Archive for the ‘noticias’ Category

Prefeitura de Manaus já inspecionou mais de 110 mil imóveis

segunda-feira, dezembro 5th, 2011

Em um mês de atividades, a “Operação Impacto de Combate à Dengue”, que está sendo realizada pela Prefeitura de Manaus em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado, já inspecionou 110.760 imóveis, distribuídos por todas as zonas da cidade. Na sexta-feira (1º), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoveu um Dia de Mobilização contra a Dengue. As equipes do órgão foram às ruas para reforçar o trabalho de orientação da população sobre as medidas de prevenção contra a doença. Em pontos estratégicos da capital – como terminais de ônibus e cruzamentos de grandes avenidas – foi distribuído um panfleto que poderá ser utilizado, em casa, para checar situações que estejam contribuindo para a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, além das atividades específicas voltadas para conscientizar a população, no “Dia D” contra a Dengue foram mantidas as ações de campo da “Operação Impacto”, com as visitas casa a casa, feitas pelos agentes de saúde e militares das Forças Armadas, e os mutirões de limpeza, que estão sendo realizados nos bairros pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

Deodato explica que o formulário elaborado para funcionar como uma espécie de “check list” e que foi distribuído no “Dia D” contra a Dengue enumera seis situações muito comuns que, em um ambiente doméstico, se não forem devidamente monitoradas, podem contribuir para a proliferação do mosquito transmissor da doença. “As pessoas que receberem o formulário, nesta sexta-feira, poderão aproveitar, por exemplo, este final de semana para fazer uma checagem, em casa, com base no roteiro do folheto. Neste período de chuva é importante realizar essa inspeção, rotineiramente, para evitar o acúmulo de água em locais e recipientes que podem funcionar como criadouro do Aedes aegypti”, orientou Deodato.

Operação Impacto – A Operação Impacto de Combate à Dengue teve início em 31 de outubro e deve se estender até o final de março. A meta da Prefeitura é inspecionar 350 mil imóveis para eliminar criadouros do mosquito transmissor da doença. “As ações de campo estão num ritmo muito bom e já permitiram aos agentes de saúde e militares eliminar 101.038 depósitos que estavam funcionando como criadouros de larvas do Aedes aegypti e tratar com larvicida outros 12.530 depósitos”, informa o coordenador da Operação, Vanderson Sampaio. 

Outra frente de atuação da Prefeitura, no âmbito da operação de combate à dengue, são os mutirões que estão sendo realizados pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública, com a finalidade específica de recolher, das residências, aquele tipo de lixo que possa estar funcionando como criadouro do mosquito da dengue. De acordo com o subsecretário municipal de Limpeza Pública, Túlio Kniphoff, em dois meses de mutirões já foram recolhidas 3 mil toneladas de lixo, com a coleta passando pelos bairros Lírio do Vale, Planalto (conjuntos Augusto Montenegro, Vista Bela, Versailles, Belvedere, Campos Elíseos, Ilha e Flamanal),  Redenção; conjunto Hiléia e comunidades Parque Solimões, Parque Riachuelo e Aliança com Deus.

Nesta sexta-feira, informa Túlio Kniphoff, o trabalho está sendo realizado no Campos Sales. Na próxima semana, percorrerá as ruas da comunidade Parque São Pedro, no Tarumã, zona Oeste. “Reforçamos a orientação para que as pessoas façam a limpeza de seus quintais, quando o serviço de som da Semulsp passar anunciando a data do mutirão. O objetivo não é recolher restos de poda de árvores ou similares, mas sim garrafas, latas, ferros-velhos, carcaças de eletrodomésticos, entre outros tipos de resíduos que possam funcionar como criadouro do mosquito da dengue”, disse Kniphoff.

Bombeiros nas escolas – O Corpo de Bombeiros já inspecionou 148 escolas da zona Leste da Cidade, para identificar e eliminar criadouros do mosquito da dengue. Mais 39 ainda devem ser visitadas pela equipe da corporação naquela região da cidade, como parte da Operação de Combate à Dengue. 

 Risco de epidemia – Tradicionalmente deflagrada pela Prefeitura no mês de dezembro, a “Operação Impacto” começou mais cedo, este ano, em decorrência da antecipação do período das chuvas – época em que há maior eclosão dos ovos do Aedes aegypti.  Além disso, as autoridades de saúde do País já trabalham com a perspectiva de que o Brasil enfrentará uma grande epidemia de dengue no início do próximo ano, em virtude da circulação do vírus tipo 4 da doença. A grande maioria da população ainda está suscetível a este sorotipo, que foi reintroduzido no País através da fronteira da Venezuela, com o vizinho estado de Roraima.

Semsa divulga cronograma de ações de combate à dengue

segunda-feira, dezembro 5th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou o cronograma das ações da “Operação Impacto de Combate à Dengue” para o período de 5 a 9 de dezembro. Realizada pela Prefeitura de Manaus, em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado, a operação tem a finalidade de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre as medidas de prevenção contra a doença.

Na zona Leste,  os soldados da Aeronáutica darão prosseguimento ao trabalho de inspeção domiciliar na  etapa I do Tancredo Neves. Os agentes de endemias  atuarão na etapa II daquele bairro.

Na zona Oeste, os soldados do Exército continuam percorrendo as residências do bairro da Compensa.

Na zona Norte, os agentes de endemias dão continuidade às ações no bairro Novo Aleixo.

Na zona Sul, os agentes de endemias estarão no bairro Educandos e os soldados da Marinha, na área do Japiim.

A Operação de Combate à Dengue teve início em 31 de outubro e deve estender-se até o final de março. A meta é  inspecionar, aproximadamente, 350 mil imóveis em toda a cidade. De acordo com o secretário municipal de saúde, Francisco Deodato,  até a última sexta-feira (02), mais de 110,7 mil imóveis já haviam recebido a visita dos agentes da operação.

O secretário informa que, em decorrência do feriado pelo dia da padroeira do Amazonas, não haverá atividades da operação na quinta-feira (8).

Semsa promove encontro de bolsistas do PET Saúde

sexta-feira, dezembro 2nd, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizou nesta quinta-feira (1º), I Encontro Municipal de Integração Ensino, Serviço e Comunidade do Programa Educação para o Trabalho na Saúde (PET). O evento ocorreu no auditório Deodato de Miranda Leão, na sede da secretaria.

A diretora do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Semsa, Edylene Pereira, que representou o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, falou sobre a interação do aluno desde o primeiro momento da faculdade no serviço público. “O SUS é nosso e estamos aqui para entender melhor todo o sistema. A participação do aluno desde o primeiro momento no sistema é muito importante para a formação profissional”, analisa.

A coordenadora do PET/Saúde da Família, Ângela Nascimento, afirmou que o projeto dá oportunidades aos acadêmicos. “É a chance para esses alunos desenvolverem suas atividades no campo prático. Hoje nós temos esses alunos inseridos no serviço e desenvolvendo atividades em diversas áreas”, finaliza. 

A representante da Pró-reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Neuza Paula, destacou a importância do programa para a relação ensino, serviço e comunidade. “O projeto proporciona a integração entre ensino e serviço. Desperta no aluno o interesse por pesquisa e desenvolve a necessidade da atenção básica”, explica. No PET da Ufam tem mais de 100 alunos entre bolsistas e voluntários.  

A representante da Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Giane Zupellari, explicou a integralidade entre as diversas formações dos alunos. “Essa interação é importante. Nosso projeto da UEA investiga a mortalidade materna, infantil e fetal e com isso eles trabalham em conjunto. Hoje o profissional não consegue mais trabalhar sozinho e esse projeto consegue trazer essa integralidade”.

A bolsista do programa Aline Sampaio Jamel, 22 anos, acadêmica do 6º período de Farmácia da Ufam explanou sobre o projeto H1N1. “Nosso foco era trabalhar a Influenza e desenvolvemos o projeto durante 155 meses. Trabalhamos as notificações e as fichas do período da epidemia. Verificamos se as fichas estavam completas para que as medidas de controle pudessem ser tomadas da maneira mais correta”.

A bolsista do programa Annie Caroline Marques, 23 anos, acadêmica do 6º de Enfermagem da Ufam, apresentou o projeto Relato de Experiência.  “Relatamos em Coimbra as nossas atividades diárias no PET/Saúde. Destacamos as campanhas de vacinação como a Pólio, teste de HIV e visitas domiciliares”, lembrou.

Sobre o PET – O PET Saúde atua em quatro áreas diretamente ligadas à Estratégia Saúde da Família (ESF) medicina, odontologia, enfermagem e farmácia. Os estudantes cumprem carga horária de 8 horas por semana no projeto. Os estudantes atuam em unidades da ESF, sob a supervisão de um profissional da Semsa.

Semsa promove blitze educativas no Dia Mundial de Combate à Aids

quinta-feira, dezembro 1st, 2011

Nesta quinta-feira (1º), Dia Mundial de Combate à Aids, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com o apoio de instituições parceiras, promove uma série de blitze educativas que pretendem conscientizar, sobretudo os jovens, sobre as medidas de prevenção contras as DST/Aids. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, frisa que a campanha alusiva à data, organizada pela Coordenação Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, teve início no último dia 21, com uma primeira blitz realizada na área central de Manaus.

Durante toda a semana, as atividades educativas aconteceram nas unidades de todos os Distritos de Saúde da capital, com palestras e distribuição de folhetos sobre as DST/Aids e preservativos masculinos. Para as ações, foram disponibilizados 300 mil preservativos masculinos.

Nesta quinta-feira, pela manhã, equipes do Núcleo Municipal de Educação em Saúde da Semsa realizarão a atividade de abordagem preventiva no hall de entrada do aeroporto Eduardo Gomes; nos shoppings Manaus Plaza, Manauara, Uai São José e Cecomiz; e no supermercado DB, da Cidade Nova. No aeroporto e no DB, a ação acontece das 8h30 às 12h. Nos shoppings, conforme o horário de funcionamento desses centros de compra.

À tarde, a partir das 17h, as equipes da Coordenação Municipal de Ações em DST/Aids e Hepatites Virais  estarão concentradas na esquina das avenidas Pedro Teixeira com Constantino Nery, zona Centro-Oeste; entrada do Shopping Grande Circular, na zona Leste; entrada do conjunto Manôa e avenida Noel Nutels (em frente ao PAC), ambos na zona Norte; e esquina das avenidas Sete de Setembro com Eduardo Ribeiro, também fazendo a distribuição de material informativo sobre as DST/Aids e de preservativos masculinos.

Instituições parceiras da campanha realizada pela Semsa

Secretarias municipais de Educação (Semed), da Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), da Juventude (Semj); Secretarias Estaduais da Saúde (Susam – Coordenação Estadual de DST/Aids) e da Justiça (Sejus – Programa Galera Nota 10); Organizações da Sociedade Civil Organizada, Fórum Amazonas de OSC/Aids.

Prefeitura de Manaus promove “Dia D” Contra a Dengue

quinta-feira, dezembro 1st, 2011

A Prefeitura de Manaus promove, nesta sexta-feira (2), um Dia de Mobilização contra a Dengue. O objetivo é reforçar a importância do envolvimento da população com as medidas diárias de prevenção contra a doença. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estarão em pontos estratégicos da cidade – como terminais de ônibus e cruzamentos de grandes avenidas –, orientando as pessoas e fazendo a distribuição de um panfleto que poderá ser utilizado, em casa, para checar situações que estejam contribuindo para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, adotando os cuidados para eliminá-las. As unidades de ensino da rede municipal que fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE) estarão trabalhando o tema em sala de aula, tendo como suporte a cartilha “Aprendendo a Combater a Dengue”, elaborada pela Semsa.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, além dessas atividades específicas voltadas para conscientizar a população, no “Dia D” contra a Dengue serão mantidas as ações de campo da “Operação Impacto”, com as visitas casa a casa, feitas pelos agentes de saúde e militares das Forças Armadas, e os mutirões de limpeza, que estão sendo realizados nos bairros pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

Deodato explica que o formulário elaborado para funcionar como uma espécie de “check list”, e que será distribuído no “Dia D” de Combate à Dengue, foi elaborado pelos técnicos do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVEAM) da Semsa e enumera seis situações muito comuns que, em um ambiente doméstico, se não forem devidamente monitoradas, podem contribuir para a proliferação do mosquito transmissor da dengue. “As pessoas que receberem o formulário, na sexta-feira, poderão aproveitar, por exemplo, o final de semana para fazer uma checagem, em casa, com base no roteiro do folheto. Neste período de chuva é importante realizar essa inspeção, rotineiramente, para evitar o acúmulo de água em locais e recipientes que podem funcionar como criadouro do Aedes aegypti”, orientou o secretário de Saúde.

Operação Impacto – Desde que teve início, em 31 de outubro, a Operação Impacto de Combate à Dengue, realizada pela Prefeitura de Manaus, já inspecionou mais de 50 mil imóveis, distribuídos por todas as zonas da cidade. Nas ações, foram eliminados mais de 40 mil criadouros e 6 mil depósitos com água receberam tratamento com larvicida. As ações de campo estão sendo realizadas por um contingente inicial de 3,5 mil agentes públicos, entre civis e militares. Até o final da operação, a meta da Semsa é inspecionar mais de 350 mil imóveis da capital.

