e que será direcionada aos profissionais de saúde que ainda não participaram da capacitação.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

Prefeitura convoca 28 médicos do concurso da Semsa

terça-feira, maio 27th, 2014

A Prefeitura de Manaus está convocando 28 médicos cirurgiões-gerais para reforçar a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O edital com os nomes foi publicado nesta segunda-feira, 26, no Diário Oficial do Município (DOM, edição 3417). Esta é a quarta convocação do concurso público da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Mais 300 aprovados de outras categorias profissionais serão chamados ainda neste primeiro semestre, sendo que mais 26 médicos, desta vez, clínicos gerais, devem ser convocados até o dia 02 de junho, também para o Samu.

Segundo o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, com esta convocação, o Samu terá reforço também para atender a qualquer incidente que possa acontecer durante os jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ na capital do Amazonas. “Se no dia-a-dia o Samu já precisava de reforço, imagina durante a Copa, onde milhares de turistas estarão em Manaus. Queremos um atendimento de qualidade, pois isso significa salvar vidas. Por isso, a importância de chamarmos mais médicos para compor o Samu, cuja equipe foi treinada para atender a qualquer tipo de acidente e eventualidade que possa vir a ocorrer na cidade”, assegurou.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, informou que o Samu conta hoje com 63 médicos. “Precisamos garantir que tanto os turistas quanto os manauaras possam ser atendidos com eficiência na nossa cidade e também durante a Copa do Mundo para todos os casos de urgência. Todos os médicos dessas duas chamadas serão para trabalhar no Samu, que passará a contar com mais 54 médicos, o que totalizará 117 médicos para atender a população”, declarou.

Os 28 médicos cirurgiões-gerais convocados devem comparecer, a partir desta quinta-feira, 29, até o próximo dia 27 de junho, ao auditório da Secretaria Municipal de Administração (Semad), situada a rua São Luís, nº 416, 2º andar, das 8h às 12h, para orientações quanto aos procedimentos pré-admissionais e checagem dos pré-requisitos.

A Prefeitura de Manaus já realizou três convocações para os cargos de assistente e especialista em saúde do concurso realizado em 2012 (edital nº 008), totalizando 1.071 servidores convocados e 886 que tomaram posse do cargo e entraram em exercício. Também foram realizadas duas convocações para o cargo de médico (edital nº 007), com 225 profissionais convocados para posse, sendo que 143 entraram em exercício.

 

4ª CONVOCAÇÃO DO CONCURSO SEMSA/2012

EDITAL Nº 007/2012

NOME

CLASSIFICAÇÃO

INSCRIÇÃO

JÚLIO FRANCISCO ARCE FLÔRES

327001121R

FABRICIO LIMA MOURA

327001102N

PRISCILLA FAN LIN LEAL CHANG

327001148P

JOSÉ MARQUES DO PRADO FILHO

327001119T

ADRIANO PESSOA PICANÇO JUNIOR

327001077S

ALEXANDRE DE AZEVEDO MELO

327001078U

BEATRIZ CARMEN VIBERT FRANCESCHI RAAD

327001087V

JEANCARLLO DE SOUSA SILVA

327001114U

ENIO BARRETO CARNEIRO

327001099R

BRUNO ALBUQUERQUE SOUSA

10º

327001088M

TICIANE DA COSTA MARTINS

11º

327001166R

RENATO CARVALHO AMARAL DE SOUZA

12º

327001150N

JEAN CARLOS BALBINO DE SOUZA

13º

327001113S

WAGNER SILVA DOS SANTOS

14º

327001169M

MÁRCIO COSTA FERNANDES

15º

327001136T

DANIEL LOURENÇO LIRA

16º

327001093Q

FUMIE ISHIZAWA

17º

327001108O

RICARDO SILVA DE MORAIS

18º

327001152R

MÁRCIO RIBEIRO KZAM

19º

327001138M

ANDRÉ LUIZ DOMINGUES

20º

327001085R

JOSE EMERSON DOS SANTOS SOUZA

21º

327001118R

PAULO CÉSAR DASILVA ESCÓSSIO

22º

327001146L

GEDEGILSON GALVÃO DA SILVA MOISÉS

23º

327001109Q

NIDALL DE SOUZA RAAD

24º

327001144S

FELIPE AURELIO CORDEIRO SANTOS

25º

327001103P

HIGINO FELIPE FIGUEIREDO

26º

327001112Q

GEORGE AUGUSTO MONTEIRO LINS DE ALBUQUERQUE

27º

327001110M

ELLYSSON OLIVEIRA ABINADER

28º

327001098P

 

 

Reportagem: Cláudia Barbosa

 

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

 

 

 

Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom)

(92) 3625 6908 / 3625 6921 / 3625 6844

www.manaus.am.gov.br

twitter.com/cidade_manaus

facebook.com/prefeiturademanaus

Semsa participa de ações de prevenção e combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

terça-feira, maio 27th, 2014

 

semsaexpscad (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participou na tarde desta sexta-feira (23), no auditório da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), na Avenida Djalma Batista. de um painel de apresentações das Ações de Prevenção e Combate à Exploração Sexual de Crianças, Adolescentes e outros Vulneráveis durante a  Copa, promovido pelo Ministério do Turismo e AmazonasTur. A Semsa recebe vítimas de abusos sexuais em dois Serviços de Atendimentode Vítimas de Violência Sexual (SAVVIS), que funcionam na Maternidade Moura Tapajóz, na Avenida Brasil, n°1335, bairro da Compensa I e no Instituto da Mulher Dona Lindú, na Rua Recife, 1581, Adrianópolis. Nestes dois locais, as vítimas recebem atendimento multidisciplinar de médicos, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais.

Em 2013, os dois SAVVIS notificaram 1.254 casos de violência, 773 foram confirmados. Até maio deste ano, 43 casos foram confirmados. “Nós estamos aqui para apresentar nossos resultados e reafirmar que estamos juntos no combate a este tipo de violência, fazendo parte da Rede de Proteção que é coordenada pelos Ministérios do Turismo e da Saúde”, afirmou a chefe do Núcleo da Semsa de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas, Ana Carolina Leão Sales.

Estratégia de Atuação

Durante o painel, foram discutidas as estratégias de atuação de todos os órgãos envolvidos, antes, durante e depois da Copa do Mundo. O foco de atuação vai estar concentrado nos locais de chegada e saída de turistas e em hotéis e motéis. Material educativo e de conscientização vai ser distribuído nestes locais pelos multiplicadores que estão sendo treinados e também pelos Agentes de Informações Turísticas que, durante quatro meses, de março a junho, estão recebendo orientação para atuarem em pontos da cidade, principalmente, nos hotéis credenciados pela FIFA.

O acadêmico finalista de Turismo, Francisco Palmeira, de 63 anos, está entre os agentes de informações turísticas. “Para mim é uma chance imperdível de somar conhecimentos práticos ao que eu consegui absorver na faculdade”, afirmou Francisco.

Pontos de Acolhimento, plantões do Disque 100 e, ainda, um aplicativo para celular que indica pontos de apoio às ações, também fazem parte da estratégia do Ministério do Turismo. “Nós não vamos tolerar nenhum tipo de exploração contra crianças e adolescentes. Não estamos aguardando pedófilos em nosso país”, afirmou o coordenador geral de Proteção à Infância do Ministério do Turismo, Adelino Silva.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior (92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Prefeitura realiza 1ª Conferência sobre Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

sexta-feira, maio 23rd, 2014

A capital amazonense será sede da 1ª Conferência Regional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora – Entorno Manaus e do Rio Negro, de 28 a 30 de maio. A abertura do evento será às 16h, no auditório da Universidade Paulista, localizada na Avenida Mário Ypiranga, nº 4.390, Parque Dez. A proposta do encontro, intitulado Regional-Manaus, é formular as diretrizes para a implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora – PNST, visando à proteção à saúde, à redução e eliminação do adoecimento e morte resultantes das condições, dos processos e dos ambientes de trabalho e o aprimoramento da assistência à saúde dos trabalhadores.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, explicou que a realização da etapa Regional-Manaus é de suma importância, uma vez que subsidiará as demais etapas, Estadual e Nacional, apontando, por meio de relatórios, os resultados das discussões, além de viabilizar espaço democrático para a eleição dos delegados para composição da etapa estadual. “Promover esta Conferência significa propiciar espaços a diferentes atores sociais – trabalhadores, órgãos de saúde dos municípios, movimentos sociais, dentre outras instituições que têm interface e dialogam com a Política de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora para apresentarem proposta de implementação das ações de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora e dando legitimidade às ações a serem desenvolvidas por Estados e Municípios”, afirmou o secretário municipal de Saúde.

Para a diretora do Cerest-Manaus, Verônica Souza, que também é coordenadora executiva da Conferência, o evento vai permitir maior participação social e aprofundamento do debate dos eixos temáticos: “O desenvolvimento socioeconômico e seus reflexos na saúde do trabalhador e da trabalhadora”; “Fortalecer a participação dos trabalhadores e das trabalhadoras, da comunidade e do controle social nas ações de saúde do trabalhador e da trabalhadora”; “Efetivação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os princípios da integralidade e intersetorialidade nas três esferas de governo”; e “Financiamento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador, nos Municípios, Estados e União”.

Esta 1ª Conferência em Manaus faz parte da 4ª Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, deliberada pelo Conselho Nacional de Saúde, em sua 250ª Reunião Ordinária, realizada nos dias 09 e 10 de outubro de 2013 e convocada pela Portaria GM/MS nº 2.808 de 20 de novembro de 2013.

O foco de atuação são todos os trabalhadores presentes em áreas urbanas e rurais, abrangendo os do mercado formal, com carteira assinada ou não, do mercado informal, autônomos, funcionários públicos, desempregados e aposentados. Os agravos que podem estar relacionados às condições de trabalho somam mais de 250 doenças diferentes, todas catalogadas pelo Ministério da Saúde.

O Cerest-Manaus da Semsa tem por objetivo prestar atendimento individual e coletivo visando à promoção e proteção à saúde, por meio do desenvolvimento de políticas que assegurem o controle de riscos e a prevenção de doenças relacionadas aos ambientes de trabalho. O órgão também realiza a notificação de doenças, um direito assegurado ao trabalhador nas legislações trabalhista, previdenciária e sanitária. Constitui-se em importante instrumento para planejar e verificar a eficácia de medidas de prevenção. A notificação aos órgãos de Vigilância à Saúde do Trabalhador garante os dados necessários para pesquisas sobre as doenças ocupacionais e acidentes ocorridos com os trabalhadores, possibilitando ainda orientar as políticas públicas, visando à diminuição destas ocorrências.

Reportagem: Cláudia Barbosa

Dados epidemiológicos terão análise mais rápida a partir da Copa do Mundo

sexta-feira, maio 23rd, 2014

dadosimuncopa (2)

Durante quatro dias, especialistas em saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participaram de um treinamento para a utilização do software Epi Info, que permitirá que dados de todo o tipo na área de saúde possam ser captados, armazenados e analisados de forma mais rápida e eficaz. A expectativa é a de que o tempo de resposta com o uso da nova ferramenta possa ser menor para o desenvolvimento de ações de contingência, durante a Copa do Mundo FIFA 2014™.

“Todos os dias nós temos que tomar decisões importantes, e agora o gestor vai poder tomar atitudes mais rápidas diante da possibilidade de receber os dados analisados no local onde trabalha”, disse a subsecretária de gestão em saúde, Lubélia Freire.

Os especialistas foram a campo, nas Unidades de Saúde, com treinamento real de captação e armazenamento, e testaram todos os recursos do programa de computador que permite o uso de tablets que serão utilizados durante o evento de forma experimental. “A gente conseguiu, com a equipe, descobrir pequenas coisas que foram melhoradas. Alguns ajustes já foram percebidos para a melhoria do trabalho de quem vai usar o software no futuro”, destacou o consultor do ministério da saúde, Jonas Brant.

“Nós temos que, a partir de agora, socializar todas as informações com os diretores de unidades inclusive no que diz respeito a questão de todos os fluxos internos para que tenhamos um trabalho mais eficiente sem atrapalhar o atendimento nas unidades, disse o coordenador da Câmara Temática da Copa no Amazonas e diretor da Fundação de Vigilância em Saúde, Bernardino Albuquerque.

A cidade de Manaus é uma das três capitais brasileiras que participam do projeto implementado com o uso do programa. Apenas, Fortaleza e São Paulo, decidiram participar em todo o país.

Nesta quinta-feira (22), todo o trabalho de coleta e análise de dados foi apresentado em forma de relatório para a comprovação e consolidação de êxito do treinamento. “De uma maneira prática a gente consegue extrair tudo o que precisamos de forma bem mais prática e rápida. Bem melhor do que a gente ficar dias e dias analisando dados. Para a equipe técnica é um grande avanço”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, Angélica Tavares.

Durante a Copa

O trabalho de Vigilância Ativa para a utilização da ferramenta começa assim que inaugurar o Centro Integrado de Operações de Saúde (CIOCS), no dia 09 de junho.

“Cerca de 200 servidores, em regime de plantão, vão estar prontos para utilizar a nova ferramenta que vai ficar como legado da Copa, na área da saúde”, completou Lubélia Freire.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Agnaldo Oliveira

(92) 3236-8315

 

Campanha de vacinação contra a gripe encerra-se nesta sexta-feira

sexta-feira, maio 23rd, 2014

campvacgripeenc2

Encerra-se nesta sexta-feira, 23, a campanha de vacinação contra a gripe, realizada em Manaus por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Até esta quinta-feira, 22, foram vacinadas na capital amazonense 372.697 pessoas, o que corresponde a 95,2% da população alvo (391.345), superando a meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Saúde. Na reta final da campanha, o foco foram crianças e gestantes.

Devem ser vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, com a comprovação de tal necessidade, ou seja, atestado médico.

Postos

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) começou no dia 22 de abril. Manaus foi a primeira capital do País a atingir a meta de 80% da vacinação, mesmo assim a campanha foi prorrogada para que mais pessoas fossem atingidas. Segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, quem ainda não tomou a vacina e está dentro do grupo prioritário, tem até às 21h desta sexta-feira, nas dez unidades de horário ampliado e nas 165 Unidades Básicas de Saúde da capital, para se proteger contra a gripe.

Homero de Miranda Leão Neto informou que o município de Manaus teve disponível cerca de 400 mil doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). “É fundamental que a população não deixe de comparecer às Unidades de Saúde para se imunizar contra a gripe. Devemos lembrar que a vacina reduz o risco de complicações e agravamento da doença, principalmente entre o grupo de pessoas mais vulneráveis, como crianças e idosos”, afirmou.

De acordo como o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Postos

As dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que funcionam em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, são:

1 – UBS Balbina Mestrinho – Rua 17, nº 170, Núcleo 2, Cidade Nova I;

2 – UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova 1;

4 – UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José 2;

5 – UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi 2;

6 – UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves;

7 – UBS Dr. José Rayol dos Santos – Av. Constantino Nery, s/nº, Chapada;

8 – UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/nº. Morro da Liberdade;

9 – UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa 2;

10 – UBS Deodato de Miranda Leão – Av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Fotos : Tácio Melo

Semsa encerra segundo LIRAa de 2014

quarta-feira, maio 21st, 2014

Com uma redução de 81,2% no número de casos suspeitos de dengue registrados no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2013, a Prefeitura de Manaus mantém de forma intensa as ações de combate à doença e encerrou no dia 13 de maio, o segundo Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2014, que teve início no último dia 05. O resultado do LIRAa mostra que Manaus está com médio risco para dengue, com índice de 3,3.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, informou que o LIRAa é uma das principais estratégias do Ministério da Saúde utilizadas para subsidiar as ações de controle e combate à dengue, realizado em todo o Brasil a cada três meses. “Com esse levantamento, conseguimos verificar quais locais da cidade apresentam maior índice de infestação e, a partir desses dados, elaboramos as ações de prevenção que já estão sendo adotadas no combate à dengue para os próximos meses, definindo as áreas prioritárias, de acordo com a realidade de cada zona geográfica em Manaus”.

Os bairros com situação de alerta são Tarumã, São Jorge, Glória, Santo Antônio, São Raimundo, Flores, Adrianópolis, Nossa Senhora Aparecida, Centro, São Francisco, Crespo e Raiz.

Os bairros com médio risco são Mauazinho, Colônia Antonio Aleixo, Puraquequara, Armando Mendes, Cidade de Deus, Colônia Terra Nova, Monte das Oliveiras, Lago Azul, Ponta Negra, Santo Agostinho, Lírio do Vale, Bairro da Paz, Alvorada, Dom Pedro, Nova Esperança, Compensa, Vila da Prata, Santo Antônio, Chapada, São Geraldo, Presidente Vargas, Parque Dez, Aleixo, Praça 14, Cachoeirinha, Petrópolis, Japiim, Distrito Industrial 1, Betânia, São Lázaro, Morro da Liberdade, Educandos, Santa Luzia, Colônia Oliveira Machado e Vila Buriti.

Os bairros de alto risco são Coroado, São José, Zumbi, Gilberto Mestrinho, Tancredo Neves, Jorge Teixeira, Novo Aleixo, Cidade Nova, Manoa, Colônia Santo Antônio, Novo Israel, Nova Cidade, Santa Etelvina e Redenção.

Casos

De janeiro a abril de 2014, foram notificados em Manaus 2.276 casos suspeitos de dengue. O número representa uma redução de 81,2% em comparação com o mesmo período de 2013, quando foram notificados 12.056 casos suspeitos. A maioria dos casos notificados este ano foi em indivíduos do sexo masculino na faixa etária de 20 a 34 anos (34,8%).

O resultado do segundo LIRAa de 2014 mostra que Manaus está em médio risco, ou seja, os criadouros em maior proporção na cidade foram encontrados em lixo (resíduos sólidos) seguido por recipientes para abastecimento de água (caixas d´água, tambores, tonéis, poços etc.) em nível de solo. “Vale ressaltar que isso variou de acordo com a zona da cidade, sendo que na zona Leste o predominante foi o de armazenamento de água e na zona Norte e Oeste foi o lixo”, ressaltou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, Angélica Tavares.

Segundo Angélica, com o levantamento do LIRAa nas mãos, a Semsa irá priorizar as ações de combate à dengue e direcionar o trabalho dos agentes de endemias nas áreas mais críticas de infestação. “Porém, o mais importante é a população fazer a sua parte, inspecionando o ambiente do seu domicílio rotineiramente, a fim de quebrar o ciclo do mosquito, ou seja, a cada sete dias no máximo, como preconiza a Campanha Dez Minutos contra a Dengue, onde os moradores têm que fazer um chek list em sua casa, verificando se há criadouro. Somente com a parceria da população, vamos conseguir eliminar o mosquito da dengue”, alertou a diretora do Dvae.

Durante o período do LIRAa, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vistoriaram um total de 27.304 imóveis selecionados por amostragem no município de Manaus, com 63 bairros divididos em 67 estratos com nove a 12 mil imóveis cada, nos quatro distritos de saúde.

Cerca de 600 profissionais estiveram envolvidos no levantamento, identificando possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, verificando o grau de infestação do mosquito transmissor da dengue e eliminando os criadouros encontrados.

O primeiro LIRAa de 2014, realizado no período de 03 a 13 de fevereiro, registrou um índice de 3,9%, considerado de médio risco para os casos de dengue em Manaus. De acordo com o Ministério da Saúde, um índice de infestação inferior a 1% significa que o município apresenta baixo risco e de 1% a 3,9% significa estado de alerta. Acima de 4%, há maior predisposição para a ocorrência de casos de dengue.

No LIRAa realizado no mês de fevereiro, as zonas Norte e Leste, que, com índices de 5,1% e 6,7%, respectivamente, apresentaram alto risco para a dengue. A zona Oeste registrou 1,8% e a zona Sul registrou um índice de 1,9%.

 

Como é feito o LIRAa:

O município é dividido em grupos de nove mil a 12 mil imóveis com características semelhantes. Em cada grupo, também chamado estrato, são pesquisados 450 imóveis. Os estratos com índices de infestação predial:

Inferiores a 1%: estão em condições satisfatórias

De 1% a 3,9%: estão em situação de alerta

Superior a 4%: há risco de surto de dengue

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

Prefeitura treina especialistas em saúde para a Copa

terça-feira, maio 20th, 2014
espsaudetrein2

A Prefeitura de Manaus, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está realizando um treinamento esta semana, de 19 a 22 de maio, com especialistas em Saúde para atuarem no Centro Integrado de Operações Coordenadas de Saúde (CIOCS). Os profissionais serão responsáveis por captar informações sobre todas as situações que envolvem os atendimentos de saúde antes, durante e após a Copa do Mundo.

Os servidores da Semsa recebem orientação sobre como utilizar o programa Epi Info. O software foi criado nos Estados Unidos e adquirido pelo Ministério da Saúde para ajudar a organizar e analisar dados relativos aos atendimentos de todo o tipo em grandes redes de saúde. “Com os dados inseridos no programa é possível desenvolver estratégias de atuação mais imediatas durante eventos de grande porte como a Copa do Mundo”, explicou o consultor do Ministério da Saúde da Rede de Programas de Epidemiologia de Campo e Saúde pública, Jonas Brant.

O sistema será aplicado em apenas três capitais: São Paulo, Fortaleza e Manaus. Na capital do Amazonas, o Epi Info vai ser utilizado na Rede Saúde Manauara por 200 servidores que trabalharão em regime de plantão do dia 09 de junho ao dia 13 de Julho, durante 37 dias, exatamente no período de atuação do CIOCS.

“Esta ferramenta vai nos ajudar muito a ter sobre controle qualquer situação que ocorra dentro de nossa área de atuação da Semsa. Assim, é possível agir mais rápido, sem deixar que o problema se instale entre a população”, comentou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (DVAE), Angélica Tavares.

Os servidores vão utilizar 27 tablets como equipamentos de armazenagem de dados que vão estar em pontos estratégicos da cidade como prontos-socorros, Unidades de Pronto-Atendimento e Postos Médicos Avançados (PMAs). Os dados vão ser enviados para o CIOCS para alimentação e atualização. O público-alvo é a população local, trabalhadores e turistas.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Grupos prioritários devem se vacinar contra a gripe até o dia 23

sexta-feira, maio 16th, 2014

Até o final da manhã desta sexta-feira, 16, Manaus já registrava a vacinação de 366.816 pessoas contra a gripe, ou seja, 93,7% da meta. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza encerra-se na capital amazonense no dia 23 de maio e a aplicação da vacina é apenas para os grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Apesar de a capital do Amazonas ter sido a primeira do País a atingir, ainda na sexta-feira, 09, a meta de 80% do público-alvo, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) continua imunizando contra a doença e convoca, principalmente, as grávidas e crianças menores de cinco anos para se protegerem contra a gripe. “A nossa meta de 80% foi atingida e fomos a única capital a ter sucesso na vacinação. Tudo isso, graças ao empenho das nossas equipes e a ajuda da imprensa, que divulgou maciçamente”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

A Semsa lembra que fazem parte do grupo prioritário crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

“As pessoas com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, além de outras condições clínicas especiais, devem apresentar declaração do médico de que possuem essas doenças”, afirmou a chefe do Programa de Imunização da Semsa, Isabel Hernandez.

A vacina da gripe protege contra os três subtipos do vírus que mais circularam no inverno passado (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). O município de Manaus conta com 400 mil doses.  “Os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde, considerando que são formados por pessoas mais vulneráveis em relação à doença, como crianças e idosos. A vacina é a principal arma para reduzir as complicações, as internações, os óbitos e os casos graves por gripe”, alerta Homero de Miranda Leão.

Postos

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) começou no dia 22 de abril. A vacina pode ser tomada por integrantes dos grupos prioritários até a próxima sexta-feira, dia 23, nas Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h.A população também pode procurar a vacina em horário noturno nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que funcionam em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, 7h às 13h, localizadas nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste.

As dez unidades de saúde que funcionam em horário noturno e aos sábados (das 7h às 13h) são:

1 – UBS Balbina Mestrinho – Rua 17, nº 170, Núcleo II, Cidade Nova I;

2 – UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova I;

4 – UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José II;

5 – UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi II;

6 – UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves;

7 – UBS Dr. José Rayol dos Santos – Av. Constantino Nery, s/n, Chapada;

8 – UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/n. Morro da Liberdade;

9 – UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa II;

10 – UBS Deodato de Miranda Leão – Av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Foto: Tácio Melo

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa prorroga por mais dois anos a validade do concurso público de 2012

sexta-feira, maio 16th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) prorrogou por mais dois anos o último concurso realizado pelo órgão em 2012. O certame venceria no dia 04 de julho e, de acordo com o Decreto 2.783, publicado na última quarta-feira, 14, a prorrogação não implicará em impacto orçamentário e financeiro.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, com a validação agora do concurso, a Semsa está analisando o número de profissionais que serão convocados, conforme determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto. “Vamos anunciar uma data certa de convocação e divulgaremos em todos os meios de comunicação e oficialmente. O importante é que o concurso foi prorrogado e os aprovados não perderão suas vagas”, declarou.