Outra frente de atuação da Prefeitura, no âmbito da operação de combate à dengue, são os mutirões que a Secretaria Municipal de Limpeza Pública está realizando com a finalidade específica de recolher, das residências, aquele tipo de lixo que possa estar funcionando como criadouro do mosquito da dengue. De acordo com o subsecretário municipal de Limpeza Pública, Túlio Kniphoff, em dois meses de mutirões já foram recolhidas 3 mil toneladas de lixo, com a coleta passando pelos bairros Lírio do Vale, Planalto (conjuntos Augusto Montenegro, Vista Bela, Versailles, Belvedere, Campos Elíseos, Ilha e Flamanal),  Redenção; conjunto Hiléia e comunidades Parque Solimões, Parque Riachuelo e Aliança com Deus.

Nesta quarta, quinta e sexta-feira, informa Túlio Kniphoff, o trabalho estará sendo realizado no Campos Sales. Na próxima semana, percorrerá as ruas da comunidade Parque São Pedro, no Tarumã, zona Oeste. “Reforçamos a orientação para que as pessoas façam a limpeza de seus quintais, quando o serviço de som da Semulsp passar anunciando a data do mutirão. O objetivo do mutirão não é recolher restos de poda de árvores ou similares, mas sim garrafas, latas, ferros-velhos, carcaças de eletrodomésticos, entre outros tipos de resíduos que possam funcionar como criadouro do mosquito da dengue”, disse Kniphoff.

 Risco de epidemia – Tradicionalmente deflagrada pela Prefeitura no mês de dezembro, a “Operação Impacto” começou mais cedo, este ano, em decorrência da antecipação do período das chuvas – época em que há maior eclosão dos ovos do Aedes aegypti.  Além disso, as autoridades de saúde do País já trabalham com a perspectiva de que o Brasil enfrentará uma grande epidemia de dengue no início do próximo ano, em virtude da circulação do vírus tipo 4 da doença. A grande maioria da população ainda está suscetível a este sorotipo, que foi reintroduzido no País através da fronteira da Venezuela, com o vizinho estado de Roraima.

Locais onde as equipes da Semsa farão a distribuição do formulário que orienta a combater os focos do mosquito da dengue:

Zona Norte (8h às 12h) – Supermercado DB; Supermercado Carrefour, Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), Centro de Convivência da Família, Terminal de ônibus (T3) e entrada do conjunto Manôa, todos na Cidade Nova.

Zona Sul (8h às 17h) – terminais de ônibus (T1 e T2); cruzamento das avenidas Eduardo Ribeiro com 7 de Setembro, no Centro.

Zona Leste (8h às 17h) – terminais de ônibus (T4 e T5); em frente ao Supermercado Atack, na avenida Grande Circular.

Zona Oeste (8h às 17h) – cruzamento das avenidas Pedro Teixeira com Constantino Nery; estrada da Ponta Negra (em frente ao supermercado DB).

Semsa inicia acompanhamento de inscritos no “Leite do Meu Filho

terça-feira, novembro 29th, 2011

As crianças inscritas no Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho”, da Prefeitura de Manaus, iniciam nesta quarta-feira (30) o processo de acompanhamento periódico das condições de saúde, crescimento e desenvolvimento, principal critério de permanência no programa. Lançado pela Prefeitura em agosto deste ano, o programa faz parte da política de combate à desnutrição e à mortalidade infantil executada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Até a última sexta-feira (25), 124.670 kits – num total de 498.683 latas de leite (as fórmulas de complementação nutricional) – já haviam sido distribuídos pelo programa, que tem 61.048 crianças inscritas.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que a criança inscrita no programa deve ser levada à unidade de saúde da rede municipal indicada no cartão do benefício, na data informada no comprovante da última retirada do leite. Ele reforça que o acompanhamento é fundamental para que o “Leite do Meu Filho” alcance seus objetivos de combater a desnutrição e contribuir para a redução da mortalidade infantil.

 Os critérios de permanência no programa, frisa Deodato, foram elaborados com o apoio de um grupo técnico, composto por pediatras, nutricionistas, enfermeiros e assistentes sociais. Além de incentivar a Puericultura (acompanhamento do desenvolvimento da criança), as condicionantes também preveem o fortalecimento do planejamento familiar e do pré-natal e o cumprimento do calendário de vacinação.

A pediatra Elena Marta Amaral dos Santos, responsável pela coordenação técnica do Programa “Leite do Meu Filho”, explica que, na unidade de saúde, a criança terá seus os indicadores de peso e altura verificados e registrados; o cartão de vacina será atualizado (se for o caso) e ela passará por consulta médica e de enfermagem. As mães terão de passar pela consulta de Planejamento Familiar e as que estejam grávidas devem apresentar seu Cartão de Pré-Natal. “Aquelas que não estiverem fazendo esse acompanhamento terão de iniciá-lo”, salientou Elena Marta. A pediatra explica que o acompanhamento periódico do “Leite do Meu Filho” é trimestral. Nos casos das crianças com quadro grave de desnutrição ou outros problemas de saúde, esse acompanhamento será realizado em período mais curto.

A coordenadora geral do “Leite do Meu Filho”, assistente social Keyla Amorim, explica que a unidade de saúde onde a criança deve fazer o acompanhamento periódico é aquela informada no cartão magnético recebido na inscrição no programa. “Esta informação é importante para que a mãe não confunda a unidade de saúde de acompanhamento da criança, com a unidade onde ela faz a retirada mensal do leite, que chamamos de Centro de Distribuição”, ressaltou Keila.

Outra informação destacada por Keyla é que o não comparecimento, até a data fixada para o acompanhamento da criança, implicará o bloqueio do benefício até que ocorra a consulta na unidade de saúde. 

Expansão do programa – Na semana passada o prefeito Amazonino Mendes informou, durante solenidade de inauguração da Unidade de Saúde da Família da comunidade Fazendinha, no bairro Cidade de Deus, que já está realizando estudos para ampliar a faixa etária beneficiada pelo “Leite do Meu Filho”.

Hoje, o programa atende exclusivamente crianças menores de 4 anos. Sendo que, na faixa-etária de 0 a 6 meses, em observância à política de estímulo e proteção ao aleitamento materno adotada pela Prefeitura, a inscrição no programa está condicionada aos casos de morte materna ou de crianças filhas de mães com HIV. Amazonino disse que pretende estender o benefício para crianças até 5 anos, com a adoção de um leite adequado para esta faixa etária.

Números do “Leite do Meu Filho”

Crianças inscritas: 61.048

Kits distribuídos: 124.670

Latas de leite: 498.683

Semsa reafirma foco na Saúde da Mulher Indígena com seminário

segunda-feira, novembro 28th, 2011

 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza, nesta segunda (28) e terça-feira (29), o IV Seminário de Saúde Indígena. Com o tema: “Mulher indígena e saúde: um desafio a ser alcançado”, o evento acontece das 8h às 12h, no auditório da própria secretaria, com a participação de profissionais da rede municipal de saúde e de instituições convidadas, além de representantes das comunidades indígenas que vivem nas áreas urbana e rural de Manaus.

“O seminário marca o encerramento de um ano que foi essencialmente focado na mulher indígena, durante o qual conseguimos o grande avanço de, efetivamente, integrar ações dos setores de Saúde Indígena e Saúde da Mulher”, avaliou o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

A responsável pelo Setor de Saúde Indígena da Semsa, socióloga Paula Francineth Fróes de Azevedo, destaca que, durante o seminário, começará a ser distribuída entre os profissionais de saúde a cartilha “Mulher Indígena e Saúde: Um desafio a ser alcançado”, mais um instrumento pioneiro desenvolvido pela Prefeitura de Manaus no processo de sensibilização e capacitação de pessoal para atuação com foco nas peculiaridades do público indígena. “Em 2010, o Manual de Atendimento inovou ao padronizar o cadastramento e os procedimentos ambulatoriais para indígenas e determinar o fluxo de atendimento na rede pública de saúde, a ser dispensado a esses usuários”, observou a socióloga. “Em 2011, a cartilha da Saúde da Mulher Indígena trata das especificidades dessa população e em 2012 nosso foco serão as crianças e adolescentes”, acrescentou.

Francisco Deodato afirma que, tanto os seminários, quanto as mostras e a capacitações têm sido fundamentais para consolidar a Ação em Saúde Indígena. “Esses instrumentos vêm aproximando os profissionais de saúde. Hoje, a conscientização sobre as peculiaridades dessa população já existe e os protocolos de atendimento já fazem parte das atividades diárias desses profissionais”, concluiu o secretário.

Nesta segunda-feira, abertura do evento, a enfermeira Noely Toledo abordou em palestra os fatores de risco para doenças cardiovasculares em indígenas, fazendo um comparativo entre populações indígenas e não indígenas que residem na cidade de Manaus. Logo depois, o parto em mulheres indígenas foi o tema exposto pela enfermeira Mayra Pires.

No segundo dia do evento, na terça-feira (29), o tema abordado será o que intitula o seminário, “Mulher Indígena e Saúde: Um Desafio a ser Alcançado”, e será ministrado pela antropóloga Esther Jean Langdon, professora da Universidade Federal de Santa Catarina.

Prefeitura de Manaus participa da campanha “Brasil Sem Cigarro”

segunda-feira, novembro 28th, 2011

A Prefeitura de Manaus participou, no sábado (26), da programação que acontece no Balneário do Sesc, no Campos Elíseos, para marcar a passagem da série “Brasil Sem Cigarro”, pela capital amazonense. Realizada pela TV Globo, em parceria com o Instituto Nacional do Câncer (Inca) – do Ministério da Saúde – e o SESC Nacional, a série está sendo exibida aos domingos, no programa Fantástico, e tem a finalidade de estimular os fumantes a abandonarem o hábito. A programação contou com a presença do médico Drauzio Varella, idealizador e apresentador da série televisiva.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a Prefeitura levou ao evento uma equipe de 25 profissionais do Programa Municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo, que  atenderam os fumantes para realização de teste de dependência à nicotina, teste com monoxímetro, aferição de pressão arterial e cálculo do índice de massa corpórea (IMS). “Além destes serviços, os nossos técnicos orientaram sobre a estrutura de atendimento disponível na rede municipal de saúde para apoiar os fumantes que queiram abandonar o hábito e fazendo encaminhamento daqueles que quiserem ingressar no programa de tratamento oferecido nas unidades de referência”, explicou Francisco Deodato. 

A Prefeitura de Manaus, na atual gestão, ampliou de três para onze o número de unidades de saúde da rede municipal que dispõem do serviço, elevando de 120 para 1.000 o número de vagas anuais para tratamento. Nos ambulatórios, os pacientes recebem atendimento multiprofissional, com médico, psicólogo, fisioterapeuta, enfermeiro, nutricionista, odontólogo e assistente social. O tratamento é feito em grupo, por meio da terapia cognitivo-comportamental. Dependendo do quadro clínico, o paciente recebe gratuitamente, inclusive, a medicação de suporte.

Cinzeirão – Na sexta-feira (25), como parte da programação da série “Brasil Sem Cigarro”, um “cinzeirão” foi instalado na Praça Heliodoro Balbi (da Polícia), no Centro de Manaus, para estimular os fumantes num primeiro gesto em busca do abandono do tabagismo: jogar a carteira de cigarro no lixo e iniciar os esforços para se livrar do hábito.

A série – Manaus foi uma das 10 cidades brasileiras escolhidas para participar da série “Brasil Sem Cigarro”, junto com Porto Alegre (RS); Rio de Janeiro (RJ); Fortaleza (CE); Belo Horizonte (MG); Goiânia (GO); Belém (PA); Brasília (DF); Recife (PE) e São Paulo (SP). A cada final de semana – no período de 13 deste mês até 11 de dezembro –, duas destas cidades sediam o evento que tem a presença de Drauzio Varella e da equipe do Fantástico.

Mais do que uma série de TV, a proposta é transformar o programa numa grande campanha nacional, que pretende estimular o maior número possível de fumantes a empreender esforços para abandonar o hábito, que está na origem de uma série de doenças, como o enfisema pulmonar e vários tipos de câncer. Desde o dia 13, o Fantástico vem acompanhando a rotina de três personagens fumantes, que assumiram o desafio de tentar largar o cigarro e têm a rotina acompanhada por Drauzio Varella.

Semsa divulga novo cronograma de combate à dengue

segunda-feira, novembro 28th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o cronograma das ações da “Operação Impacto de Combate à Dengue” para o período de 28 de novembro a 1º de dezembro. Realizada pela Prefeitura de Manaus, em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado, a operação tem a finalidade de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre as medidas de prevenção contra a doença.

Na zona Leste, durante toda a semana, os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e os soldados da Aeronáutica estarão dando prosseguimento ao trabalho de inspeção domiciliar na etapa III do bairro de São José e avançando para o bairro Tancredo Neves.

Na zona Oeste, os soldados do Exército continuam percorrendo as residências do bairro da Compensa.

Na zona Norte, os agentes de endemias dão continuidade às ações no bairro Novo Aleixo.

Na zona Sul, os agentes de endemias começam a percorrer os domicílios dos bairros Educandos e Colônia Oliveira Machado. Os soldados da Marinha continuam atuando na área do Japiim.

A Operação de Combate à Dengue deve se estender até o final de março e  inspecionar, aproximadamente, 350 mil imóveis em toda a cidade.