Para o concurso foram abertas 1910 vagas, sendo 520 para médicos e 1.390 para trabalhadores em saúde. Do total de inscritos, 8.329 foram aprovados e homologados, sendo 1.019 médicos e 7.310 trabalhadores em saúde.

Até agora foram chamados para preenchimento das vagas 1.044 candidatos aprovados, sendo 144 médicos e 900 trabalhadores em saúde. Grande parte das vagas preenchidas está nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na sede administrativa do órgão. Os profissionais médicos têm ajudado na implementação de ações de saúde em todas as zonas geográficas da cidade.

Os novos servidores participam de seminários de integração para conhecerem os valores organizacionais da Semsa com a apresentação de missão, visão e valores do órgão além das informações sobre a Avaliação Especial de Desempenho (AED), que deve ser realizada durante o estágio probatório para a aquisição da estabilidade no serviço público, e sobre os serviços de assistência ao servidor como o setor de Serviço Social, Manausmed e Manaus Previdência.

A Rede Saúde Manauara também é apresentada aos novos servidores como modelo de Atenção à Saúde que investe no fortalecimento da Estratégia Saúde da Família e na consolidação da Atenção Primária.

“A prorrogação nos dá a chance de avaliação de nossas demandas para o preenchimento ordenado das vagas”, afirmou o secretário Homero de Miranda Leão.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Samu tem reforço de profissionais treinados em primeiros socorros nas motolâncias

sexta-feira, maio 16th, 2014

 

treinsamumotolancia2

A Prefeitura de Manaus está reforçando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), principalmente com a chegada da Copa do Mundo de 2014, para garantir o atendimento seguro de urgência e emergência à população, tanto em dias de jogos, como no dia a dia.

Na manhã desta quinta-feira (15), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) formou a primeira turma de Estágio de Técnica de Pilotagem de Motolâncias, com 23 profissionais técnicos de Enfermagem e um enfermeiro. A solenidade aconteceu no 7º Batalhão da Polícia do Exército, na Ponta Negra.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, parabenizou a parceria do Exército Brasileiro na preparação dos condutores das motolâncias. “É uma alegria ver o ótimo resultado do trabalho do Samu em parceria com as Forças Armadas, no trabalho de atender milhares de pessoas salvando vidas”, afirmou o secretário.

Na solenidade, Homero agradeceu ao comandante geral da Amazônia, general Guilherme Theophilo, e ao comandante do 7º Batalhão da Polícia do Exército, tenente-coronel Paulo Tadeu Pena.

“O Exército foi fundamental na preparação dos nossos profissionais. Em um atendimento de emergência, cada minuto sem socorro acarreta em 10% de complicações ao estado de saúde do paciente. Por isso, a chegada rápida do Samu é fundamental para salvar vidas. Assim, quando uma ambulância é acionada, uma motolância a acompanha, chegando na frente e prestando os primeiros socorros. Assegurar a saúde e a vida das pessoas são as prioridades do prefeito Arthur Virgílio Neto e o reforço de capacitação dos nosso profissionais, demonstra o empenho da Prefeitura de Manaus em proteger a nossa população em casos de urgência”, afirmou.

O tenente-coronel Paulo Tadeu disse que os policiais do Exército estão à disposição para contribuir com a saúde, principalmente porque têm experiência em motos, fazendo escoltas de autoridades do Estado e da Presidência da República.

“Essa formatura dos profissionais do Samu me deixou muito feliz, orgulhoso e satisfeito. O Samu deve ser olhado com respeito, porque são profissionais envolvidos no que há de mais nobre, que é salvar vidas”, destacou o militar.

Hugo de Oliveira Moura foi um dos primeiros a receber o certificado do curso. Ele é o primeiro enfermeiro da Região Norte a fazer o curso de motoqueiro socorrista do Samu.

“Sou o pioneiro e fiz questão de participar porque a minha satisfação é poder ajudar as pessoas, atuando nos primeiros socorros, o que é fundamental para resgatar uma vida”, salientou.

Entre o conteúdo programático do curso, que aconteceu entre 05 e 09 de maio, os condutores das motolâncias tiveram aula sobre mecânica e manutenção básica de motocicletas, técnica de pilotagem e abordagem, de incidentes em urgência, legislação de trânsito, direção defensiva e preventiva.

“A eficácia do serviço oferecido vai além da rapidez no atendimento. As motos conseguem ter acesso a lugares em que as ambulâncias, às vezes, não chegam. Não há obstáculos que sejam difíceis de serem transpostos”, disse Homero de Miranda Leão.

Segundo o gerente do Samu, Enzio Monteiro, o Samu possui hoje quatro motolâncias e mais dez estão em processo de licitação para aquisição. Além disso, a Prefeitura de Manaus receberá de doação mais dez motos da empresa Moto Honda.

“Durante a Copa, deixaremos 14 motos à disposição para qualquer eventualidade nos jogos esportivos, com duas equipes de sete profissionais que estarão a postos para atender a população”, contou.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa trabalha alinhamento de processos com Ouvidoria-Geral do SUS

quinta-feira, maio 15th, 2014

A subsecretária municipal de Saúde, Lubélia Sá Freire, recebeu, nesta quarta-feira, 14, a diretora do Departamento de Ouvidoria-Geral do Sistema Único de Saúde (SUS), Vanilda Aparecida Alves, para alinhamento de processos com esta ouvidoria em Manaus. A diretora também apresentou as ações da Ouvidoria Ativa, que tem inovado na promoção de espaços ativos que vão ao encontro do cidadão, seja para colher a demanda ou ainda para saber a opinião sobre os serviços do SUS. A reunião ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Adrianópolis.

Segundo Vanilda Alves, a Ouvidoria não deve somente receber as demandas espontâneas do cidadão, mas também ir até ele para buscar informações. “É importante que a informação chegue até nós, entre, e depois seja trabalhada e qualificada para auxiliar na formulação de políticas públicas. A Ouvidoria é, hoje, um instrumento importantíssimo para tomada de decisão”, destacou.

A subsecretária Lubélia Freire apresentou a proposta de reestruturação da Ouvidoria Municipal do SUS, que, na próxima semana, já estará em novo espaço físico na sede da secretaria. “A Ouvidoria Municipal do SUS tem sido para nós um termômetro importante para o redirecionamento das ações de Saúde dentro do nosso processo de reordenamento da Atenção Primária, que vem sendo desenvolvido por meio da Rede Saúde Manauara”, enfatizou a subsecretária.

Também participaram da reunião a coordenadora-geral do Sistema Nacional de Ouvidoria, Maria Francisca Abritta Moro; a ouvidora estadual do SUS do Amazonas, Isla Monteiro Alves Machado; e a ouvidora municipal do SUS, Walcinete Paula de Oliveira. Walcinete Oliveira esclarece que para registrar uma manifestação, o cidadão, usuário dos serviços municipais de saúde, pode entrar em contato com qualquer um dos canais de acolhimento abaixo listados:

  • Atendimento telefônico em Manaus: Disque Ouvidoria 0800-092-1603
  • Correspondência eletrônica municipal: http://semsa.manaus.am.gov.br/fale-conosco ou e-mail direto para ouvidoria.sus@pmm.am.gov.br
  • Correspondência tradicional: Av. Mário Ypiranga, 1.695, Adrianópolis, CEP 69057-002 Manaus-AM
  • Atendimento Presencial: Av. Mário Ypiranga, 1.695, Adrianópolis (próximo ao Detran-AM)

O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 08h às 13h e das 15h às 18h.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):

92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa participa de última reunião para a apresentação dos Planos Operacionais para a Copa

quinta-feira, maio 15th, 2014

semsaplopcopa (2)

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participou da última reunião para a apresentação dos Planos Operacionais para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, nesta quarta-feira, 14, no Palácio Rio Negro, no Centro. O evento em Manaus é coordenado pelo secretário-executivo do Ministério dos Esportes, Luís Fernandes.

“Estamos na reta final e acertando os detalhes para a realização da Copa. Nós fazemos uma avaliação positiva e de confiança total. Vamos fazer um balanço e rever pontos que ainda podem ser integrados”, afirmou Fernandes.

Na reunião setorial da Saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) esteve representada pelo secretário Homero de Miranda Leão. “É a união de esforços de todos os envolvidos, de todas as esferas de governo, incluindo a nossa participação como agentes municipais de saúde, que vai dar ao evento toda a segurança possível quando o assunto é a garantia da saúde de todos os torcedores que vão participar desta festa do esporte”, afirmou Homero.

Durante toda a manhã, todos os integrantes dos planos operacionais de cada setor estiveram reunidos em comitês de discussão para debater os detalhes e status de projetos que ainda necessitavam de acertos e alinhamentos. Os integrantes da Câmara Temática, criada para a elaboração e execução do planejamento que vai garantir o atendimento de saúde durante a Copa, levantaram questões que precisam, ao longo das próximas semanas, serem alinhadas para que tudo fique pronto até o início do evento.

“São questões de integração entre equipes que serão facilmente alinhadas em reuniões que serão intensificadas nos próximos dias. Nós queremos, por exemplo, definir o local de atuação das equipes dentro da Arena da Amazônia para que a adequação física seja a mais perfeita possível”, afirmou o presidente da Câmara Temática da Saúde e presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque.

Atuação do Samu

Com todo o planejamento realizado com antecedência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está com o esquema de atendimento consolidado de acordo com as diretrizes elaboradas pela organizadora do evento. Os atendimentos realizados pelas ambulâncias estarão na linha de atuação fora do perímetro de segurança estabelecido pela FIFA. Para o entorno da Arena e dentro do palco dos jogos, estarão sendo disponibilizadas seis Unidades de Suporte Avançado (USAs), consideradas UTIs Móveis, e duas Unidades de Suporte Básico (UBSs) contratadas pela FIFA para atender as prioridades.

No plano de atendimento das proximidades da Arena, o Samu vai estar com a base da Alvorada, de prontidão, para atender aos chamados que extrapolem a capacidade técnica da organização, com chegada ao Estádio prevista para ocorrer em, no máximo, 1,5 minuto. Nesta base, vão estar uma USA e três UBSs que, se precisarem de deslocamento, devem receber o apoio de batedores.

Para o restante da cidade, 24 USBs e quatro USAs vão estar preparadas para atender de forma prioritária e rápida, inclusive no  caso de atendimento no Complexo Turístico da Ponta Negra, onde estará ocorrendo a FIFA Fan Fest. No local da festa diária durante a Copa, a Semsa vai dispor de um Posto Médico Avançado (PMA) com oito leitos, sendo um de UTI. “A nossa responsabilidade aumenta na medida em que o evento se aproxima. O que nos dá segurança é que todos os detalhes foram pensados para o sucesso da operação e, além disso, um plano de contingência com a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) também está sendo finalizado para que tudo ocorra bem”, afirmou a diretora do departamento de Urgência e Emergência de Manaus, Moísa Carneiro.

Organização dos Planos Operacionais

Na capital do Amazonas estão reunidos representantes das três esferas de governo e do Comitê Organizador Local (COL). “Manaus tem quatro grandes jogos durante a Copa do Mundo. E, na minha opinião, tem um dos mais belos estádios deste evento. Nós temos a certeza de que todo o processo realizado, até agora, vai dar a capital-sede condição perfeita para a realização do evento sem grandes problemas”, apostou o gerente-geral de Estádios do COL, Roberto Sivieiro.

Durante a reunião, os representantes debateram e detalharam as ações necessárias para a execução dos planos, aumentando a capacidade de integração e alinhamento entre as equipes técnicas. “É um momento importante em que vamos reforçar a integração de todos os planos operacionais em diversas áreas: segurança, saúde e mobilidade”, afirmou o secretário da Unidade Gestora da Copa no Amazonas (UGP Copa), Miguel Capobiango.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa fortalece ações de prevenção à violência

quarta-feira, maio 14th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Núcleo de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas, está realizando um ciclo de visitas às Unidades de Saúde para fortalecer as ações de prevenção às diversas formas de violência junto aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A chefe do Núcleo de Prevenção a Riscos à Saúde por Causas Externas da Semsa, Ana Carolina Leão, informa que devem ser realizadas visitas a pelo menos 200 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), envolvendo principalmente as que trabalham com a Estratégia Saúde da Família, com o objetivo de esclarecer os profissionais de saúde sobre como proceder nos casos suspeitos de violência. O público alvo são médicos, enfermeiros, dentistas, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e recepcionistas.

“A questão da violência é muito subjetiva e abrangente, envolvendo diversos outros setores além da saúde, e por isso é importante que os profissionais conheçam os procedimentos necessários. As visitas também servem para estreitar os laços entre as equipes que atuam diretamente junto aos usuários e a área técnica responsável pela gestão dos trabalhos em cada Distrito de Saúde”, esclarece Ana Carolina.

A programação do ciclo de visitas inclui a abordagem da temática violência em reuniões e supervisões locais nas unidades de saúde; discussão da importância da articulação com os demais serviços de referência e os serviços comunitários existentes; estimulo à vigilância/ percepção pelos profissionais de saúde das situações de violência e como proceder em cada situação; subsidiar as equipes com materiais educativos e instrucionais acerca da temática; e estreitar a comunicação entre os profissionais atuantes nas Unidades Básicas e os técnicos dos Distritos de Saúde.

“A maior parte das denúncias de violência são feitas geralmente em delegacias, conselhos tutelares ou através dos disque denúncias, mas é importante que o setor saúde esteja preparado na identificação dos casos de violência, deixando claro o papel do profissional de saúde e da equipe multidisciplinar dentro da rede de proteção à vítima”, destaca Ana Carolina.

O ciclo de visitas teve início no mês de fevereiro e a proposta é de que as visitas sejam contínuas.

 

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Servidores do Samu participam de curso de inglês com foco na Copa do Mundo

quarta-feira, maio 14th, 2014

aulasamudesiree (2)

A partir desta quarta-feira, 14, a Prefeitura de Manaus dará início às aulas da nova turma da segunda fase do curso de inglês intensivo, voltado aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A proposta do curso é preparar os servidores para o atendimento aos turistas durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™.

A carga horária dos cursos é de 30 horas, sendo 18h de aulas teóricas e 12h destinadas às atividades práticas em alguns dos principais pontos turísticos de Manaus, proporcionando ao aluno uma vivência ainda maior da realidade que ele vai encontrar durante o campeonato mundial.

Os cursos são promovidos pela Escola de Serviço Público Municipal (ESPI), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração Planejamento e Gestão (Semad). A estimativa é de que pelo menos 200 mil turistas venham a Manaus durante a Copa. “É preciso que nossos profissionais tenham o conhecimento básico para recebê-los”, disse a diretora-geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo.

Esta será a terceira turma para o curso de “Inglês Intensivo” este ano. As aulas ocorrerão no horário das 14h às 17h e serão voltadas aos servidores do Samu que concluíram o módulo de “Inglês Instrumental” no ano passado. Elas serão ministradas pela professora Desiree Ann Kurtzious, graduada em Letras, com especialização em Língua Inglesa, e professora de idiomas na EST Idiomas/UEA.

No conteúdo programático estão incluídos assuntos, como: formas elaboradas de atendimento ao turista, verbos no passado e no futuro, leitura dos documentos de identificação do turista, léxico de traumas e de doenças tropicais, triagem e preenchimento de formulários. Os cursos de inglês acontecem até o dia 6 de junho.

As 18h de aulas teóricas do curso serão ministradas na sede da ESPI, que fica no bloco D da Universidade Nilton Lins, na avenida Professor Nilton Lins, nº 3259, no Parque das Laranjeiras.

Assessoria de Comunicação da Escola de Serviço Público Municipal (ESPI):

92 3651-7126 / 8409-2926

Foto: Assessoria de Comunicação

Carreta da Mulher começa a atender na Marina do Davi

terça-feira, maio 13th, 2014

carmulmardav2

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está atendendo desde esta segunda-feira, 12, as moradoras das comunidades adjacentes e visitantes da Marina do Davi, próxima ao Hotel Tropical, na Ponta Negra. O atendimento no local será até sexta-feira, 16.

As outras três unidades de Saúde da Mulher continuam atendendo no Conjunto Viver Melhor 2, no bairro Santa Etelvina, no Núcleo 8 da Cidade Nova e no bairro da Paz, oferecendo serviços como mamografias e ultrassonografias: abdominal total, abdominal superior, transvaginal, pélvica, obstétrica, vias urinárias, tireoide e mama.

De acordo com o coordenador geral das Unidades Móveis, Wiliam Terra, as Unidades Móveis de Saúde da Mulher e também as Médico Laboratoriais e de Saúde Odontológica oferecem serviços como exame preventivo, abordagem sindrômica de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), consultas generalistas, consultas pediátricas, ultrassonografia, mamografias e atendimento odontológico, ações de imunização, coleta de material para exames laboratoriais, aferição de pressão arterial e glicemia capilar.

Segue abaixo a localização das unidades distribuídas pela cidade de Manaus:

Unidade Móvel de Saúde da Mulher (UMSM)

– Conjunto Viver Melhor 2 – de 05.05 a 30.05.14.

Endereço: Avenida Principal, atrás da estação de ônibus do bairro de Santa Etelvina, na última entrada à esquerda antes da barreira policial da BR-174 e AM 010.

– Cidade Nova- Bola do Núcleo 8 – de 19.02 a 23.05.14

Endereço: Rua Gandú com Avenida Noel Nutels nº119, núcleo 08, Cidade Nova, dentro do Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola.

– Bairro da Paz – de 05.05 a 23.05.14

Localização: Rua da Esperança, esquina com a Rua 28 de Agosto, ao lado da UBS Bairro da Paz, no bairro da Paz.

– Ponta Negra – Marina do Davi – de 12.05 a 16.05

Unidade Móvel de Saúde Odontológica (UMSO) Serviços Oferecidos: Procedimentos Odontológicos Ambulatoriais

Conjunto Viver Melhor 2 – de 18.03 a 30.05.14.

Endereço: Avenida Principal, atrás da estação de ônibus do bairro de Santa Etelvina, na última entrada à esquerda antes da barreira policial da BR-174 e AM 010.

Unidade de Saúde Médico Laboratorial

• Conjunto Viver Melhor 2 – de 18.03 a 30.05.14

Para verificar a programação e notícias das unidades móveis na internet, acesse: semsa.manaus.am.gov.br.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):

92 3236-8315 / 8842-8370

Fotos : Altemar Alcantara

Manaus é a única capital a bater meta de vacinação contra a gripe

terça-feira, maio 13th, 2014

 

vacgripmeta (2)

Manaus é a primeira e única capital brasileira a atingir e ultrapassar a meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe). O Ministério da Saúde (MS) estabeleceu a meta mínima de 80% como ideal para que as cidades vacinassem o público-alvo. Apesar do trabalho bem sucedido, que coloca a capital em situação privilegiada, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) continuará imunizando o grupo prioritário da campanha até o dia 23 de maio.

Nesta segunda-feira, 12, a atualização dos dados mostra que Manaus continua sendo a única capital do país a atender a recomendação do Ministério da Saúde. Até às 14 horas, o município já havia vacinado.

335.174 pessoas, atingindo o índice de 85,64% do público-alvo total que é de 391.346. Logo atrás de Manaus, está Curitiba, com 72,82%, seguida de Porto Alegre, com 62,48%, e Rio de Janeiro com 59,81%.

“Todo o esforço vai continuar até o dia 23 deste mês. A nossa intenção é atingir os 100%. É possível porque há um envolvimento grande dos profissionais de saúde do município e também do nosso Programa Municipal de Imunização. A imprensa também nos ajudou bastante, o que nos fortaleceu e nos ajudou a ultrapassar a meta”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

A chefe de imunização da Semsa, Isabel Hernandes, orientou as mães que levem os filhos pequenos para tomar a vacina da gripe, principalmente os da faixa-etária de dois a quatro anos. As grávidas também devem comparecer à unidade de saúde mais próxima de suas casas para receber a imunização. São estes dois públicos que menos foram vacinados, até agora, em Manaus”, ressaltou.

A Campanha de vacinação contra a Gripe (Influenza) iniciou no dia 22 de abril. Em Manaus, as vacinas estão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h. O atendimento também pode ser feito nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que funcionam em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 7h às 13h, nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste.

As dez unidades de saúde que funcionam em horário estendido são:

1 – UBS Balbina Mestrinho –rua 17, nº 170, Núcleo 2, Cidade Nova 1;

2 – UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova 1;

4 – UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José 2;

5 – UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi 2;

6 – UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves;

7 – UBS Dr. José Rayol dos Santos – Avenida Constantino Nery, s/n°, Chapada;

8 – UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/n°. Morro da Liberdade;

9 – UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa 2;

10-UBS Deodato de Miranda Leão – Avenida Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Fotos : Marinho Ramos

Semsa realiza 1ª Conferência Regional de Saúde do Trabalhador em Manaus

terça-feira, maio 13th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), vai realizar a 1ª Conferência Regional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora de Manaus, Entorno e Rio Negro. O evento vai acontecer nos dias 28, 29 e 30 de maio, no auditório da Universidade Paulista (Unip), reunindo gestores, trabalhadores e usuários da saúde de 12 municípios.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que a conferência está sendo organizada com a participação do Conselho Municipal de Saúde (CMS) e do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest/Manaus), e representa uma das etapas da 4ª Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, que será realizada no mês de novembro, em Brasília.

“O resultado da realização da conferência regional será importante para subsidiar as demais etapas, Estadual e Nacional, apontando por meio de relatórios os resultados das discussões dos eixos temáticos, além de viabilizar espaço democrático para a eleição dos delegados para compor a etapa estadual”, ressalta Homero de Miranda Leão.

A diretora do Cerest/Manaus, Verônica Souza, explica que a conferência pretende propor diretrizes para a implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNST), além de permitir maior participação social e aprofundamento do debate dos seguintes eixos temáticos: Desenvolvimento socioeconômico e seus reflexos na saúde do trabalhador e da trabalhadora; Fortalecimento da participação dos trabalhadores e das trabalhadoras, da comunidade e do controle social nas ações de saúde do trabalhador e da trabalhadora; Efetivação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os princípios da integralidade e intersetorialidade nas três esferas de governo; Financiamento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador nos municípios, estados e União.

Além de Manaus, a conferência vai envolver os municípios de Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Iranduba, Manaquiri, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos.

 

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Semsa ultrapassa meta da campanha de vacinação contra a gripe

segunda-feira, maio 12th, 2014

Mesmo ultrapassando a meta da Campanha de Vacinação contra a Gripe (Influenza) ainda nesta sexta-feira, 09, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) decidiu acompanhar a indicação do Ministério da Saúde e FVS e prorrogará a campanha contra gripe até o dia 23 de maio.

Até às 13h desta sexta-feira, o município de Manaus já havia vacinado 325.670 pessoas o que corresponde a 83,22% da população alvo (391.345 pessoas) superando a meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Saúde.

“Mesmo atingindo nossa meta vamos prorrogar a vacinação para aumentar a cobertura e homogeneizar os grupos prioritários, focando as crianças e gestantes nesta fase”, disse o secretário municipal de saúde, Homero de Miranda Leão.

Ele explica que o Ministério da Saúde decidiu prorrogar a campanha para que os municípios de todo o Brasil possam atingir uma cobertura mínima de 80% entre os grupos prioritários para imunização, que é a meta estabelecida pelo Governo Federal.

Faixas Etárias e Grupos Prioritários

A Semsa alerta que devem ser vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, lembrando que a partir de agora as pessoas deverão apresentar a comprovação de tal necessidade, ou seja, atestado médico.

“Os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde, considerando que são formados por pessoas mais vulneráveis em relação à doença, como crianças e idosos, e a vacina é a principal arma para reduzir as complicações, as internações, os óbitos e os casos graves por gripe”, alerta Homero de Miranda Leão.

Postos

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) teve início no dia 22 de abril e seria encerrada nesta sexta-feira, 09. A prorrogação da campanha em Manaus segue até o dia 23 de maio nas Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h.

A população também pode procurar a vacina em horário noturno nas dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que funcionam em horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 7h às 13h, localizadas nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste.