“Carreta da Mulher” realiza atendimento na comunidade Fazendinha

segunda-feira, novembro 28th, 2011

A comunidade Fazendinha, localizada no bairro Cidade de Deus, zona Norte da cidade, recebe esta semana os serviços de uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a “Carreta da Mulher” ficará posicionada na comunidade até quinta-feira (1º de dezembro), realizando exames de mamografia, ultrassonografia e preventivo do câncer do colo de útero. O encaminhamento para os exames, frisa o secretário, será feito por Unidades Básicas de Saúde da Família localizadas em áreas do entorno.

A Prefeitura de Manaus já colocou em funcionamento 4 Unidades Móveis de Saúde da Mulher, duas das quais foram inauguradas pelo prefeito Amazonino Mendes na última sexta-feira (25), incluindo a que começa a atender nesta segunda-feira na comunidade Fazendinha. Instaladas em carretas modernamente equipadas, as unidades móveis já permitiram a realização de mais de 8 mil exames na passagem pelos bairros Colônia Terra Nova, Cidade de Deus e Jorge Teixeira. Desde o último dia 22 deste mês, duas “Carretas da Mulher” estão posicionadas na comunidade Parque São Pedro, no Tarumã, para atender moradoras daquela área, de bairros da zona Norte e, também, da zona rural de Manaus.

O secretário Francisco Deodato frisa que, com as “Carretas da Mulher”, a Prefeitura reforça ainda mais os investimentos e as ações destinadas a atender as diretrizes do Plano Nacional de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer do Colo de Útero e de Mama, do Ministério da Saúde (MS). Ele salienta que, até o início deste ano, a rede municipal de saúde oferecia exame de mamografia somente por meio de clínicas conveniadas. Agora, já dispõe de serviço próprio, em fase de expansão.

O primeiro mamógrafo próprio da rede começou a funcionar em janeiro, na Unidade de Saúde Ambulatorial Dr. Alfredo Campos, no bairro do Zumbi, zona Leste. Em seguida, o serviço passou a ser oferecido na Policlínica Djalma Batista, na Compensa e estará disponível, também, na Policlínica Dr. Comte Telles, no São José, que passou por uma ampla reforma e será entregue à população nos próximos dias.

A chefe do Setor de Saúde da Mulher da Semsa, enfermeira Sonja Ale Farias, destaca a importância da ampliação da oferta de exames de mamografia, como parte da política de prevenção e detecção precoce do câncer de mama. O Ministério da Saúde recomenda que o rastreamento deste tipo de câncer, por meio de mamografia, seja realizado a cada dois anos, nas mulheres de 40 a 69 anos de idade. “Ainda é muito comum a detecção do câncer de mama já em estágio avançado. O mamógrafo consegue identificar nódulos com menos de um centímetro e nós sabemos que, quanto mais precoce o diagnóstico, melhor o prognóstico de cura”, afirma Sonja.

É muito expressivo o número de mulheres que, graças ao serviço oferecido pelas unidades móveis da Prefeitura, estão realizando o exame de mamografia pela primeira vez. “Dependendo do bairro, este porcentual tem variado entre 70% e 33%”, destaca o coordenador das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, enfermeiro Edylson Albuquerque.

As “Carretas da Mulher” permanecem, em média, de 15 a 20 dias em cada bairro e atendem mediante encaminhamento feito pelas Unidades de Saúde da rede municipal da área em que estejam posicionadas. “É feito um planejamento prévio que define as unidades de saúde da rede – incluindo as da Estratégia Saúde da Família –, que farão o encaminhamento das mulheres e também aquelas para as quais as pacientes serão referenciadas, conforme o resultado dos exames”, explica o secretário Francisco Deodato.

Outros serviços – A Prefeitura já dispõe de 10 Unidades Móveis de Saúde levando atendimento a áreas da cidade onde a Atenção Básica está sendo reforçada. Além das quatro “Carretas da Mulher”, há quatro Unidades Móveis de Saúde Odontológica e duas Unidades Móveis Médico-Laboratoriais, que oferecem consultas nas especialidades de Pediatria e Oftalmologia, além da realização de exames clínicos. As Unidades Odontológicas já realizaram mais de 13,5 mil atendimentos, desde que entraram em funcionamento, no final de 2009. As Médico-Laboratoriais já somam mais de 8,6 consultas e 5,1 mil exames.

Prefeitura realiza mais quatro inaugurações na zona Norte

sexta-feira, novembro 25th, 2011

A Prefeitura de Manaus inaugura, nesta sexta-feira (25), mais duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher. Agora, serão quatro “Carretas da Mulher”, modernamente equipadas, levando os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo de colo de útero a áreas da cidade onde a Atenção Básica está sendo reforçada. As duas primeiras unidades deste tipo foram implantadas em agosto deste ano e já asseguraram a realização de, aproximadamente, 8 mil exames. A inauguração das duas novas “Carretas da Mulher”, no bairro Cidade de Deus, contará com a presença do prefeito Amazonino Mendes e do secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

Na mesma ocasião, o prefeito e o secretário também farão a entrega de mais duas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), construídas no novo padrão ampliado de 130m² e com capacidade para oferecer novos serviços à população. As unidades ampliadas estão substituindo as “Casinhas de Saúde” de apenas 32m², como parte do Programa Municipal de Reestruturação da Rede Pública de Saúde, que vem sendo executado pela Prefeitura.

Serviço: Inauguração das “Carretas da Mulher” e das “Casonas de Saúde da Família”

Data: 25 de novembro (sexta-feira)

9h – Inauguração da UBSF N-31

Local: Av. Chico Mendes, s/n, bairro Colônia Terra Nova (próximo ao CAIC Dr. Paulo Xerez)

9h30 – Inauguração das “Carretas da Mulher” e da UBSF N-02

Local: rua dos Curiós, s/n, bairro Cidade de Deus (próximo à estação de ônibus do conjunto Canaranas)

Prefeitura já inspecionou mais de 40,7 mil imóveis

quinta-feira, novembro 24th, 2011

A “Operação Impacto de Combate à Dengue”, iniciada pela Prefeitura de Manaus no dia 31 de outubro, garantiu a inspeção de 40.733 imóveis, distribuídos por todas as zonas da cidade, nas três primeiras semanas de ações de campo. De acordo com balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) nesta quarta-feira (23), durante as visitas domiciliares os agentes da operação eliminaram 40,5 mil depósitos que estavam funcionando como criadouros de larvas do mosquito transmissor da doença –  o Aedes aegypti – e realizaram o tratamento (com larvicida) de outros 5.974 depósitos. A operação de combate à dengue tem o apoio das Forças Armadas e do Governo do Estado.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, considerou bastante satisfatório o primeiro balanço da Operação, que aponta para uma média de 13,3 mil imóveis visitados por semana. Segundo ele, nas primeiras semanas da campanha de combate à dengue, no ano passado, esse número girou entre 7 mil e 8 mil imóveis.

Deodato informa que a Operação de Combate à Dengue já passou por áreas dos bairros da Glória, São Jorge, Santo Antônio, São Raimundo, Tarumã, Cidade Nova, Novo Israel e Colônia Oliveira Machado. “É muito importante que as famílias que já receberam a visitas, coloquem em prática as orientações que são feitas pelos agentes de combate à dengue e adotem como rotina as medidas preventivas, para que os criadouros eliminados durante a inspeção não sejam reativados”, orienta Deodato.  

Esta semana, na zona Leste de Manaus, os agentes de endemias da Semsa e os soldados da Aeronáutica estarão fazendo o trabalho de inspeção domiciliar nas etapas II e III do bairro de São José. Na zona Oeste, as ações estarão sendo realizadas pelos soldados do Exército, no bairro da Compensa. Na zona Norte, os agentes de endemias realizam a ação no bairro Novo Aleixo. Já na zona Sul, os agentes de endemias continuam a percorrer os domicílios do bairro de Petrópolis e os soldados da Marinha estão atuando na área do Japiim.

Dia de Mobilização – No início de dezembro, a Prefeitura de Manaus vai realizar um “Dia D” de combate à Dengue, com a finalidade de reforçar o envolvimento da população nas medidas de prevenção à doença. “Estamos finalizando a programação e, em breve, anunciaremos a data e o cronograma de atividades do dia de mobilização”, disse Francisco Deodato.

A “Operação Impacto de Combate à Dengue” teve início no dia 31 de outubro e deve se estender até o final de março de 2012. As ações de campo estão sendo realizadas por um contingente inicial de 3,5 mil agentes públicos, entre civis e militares. Até o final da operação, a meta da Prefeitura é inspecionar mais de 350 mil imóveis da capital.

O principal objetivo da ação é reduzir ao máximo a presença do mosquito transmissor da dengue na capital, para manter sob controle o número de casos da doença. Tradicionalmente deflagrada pela Prefeitura no mês de dezembro, a “Operação Impacto” começou mais cedo, este ano, em decorrência da antecipação do período das chuvas – época em que há maior eclosão dos ovos do Aedes aegypti.  Além disso, as autoridades de saúde do País já trabalham com a perspectiva de que o Brasil enfrentará uma grande epidemia de dengue no início do próximo ano, em virtude da circulação do vírus tipo 4 da doença. A grande maioria da população ainda está suscetível a este sorotipo, que foi reintroduzido no País através da fronteira da Venezuela, com o vizinho estado de Roraima.

Assistência Farmacêutica é tema de seminário promovido pela Semsa

quarta-feira, novembro 23rd, 2011

Tem início nesta quarta-feira (23), às 9h, o II Seminário Municipal de Assistência Farmacêutica, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O evento, que acontece até a próxima sexta-feira (25), no auditório da Prefeitura de Manaus, vai reunir profissionais da rede municipal de saúde e acadêmicos de Farmácia. A realização do seminário, explica o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, segue as diretrizes do Plano Municipal de Assistência Farmacêutica que prevê, entre outras ações, a capacitação permanente dos profissionais da Atenção Básica.

A primeira palestra do seminário, prevista para iniciar às 10h, terá como tema o Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica (Sistema HORUS) e será proferida pela consultora técnica da Coordenação Geral de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde (MS), Kelli Engler Dias. O HORUS é um software disponibilizado gratuitamente pelo MS para os municípios brasileiros que, entre outras funcionalidades, permite o rastreamento dos medicamentos dispensados, o conhecimento do perfil de uso dos medicamentos e a elaboração de indicadores de assistência farmacêutica para o planejamento, avaliação e monitoramento das ações.

A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) do Sistema Único de Saúde também está na pauta do primeiro dia do seminário. Esta política trata da adoção de ações e serviços relativos às práticas das chamadas Medicina Tradicional e Medicina Complementar/Alternativa – onde se inserem, por exemplo, a acupuntura e do uso dos fitoterápicos.  A palestrante deste tópico será Maria Cristina Nascimento Barros, gerente do Programa de Medicinas Alternativas da Prefeitura do Rio de Janeiro.

No segundo dia do seminário, um dos destaques será a palestra da Superintendente de Assistência Farmacêutica da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, Renata Cristina Resende Macedo. Ela falará sobre a experiência daquele Estado com o modelo de farmácias distritais, estruturas que funcionam fora das unidades de saúde, em locais de fácil acesso à população, num sistema similar ao adotado pela Prefeitura de Manaus no programa Farmácia Gratuita.

Na sexta-feira, último dia do seminário, serão apresentados os resultados das medidas adotadas pela Prefeitura de Manaus, nos últimos três anos, para reestruturar, modernizar e qualificar a Assistência Farmacêutica na rede municipal de Saúde. A palestra, marcada para as 8h, será proferida pela Vanda Viana, chefe da Divisão de Assistência Farmacêutica da Semsa. Os investimentos para a implantação da Central de Medicamentos do Município e a criação do programa Farmácia Gratuita – que já atendeu mais de 403.275 pessoas, realizando a dispensação de 17.026.774  de unidades de medicamentos, desde que foi lançado, em março de 2010 – serão alguns dos destaques da apresentação.

No encerramento da programação, às 15h, será feito o lançamento da REMUNE, que a Relação Municipal de Medicamentos oficialmente adotada pela Prefeitura de Manaus, na Atenção Básica. “A principal característica da REMUNE é que ela é resultado do trabalho de uma equipe multidisciplinar e não apenas da decisão do órgão responsável pela aquisição dos itens farmacêuticos”, explica Mie Muroya, da Gerência de Medicamentos da Semsa.

“Carretas da Mulher” iniciam atendimento no Parque São Pedro

terça-feira, novembro 22nd, 2011

As duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, iniciam nesta terça-feira (22), às 7h, o período de atendimento na comunidade Parque São Pedro, zona Oeste, onde deverão permanecer até o final dezembro oferecendo os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de preventivo de câncer de colo de útero. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a estimativa é de que, durante a permanência das carretas na área da Escola Municipal Nestor Nascimento (onde ficarão posicionadas), sejam realizados, aproximadamente, 4 mil exames.

A programação organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para o Parque São Pedro vai beneficiar, inclusive, mulheres oriundas da zona rural de Manaus e detentas da Penitenciária Feminina, localizado no Km 8 da rodovia BR-174, informa Deodato.