As dez Unidades de Saúde que funcionam em horário noturno, das 7h00 às 11h00, e aos sábados, das 7h às 13h são:

1 – UBS Balbina Mestrinho – Rua 17, nº 170, Núcleo II, Cidade Nova I;

2 – UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova I;

4 – UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José II;

5 – UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi II;

6 – UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves;

7 – UBS Dr. José Rayol dos Santos – Av. Constantino Nery, s/n, Chapada;

8 – UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/n. Morro da Liberdade;

9 – UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa II;

10 – UBS Deodato de Miranda Leão – Av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Texto: Eurivânia Galúcio, Agnaldo Oliveira Júnior e Marcelo Mendes

(92) 3236-8315

Dvisa fiscaliza estabelecimentos do entorno da Arena da Amazônia

sexta-feira, maio 9th, 2014

 

fiscsauderest2

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa), realizou nesta quinta-feira, 08, fiscalização em cinco estabelecimentos que comercializam alimentos no entorno da Arena da Amazônia Vivaldo Lima. A primeira etapa da fiscalização nestes espaços foi em 2013. Nesta quinta-feira, a Dvisa retornou aos locais para verificar se as prioridades sanitárias identificadas anteriormente estão sendo cumpridas.

A fiscalização nos estabelecimentos foi realizada para evitar o risco alimentar causado pelo armazenamento inadequado dos produtos, falta de higiene no ambiente de manipulação de ingredientes, procedência e validade dos mesmos, além da verificação eletrônica da temperatura de carnes e verduras para a garantia de consumo saudável.

Na fiscalização desta quinta-feira, os fiscais do Dvisa percorreram as principais ruas do entorno da Arena da Amazônia, em Manaus. Em cada um dos restaurantes fiscalizados foram recolhidas amostras de alimentos para testes laboratoriais. Os resultados saem em até 15 dias.

Em um dos restaurantes, fiscais encontraram produtos vencidos e armazenados com a temperatura inadequada. O estabelecimento foi autuado, multado e interditado provisoriamente. Neste caso, o proprietário precisa providenciar o descarte dos alimentos impróprios para consumo, realizar o pagamento da multa e procurar o órgão para que um fiscal possa atestar que todos as irregularidades encontradas foram sanadas. Só a partir daí, o estabelecimento pode ser reaberto.

“A interdição é provisória e o proprietário pode reabrir se recorrer e eliminar os riscos iminentes. Um fiscal do órgão reavalia a situação. Se a conclusão for de adequação às normas, o restaurante volta a funcionar”, explicou o gerente de Vigilância de Produtos do DVisa, Fernando Branco.

Em outros três restaurantes foram encontradas irregularidades. Os proprietários dos estabelecimentos foram autuados e multados, mas não tiveram que fechar as portas. As irregularidades encontradas não apresentam risco à saúde dos clientes.

As próximas fiscalizações vão estar concentradas em três praças de alimentação que ficam nas proximidades da Arena da Amazônia, na zona Centro-Oeste de Manaus.

Multas

As ações de vigilância sanitária ocorrem em todo o país. Em Manaus, as multas variam de 100 UFMs a 400 UFMs (Unidades Fiscais do Município). Cada UFM hoje corresponde a R$ 78,79.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): (92) 3236-8315

Fotos : Tácio Melo

Campanha de Vacinação contra a Gripe já atingiu 59,19% do público-alvo

quinta-feira, maio 8th, 2014

congripevac2

A Campanha de Vacinação contra a Gripe (Influenza), iniciada no dia 22 de abril, já atingiu 231.636 pessoas em Manaus, representando 59,19% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

Devem ser vacinadas crianças de seis meses até cinco anos, pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

O total do público-alvo da campanha é estimado em 391.345 pessoas no município de Manaus, sendo que a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é vacinar no mínimo 80% desse grupo, envolvendo 313.076 pessoas, o que vai garantir uma cobertura vacinal adequada e segura para a população.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, informa que o município de Manaus tem disponível cerca de 400 mil doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). “É fundamental que a população não deixe de comparecer às Unidades de Saúde para se imunizar contra a gripe. Devemos lembrar que a vacina reduz o risco de complicações e agravamento da doença, principalmente entre o grupo de pessoas mais vulneráveis, como crianças e idosos”, afirmou Homero de Miranda Leão.

De acordo como o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

A campanha de vacinação será encerrada nesta sexta-feira, dia 09, e, de acordo com Homero de Miranda Leão, o Ministério da Saúde não indicou até agora a possibilidade de prorrogação das ações de imunização. “Até o dia 05 de maio, segundo o Ministério da Saúde, a campanha atingiu 14 milhões de pessoas em todo o Brasil, o que representa 28,22% da meta estabelecida para o território nacional. A prorrogação da campanha, caso aconteça, vai depender das estratégias estabelecidas pelo Ministério da Saúde”, esclareceu Homero de Miranda Leão.

Postos

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que a imunização está disponível em todas as Unidades Básicas que trabalham com salas de vacina, incluindo policlínicas da rede municipal, no horário das 08h às 17h, em um total de 123 estabelecimentos. Além disso, a Semsa mantém postos volantes que atendem em locais como creches e supermercados, de acordo com a necessidade registrada em cada Unidade de Saúde.

A vacina também está disponível nas dez Unidades Básicas de horário ampliado que estão abertas ao público de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, 7h às 13h.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está disponibilizando ainda o serviço de agendamento da vacina pelo telefone 0800-280-8280, direcionado para o grupo prioritário impossibilitado de locomoção, como os idosos acamados. O agendamento pode ser feito por telefone de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.

 

As dez Unidades de Saúde que funcionam em horário ampliado são:

1 – UBS Balbina Mestrinho – Rua 17, nº 170, Núcleo II, Cidade Nova I;

2 – UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina;

3 – UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova I;

4 – UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José II;

5 – UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi II;

6 – UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves;

7 – UBS Dr. José Rayol dos Santos – Av. Constantino Nery, s/n, Chapada;

8 – UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/n. Morro da Liberdade;

9 – UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa II;

10 – UBS Deodato de Miranda Leão – Av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Semsa apresenta experiências exitosas para a consolidação da Rede Saúde Manauara

quinta-feira, maio 8th, 2014

redesaudman2

 

A Secretaria Municipal de Saúde apresentou, nesta quarta-feira, 07, as dez experiências mais exitosas em Unidades de Saúde de Manaus. Os profissionais que desenvolvem as ações em toda a cidade e na zona rural de Manaus que tiveram os trabalhos escolhidos participaram de um encontro, no auditório Deodato de Miranda Leão, na sede do órgão. Os trabalhos são coordenados pela equipe do consultor Eugênio Vilaça.

Na ocasião, os resultados das estratégias utilizadas para a promoção da saúde nas Unidades da Prefeitura foram apresentados dentro da metodologia que reúne desde a implementação e aplicação até os resultados dos projetos.

Entre as ações mais exitosas estão projetos que promovem a humanização dos locais de trabalho com a participação dos trabalhadores em saúde; a capacitação profissional para atendimento clínico diferenciado com a estratificação de risco das condições crônicas; a aplicação de um novo modelo de saúde que reforça a residência médica com a intenção de atingir o “padrão ouro de qualidade”; os atendimento diferenciados na farmácia clínica que orienta ciclicamente sobre o uso de medicamentos por pacientes soropositivos e portadores de hipertensão e diabetes; o trabalho que transformou o laboratório de citopatologia do município em referência estadual e, ainda, um programa que ajuda os pacientes na recuperação da saúde por meio da alimentação balanceada e de atividade física.

Na Comunidade Nossa Senhora do Livramento, zona rural de Manaus, o projeto “Maloca do Conto” motiva a interação entre moradores e permite que eles contem histórias do cotidiano. A equipe médica identifica necessidades, realiza diagnósticos e promove a saúde.

“Certamente, além destas dez experiências, existem outras importantíssimas para a construção de um atendimento cada vez mais qualitativo em nossas unidades de saúde. Ver as pessoas se emocionarem mostra que estamos no caminho certo, basta querer fazer”, afirma o secretário municipal de saúde Homero de Miranda Leão.

Rede Saúde Manauara

Todas as ações estão ligadas ao processo de construção da Rede Saúde Manaura. O programa pretende estabelecer uma nova forma de executar as ações de saúde no município de Manaus, buscando a integração dos serviços, fortalecendo a Atenção Primária, onde é realizado o primeiro atendimento à população e que tem capacidade para resolver cerca de 80% das necessidades e problemas de saúde.

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa pretende vacinar 7,9 mil animais contra raiva na zona rural

quarta-feira, maio 7th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), iniciou na última terça-feira, dia 06, na zona rural de Manaus, a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal.

O chefe do Núcleo de Controle da Raiva Animal do CCZ, José Horácio Pereira, explica que a campanha vai atingir, inicialmente, a área rural terrestre, que compreende as comunidades localizadas ao longo das rodovias BR – 174, até o limite do município de Presidente Figueiredo, e AM – 010, até o limite do município de Rio Preto da Eva, abrangendo ramais e vicinais.

O CCZ informa que a vacinação antirrábica também vai atender as comunidades ribeirinhas localizadas às margens dos rios Negros e Amazonas. “Na área fluvial, a campanha está prevista para ter início no dia 21 de maio”, explica José Horácio.

A meta é vacinar no mínimo 7.937 animais nas áreas rurais, sendo 6.398 cães e 1.539 gatos. O trabalho na zona rural terrestre está sendo executado por duas equipes de vacinadores, que visitam cada residência para a aplicação da vacina. “A vacina pode ser aplicada em animais com mais de três meses de vida e que estejam em boas condições de saúde. A recomendação é para que os moradores auxiliem na contenção dos animais para a aplicação da vacina”, informa José Horácio.

A novidade este ano é que as equipes também estão atuando aos sábados para realizar as ações da campanha na área rural terrestre, já que muitos proprietários de sítios e fazendas estão no local apenas nos finais de semana.

A campanha de vacinação contra raiva animal na zona urbana de Manaus deve ter início no mês de setembro, com previsão de atingir mais de 200 mil animais.

Doença – A raiva é uma doença grave causada por vírus do gênero Lyssavirus que ataca o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal e nervos) dos mamíferos. O vírus é temporariamente eliminado principalmente pela saliva do animal doente e, geralmente, é transmitido quando o animal infectado morde, arranha profundamente ou lambe a pele lesionada de outro animal ou pessoa.

Os sintomas da Raiva podem demorar a aparecer, mas quando o vírus atinge o sistema nervoso do animal, este pode apresentar os seguintes sinais de forma progressiva e rápida: mudança brusca de comportamento (inquietação, andar sem rumo, agressividade e isolamento); cães e gatos apresentam “tiques” como se estivessem mordendo o ar; salivação abundante; dificuldades para engolir; fotofobia (aversão à luz); mudanças nos hábitos alimentares; e paralisia das patas traseiras.

Depois do início dos sintomas, os mamíferos normalmente adoecem e morrem, em média, em 10 dias. Por ser uma doença que pode ser transmitida dos animais para os seres humanos e por apresentar letalidade em 100% dos casos, a raiva é uma zoonose de grande importância na saúde pública.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Semsa participa de duas ações preventivas de saúde nesta quarta-feira

quarta-feira, maio 7th, 2014

A Prefeitura de Manaus, por intermédio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), apoia nesta quarta-feira, 07, duas ações preventivas de saúde.

A primeira ocorre no porto da Ceasa e a segunda no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Pela manhã, das 07h30 às 13h30, acontece o “2º Comando Saúde nas Rodovias – CSR/2014”, realizado em parceria com a Polícia Rodoviária Federal. A ação ocorre, simultaneamente, em várias capitais brasileiras.

Em Manaus, profissionais da Semsa desenvolverão ações básicas de saúde para motoristas de cargas. Serão realizadas aferições para detectar fatores de risco à saúde, como pressão alta, obesidade, estresse, orientações sobre prevenção de DST’s, entre outras. O CSR faz parte da estratégia para o cumprimento do Art. 2º (responsabilidades do Sistema Único de Saúde – SUS) da Lei nº 12.619/2012 (apelidada de “Lei dos Motoristas”). Durante a ação devem ser atendidos 120 motoristas.

À tarde, os profissionais da Semsa estarão na Infraero ministrando palestras de prevenção e promoção da saúde para os funcionários e lojistas do aeroporto Eduardo Gomes.   “As duas ações fazem parte de uma programação anual da Semsa para realizar a prevenção e promoção da saúde do trabalhador”, afirma a diretora do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Manaus, Verônica Souza.

 

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Semsa inicia segundo LIRAa de 2014

quarta-feira, maio 7th, 2014

Com uma redução de 81,2% no número de casos suspeitos de dengue registrados no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2013, a Prefeitura de Manaus mantém de forma intensa as ações de combate à doença e iniciou na segunda-feira, 05, o segundo Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2014.