O encaminhamento aos exames será realizado por 14 unidades de atendimento dos Distritos de Saúde Oeste, Rural e Norte. Além dos exames, as mulheres atendidas nas “Carretas” também participam de ações educativas, com palestras sobre temas relacionados à saúde feminina, incluindo assuntos como planejamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis.

No dia 2 de dezembro, detentas da Penitenciária Feminina, com idade acima de 40 anos – faixa etária alvo da estratégia de rastreamento do câncer de mama, adotada pelo Ministério da Saúde – serão atendidas nas “Carretas da Mulher”, para realização de mamografia.

“A mamografia deve ser feita, pelo menos a cada dois anos, por mulheres com idade entre 40 e 69 anos. No caso das mulheres com histórico familiar de câncer de mama, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs) foram acometidas pela doença antes dos 50 anos de idade, o acompanhamento deve começar a partir do 35 anos”, explica e enfermeira Sonja Ale Farias, chefe do Setor de Saúde da Mulher da Semsa. 

Recorde – No último dia 17, as “Carretas da Mulher” encerraram um período de 19 dias úteis de atendimento no bairro Jorge Teixeira, registrando um número recorde de 2.789 exames realizados (967 mamografias, 903 ultrassonografias e 919 coletas de preventivo de câncer de colo uterino).

No bairro da zona Leste, o atendimento beneficiou moradoras das comunidades Val Paraíso, João Paulo, Nova Floresta, Grande Vitória e, ainda, áreas do bairro São José e Tancredo Neves. Elas foram encaminhadas para exame por quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), um Módulo de Saúde da Família e 13 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) daquela região.

Antes do Jorge Teixeira, as Unidades Móveis de Saúde da Mulher já haviam passado pelos bairros Colônia Terra Nova e Cidade de Deus. Desde que foram implantadas, em 11 de agosto deste ano, as duas unidades móveis já realizaram, aproximadamente, 7,4 mil exames.

A Semsa tem, atualmente, 8 Unidades Móveis de Saúde levando atendimento às áreas da cidade onde a atenção básica está sendo reforçada. Além das duas Carretas da Mulher, fazem parte desta estrutura outras quatro Unidades Móveis Odontológicas e duas Unidades de Saúde Médico-Laboratoriais, que oferecem atendimento nas especialidades de pediatria, oftalmologia e consultas em Nutrição, além da laboratório de análises clínicas.

Prefeitura divulga cronograma da “Operação de Combate à Dengue”

terça-feira, novembro 22nd, 2011

A Prefeitura de Manaus divulgou na segunda-feira (21), o cronograma das ações da “Operação Impacto de Combate à Dengue” para o período de 21 a 25 deste mês. Realizada em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado, a operação tem a finalidade de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre as medidas de prevenção contra a doença.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, até o final da operação, prevista para durar cinco meses, deverão ser inspecionados, aproximadamente, 350 mil imóveis em toda a cidade. “É muito importante que a população receba bem os agentes da operação de combate à dengue e, acima de tudo, que adote como prática as medidas preventivas que são orientadas durante a visita de inspeção”, disse Deodato.

Na zona Leste, durante toda a semana, os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e os soldados da Aeronáutica estarão fazendo o trabalho de inspeção domiciliar nas etapas II e III do bairro de São José.

Na zona Oeste, as ações estarão sendo realizadas pelos soldados do Exército, no bairro da Compensa.

No mesmo período, na zona Norte, os agentes de endemias realizam a ação no bairro Novo Aleixo.

Na zona Sul, os agentes de endemias continuam a percorrer os domicílios do bairro de Petrópolis. Os soldados da Marinha estão atuando na área do Japiim.

Prefeitura lança campanha alusiva ao Dia Mundial de Combate à Aids

segunda-feira, novembro 21st, 2011

A Prefeitura de Manaus inicia, na segunda-feira (21), a programação alusiva ao Dia Mundial de Combate à Aids, celebrado em 1º de dezembro. O início da campanha será marcado por uma blitz educativa, que acontecerá das 9h às 12h, na esquina das avenidas Sete de Setembro e Eduardo Ribeiro, no Centro da cidade. Organizada pela Coordenação Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com o apoio de instituições parceiras, a blitz vai distribuir preservativos masculinos e  material informativo sobre as medidas de prevenção ao HIV/Aids.  

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, até o dia 1º de dezembro, todos os Distritos de Saúde estarão realizando atividades educativas, tanto nas unidades de saúde quanto em pontos estratégicos como shoppings, supermercados, terminais de ônibus, feiras e outros locais de grande movimento. Para as ações, foram disponibilizados 300 mil preservativos masculinos, informa o secretário.

A responsável pela Coordenação Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais, médica infectologista Silvana Lima, explica que, este ano, a campanha relativa ao Dia Mundial de Luta contra a Aids realizada pela Prefeitura de Manaus está priorizando o público jovem (na faixa de 15 a 24 anos). Por conta disso, diz ela, a Semsa buscou o apoio de órgãos como as secretarias estadual e municipal de Educação – Seduc e Semed –, que promoverão uma programação de palestras e outras atividades sobre o tema, envolvendo as unidades de ensino que participam do Programa Saúde na Escola (PSE).

No dia 1º de dezembro, as instituições que estão à frente da campanha junto com a Semsa realizarão outra grande blitz educativa, com equipes concentradas na esquina das avenidas Pedro Teixeira com Constatino Nery, zona Centro-Oeste; entrada do Shopping Grande Circular, na zona Leste; entrada do conjunto Manoa e avenida Noel Nutels (em frente ao PAC), ambos na zona Norte; e, novamente, na esquina das avenidas Sete de Setembro com Eduardo Ribeiro.

Instituições Parceiras da campanha realizada pela Semsa

Secretarias municipais de Educação (Semed), da Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), da Juventude (Semj); Secretarias Estaduais da Saúde (Susam – Coordenação Estadual de DST/Aids) e da Justiça (Sejus – Programa Galera Nota 10); Organizações da Sociedade Civil Organizada, Fórum Amazonas de OSC/Aids.

Prefeitura convoca mais 8 aprovados em Processo Seletivo

segunda-feira, novembro 21st, 2011

A Prefeitura de Manaus enviou para publicação no Diário Oficial o 11º Edital de Convocação de aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) para o preenchimento de vagas em áreas prioritárias da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, estão sendo chamados para contratação mais 8 aprovados (4 dos quais vão atuar nas unidades de saúde da área urbana e outros 4, na área rural).

Os convocados devem comparecer à sede da Semsa, a partir de segunda-feira (21), para pegar a lista de exames e o respectivo encaminhamento à Junta Médica, que avaliará as condições de saúde do candidato.

É importante que os convocados procurem a Semsa de imediato, porque terão que concluir esses procedimentos até o 5 de dezembro, alerta o secretário Francisco Deodato. Neste período de 15 dias o candidato deverá providenciar os exames de saúde, apresentá-los à Junta Médica e, em seguida, retornar à Semsa para os procedimentos de contratação, munido dos documentos previstos no Edital.

O atendimento aos convocados no Edital será realizado no auditório da Semsa (Av. Mário Ypiranga Monteiro – antiga rua Recife – nº 1695, Adrianópolis),  de segunda a sexta-feira, somente no período da manhã, das 8h às 12h.

O 11º Edital de Convocação estará no Diário Oficial do Município (DOM) que circula na noite desta sexta-feira (18). A partir de amanhã (sábado) também ficará disponível para consulta no portal que a Prefeitura mantém na Internet (www.manaus.am.gov.br).

 

ÁREA URBANA

 

FUNÇÃO: 003 – MÉDICO ESF DISTRITO DE SAÚDE OESTE

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

JOSÉ DE MORAES MIRANDA

1006667-5

22

11º

 

FUNÇÃO: 009 – MOTORISTA DE AUTOS

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

ROGÉRIO MENDES FERNANDES

15388980

28

52º

 

FUNÇÃO: 010 – CONDUTOR DE MOTOLÂNCIA

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

DANIEL ASSUNÇÃO PESSOA

17945348

16

118º

 

FUNÇÃO: 011 – AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

KAMILA DE NAZARÉ MAGALHÃES MARTINS

451548

20

28º

  

ÁREA RURAL

 

FUNÇÃO: 012 – MÉDICO ESF – PSR SÃO JOÃO (BR 174)

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

MARUJA RAMIREZ SALAS DA COSTA

2701146-1

20

  

FUNÇÃO: 032 – ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO – PSR N.S. DE FÁTIMA (TARUMÃ MIRIM)

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

JANE DE FATIMA ARAUJO DA TRINDADE

03748421

25

  

FUNÇÃO: 092 – AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE – 23 DE SETEMBRO (PSR SÃO JOÃO)

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

SIDONIO MIGUEL CORDEIRO BARBOSA

1723950-8

10

11°

 

FUNÇÃO: 108 – AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE – SÃO SEBASTIÃO

(RAMAL SÃO FRANCISCO – PSR EFIGÊNIO SALES)

NOME

IDENTIDADE

PONTUAÇÃO

COLOCAÇÃO

CLEILMA ASSUNÇÃO OLIVEIRA DA SILVA

1492104-9

10

2° (*)

 

(*) CLASSIFICADA NA LOCALIDADE: 103 – RAMAL DO LEÃO (PSR SÃO PEDRO)

Semsa promove alimentação complementar saudável

segunda-feira, novembro 21st, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) encerrou, na sexta-feira (18), a 2ª Oficina de Formação de Tutores da Estratégia Nacional de Promoção da Alimentação Complementar Saudável (ENPACS). Instituída pelo Ministério da Saúde, a estratégia tem entre seus objetivos assegurar que a orientação alimentar, com foco nas crianças até 2 anos de idade, seja uma rotina dos serviços de saúde da Atenção Básica. Participam desta edição da oficina médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde da Semsa. A capacitação, que teve 40 horas de conteúdo teórico, será encerrada com 6 horas de aulas práticas, que acontecem nos Postos de Saúde Rural Ada Viana e Pau-Rosa, localizados na BR-174, e São Pedro, que fica na AM-010.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, frisa que a Prefeitura de Manaus vem atuando em diversas frentes com foco no desenvolvimento saudável das crianças. A ampliação do número de unidades credenciadas pela Rede Amamenta Brasil, a implantação do programa Kit Família Brasileira Fortalecida e da ENPACS, disse ele, são ações que vêm sendo adotadas com esse objetivo e que, em agosto deste ano, ganharam o reforço do Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho”.

A pediatra neonatologista Elena Marta Amaral dos Santos, coordenadora técnica do “Leite do Meu Filho”, observa que, além do fornecimento de fórmulas de complementação alimentar para crianças a partir de seis meses, o programa implantado pela Prefeitura prevê o acompanhamento trimestral, nas unidades de saúde, das crianças que recebem o benefício. Nas consultas médicas, elas têm o seu desenvolvimento monitorado e as famílias são orientadas sobre os cuidados que podem contribuir para a saúde da criança. “A ENPACS também tem como foco o desenvolvimento saudável das crianças e é importante que tenhamos o maior número possível de profissionais atuando com base nas diretrizes desta estratégia, adotada pelo Ministério da Saúde”, diz Elena Marta.

Nos primeiros seis meses de vida, recomenda-se que o bebê seja alimentado exclusivamente com o leite materno. A partir desta idade a criança precisa receber também outros alimentos, para complementar suas necessidades nutricionais. “A introdução da alimentação a partir dos seis meses de idade se une às imensas qualidades e funções do leite materno, que precisa ser mantido até os dois anos de vida ou mais. Neste processo de introdução de novos alimentos, a mãe precisa estar bem orientada e o ideal é que esta orientação leve em conta, inclusive, as características dos alimentos regionais ao alcance da família”, afirma a nutricionista Tânia Batista, da Equipe Técnica das Ações em Alimentação e Nutrição da Semsa e tutora da ENPACS.

Seminário avalia funcionamento de novas UBSFs

segunda-feira, novembro 21st, 2011

A Prefeitura de Manaus deu início, na sexta-feira (18), a um seminário durante o qual será avaliado o funcionamento das novas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), as chamadas “Casonas de Saúde”. Na abertura do seminário, o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, anunciou a entrega de mais duas UBSFs no formato ampliado, de 130m², ambas na zona Norte de Manaus.

O evento, “I Seminário de Avaliação e Perspectivas das Novas Unidades Básicas de Saúde da Família”, reúne profissionais que atuam nas UBSFs que foram inauguradas já em tamanho ampliado e com novos serviços. De acordo com Deodato, o seminário tem a finalidade de promover o compartilhamento de experiências entre as equipes que estão atuando nas 20 unidades de novo padrão, já implantadas, avaliar os processos de trabalho e, a partir daí, alinhar as estratégias que estão sendo planejadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para assegurar a qualidade dos serviços prestados à população.

“A Estratégia Saúde da Família é, sem dúvida nenhuma, o programa mais importante executado pela Prefeitura de Manaus, na área da Saúde. Estamos reordenando a rede de atendimento do ponto de vista da infraestrutura, mas não basta um prédio novo e novos equipamentos. O novo padrão de atendimento pensado para a Saúde da Família passa, fundamentalmente, pelas pessoas envolvidas neste trabalho”, afirmou Francisco Deodato. O evento, que aconteceu no auditório Nina Lins, da Universidade Nilton Lins, foi encerrado na manhã do sábado (19).