Durante o período do LIRAa, que segue até o dia 13 de maio, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irão vistoriar um total de 27.304 imóveis selecionados por amostragem no município de Manaus. Cerca de 600 profissionais estarão envolvidos no levantamento, identificando possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, verificando o grau de infestação do mosquito transmissor da dengue e eliminando os criadouros encontrados.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, informa que o LIRAa é uma das principais estratégias do Ministério da Saúde utilizadas para subsidiar as ações de controle e combate à dengue, realizado em todo o Brasil de três meses em três meses. “Após o levantamento, é possível verificar quais locais da cidade apresentam maior índice de infestação e, a partir desses dados, elaborar as ações de prevenção que devem ser adotadas no combate à dengue para os próximos meses, definindo as áreas prioritárias, de acordo com a realidade de cada zona geográfica em Manaus”, destaca Homero de Miranda Leão.

O primeiro LIRAa de 2014, realizado no período de 03 a 13 de fevereiro, registrou um índice de 3,9%, considerado de médio risco para os casos de dengue em Manaus. De acordo com o Ministério da Saúde, um índice de infestação inferior a 1% significa que o município apresenta baixo risco e de 1% a 3,9% significa estado de alerta. Acima de 4%, há maior predisposição para a ocorrência de casos de dengue.

No LIRAa realizado no mês de fevereiro, as zonas Norte e Leste apresentaram índices de 5,1% e 6,7%, respectivamente, o que representa alto risco para a dengue. A zona Oeste registrou 1,8% e a zona Sul registrou um índice de 1,9%.

Casos

De janeiro a abril de 2014, foram notificados em Manaus 2.276 casos suspeitos de dengue (Fonte: SINANNET/Gevep/Devae/Semsa/PMM *Dados parciais, até o mês de abril/2014). O número representa uma redução de 81,2% em comparação com o mesmo período de 2013, quando foram notificados 12.056 casos suspeitos. A maioria dos casos notificados este ano foi em indivíduos do sexo masculino na faixa etária de 20 a 34 anos (34,8%).

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) 92 3236-8315

Centro Cirúrgico da Maternidade Moura Tapajóz entrará em reforma

quarta-feira, maio 7th, 2014

A Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizará entre os dias 07 e 14 de maio reparos e adequação do Centro Cirúrgico da Maternidade Moura Tapajóz. As obras ocorrerão em cinco salas de procedimento e recuperação anestésica do Centro Cirúrgico da Maternidade.

“As modificações fazem parte da intenção da Secretaria Municipal de Saúde para tornar qualitativos e de excelências todos os serviços de saúde prestados em unidades da capital, sob a responsabilidade da Prefeitura”, afirma a Diretora do Departamento de Redes de Atenção, Angela Maria Loureiro da Silva.  

Plano de Contingência

Para que a intervenção garanta a atenção à saúde da população sem prejuízos aos atendimentos realizados na Moura Tapajóz um plano de contingência está sendo colocado em operação. Nele, em uma das enfermarias da Maternidade serão colocados dois leitos para partos normais e dois berços aquecidos para cuidados dos recém-nascidos. Uma terceira cama, hoje montada no pré-parto, também será utilizada para os partos normais. Dentro do bloco cirúrgico está sendo montada uma sala para procedimentos em casos de necessidade de intervenção invasiva causada por complicações durante os partos normais.

A Central de Regulação de Leitos também foi comunicada sobre a limitação temporária. As maternidades estaduais estarão dando o suporte necessário, durante os dias em que estiverem sendo feitos os reparos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estará de sobreaviso para atender a situações de remoções que precisem ser feitas entre hospitais, durante os oito dias de reformas.

 

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315 / 8842-8370

Prefeito inaugura novo prédio do Centro de Especialidades Odontológicas

quarta-feira, abril 30th, 2014

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, inaugurou na terça-feira, 29, o novo prédio do Centro de Especialidades Odontológicas Dr. Rubim de Sá (CEO Norte), localizado na zona Norte de Manaus, na Rua 77 (antiga Rua Rogério Magalhães), Quadra 240, nº 26, Núcleo 11, Cidade Nova 2. Com o novo prédio, a capacidade de atendimento do CEO Norte passou de 50 para 70 consultas diárias.

Durante a cerimônia de inauguração, o prefeito lembrou que a zona Norte é uma das mais populosas de Manaus e que por isso é preciso ter atenção redobrada no processo de planejamento da oferta de serviços e em relação às necessidades da população. “O CEO Norte oferece atendimento na região de maior potencial de crescimento populacional em Manaus e, por isso, é preciso que o poder público esteja atento para a necessidade de ampliação da capacidade de oferta de serviços, principalmente na área de saúde”.

O número de gabinetes odontológicos foi ampliado de quatro para sete e o número de cirurgiões dentista está passando de dez para 14 profissionais, sendo que, diariamente, são ofertadas cinco vagas para cada profissional.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, destacou que o CEO Norte oferece serviços altamente especializados, complementando o trabalho realizado nas Unidades Básicas de Saúde. “O CEO Norte oferece serviços de periodontia, endodontia, de cirurgia e traumatologia bucomaxilar facial, odontopediatria para crianças de zero a três anos e atendimento de pessoas com necessidades especiais. São serviços totalmente gratuitos e acessíveis para toda a população de Manaus”.

 

O encaminhamento ao CEO é feito por cirurgiões dentistas que realizam atendimento nas UBSs e que fazem a avaliação do paciente e determinam a necessidade de serviços especializados.

Segundo Homero de Miranda Leão, além do CEO Norte, a Prefeitura de Manaus oferece serviços de especialidades odontológicas no CEO Sul, localizado no bairro São Lázaro 3, e o CEO Oeste, instalado no bairro da Paz. “A Semsa está preparando a inauguração do CEO Leste, previsto para o mês de julho, e que deve ser instalado no bairro São José, ampliando ainda mais a possibilidade de acesso aos serviços”, informou o secretário.

Serviços

A Prefeitura de Manaus oferta serviços odontológicos em um total de 150 estabelecimentos assistenciais de saúde. Além dos procedimentos especializados realizados nos CEOs, as Unidades Básicas de Saúde oferecem serviços de ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção em Saúde Bucal, promovendo o atendimento em procedimentos básicos de assistência odontológica, ações educativas/preventivas; procedimentos coletivos em espaços sociais e escolas.

Homenagem

A cerimônia de inauguração do CEO Norte contou com a presença do advogado Afrânio Sá e do engenheiro Rui José de Sá, filhos do Dr. Rubim Cruz Pereira de Sá, cirurgião dentista que nasceu no município de Borba, no ano de 1913, e atuou em Manaus durante cerca de 60 anos, falecendo em 1997.

O advogado Afrânio Sá lembrou que o pai foi um dos pioneiros na atividade política odontológica local, com reflexo na odontologia nacional, tendo sido homenageado com uma medalha pelo Conselho Federal de Odontologia. “Foi criada uma medalha com o nome Rubim Sá em homenagem ao trabalho que ele realizou no sentido de buscar a melhoria e qualidade dos serviços e garantir o aperfeiçoamento dos profissionais em Manaus”, explicou Afrânio Sá.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):

92 3236-8315

Vacina contra a gripe está disponível também nas Unidades de Saúde que atendem no horário noturno e aos sábados

segunda-feira, abril 28th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que a vacina contra a gripe também está sendo disponibilizada nas dez Unidades Básicas de horário ampliado, funcionando de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, 7h às 13h. A Campanha da Vacinação contra a Gripe teve início no dia 22 de abril e já atingiu até agora 176.688 pessoas em Manaus, de acordo com o Sistema de Informação da Semsa.

A campanha segue até o dia 09 de maio e tem como público alvo crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

A recomendação é que as pessoas incluídas no público alvo da campanha apresentem o cartão de vacinação na Unidade de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, ressalta que a disponibilização da vacina contra a gripe nas unidades com horário ampliado, que funcionam no horário noturno e aos sábados, tem como finalidade oferecer uma opção de atendimento para a população, principalmente para as pessoas que trabalham durante o dia e não têm tempo de procurar uma Unidade de Saúde no horário de expediente comercial.

As dez Unidades de Saúde que funcionam em horário ampliado são: UBS Balbina Mestrinho – Rua 17, nº 170, Núcleo II, Cidade Nova I; UBS Sálvio Belota – Rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina; UBS Áugias Gadelha – Rua A, nº 15, Cidade Nova I; UBS Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José II; UBS Alfredo Campos – Rua André Araújo, s/nº, Zumbi II; UBS Leonor Brilhante – Av. Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves; UBS Dr. José Rayol dos Santos – Av. Constantino Nery, s/n, Chapada; UBS Morro da Liberdade – Rua São Benedito, s/n. Morro da Liberdade; UBS Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa II;  UBS Deodato de Miranda Leão – Av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Além das unidades com horário ampliado, a Semsa está disponibilizando a vacinação contra a gripe em todas as Unidades Básicas de Saúde da rede municipal, das 8h às 17h. Também está sendo disponibilizado para o grupo prioritário impossibilitado de locomoção, como os idosos acamados, o agendamento pelo telefone 0800-280-8280, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.

A vacina da gripe protege contra os três subtipos do vírus da gripe recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). “Esta vacina é produzida com partículas do próprio vírus, o que torna impossível a ocorrência da gripe influenza, por isso as pessoas não devem deixar de tomar a vacina pelo mito de que podem ficar gripada. Acontece é que existem muitos vírus que podem produzir sintomas parecidos com a gripe – como tosse, espirros, dor de garganta. São sintomas que podem ser de resfriado”, explicou o secretário Homero de Miranda Leão, acrescentando que a vacinação é uma medida de prevenção fundamental para promoção à saúde.

Segurança – A vacina é ofertada a grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias, conforme recomendação da OMS. Ela é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Após a aplicação da vacina, podem ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e induração. São manifestações consideradas benignas, cujos efeitos passam, na maioria das vezes, em 48 horas.

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Medidas de prevenção – A vacinação contra gripe é uma importante ação de prevenção da gripe, mas não dispensa medidas básicas de proteção. São cuidados simples, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

A transmissão da gripe acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Prefeitura inaugura novo Centro de Especialidades Odontológicas da zona Norte

segunda-feira, abril 28th, 2014

A Prefeitura de Manaus vai inaugurar nesta terça-feira, dia 29, às 10h, o novo prédio do Centro de Especialidades Odontológicas Dr. Rubim de Sá (CEO Norte), localizado na zona Norte de Manaus, na Rua 77 (antiga Rua Rogério Magalhães), Quadra 240, nº 26, Núcleo 11, Cidade Nova II. O número de consultórios odontológicos foi ampliado de quatro para sete.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que o novo prédio tem um espaço três vezes maior que o prédio anterior, localizado no bairro Cidade Nova I, e vai oferecer um ambiente físico mais adequado aos pacientes, além de reduzir o tempo de espera para as consultas.

O CEO Norte oferece serviços de periodontia (tratamento de gengiva), endodontia (tratamento de canal), de cirurgia e traumatologia bucomaxilar facial, odontopediatria para crianças de zero a três anos e atendimento de pessoas com necessidades especiais. São 14 cirurgiões dentistas que trabalham com o apoio de auxiliares de saúde bucal, e cada um realiza cinco atendimentos diários.

De acordo com a diretora do CEO Norte, Fabíola Macedo de Abreu, os atendimentos são feitos de forma programada por meio de encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “O encaminhamento ao CEO é feito por cirurgiões dentistas que realizam atendimento nas UBSs e que fazem a avaliação do paciente e determinam a necessidade de serviços especializados”, explica Fabíola Abreu.

Descentralização – A Prefeitura de Manaus tem buscado descentralizar os serviços dos Centros de Especialidades Odontológicas. A meta é fazer com que cada zona geográfica de Manaus conte com pelo menos um CEO. Além do CEO Norte, já existem em funcionamento o CEO Sul, localizado no bairro São Lázaro 3, e o CEO Oeste, instalado no bairro da Paz, e a Semsa está preparando a inauguração do CEO Leste, previsto para o mês de julho, e que deve ser instalado no bairro São José.