Segundo a diretora do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Semsa, Edylene Pereira, a organização do seminário foi precedida de um diagnóstico realizado pelas equipes de monitoramento da Estratégia Saúde da Família, que visitaram todas as 20 UBSFs que funcionam na nova estrutura. “Neste seminário estaremos apresentando e discutindo com os profissionais os aspectos do processo de trabalho que precisam ser aperfeiçoados, tendo como parâmetro tanto as diretrizes da Saúde da Família quanto aquelas que a gestão tem planejado para o funcionamento destas unidades”, frisou Edylene.

Nova estrutura – O novo padrão da Saúde da Família, com as unidades de 130m² e novos serviços, começou a ser implantado em abril deste ano, com a entrega da UBSF N-46, na comunidade Jesus Me Deu, localizada no bairro Terra Nova, zona Norte de Manaus, que ainda não contava com a cobertura da Estratégia Saúde da Família, representando a expansão do serviço. Desde então, 20 unidades com o novo padrão já foram inauguradas, como parte do Programa de Reestruturação da Rede Pública de Saúde, que vem sendo executado pela Prefeitura de Manaus.

A substituição das Casinhas tem priorizado as zonas Norte e Leste, mas já há unidades com o novo formato atendendo, também, nas zonas Sul e Oeste da cidade.

Prefeitura promove curso de “Cuidador Familiar de Idosos”

sexta-feira, novembro 18th, 2011

A Prefeitura de Manaus promove, no período de 21 a 25 deste mês, mais uma edição do Curso de Cuidador Familiar de Idosos, que oferecerá 40 vagas, desta vez para comunitários do bairro Colônia Antônio Aleixo. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, informa que o curso será realizado nas dependências da Unidade Básica de Saúde Guilherme Alexandre e incluirá em sua programação técnicas de realização de curativos em idosos com sequelas de hanseníase.

De acordo com a Gerência de Atenção à Saúde do Distrito de Saúde Leste, ainda há algumas vagas para o curso e os interessados podem se inscrever na sede da UBS Guilherme Alexandre, que fica na rua Nova República, 575 – Colônia Antonio Aleixo, ou pelo fone 3615-9188, das 8h às 13h e das 14h às 17h, com as assistentes sociais Celi Cavalcante ou Diana Andreza Almeida. 

A responsável pelo programa Saúde do Idoso, no Disa Leste, enfermeira Vilse Coelho, explica que o objetivo do curso é preparar pessoas para lidar com idosos independentes ou dependentes e acamados. A enfermeira salienta que as pessoas capacitadas contribuem para reduzir o número de acidentes domésticos com os idosos, principalmente, as quedas.  Esta capacitação é a 21ª organizada pela Gerência de Atenção à Saúde do Disa Leste, por meio do Programa Saúde do Idoso.

A programação do curso aborda temas como “Aspectos sociais do envelhecimento e Políticas Sociais para os idosos”; “Identificando demências”; “Cuidando do Cuidador”; “Aspectos fisioterapêuticos do envelhecimento”; “Nutrição do idoso”; “Noções de cuidados de enfermagem” e “Espiritualidade na Terceira Idade”.

“Carretas da Mulher” encerram atendimento no Jorge Teixeira

quinta-feira, novembro 17th, 2011

As duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, encerram, nesta quinta-feira (17), o período de atendimento no bairro do Jorge Teixeira, na zona Leste, registrando número recorde de realização de exames. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, durante o período em que permaneceram no bairro, desde 11 de outubro (19 dias úteis, excluindo finais de semana e feriados), as “Carretas da Mulher” garantiram a realização de 2.789 exames, sendo 967 mamografias, 903 ultrassonografias e 919 coletas de preventivo de câncer de colo uterino.

Nos outros locais por onde passaram, a média ficou em torno de 600 exames, em cada uma das modalidades. “O resultado superou as nossas expectativas e mostra a receptividade a essa nova forma de atendimento, cumprindo a meta de ampliar, cada vez mais, o acesso a esses exames, extremamente importantes para a prevenção ao câncer de mama e de colo de útero”, afirmou Deodato.  

No Jorge Teixeira, o atendimento beneficiou moradoras das comunidades Val Paraíso, João Paulo, Nova Floresta, Grande Vitória e, ainda, áreas do bairro São José e Tancredo Neves. Elas foram encaminhadas para exame por quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), um Módulo de Saúde da Família e 13 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) daquela região.

Novo local – A partir da próxima terça-feira (22), as Carretas da Mulher estarão posicionadas na comunidade São Pedro, zona Norte da cidade, onde deverão permanecer até o final dezembro. A programação de atendimento organizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai beneficiar, inclusive, mulheres oriundas da zona rural de Manaus e detentas que cumprem pena na Penitenciária Feminina, localizada no Km 8 da rodovia BR-174. 

Para fazer os exames nas “Carretas da Mulher” é necessário ter o encaminhamento. O encaminhamento é feito pelo médico da Saúde da Família, das Policlínicas ou Unidades Básicas de Saúde localizadas nas áreas próximas do local de atendimento onde estão posicionadas. Além dos exames, as mulheres atendidas nas “Carretas” também participam de ações educativas, com palestras sobre temas relacionados à saúde feminina, incluindo assuntos como planejamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis.

Antes do Jorge Teixeira, as Unidades Móveis de Saúde da Mulher já haviam passado pelos bairros Colônia Terra Nova e Cidade de Deus. Desde que foram implantadas, em 11 de agosto deste ano, as duas unidades móveis já realizaram, aproximadamente, 7,4 mil exames.

A Semsa tem, atualmente, 8 Unidades Móveis de Saúde levando atendimento às áreas da cidade onde a atenção básica está sendo reforçada. Além das duas Carretas da Mulher, fazem parte desta estrutura outras quatro Unidades Móveis Odontológicas e duas Unidades de Saúde Médico-Laboratoriais, que oferecem atendimento nas especialidades de pediatria, oftalmologia e consultas em Nutrição, além da laboratório de análises clínicas.

Semsa intensifica ações de prevenção e controle do Diabetes

quarta-feira, novembro 16th, 2011

Doença metabólica caracterizada pelo aumento anormal de glicose (açúcar) no sangue, o Diabetes pode evoluir para complicações severas – como insuficiência renal, doenças do coração e amputações – e levar à morte. Durante esta semana, informa o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, as unidades de Saúde da Prefeitura de Manaus estão reforçando as ações educativas sobre a doença e estimulando os usuários a realizarem o teste de glicemia capilar, que ajuda a diagnosticá-la. As atividades são alusivas ao Dia Mundial de Combate ao Diabetes, oficialmente comemorado nesta segunda-feira (14).

A pesquisa “Vigilância de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico” (Vigitel), de 2010, realizada pelo Ministério da Saúde (MS), aponta que 6,3% da população adulta brasileira tem diagnóstico médico de diabetes. Em Manaus, esse porcentual é de 4,1%, segundo o estudo. “As ações desenvolvidas nas unidades de saúde, esta semana, procuram ressaltar a importância da prevenção e, nos casos das pessoas já diagnosticadas com o problema, a necessidade de adotar o tratamento e os cuidados adequados para evitar as complicações da doença”, explica Deodato.

Na quarta-feira (16), na Policlínica Dr. Antonio Reis, localizada no bairro do São Lázaro, serão realizadas palestras, distribuição de material informativo com orientações sobre a prevenção e o tratamento do Diabetes, incluindo temas como nutrição, exercícios físicos, cuidados com os pés (uma medida muito importante para pacientes diabéticos, sujeitos a complicações decorrentes de ferimentos nos membros inferiores).

Na quinta-feira (17), às 9h, a Policlínica Castelo Branco, localizada no Parque Dez, zona Centro-Sul, também tem programação especial, com palestra sobre “Nutrição Saudável”, voltada para os pacientes diabéticos e distribuição de material informativo sobre a doença aos usuários que forem à unidade.

Na rede municipal de saúde, os pacientes portadores de diabetes podem realizar suas consultas e exames periódicos, com acesso a medicamentos, incluindo a insulina (dos tipos Regular e NPH). Mais de 20 mil são monitorados pelas ações do Hiperdia (o programa de prevenção e controle da doença, executado na rede). Uma parte desses pacientes participa do programa de automonitoramento. São diabéticos que recebem os insumos (glicosímetro e tiras) para controlar diariamente e em casa os níveis de glicose no sangue.

“Pé Diabético” – A Prefeitura de Manaus está se preparando, também, para implantar, ainda neste segundo semestre, os dois primeiros Ambulatórios para Tratamento de Pé Diabético, no Amazonas. Os técnicos que vão atuar nos ambulatórios já começaram a participar de treinamento. Os ambulatórios vão funcionar nas Policlínicas Raimundo Franco de Sá, no bairro Nova Esperança, e Enfermeira Ivone Lima, no Coroado III.

O chamado “pé diabético” é uma das complicações mais comuns da doença. O problema é responsável por um número muito expressivo de internações hospitalares entre os portadores de diabetes. Os ferimentos, se não tratados corretamente, podem evoluir com gravidade, levando, inclusive, a muitos casos de amputações.

Nos ambulatórios que a Prefeitura vai implantar, os pacientes serão acompanhados, farão os curativos e receberão as orientações sobre os cuidados permanentes que devem adotar, tanto com os ferimentos quanto em relação ao rigoroso controle do nível de glicemia. Por se tratar de procedimento altamente especializado, os Ambulatórios do Pé Diabético vão funcionar em policlínicas.

Prefeitura inicia abastecimento de medicamentos de dezembro

quarta-feira, novembro 16th, 2011

A Prefeitura de Manaus inicia na próxima segunda-feira (21), o abastecimento de medicamentos e itens farmacêuticos nas unidades de saúde do município, referente ao mês de dezembro. O trabalho, que é feito pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estender-se-á até o dia 16 de dezembro, sendo reservada uma semana para cada Distrito de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, informa que a população pode consultar a lista de medicamentos na página que a Semsa mantém na Internet, hospedada no Portal da Prefeitura. Basta entrar no site www.pmm.am.gov.br ou www.manaus.am.gov.br, ir em “Escolha a Secretaria” e clicar em Semsa. No link “Medicamentos” são encontradas as planilhas com os medicamentos agrupados por programas.

No período de 21 a 25 de novembro, o trabalho de abastecimento será iniciado pelas unidades do Distrito de Saúde Sul (Disa Sul). De 28 de novembro a 2 de dezembro, será a vez das unidades do Disa Oeste. De 5 a 9 de dezembro, a reposição de estoques acontece no Disa Leste. Entre os dias 12 e 16, no Disa Norte.

Farmácias Gratuitas – Além do serviço de dispensação de medicamentos que é feito nas unidades de atendimento do município, os usuários da rede pública de saúde, em Manaus, contam ainda com a opção do Programa Farmácia Gratuita.

Nas três unidades do programa – que funcionam nos terminais de ônibus T3, na Cidade Nova, zona Norte; T4, no Jorge Teixeira, e T5, no São José, ambos na zona Leste –, o usuário tem acesso a 96 itens da chamada farmácia básica, sem qualquer custo, bastando apresentar a receita médica, expedida por profissional da rede pública.

Para retirar o medicamento na Farmácia Gratuita, a receita precisa estar preenchida com nome completo do paciente; medicamento prescrito com o nome genérico (não pode ser o nome comercial), forma farmacêutica, dosagem e modo de usar; carimbo do médico/prescritor e número de inscrição no Conselho Regional; assinatura do médico/prescritor e data da emissão da receita. Além disso, a receita precisa estar no prazo de validade: 10 dias para antibióticos; 90 dias para medicamentos de uso contínuo; e 30 dias para os demais medicamentos do elenco básico.

Manaus participa da série “Brasil Sem Cigarro”

quarta-feira, novembro 16th, 2011

Manaus foi uma das 10 cidades brasileiras escolhidas para participar da série “Brasil Sem Cigarro”, que a TV Globo está apresentando no programa Fantástico, aos domingos, e tem a parceria do Ministério da Saúde – por meio do Instituto Nacional do Câncer (Inca) –, e do Serviço Social do Comércio (Sesc Nacional). No próximo dia 26, o médico Drauzio Varella, idealizador e apresentador da série, estará na cidade, em companhia de um dos apresentadores do Fantástico, para gravar a participação da capital do Amazonas no programa dominical.  O evento acontecerá no balneário do Sesc Amazonas, no Campos Elíseos, das 9h às 12h.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que Manaus dispõe hoje de uma rede estruturada, composta por 11 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes, com atendimento especializado multidisciplinar para as pessoas interessadas em deixar o tabagismo. No evento do dia 26, no balneário do Sesc, uma equipe de 20 profissionais do Programa Municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo estará oferecendo à população serviços como o teste de dependência à nicotina, teste com monoxímetro, aferição de pressão arterial e cálculo do índice de massa corpórea (IMS).

“Para reduzir a prevalência de fumantes é fundamental que a população tenha acesso ao tratamento especializado. A Prefeitura de Manaus, na atual gestão, ampliou de três para onze o número de unidades de saúde da rede municipal que dispõem do serviço, elevando de 120 para 1.000 o número de vagas anuais para tratamento”, frisou Deodato. Nos ambulatórios, os pacientes recebem atendimento multiprofissional, com médico, psicólogo, fisioterapeuta, enfermeiro, nutricionista, odontólogo e assistente social. O tratamento é feito em grupo, por meio da terapia cognitivo-comportamental. Dependendo do quadro clínico, o paciente recebe gratuitamente, inclusive, a medicação de suporte.