De janeiro de 2013 a fevereiro de 2014, os CEOs Norte, Oeste e Sul realizaram 18.992 atendimentos. A gerente da Rede de Saúde Bucal, Nara Esquivel, explica que são oferecidas cinco vagas, por turno, para cada cirurgião dentista que atende nos CEOs. “Não é possível oferecer um número maior de vagas por se tratar de atendimento especializado e de procedimentos mais demorados”, informa Nara Esquivel.

A Prefeitura de Manaus oferta serviços odontológicos em um total de 150 estabelecimentos assistenciais de saúde. Além dos procedimentos realizados nos CEOs, são oferecidos serviços de ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção em Saúde Bucal, promovendo atendimento de procedimentos básicos de assistência odontológica, ações educativas/preventivas; procedimentos coletivos em espaços sociais e escolas.

 

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Semsa abre inscrições para curso de Cuidador Informal de Idosos Frágeis

sexta-feira, abril 25th, 2014

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Distrito de Saúde Oeste (Disa Oeste), abriu inscrições para a nova turma do curso de Cuidador Informal de Idosos Frágeis. O curso é gratuito e direcionado para familiares e pessoas que já atuam como cuidadores de idosos.

As inscrições serão encerradas no dia 07 de maio e os interessados podem obter informações pelo telefone 3216-7754 ou diretamente na Divisão de Atenção à Saúde do Disa Oeste, na rua Comandante Paulo Lasmar, s/n°, conjunto Santos Dumont, bairro da Paz, zona Centro-Oeste.

O curso será promovido no período de 12 e 16 de maio, das 8h às 12h, no auditório do Disa Oeste. Segundo a técnica responsável pelo Programa de Saúde da Pessoa Idosa do Disa Oeste, assistente social Graciete Andrade de Carvalho, o curso não tem caráter técnico-profissionalizante, mas foi idealizado para capacitar pessoas para atender de forma mais adequada as necessidades de idosos, incluindo os acometidos por doenças crônico-degenerativas.

“Muitos idosos precisam receber cuidados de familiares ou de pessoas próximas, e observamos que alguns cuidadores não possuem capacitação adequada para realizar os procedimentos domésticos necessários aos idosos fragilizados”, explica Graciete Carvalho.

O curso terá a duração de 20 horas/aula. Estão sendo disponibilizadas 50 vagas, mas o Disa Oeste irá promover mais dois cursos sobre o mesmo tema até o final de 2014. As aulas serão coordenadas por uma equipe multiprofissional formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas e nutricionistas.

O conteúdo programático do curso abordará os temas: Alterações fisiológicas/patológicas; Atividades de vida diária; Atividade instrumental de vida diária; Cuidados em primeiros socorros; Prevenção de quedas; Atividade física e movimentação passiva; Autonomia e Independência; Síndrome metabólica: HAS, Diabete Militus, Dislipidemia e Obesidade; Cuidados com medicamentos; Quadros demenciais ( Alzheimer, Parkinson, etc.); Alimentação saudável; Proteção social e promoção da cidadania; Política Nacional da Pessoa Idosa; Cuidando do cuidador; e Transtornos de humor e ansiedade.

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):

(92) 3236-8315

Semsa realiza mobilização do Dia D contra a gripe e combate à hipertensão

sexta-feira, abril 25th, 2014

Semsa realiza mobilização contra a gripe e combate à hipertensão

Duas campanhas serão realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) neste sábado, 26: o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão. O lançamento oficial da mobilização contra a gripe vai acontecer na Unidade Básica de Saúde (UBS) Amazonas Palhano, na Rua Antônio Matias, s/n°, São José Operário 1, zona Leste, às 10h, e o da hipertensão será na comunidade Nossa Senhora do Livramento, rio Negro, das 8h às 11h30.

Para a campanha de vacinação contra a gripe, que começou no dia 22 de abril e se estenderá até o dia 9 de maio, a Semsa vai disponibilizar, neste sábado, 944 postos de vacinação em toda a cidade, que funcionarão das 8h às 17h, e foram distribuídos em pontos estratégicos com grande circulação de pessoas, incluindo Unidades Básicas de Saúde, supermercados, shoppings, Centros de Atenção Integral à Criança (CAICs) e Centros de Atenção ao Idoso (CAIMIs).

O público-alvo da campanha da gripe são crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

A Semsa vai mobilizar um total de 4.104 profissionais de saúde durante o dia de mobilização nacional. A recomendação é que as pessoas incluídas no público alvo da campanha apresentem o cartão de vacinação.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que devem ser vacinadas 391.345 pessoas em Manaus, sendo 60.675 de crianças a partir de 6 meses a menores de 2 anos, 99.100 crianças de 2 a 4 anos, 46.728 trabalhadores de saúde, 30.338 gestantes. 4.987 puérperas, 581 indígenas, 111.669 idosos e 37.268 indivíduos portadores de comobirdades.

“A campanha tem como objetivo imunizar contra a gripe 80% dos grupos considerados vulneráveis, como crianças e idosos, que podem desenvolver casos mais graves da doença e, consequentemente, evoluir para o óbito”, explica Homero de Miranda Leão.

No período de pós-campanha, de 28 de abril a 09 de maio, a população também poderá ter acesso à vacina nas Unidades Básicas de Saúde. A Semsa ainda está disponibilizando o agendamento da vacinação para pessoas do grupo prioritário impossibilitadas de locomoção, o que pode ser feito pelo telefone 0800-280-8280, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Prevenção e combate à hipertensão

Neste dia 26 de abril, também será realizada uma mobilização em todo o Brasil para marcar o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão.

Nesse dia, a Semsa vai realizar a abertura da campanha de combate à doença na comunidade Nossa Senhora do Livramento, no rio Negro, das 8h às 11h30. A campanha vai abordar o tema “Prevenir a hipertensão ainda é o melhor remédio”.

De acordo com a chefe do Núcleo de Controle da Hipertensão Arterial da Semsa, enfermeira Yêda Lopes Abitbol, a programação vai acontecer no Posto de Saúde Rural Nossa Senhora do Livramento, com a distribuição de material educativo, aferição de pressão arterial e palestras sobre temas como “Alimentação Saudável”, “Importância da Atividade Física” e “Causas e Sintomas da Hipertensão”.

“A partir da próxima segunda-feira, 28, todas as Unidades Básicas de Saúde e policlínicas da rede municipal irão realizar durante uma semana ações de prevenção e controle de hipertensão, tendo como público-alvo a comunidade em geral”, informa Yêda Abitbol. A hipertensão é uma doença que acomete uma em cada quatro pessoas adultas no Brasil. É responsável direta por 40% dos infartos, 80% casos de derrame (AVC) e 25% dos casos de insuficiência renal terminal.

Em Manaus, 170 mil pessoas estão cadastradas no Programa de Combate à Hipertensão e Diabetes (Hiperdia), da Semsa. A doença não tem cura e obriga o paciente a adotar medidas por toda a vida com o objetivo de garantir o controle dos sintomas e evitar as sequelas.

O secretário Homero de Miranda Leão informou que, segundo o Ministério da Saúde, apenas 10% dos 30 milhões de hipertensos no Brasil fazem o controle adequado da doença, o que inclui não apenas a medicação, mas também uma mudança de vida com hábitos saudáveis. “Considerando esse dado, é essencial que a Semsa invista na prevenção à doença por meio de orientações de uma rotina saudável de vida, com alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos”, destacou.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Fotos :Assessoria Semsa

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):

92 3236-8315

Campanha de Vacinação é aberta em Manaus com inauguração de nova UBS

quarta-feira, abril 23rd, 2014

Campanha de Vacinação é aberta em Manaus

A Prefeitura de Manaus abriu nesta terça-feira, 22, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Este ano, a meta é vacinar 391.345 pessoas na capital. A principal novidade é a ampliação da faixa etária para as crianças. Agora podem tomar a vacina contra gripe bebês a partir de seis de meses de vida até menores de cinco anos. A solenidade de abertura da campanha foi realizada na nova Unidade Básica de Saúde (UBS) Major Sálvio Belota, no Santa Etelvina, zona Norte.

Campanha de Vacinação é aberta em Manaus

A campanha continua até o dia 9 de maio e, segundo o prefeito em exercício, Sildomar Abtibol, é preciso que a população entenda a importância da ação para evitar que doenças mais graves se manifestem.

Campanha de Vacinação é aberta em Manaus

“Ainda existem muitas pessoas que têm receio de tomar a vacina contra a gripe. A vacina é segura e muito importante para que as pessoas possam, efetivamente, se prevenir, sobretudo crianças e idosos”, destacou vereador Abtibol.

No período de pré-campanha, de 22 a 25 de abril, a vacina contra a gripe será disponibilizada em todas as unidades de saúde da rede municipal que trabalham com sala de vacina. O secretário municipal de Saúde (Semsa), Homero de Miranda Leão, ressaltou que a população deve ficar atenta também para o dia o “Dia D” de vacinação, marcado para o próximo sábado, 26.

“No dia de mobilização nacional da campanha, dia 26 de abril, serão montados 944 postos em Manaus, distribuídos em pontos estratégicos para atender o maior número possível de pessoas. Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá contar com o apoio de 4.104 profissionais de saúde”, explicou Homero de Miranda Leão.

A chefe da Divisão de Imunização, Isabel Hernandes, explica que deverão ser vacinadas um total de 60.675 crianças a partir de seis meses a menores de dois anos; 99.100 crianças de dois a quatro anos; 46.728 trabalhadores de saúde; 30.338 gestantes; 4.987 puérperas; 581 indígenas; 111.669 idosos e 37.268 indivíduos portadores de comobirdades.

“A meta do Ministério da Saúde é atingir pelo menos 80% do público alvo, o que representa um total de 313.076 pessoas. Porém, a Semsa está disponibilizando cerca de 400 mil doses da vacina caso seja registrada uma demanda maior”, completou Hernandes.

No período de pós-campanha, de 28 de abril a 09 de maio, a população poderá ter acesso à vacina nas Unidades Básicas de Saúde. A Semsa também está disponibilizando o agendamento da vacinação para pessoas do grupo prioritário impossibilitadas de locomoção, o que pode ser feito pelo telefone 0800-280-8280.

Novo padrão

A solenidade de abertura da campanha contra a gripe foi realizada na nova UBS Major Sálvio Belota, no bairro Santa Etelvina, zona Norte. A unidade é a primeira inaugurada dentro dos novos padrões da Rede Saúde Manauara, oferecendo maior conforto e serviços mais humanizados.

Com a reforma, foi feita a inclusão do novo Espaço Saúde, onde os profissionais poderão realizar o trabalho de Educação em Saúde junto à população. Toda a estrutura foi ampliada e a capacidade de atendimento aumentará em quase 50%.

“Nós conseguimos agregar todo o apoio diagnóstico, contamos com mamografia, ultrassonografia, raio X, eletrocardiograma e posto de coleta para a realização de exames laboratoriais. Com isso vamos sair de pouco mais de 30 mil para quase 60 mil pessoas atendidas por mês na nova estrutura da Sálvio Belota”, comentou o diretor da unidade, César Figueiredo.

A UBS Sálvio Belota foi uma das primeiras a funcionar em horário ampliado em Manaus, de segunda à sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 7h às 13h, oferecendo serviços de consulta médica com clínico geral, pediatra e ginecologista. A UBS também conta com serviço de Farmácia Gratuita, salas de nebulização, curativo e imunização. Com a reforma e entrega do novo espaço, foi possível também ampliar de três para quatro o número de cadeiras odontológicas.

Mais UBSs

Para a moradora Sueli Oliveira de Souza, representante do segmento dos usuários do Conselho Local de Saúde da UBS Sálvio Belota, a reforma garantiu uma melhora significativa na estrutura física da unidade básica e, agora, a comunidade está ansiosa para a inauguração das outras UBSs que estão sendo construídas pela Prefeitura de Manaus no bairro Santa Etelvina.

“A estrutura melhorou bastante e com isso esperamos uma melhora no atendimento e na oferta de serviços. Porém, estamos ansiosos para a inauguração de outras unidades de saúde. A UBS Sálvio Belota atende nove comunidades somente do bairro de Santa Etelvina e outras 14 comunidades próximas, incluindo moradores dos ramais ao longo da BR – 174 (rodovia que liga Manaus a Itacoatiara) e da AM – 010 (Manaus – Itacoatiara), o que significa que a demanda por serviços é muito grande”, destacou Sueli Souza.