A série – Além de Manaus, foram escolhidas para participar da série “Brasil Sem Cigarro” as cidades de Porto Alegre (RS); Rio de Janeiro (RJ); Fortaleza (CE); Belo Horizonte (MG); Goiânia (GO); Belém (PA); Brasília (DF); Recife (PE) e São Paulo (SP). A cada final de semana – no período de 13 deste mês até 11 de dezembro –, começando por Porto Alegre e Rio de Janeiro, duas destas cidades sediarão um evento que contará com a presença do médico Drauzio Varella e de uma equipe do Fantástico. Mais do que uma série de TV, a proposta é transformar o programa numa grande campanha nacional, que pretende estimular o maior número possível de fumantes a empreender esforços para abandonar o hábito, que está na origem de uma série de doenças, como o enfizema pulmonar e vários tipos de câncer.

A campanha começou no Fantástico do último domingo (13), quando foram anunciados os nomes dos três personagens fumantes, que assumiram o compromisso de tentar largar o cigarro. Eles terão seus esforços acompanhados pelo médico e registrados pelo Fantástico no decorrer de 5 semanas.

SOS Vida completa dois anos de funcionamento

segunda-feira, novembro 14th, 2011

Completou dois anos de funcionamento, na sexta-feira (11), o SOS Vida, serviço de remoção da Prefeitura de Manaus, voltado ao atendimeto de pessoas de baixa renda, em tratamento de saúde prolongado e que não têm como custear despesas de locomoção. A data foi marcada pela inauguração da nova base do SOS Vida, que passa a funcionar no bairro do Aleixo, zona Centro-Sul. Implantado em novembro de 2009, o SOS Vida, de acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, realiza uma média de 7,6 mil remoções por mês.

A maior demanda dos atendimentos – cerca de 80% – é a remoção de doentes renais que dependem de hemodiálise. Em seguida vêm os atendimentos a pessoas em tratamento de fisioterapia. Também estão entre os beneficiados pelo SOS Vida os pacientes em tratamento de quimioterapia, radioterapia, transplantados, paraplégicos que necessitam de troca de sonda, entre outras situações.

O SOS Vida possui uma frota de 10 ambulâncias e 8 veículos do tipo van. A base inaugurada nesta sexta-feira, na zona Centro-Sul – na mesma área onde já funciona uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), na Av. André Araújo – vai abrigar a estrutura de atendimento que funcionava no Complexo Assistencial Tarumã, na Praça 14. Agora, o serviço passa a ter duas bases descentralizadas (a outra, inaugurada em março deste ano, fica no bairro da Alvorada, zona Centro-Oeste). Francisco Deodato frisa que a Prefeitura pretende colocar bases descentralizadas em todas as áreas da cidade.

O SOS Vida foi implantado pela administração do prefeito Amazonino Mendes, para substituir o antigo SOS Social, que estava funcionando precariamente, com apenas um veículo (kombi) e uma equipe de 20 servidores. Hoje, além da frota de 10 ambulâncias e 8 vans, o serviço teve seu quadro de recursos humanos ampliado para 83 servidores, entre técnicos de enfermagem, condutores socorristas, assistentes sociais e administrativos. “O SOS Vida é um serviço do qual podemos, seguramente, nos orgulhar, com um quadro de profissionais treinados e conscientes da importância de sua missão. Ainda temos muito a fazer. É necessário ampliar o serviço e este é o nosso compromisso”, afirmou Deodato.

Gestão é tema de Simpósio que reuniu profissionais da Semsa

segunda-feira, novembro 14th, 2011

Gestores de todas as áreas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participaram, na quinta-feira (10), do III Simpósio de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde. Com o tema “Reconhecendo a Gestão Pública na Saúde”, o evento aconteceu no auditório da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) e marca o encerramento do Programa de Desenvolvimento Gerencial (PDG), que alcançou 240 servidores, que ocupam de funções de gerenciamento e direção, na rede municipal de saúde. A abertura do simpósio contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, e dos subscretários da pasta, Orestes Guimarães e Denise Machado.

Na programação do Simpósio constam temas como a “Legislação do SUS: Histórico, Legislação, Políticas e Estratégias de Saúde” e “Gerenciamento da Força de Trabalho na Saúde”. Os gestores também participam de oficinas sobre gestão e aprendizado do trabalho na saúde, que contam com a participação de Maria José Calmont, da Qualinort Consultoria e Treinamento.

“É importante desenvolver ferramentas para que os gestores atuem de forma técnica, segura e eficaz e o Programa de Desenvolvimento Gerencial, que foi executado em três modelos e se encerra com este simpósio, é uma dessas ferramentas”, afirmou o secretário Francisco Deodato.

Idealizador da implantação do PDG, o subsecretário-executivo de Saúde, Orestes Guimarães disse que o quadro de gestores da Semsa é formado tanto por profissionais com larga experiência quanto por aqueles que estão tendo sua primeira oportunidade de atuar como gestores. “Em ambos os casos, é importante investir no aprimoramento. Não se faz gestão de qualidade sem esse compromisso”, frisou Orestes.

No primeiro módulo do PDG, os gestores da Semsa se debruçaram sobre o tema “Postura Gerencial Orientada para Resultados”. No segundo módulo, a abordagem foi “Diagnóstico Organizacional e Gestão de Resultados”.

Prefeitura realiza campanha contra o tabagismo entre jovens

segunda-feira, novembro 14th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoveu, na sexta-feira (11), a solenidade de premiação dos estudantes da rede pública que venceram a segunda edição do concurso de slogans e desenhos sobre Tabagismo. A solenidade de premiação aconteceu às 10h, na Sala 2, do Cinemais, no Manaus Plaza Shopping, com a presença do secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, do secretário executivo adjunto da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), Wagner Souza, e do músico Vangi Souza, autor da cartilha “Um Tirano Chamado Fumo”, que passou a ser adotada pela Prefeitura, este ano, nas ações do Programa Saúde na Escola (PSE).

Com a premiação, a Prefeitura de Manaus fecha uma etapa importante da campanha de Combate ao Tabagismo que está realizando com foco no público jovem, fatia da população que preocupa em especial as autoridades de saúde, porque as pesquisas indicam que 90% dos fumantes criaram o hábito antes dos 18 anos de idade. A campanha é composta por ações educativas, principalmente no âmbito do PSE, que já alcança a aproximadamente 23 mil alunos.

O concurso de slogans e desenhos foi organizado pelo Programa de Prevenção e Controle do Tabagismo da Semsa, em parceria com as secretarias municipal e estadual de Educação (Semed e Seduc). Na categoria “Desenho”, da qual participaram estudantes do 1º ao 5º do Ensino Fundamental, os vencedores foram Jefferson Nascimento, Jady Irla Medeiros Alcântara e Alessandro Gabriel da Silva Moraes. Na categoria “Slogan”, disputada por estudantes do 6º ao 9º do Ensino Fundamental, o prêmio foi para Natasha Aporcino Colares; Gabriel Pereira Fonseca e Poliane dos Santos Silva. O tema do concurso foi: “A Escola aliada na Prevenção ao Tabagismo”.

Prevenção - O secretário Francisco Deodato diz que a escola, como universo de convivência de crianças e jovens, pode dar uma importante contribuição no trabalho de conscientização sobre os riscos que o tabagismo oferece à saúde. “O concurso, que este ano teve sua segunda edição, tem justamente a finalidade de estimular e, efetivamente, ampliar o envolvimento da comunidade nas discussões sobre o tabagismo, num esforço conjunto para evitar que mais adolescentes e jovens adquiram o hábito de fumar”, afirma o Deodato.

A coordenadora municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo, Marlene Lessa, salienta que a curiosidade, a imitação do comportamento de adultos, a necessidade de auto-afirmação e o encorajamento proporcionado pela propaganda, são fatores que favorecem o tabagismo entre os jovens. “Se executamos um trabalho forte de prevenção junto a esse segmento, ressaltando que o importante é não começar a fumar, procurando envolver, inclusive a família nesse processo, ampliamos as chances de formar jovens capazes de resistir à pressão social e mais conscientes dos graves problemas de saúde que certamente enfrentarão se optarem pelo uso do cigarro”, diz Marlene.

Cartilha – Como reforço às ações de prevenção ao tabagismo, direcionadas às crianças e adolescentes, a Prefeitura de Manaus está levando às salas de aulas as informações sobre os malefícios causados pelo fumo. Para inserir o tema nas escolas, a Semsa passou a adotar a cartilha “Um Tirano Chamado Fumo”, uma obra com linguagem dinâmica e atraente para o público infanto-juvenil, ricamente ilustrada pelos artistas Ziraldo, Chico Caruzo e Jair Fenandes. A autoria é de Vangi Souza, tendo como madrinha a atriz Zezé Motta, que estiveram em Manaus, no último mês de agosto, para o lançamento da publicação.

Confira o resultado do concurso

Categoria Desenho, da 1º a 5º série:

1º. Lugar – Jefferson Nascimento – Escola Municipal José Tavares de Macêdo.

2º. Lugar – Jady Irla Medeiros Alcântara – Escola Municipal Thomas Meirelles

3º. Lugar – Alessandro Gabriel da Silva de Moraes – Escola Municipal Profº José Wandemberg Ramos Leite.

Categoria Slogan, da 6º a 9º série:

1º. Lugar – Natasha Aporcino Colares – Escola Municipal Isabel Angarita

2º. Lugar – Gabriel Pereira da Fonseca – Escola Municipal Cleonice Menezes Fernandes.

3º. Lugar – Poliane dos Santos Silva – Escola Municipal Maria Rufina

Distrito Sul promove ações de combate ao diabetes

segunda-feira, novembro 14th, 2011

De 7 a 17 de novembro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoverá diversas ações de combate ao diabetes nas zonas Sul e Centro-Sul, em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao Diabetes (14).

De 7 a 14, todas as Unidades do Distrito de Saúde Sul (Disa Sul) estarão realizando teste de glicemia capilar nos usuários que estiverem aguardando atendimento. O teste faz parte dos exames de rotina das Unidades, mas serão intensificados neste período.

No dia 16, das 8h às 12h, será realizado o “Dia D de Alerta e Combate a Diabetes do Distrito de Saúde Sul”, na Policlínica Dr. Antônio Reis, na Rua São Luiz, s/nº – São Lázaro. A programação contará com palestras, aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar, distribuição de folderes educativos sobre o tema, orientações sobre nutrição e exercícios físicos, cálculos de índice de massa corpórea, avaliação médica e cuidados com os pés, além de orientações adicionais em saúde.

No dia 17, às 9h, haverá a abertura oficial da Semana Municipal de Alerta e Combate a Diabetes na Policlínica Castelo Branco, na Rua do Comércio s/n Parque 10 de Novembro, com aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar e distribuição de folderes educativos da diabetes.

O objetivo da atividade é divulgar e sensibilizar os usuários da rede municipal de saúde sobre a importância de regularmente se fazer o controle da doença; tomar medicação de acordo com a prescrição médica; fazer atividades físicas e de se ter uma alimentação adequada.

Segundo a enfermeira Rosa Nobre, chefe do Disa Sul, fazendo o controle correto do diabetes, é possível evitar as diversas e severas complicações da doença. “Com o acompanhamento correto e a descoberta precoce da doença, o diabético pode controlá-la e ter uma qualidade de vida muito melhor”, destaca Rosa Nobre.

Até julho deste ano, apenas nas Unidades do Disa Sul, havia 16.620 diabéticos cadastrados no Programa de Controle e Combate à Hipertensão e ao Diabetes (Hiperdia), dos quais 15.651 fazem acompanhamento regular.

 

Vice-embaixador dos EUA visita Laboratório da Semsa

quinta-feira, novembro 10th, 2011

O vice-embaixador dos Estados Unidos no Brasil Todd Chapman, que está cumprindo agenda na capital amazonense, visitando projetos que recebam apoio do governo americano, fez questão de conhecer o Laboratório Distrital Oeste (LDO), inaugurado este ano, pela Prefeitura de Manaus. Localizado no bairro da Compensa, o laboratório dá cobertura completa à demanda por exames das unidades de saúde da rede municipal naquela área da cidade, incluindo o diagnóstico de Tuberculose.

O controle da Tuberculose, em Manaus, une esforços da Prefeitura e de entidades americanas. Desde 2009, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vem desenvolvendo um projeto-piloto de ações voltadas para o controle da doença, em unidades de saúde da rede municipal da zona Oeste. O projeto tem a parceria da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). A implantação do Laboratório Distrital Oeste fortaleceu o apoio diagnóstico de um modo geral, incluindo a baciloscopia para Tuberculose.

“Foi uma grande satisfação conhecer este Laboratório Distrital. É um lugar muito moderno, que oferece à população qualidade no atendimento. Cheguei otimista e estou saindo mais otimista ainda”, afirmou o vice-embaixador, ao final da visita, durante a qual esteve acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato. Todd Chapman ressaltou que a visita realizada ao Laboratório Distrital Oeste também foi importante para conhecer os detalhes e os resultados do projeto que está sendo desenvolvido pela Semsa com o apoio da agência norte-americana.

De acordo com Deodato, a Semsa já recebeu recursos da ordem de R$ 685 mil da USAID. Deste total, pelo menos 75% já foram aplicados no projeto-piloto que está sendo desenvolvido na zona Oeste. O objetivo do projeto é fortalecer as ações de controle da Tuberculose na Atenção Básica, principalmente no âmbito “Saúde da Família”, com a estratégia Tratamento Diretamente Observado (TDO). “Não há dúvida de que o apoio técnico da OPAS e a ajuda financeira da USAID têm sido fundamentais para potencializar as ações do projeto”, afirmou Deodato.

O responsável pelo Programa Municipal de Controle da Tuberculose, Jair Pinheiro, salienta que uma parte dos recursos repassados ao projeto-piloto pela USAID foram investidos na aquisição de equipamentos de informática e de refrigeração para seis postos de coleta de exames, instalados em unidades de saúde do Distrito Oeste, que estão interligadas ao LDO.

Carretas da Mulher vão atender na comunidade São Pedro

quarta-feira, novembro 9th, 2011

As duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher, da Prefeitura de Manaus, passarão a atender, a partir do dia 22, na comunidade São Pedro, zona Norte da cidade, onde deverão permanecer até o final dezembro, oferecendo os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo de câncer de colo de útero. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a programação desenvolvida pelas “Carretas da Mulher”, no Parque São Pedro, vai beneficiar, inclusive, mulheres oriundas da zona rural de Manaus e, ainda, as detentas que cumprem pena no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, localizado no Km 8 da rodovia BR-174. 

No bairro do Jorge Teixeira, na zona Leste, onde estão posicionadas desde o dia 11 de outubro, as duas “Carretas da Mulher” já realizaram 1.769 exames, sendo 496 ultrassonografias, 682 mamografias e 591 coletas de exame preventivo de câncer uterino. Anteriormente, as duas unidades móveis já haviam passado pelos bairros Colônia Terra Nova e Cidade de Deus, totalizando 4.678 exames.

No Jorge Teixeira o atendimento está beneficiando mulheres que vivem em comunidades como o Val Paraíso, João Paulo, Nova Floresta, Grande Vitória e, ainda, moradoras do bairro São José e parte do Tancredo Neves. Quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), um Módulo de Saúde da Família e 13 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) estão realizando o encaminhamento das pacientes para o exame, explicou Deodato. As carretas ficam no bairro da zona Leste até o próximo dia 17.

Para fazer os exames nas “Carretas da Mulher” é necessário ter o encaminhamento. O encaminhamento é feito pelo médico da Saúde da Família, das Policlínicas ou Unidades Básicas de Saúde localizadas nas áreas próximas do local de atendimento das unidades móveis. Além dos exames, as mulheres atendidas nas “Carretas” também participam de ações educativas, com palestras sobre temas relacionados à saúde feminina, incluindo assuntos como planejamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis.

Outros serviços – Além das duas “Carretas da Mulher”, a Prefeitura de Manaus já colocou em funcionamento mais seis unidades móveis de saúde que estão percorrendo os bairros da cidade e levando atendimento a áreas onde a atenção básica está sendo reforçada. São quatro Unidades Móveis de Saúde Odontológica e duas de Saúde Médico-Ambulatorial.

As quatro Unidades Móveis de Saúde Odontológica realizaram, até o último dia 4 deste mês, 13.392 atendimentos, que beneficiaram, principalmente, alunos de escolas da rede pública municipal. Nestas carretas, são realizados os seguintes procedimentos odontológicos: restauração, extração, profilaxia (limpeza) e aplicação tópica de flúor. As crianças recebem o Kit de Saúde Bucal, com escova, creme e fio dental. O serviço abrange ações de Educação em Saúde, incentivando a manutenção dos cuidados com a saúde bucal, após o término do tratamento.

As duas Unidades Móveis de Saúde Médico-Laboratoriais oferecem consulta médica nas especialidades de Pediatria e Oftalmologia; coleta e realização de exames laboratoriais (fezes, sangue, urina, etc); e orientação em Nutrição. De maio deste ano até o último dia 3 de novembro, as duas unidades já haviam realizado 8.642 consultas (sendo 4.336 em pediatria; 3.976 em oftalmologia e 330 em nutrição), além de mais 5.108 exames laboratoriais.

Gestores concluem Programa de Desenvolvimento Gerencial

quarta-feira, novembro 9th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio da Gerência de Educação na Saúde (Gesau), realiza nesta quinta-feira (10), das 08h às 17h, o III Simpósio de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde “Reconhecendo a Gestão Pública na Saúde”. O evento, que acontecerá no Auditório Belarmino Lins, localizado na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM), reunirá os gestores da Secretaria com o objetivo de discutir o tema “Gestão do Trabalho” e encerrar o Programa de Desenvolvimento Gerencial (PDG), com a realização de seu terceiro módulo, intitulado “Reconhecendo a Gestão Pública na Saúde”.

O Simpósio tem a finalidade de qualificar os gestores para o exercício da função gerencial no âmbito da Semsa, discutindo o processo de organização e gerenciamento do trabalho, por meio da observação das práticas atuais de gestão. Durante o evento, serão discutidos temas como a “Legislação do SUS: Histórico, Legislação, Políticas e Estratégias de Saúde”, “Gerenciando a força de trabalho na Saúde”, além de serem realizadas oficinas sobre gestão e aprendizado do trabalho na saúde, que contarão com a participação de Maria José Calmont, da Qualinort Consultoria e Treinamento.

A gerente de Educação na Saúde, Ademarina Cardoso, destaca que o Simpósio é uma forma de promoção da Política de Gestão do Trabalho preconizada pelo Ministério da Saúde. “Todo esse processo tem o objetivo de levar aos gestores a percepção de valorização do potencial humano associado aos objetivos e resultados definidos pela instituição”.

 

Informações: 3236-8987 (Gesau)

Equipes do SAMU darão suporte à programação da Virada Cultural

quarta-feira, novembro 9th, 2011

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), da Prefeitura de Manaus, manterá uma ambulância posicionada nos principais pontos estratégicos da programação da Virada Cultural, que a Fundação Municipal de Cultura e Artes (ManausCult) realiza, neste final de semana, na cidade. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, haverá ambulância do SAMU na Praça da Saudade, no Centro; Praça do Eldorado, zona Centro-Sul; no Amarelinho, zona Sul; na área do palco da Cidade Nova, zona Norte e do Jorge Teixeira, na zona Leste.

Deodato explica que, independentemente da presença da ambulância, o SAMU poderá ser acionado de qualquer ponto da cidade pelo telefone 192, da Central de Regulação do serviço. A partir da Central, que funciona no bairro da Praça 14, havendo necessidade, serão acionadas ambulâncias de qualquer uma das oito bases terrestres distribuídas pela cidade.

A Virada Cultural terá início às 17h do sábado e se estenderá até a madrugada de segunda-feira, em mais de 24 horas ininterruptas de programação. As apresentações musicais são o carro-chefe do evento, com atrações nacionais e locais, mas haverá também peças teatrais, dança, cinema, literatura, arte urbana, circo, fanfarra, fantoches e exposições artísticas.

Semsa realiza atividades de educação em saúde na II Virada Cultural

quarta-feira, novembro 9th, 2011

Nos dias 12 e 13 novembro, cerca de 200 servidores do Distrito de Saúde Sul da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irão realizar trabalho de educação em saúde em 6 pontos da II Virada Cultural. Na oportunidade, haverá distribuição de material educativo sobre saúde e de preservativos masculinos no Conjunto Eldorado – no Parque Dez, no Parque dos Bilhares da Djalma Batista e da Constantino Nery, na Praça do Amarelinho, na Praça da Saudade e no Paço Municipal. No primeiro dia, as atividades de educação em saúde ocorrerão das 17h às 23h e no dia 13, das 8h às 22h.

A chefe do Disa Sul, enfermeira Rosa Nobre, informa que a participação dos profissionais de saúde da Semsa em atividades extramuros possibilita uma aproximação ainda maior com a população e auxilia na promoção da saúde. “Quase todos os fins de semanas promovemos ações de saúde em eventos, voltadas aos principais males da saúde pública: hipertensão, diabetes, doenças sexualmente transmissíveis e Aids”, destaca a enfermeira.

A Virada Cultural é uma atividade de cultura e arte promovida anualmente pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Artes (MANAUSCULT), com o objetivo promover cultura e arte pela cidade durante 24 horas ininterruptas.

Prefeitura reabre Centro de Especialidades Odontológicas da zona Sul

terça-feira, novembro 8th, 2011

A Prefeitura de Manaus entregou na segunda-feira (7), depois de passar por obras de reforma e ampliação, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO Sul) Dr. José Fortunato de Oliveira, que fica no bairro de São Lázaro. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) tem três CEOs implantados: nas zonas Sul, Oeste e Norte. Durante a entrega do CEO Sul, o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, anunciou que será implantado também o CEO da zona Leste, que deverá funcionar no bairro do São José, e que o da zona Norte será ampliado.

De acordo com Deodato, antes da reforma, o CEO funcionava como um anexo da Policlínica Antônio Reis. Agora, a unidade tem uma estrutura física independente, melhorando o fluxo de atendimento, assegurando maior conforto aos usuários e melhores condições de trabalho às equipes de saúde. Para a execução do projeto, a Prefeitura investiu R$ 187,8 mil em obras, equipamentos e mobiliário. 

Deodato explica que, antes da reforma, os usuários do CEO precisavam compartilhar a mesma sala de espera que as pessoas atendidas na Policlínica Antonio Reis. As duas unidades também compartilhavam o mesmo almoxarifado. “Agora o CEO tem uma recepção própria e seu próprio almoxarifado. Outra preocupação da reforma foi criar um espaço mais amplo para o serviço de raio-X do centro odontológico, que funcionava numa sala muito apertada”, disse o secretário.

Na atual configuração, o espaço interno do CEO Sul passou a ter uma clínica principal, com quatro gabinetes odontológicos; dois consultórios individuais (cada um com um gabinete), sala de Raio-X, sala de esterilização, sala de dispensação, além das áreas de recepção, almoxarifado, setor administrativo e copa.

Os CEOs oferecem atendimentos como cirurgia oral menor; endodontia (tratamento de canal); periodontia; odontopediatria; dor orofacial, disfunção da articulação temporomandibular (ATM) e atendimento a pacientes com deficiência. Estes centros recebem os usuários encaminhados pela rede de Atenção Básica (incluindo as equipes de saúde bucal da Estratégia Saúde da Família).

Segundo a responsável pela Equipe Técnica de Ações em Saúde Bucal da Semsa, cirurgiã-dentista Ana Selma Pinheiro, o CEO Sul funciona em três turnos (das 7h às 21h). Já o Norte e o Oeste, atendem das 7h às 17h.

Semsa convoca pais para troca do Cartão de Vacina por Caderneta

segunda-feira, novembro 7th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que a partir da segunda-feira (7) até o dia 25 deste mês, os pais ou responsáveis por crianças menores de dois anos devem comparecer à unidade de saúde da rede pública onde o bebê já é acompanhado, para fazer a troca do Cartão de Vacina pela Caderneta de Saúde da Criança.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que a caderneta é um documento mais completo que, além de registrar o histórico vacinal da criança, traz uma série de informações importantes sobre temas como crescimento, desenvolvimento, aleitamento materno, alimentação complementar e a triagem neonatal (testes do olhinho, do pezinho e da orelhinha). “As informações abrangem o período que vai desde o nascimento até os 10 anos de idade e tem duas versões: para menino e para menina”, observa.

Desde 2010, a Prefeitura de Manaus não recebia do Ministério da Saúde as Cadernetas da Criança, por isso os bebês atendidos na rede pública desde então vinham recebendo apenas o Cartão de Vacina. Agora que as remessas da caderneta foram regularizadas, será feita a substituição dos cartões.

As crianças menores de dois anos inscritas no Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho” devem fazer a troca do cartão na unidade de saúde onde fazem o acompanhamento para cumprir as condicionalidades do programa.

Rita Uchôa, do Setor de Saúde da Criança e do Adolescente da Semsa, explica que, ao receber a Caderneta da Criança, as mães devolverão à unidade o cartão de vacina antigo. “As anotações do cartão relativas às doses de vacina tomadas pela criança, bem como seu peso e altura, serão transcritas para a Caderneta”, explicou.

Prefeitura divulga cronograma de ações da “Operação Impacto”

segunda-feira, novembro 7th, 2011

A Prefeitura de Manaus divulgou, na sexta-feira (4), o cronograma das ações da “Operação Impacto de Combate à Dengue” para o período de 7 a 11 de novembro. Realizada em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado, a operação tem a finalidade de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre as medidas de prevenção contra a doença. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, até o final da operação, prevista para durar cinco meses, deverão ser inspecionados, aproximadamente, 350 mil imóveis em toda a cidade.

Na zona Oeste, as ações estarão sendo realizadas pelos soldados do Exército. Na segunda e na terça-feira (7 e 8), as equipes concluem as ações no bairro da Glória, iniciadas esta semana. De quarta a sexta-feira (9, 10 e 11) passam a atuar no bairro de São Jorge.

Na zona Leste, durante toda a semana, os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e os soldados da Aeronáutica estarão fazendo o trabalho de inspeção domiciliar no bairro de São José. No mesmo período, na zona Norte, os agentes de endemias realizam a ação no bairro de Novo Israel.