REPORTAGEM: Alita Falcão (Semcom) e Eurivânia Galúcio (Semsa)

FOTOS: Tácio Melo (Semcom)

Semsa descarta possibilidade de surto de meningite em Manaus

terça-feira, abril 22nd, 2014

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, descartou nesta sexta-feira, 11, qualquer possibilidade de um surto de meningite na capital, devido ao óbito nesta sexta-feira da estudante Talita Ferreira Gomes, que estudava na Escola Estadual Sólon de Lucena. Em entrevista coletiva na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o secretário tranquilizou a população e mostrou que Manaus teve, inclusive, redução de 33% de casos de meningite em 2014 em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

“Não existe epidemia. É apenas um caso isolado de meningite”, assegurou Homero, acrescentando que em 2013, a Semsa registrou 164 casos de meningite bacteriana e viral em Manaus, dos quais 19 evoluíram para óbito. Os números de 2014 já apresentam uma redução de 33% de incidência da doença. Até agora, foram registrados 23 casos com duas mortes confirmadas. Segundo o secretário, o caso da estudante desta sexta-feira configura clinicamente a meningite, mas somente um laudo laboratorial deve confirmar com exatidão que se trata da doença. “O Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológico da Semsa fez um bloqueio epidemiológico assim que tomamos conhecimento do caso”, assegurou Homero.

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Dvae), Angélica Tavares, disse que todas as pessoas que tiveram contato com a estudante, sendo 12 colegas da Escola Estadual Sólon de Lucena, e 21 vizinhos e familiares, receberam doses da Rifanpicina, antibiótico para conter, caso haja contaminação, o avanço da doença. “Não há que se fazer alarde. Nós estamos com o controle total da doença. Na segunda-feira, 14, as aulas na escola que a aluna estudava serão reiniciadas”, informou Homero de Miranda Leão Neto.

A doença

Meningite é a inflamação das membranas que revestem o encéfalo e a medula espinhal, conhecidas coletivamente como meninges. A inflamação pode ser causada por infecções de vírus, bactérias ou outros micro-organismos e, menos comumente, por certas drogas. A meningite pode pôr em risco a vida em função da proximidade da inflamação com órgãos nobres do sistema nervoso central e, por isso, essa condição é classificada como uma emergência médica.

Os sintomas mais comuns da doença são forte dor de cabeça e rigidez de nuca associados à febre alta, confusão mental, alteração do nível de consciência, vômitos e a intolerância à luz (fotofobia) ou a sons altos (fonofobia). Algumas vezes, especialmente em crianças pequenas, somente sintomas inespecíficos podem estar presentes, como irritabilidade e sonolência. A presença de uma erupção cutânea pode indicar um caso particular de meningite; a causada por bactérias do tipo meningococos.

Uma punção lombar pode ser usada para diagnosticar ou excluir um quadro de meningite. O procedimento envolve a inserção de uma agulha no canal medular para extração de uma amostra de líquor, o líquido que envolve o encéfalo e a medula espinal. O líquido coletado é, em seguida, examinado em um laboratório. O tratamento habitual para a meningite é a pronta administração de antibióticos e, por vezes, fármacos antivirais. Em algumas situações, corticóides podem ser usados para prevenir complicações da inflamação hiperativa. A meningite pode ter complicações sérias a longo prazo como epilepsia, hidrocefalia e déficit cognitivo, especialmente se não tratada rapidamente. Algumas formas de meningite, como aquelas associadas com meningococo, Haemophilus influenzae tipo B, pneumococo ou vírus da caxumba podem ser prevenidas através da vacinação, em crianças com até dois anos.

Reportagem: Agnaldo Oliveira Júnior

Fotos : Karla Vieira / Semcom

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

Semsa prepara campanha de vacinação contra a gripe

terça-feira, abril 22nd, 2014

Semsa prepara campanha de vacinação contra a gripe

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está preparando as ações para a 16ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, marcada para o período de 22 de abril a 09 de maio. A principal novidade deste ano é a ampliação da faixa etária para crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). No ano passado, a campanha atingiu o público infantil, de seis meses a menores de dois anos.

Semsa prepara campanha de vacinação contra a gripe

O público-alvo para a campanha é estimado em 391.345 de pessoas em Manaus. Além das crianças, também serão vacinadas pessoas que tenham a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), a população privada de liberdade, os funcionários do sistema prisional, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e de outras condições clínicas especiais.

Semsa prepara campanha de vacinação contra a gripe

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explica que durante o período de pré-campanha, de 22 a 25 de abril, a Semsa irá disponibilizar a vacina em todas as unidades de saúde da rede municipal com sala de vacina. Neste mesmo período, os profissionais de saúde estarão vacinando em pontos estratégicos como grandes condomínios com a população alvo, asilos e creches. “No ‘Dia D’ da campanha, dia 26 de abril, serão montados em Manaus 944 postos de vacinação, reunindo 4.104 profissionais de saúde”, destaca Homero de Miranda Leão.

No período de pós-campanha, de 28 de abril a 09 de maio, a população poderá ter acesso à vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Serão disponibilizadas cerca de 400 mil doses de vacina durante todo o período de campanha.

Prevenção

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral e é considerada como um problema de saúde pública no Brasil. É uma patologia que pode levar a complicações graves de saúde e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção viral (crianças menores de cinco anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais). A cada ano, a influenza pode se apresentar de forma diferente, assim como a infecção pode afetar de forma diferente as pessoas. A transmissão dos vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar (transmissão direta), ou através das mãos ou objetos contaminados (transmissão indireta), quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). A principal intervenção preventiva para este agravo é a vacinação.

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Fotos: Altemar Alcantara

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) 92 3236-8315

Homero de Miranda Leão é eleito presidente da Diretoria Executiva do Conselho Municipal de Saúde

terça-feira, abril 22nd, 2014

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, foi eleito nesta terça-feira, 15, presidente da Diretoria Executiva do Conselho Municipal de Saúde (CMS/MAO). A eleição ocorreu durante a 4ª Assembleia Geral Ordinária do CMS/MAO de 2014, realizada no auditório do Distrito de Saúde Oeste, na Avenida Comandante Paulo Lasmar, s/nº, Conjunto Santos Dumont, Bairro da Paz.

Homero de Miranda Leão é eleito presidente da Diretoria

Após a eleição da Diretoria Executiva do CMS/MAO, o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Amazonas (Sinfar/AM) também fez homenagem ao secretário Homero de Miranda Leão com a entrega de uma placa em reconhecimento aos serviços em prol da valorização dos profissionais farmacêuticos.

Homero de Miranda Leão é eleito presidente da Diretoria

A 4ª Assembleia Geral Ordinária também elegeu os conselheiros Gilson Aguiar, João Bosco de Lima e Maria Cecília Mota para os cargos de vice-presidente, primeiro secretário e segundo secretário, respectivamente. O mandato da nova diretoria executiva começa no dia 17 de abril e terá a duração de um ano. A Diretoria Executiva é o órgão de coordenação do CMS/MAO que tem a função de garantir a execução das deliberações definidas em Assembleia Geral.

Homero de Miranda Leão destacou o papel do controle social no processo de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e para a oferta de serviços de saúde com qualidade para a população de Manaus. “O controle social é uma prioridade na construção de um Sistema Único de Saúde que resolva os problemas de saúde da população, já que os conselheiros de saúde são parceiros na construção das políticas públicas de saúde. O nosso objetivo é melhorar a saúde das pessoas, fortalecendo a Atenção Primária à Saúde, seguindo a determinação do prefeito Arthur Neto de manter sempre uma interação intensa com a sociedade, representada na área da saúde pelo Conselho Municipal”, explicou Homero de Miranda Leão.

CMS/MAO

O Conselho Municipal de Saúde foi instituído nos termos da Lei n° 066, de 11 de junho de 1991, e é constituído como órgão colegiado de caráter permanente, deliberativo, consultivo, normativo e fiscalizador do Sistema Único de Saúde para o município de Manaus, sendo composto por representantes de gestores (25%), trabalhadores (25%) e usuários do SUS (50%).

 

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Departamento de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): 92 3236-8315

Grupo de Trabalho Copa Saudável avalia ações de saúde para os jogos

quinta-feira, abril 10th, 2014

O Grupo de Trabalho Copa Saudável realizou nesta quarta-feira, 09, reunião de avaliação das ações para a Copa do Mundo 2014. A reunião aconteceu no auditório Deodato de Miranda Leão, na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), avenida Mário Ypiranga, Adrianópolis, zona Centro-Sul. O evento contou com a presença de representantes dos setores de Vigilância e Assistência em Saúde, de Urgência e Emergência e da área de Comunicação em Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, explicou que uma primeira avaliação foi realizada no ano passado com a presença de representantes do Ministério da Saúde para o acompanhamento de dez componentes de ação e que agora o trabalho está sendo finalizado.

“A primeira reunião de avaliação foi acompanhada pelo Ministério da Saúde e as ações em Manaus estão sendo desenvolvidas de acordo com os prazos previstos e estabelecidos. Por isso, estamos tranquilos quanto às ações que serão executadas durante o período dos jogos”, garantiu Homero de Miranda Leão.

Os dez componentes avaliados são: Vigilância Ambiental; Vigilância Epidemiológica; Vigilância Sanitária; Assistência Pré-Hospitalar e Hospitalar; Urgência e Emergência; Comando, Controle e Comunicação; Laboratórios; Saúde do Trabalhador; Promoção à Saúde; e Portos e Aeroportos.

O coordenador do Grupo de Trabalho Copa Saudável, Bernardino Albuquerque, explica que cada componente tem uma série de ações que devem ser avaliadas de acordo com o check list do Ministério da Saúde. Segundo ele, uma avaliação preliminar já foi realizada durante a 15ª Reunião da Câmara Temática da Saúde para a Copa do Mundo FIFA 2014, que aconteceu no mês de março.

“A reunião de hoje é a segunda que o grupo realiza e tem o objetivo de identificar os avanços e os problemas encontrados. Já avançamos muito em relação ao ano passado e estamos trabalhando de forma integrada para que Manaus tenha uma Copa do Mundo tranquila e sem problemas na área da saúde”, informou Albuquerque.

Departamento de Comunicação – SEMSA

Reportagem: Eurivânia Galúcio

Gerente de Jornalismo: Cláudia Barbosa

(92) 3236-8315

decom.semsa@gmail.com

Prefeitura promove o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física

terça-feira, abril 8th, 2014

 

Prefeitura promove o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física

A prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), juntamente com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e o Serviço Social do Comércio (Sesc) realizou, neste domingo, 06, no Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona Oeste, o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física com o tema “Viver com saúde é uma grande vitória”. O evento idealizado pelo Ministério da Saúde ocorreu simultaneamente nas 12 cidades que sediarão os jogos da Copa do Mundo.

Prefeitura promove o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física

Em um palco montado no calçadão da segunda etapa da Ponta Negra, centenas de pessoas participaram das atividades. Todas voltadas para o bem-estar e a prática esportiva. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, esse é um dia de disseminar a conscientização sobre a importância da prática da atividade física para se manter saudável.

Prefeitura promove o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física

Evandro destacou que a programação deverá ainda se estender para os bairros da capital em breve. “Aqui nós estamos estimulando as pessoas sobre a importância da pratica da atividade física, que não só melhora a qualidade de vida, mas prolonga a vida mantendo a qualidade. Essa é uma ideia que vamos levar para os bairros. Já temos um evento deste tipo previsto para o mês de maio e queremos que todos tenham essa consciência de que quem pratica esporte, vive mais e melhor”, destacou.

O diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque disse que o evento surtiu o efeito desejado e acredita que o Dia Mundial da Saúde e da Atividade Física será sempre celebrado. “Nós queremos que nossa ideia seja disseminada e que a população manauara não pratique a atividade física só no dia mundial e sim, todos os dias”, pediu.

Quem compartilha da ideia dos secretários é a professora de educação física Leilane Albuquerque. Ela foi uma das profissionais que subiu no palco e movimentou quem passava pelo calçadão da Ponta Negra. Ela apresentou um pouco das aulas ministradas na academia e ressaltou o quanto é importante praticar exercícios físicos regularmente. “Nós recomendamos que a atividade física seja praticada pelo menos quatro vezes por semana. Em alguns casos, uma caminhada e uma corrida sempre ajuda, mas tudo de forma coordenada e com devido acompanhamento”, frisou.

As atividades motivaram até quem não estava passeando no calçadão a sair de casa. A artesã Zelita Torres, 55, disse que estava em casa quando viu a movimentação. “Tudo isso aqui é motivador e nada melhor para manter a saúde do que a prática da atividade física”, afirmou.

 

Texto: Carla Albuquerque

Fotos: Mário Oliveira