Na zona Sul, os agentes de endemias percorrerão os domicílios do bairro de Petrópolis. Os soldados da Marinha estarão atuando na área do Japiim.

Limpeza – Os mutirões de limpeza que integram a “Operação de Combate à Dengue” e estão sendo realizados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), continuam, na próxima semana, em áreas do bairro Planalto, na zona Centro-Oeste, incluindo os conjuntos habitacionais Campos Elíseos, Jardim de Versailles, Vista Bela, Belvedere, Flamanal, Ilha do Campos Elíseos e Augusto Montenegro. De lá, as equipes passam a atuar no bairro da Redenção.

Prefeitura começa a distribuir cartilha educativa sobre dengue

quinta-feira, novembro 3rd, 2011

A Prefeitura de Manaus lançou e começará a distribuir, principalmente nas escolas públicas, uma cartilha contendo informações sobre o combate à dengue e as medidas preventivas que devem ser adotadas pela população. A cartilha, “Aprendendo a combater a dengue”, foi elaborada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), com uma tiragem inicial de 50 mil exemplares.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a cartilha é um instrumento importante para fazer disseminar as informações sobre os cuidados e as medidas que devem ser adotados pela população, para manter a cidade livre de uma epidemia de dengue. O secretário diz que a população tem papel fundamental para assegurar o sucesso da operação de combate à dengue, que começou a ser executada pela Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado e Forças Armadas. Os agentes comunitários de saúde e de endemias da Semsa irão passar de casa em casa, para eliminar os criadouros do mosquito da dengue, mas ele explica que é preciso que as pessoas também adotem como rotina a inspeção do ambiente doméstico, seguindo as orientações recebidas.  

A cartilha, de acordo com o secretário, será utilizada durante as ações de educação em saúde realizadas pela Semsa. A publicação contém informações sobre a doença, os principais sintomas e os cuidados que devem ser observados pela população. A cartilha informa, ainda, os canais disponíveis para tirar dúvidas sobre o tema: o disque dengue (0800 280 8 280); o e-mail dengue@pmm.am.gov.br; e o perfil de twitter @denguecombate.

De acordo com Deodato, equipes da Semsa estarão atuando para mobilizar escolas, associações de bairros, sindicatos, indústrias e órgãos governamentais para a adoção de medidas de prevenção à dengue. Estão sendo firmadas parcerias com instituições como a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), entidades como o Sindicato da Construção Civil e, também, com igrejas, visando difundir as orientações sobre o combate à dengue.

Nove bairros já estão recebendo equipes da “Operação Impacto”

quinta-feira, novembro 3rd, 2011

Nove bairros da capital já estão recebendo as equipes da “Operação Impacto de Combate à Dengue”, iniciada pela Prefeitura de Manaus na última segunda-feira (31) e que tem a finalidade de eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre as medidas de prevenção contra a doença. De acordo com o secretário municipal de Saúde, até o final da operação, prevista para durar cinco meses, deverão ser inspecionados, aproximadamente, 350 mil imóveis.

Na zona Oeste, as ações da “Operação Impacto” já começaram nos bairros do Tarumã, Santo Antônio, São Raimundo e Glória. Na zona Leste, os bairros Novo Aleixo e São José estão sendo os primeiros a receber as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Petrópolis e Colônia Oliveira Machado, na zona Sul; e Cidade Nova, na zona Norte, também já estão com equipes em campo.

Por conta do feriado da quarta-feira (Dia de Finados), as ações de campo foram suspensas. O trabalho será retomado nesta quinta-feira (03), explica o secretário Francisco Deodato. 

Os mutirões de limpeza que integram a “Operação de Combate à Dengue” que estão sendo realizados pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), também serão retomados após o feriado, em áreas do bairro do Planalto, na zona Centro-Oeste, incluindo Campos Elíseos, Redenção, Jardim de Versailles, Vista Bela, Belvedere, Flamanal, Ilha do Campos Elíseos e Augusto Montenegro. 

A “Operação Impacto de Combate à Dengue” está sendo executada pela Prefeitura de Manaus, em parceria com o Governo do Estado e as Forças Armadas. Tradicionalmente deflagrada pela Prefeitura no mês de dezembro, a operação começou mais cedo, este ano, em decorrência da antecipação do período das chuvas – época em que há maior eclosão dos ovos do Aedes aegypti.

As autoridades de saúde do País já trabalham com a perspectiva de que o Brasil enfrentará uma grande epidemia de dengue no início do próximo ano, em virtude da circulação do vírus tipo 4 da doença, ao qual a maioria da população ainda está suscetível. “É necessário assegurar que a população redobrará os cuidados e adotará as medidas que evitem a proliferação do mosquito”, disse Deodato.

Prefeitura divulga vencedores do concurso sobre Tabagismo

terça-feira, novembro 1st, 2011

A Prefeitura de Manaus anunciou o resultado do concurso de slogans e desenhos, promovido pelo Programa de Prevenção e Controle do Tabagismo, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com as secretarias municipal e estadual de Educação (Semed e Seduc). Na categoria “Desenho”, da qual participaram estudantes do 1º ao 5º do Ensino Fundamental, os vencedores foram Jefferson Nascimento, Jady Irla Medeiros Alcântara e Alessandro Gabriel da Silva Moraes. Na categoria “Slogan”, disputada por estudantes do 6º ao 9º do Ensino Fundamental, o prêmio foi para Natasha Aporcino Colares; Gabriel Pereira Fonseca e Poliane dos Santos Silva.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a premiação dos vencedores está marcada para 11 de novembro, durante uma programação que está sendo organizada pela coordenação municipal do programa de Prevenção e Controle do Tabagismo. Os três primeiros colocados de cada categoria receberão prêmios como bicicletas, MP4, microsystems, DVDs, entre outros. O tema do concurso foi: “A Escola aliada na Prevenção ao Tabagismo”.

Prevenção - Pesquisas indicam que 90% dos fumantes criaram o hábito antes dos 18 anos de idade. O secretário Francisco Deodato diz que a escola, como universo de convivência de crianças e jovens, pode dar uma importante contribuição no trabalho de conscientização sobre os riscos que o tabagismo oferece à saúde. “O concurso, que este ano teve sua segunda edição, tem justamente a finalidade de estimular e, efetivamente, ampliar o envolvimento da comunidade nas discussões sobre o tabagismo, num esforço conjunto para evitar que mais adolescentes e jovens adquiram o hábito de fumar”, afirma o Deodato.

A coordenadora municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo, Marlene Lessa, salienta que a curiosidade, a imitação do comportamento de adultos, a necessidade de autoafirmação e o encorajamento proporcionado pela propaganda, são fatores que favorecem o tabagismo entre os jovens. “Se executamos um trabalho forte de prevenção junto a esse segmento, ressaltando que o importante é não começar a fumar, procurando envolver, inclusive a família nesse processo, ampliamos as chances de formar jovens capazes de resistir à pressão social e mais conscientes dos graves problemas de saúde que  certamente enfrentarão se optarem pelo uso do cigarro”, diz Marlene.

Cartilha – A Prefeitura de Manaus, que já desenvolve um amplo trabalho nos 12 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes da rede municipal de saúde, está também reforçando as ações de prevenção, direcionadas às crianças e adolescentes, levando às salas de aulas as informações sobre os malefícios causados pelo tabaco. Para inserir o tema nas escolas, a Semsa está adotando a cartilha, intitulada “Um Tirano Chamado Fumo”, uma obra com linguagem dinâmica e atraente para o público infanto-juvenil, ricamente ilustrada pelos artistas Ziraldo, Chico Caruzo e Jair Fenandes. A autoria é de Vangi Souza, tendo como madrinha a atriz Zezé Motta, que estiveram em Manaus, no último mês de agosto, para o lançamento da publicação. “A cartilha está sendo utilizada nas atividades do Programa Saúde na Escola, executado pela Semsa, em parceria com Semed e Seduc, e que atende a, aproximadamente, 23 mil estudantes”, salienta Marlene.

Confira o resultado do concurso

Categoria Desenho, da 1º a 5º série:

1º. Lugar – Jefferson Nascimento – Escola Municipal José Tavares de Macêdo.

2º. Lugar – Jady Irla Medeiros Alcântara – Escola Municipal Thomas Meirelles

3º. Lugar – Alessandro Gabriel da Silva de Moraes – Escola Municipal Profº José Wandemberg Ramos Leite.

Categoria Slogan, da 6º a 9º série:

1º. Lugar – Natasha Aporcino Colares – Escola Municipal Isabel Angarita

2º. Lugar – Gabriel Pereira da Fonseca – Escola Municipal Cleonice Menezes Fernandes.

3º. Lugar – Poliane dos Santos Silva –  Escola Municipal Maria Rufina

Prefeitura divulga funcionamento dos serviços de Saúde no feriado

terça-feira, novembro 1st, 2011

A Prefeitura de Manaus informa que as unidades de urgência e emergência da rede municipal de saúde – a Maternidade Moura Tapajóz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) – manterão plantão de 24 horas para atender a população no feriado desta quarta-feira (02), Dia de Finados.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, informa que as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não estarão funcionando neste dia. O atendimento volta ao normal na quinta-feira (03).

As três unidades do Programa Farmácia Gratuita, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e do São José (T5), ambos na zona Leste, também não estarão funcionando durante o feriado, retomando o atendimento na quinta-feira, às 8h.

Francisco Deodato frisou que, durante o feriado, o SOS Vida cumprirá a agenda previamente marcada de remoção de pacientes para realização de alguns procedimentos, como é o caso de hemodiálise.

Operação Impacto vai mobilizar 3,5 mil servidores civis e militares

terça-feira, novembro 1st, 2011

A Prefeitura de Manaus lançou, na segunda-feira (31), a “Operação Impacto de Combate à Dengue”, que será executada por um contingente inicial de, aproximadamente, 3,5 mil agentes públicos, entre civis e militares. Realizada em parceria com as Forças Armadas e o Governo do Estado e contando com o apoio do Ministério da Saúde, a operação se estenderá até o final de março de 2011, devendo garantir a inspeção de mais de 350 mil imóveis da capital.  O lançamento da operação aconteceu no auditório do Parque Municipal do Idoso e contou com a presença de representantes das instituições parceiras.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que o principal objetivo da ação é reduzir ao máximo a presença do mosquito transmissor da dengue na capital, para manter sob controle o número de casos da doença. Tradicionalmente deflagrada pela Prefeitura no mês de dezembro, a “Operação Impacto” começou mais cedo, este ano, em decorrência da antecipação do período das chuvas – época em que há maior eclosão dos ovos do Aedes aegypti.

Além disso, observa o secretário Francisco Deodato, as autoridades de saúde do País já trabalham com a perspectiva de que o Brasil enfrentará uma grande epidemia de dengue no início do próximo ano, em virtude da circulação do vírus tipo 4 da doença. Ele lembrou que a grande maioria da população ainda está suscetível a este sorotipo, que foi reintroduzido no País através da fronteira da Venezuela, com o vizinho estado de Roraima. “É necessário assegurar que a população redobrará os cuidados e adotará as medidas que evitem a proliferação do mosquito”, disse Deodato.

Os agentes de endemias e agentes comunitários de saúde da Prefeitura, com a ajuda dos militares da Marinha, Aeronáutica, Exército e do Corpo de Bombeiros atuarão em todos os bairros da cidade, fazendo a inspeção casa a casa para eliminar possíveis focos de reprodução do Aedes Aegypti e orientar a população sobre as medidas de combate ao mosquito. O trabalho começa, já na tarde desta terça-feira, pelos bairros Novo Aleixo, na zona Norte; Japiim, zona Sul; São José, na zona Leste; e Santo Antônio, na zona Oeste da capital.

No decorrer da operação, equipes da Vigilância Epidemiológica atuarão em conjunto com o Departamento de Vigilância Sanitária (DVisa), inspecionando estabelecimentos comerciais como borracharias, oficinas e ferros-velhos, além de canteiros de obras e outros locais que podem ser considerados de alto risco para a presença do mosquito.

Outra importante medida é a realização dos mutirões de limpeza destinados a eliminar o lixo que esteja contribuindo para o acúmulo de água da chuva e, consequentemente, para a proliferação do Aedes aegypti. Na semana passada, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) deu início a essa atividade, pelo bairro Lírio do Vale, na zona Oeste, onde o trabalho deve ser concluído nesta segunda-feira. A próxima parada é o bairro do Planalto, englobando o Campos Elíseos, Redenção, Jardim de Versailles, Vista Bela, Belvedere, Flamanal, Ilha do Campos Elíseos e Augusto Montenegro. 

O roteiro dos mutirões, organizado pela Semulsp, tomou por base o Levantamento do Índice de Infestação Rápida (LIRAa), realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no início deste mês. “O levantamento permite identificar, entre outros aspectos, os tipos de reservatórios que mais estão contribuindo para a reprodução do mosquito da dengue, em cada área da cidade”, diz Deodato. 

Paralelamente às medidas de controle do mosquito na sua fase de larva, a operação vai levar aos bairros o serviço de borrifação espacial, o chamado fumacê, que combate o Aedes aegypti na fase adulta (alada). “É importante destacar que o fumacê é uma medida complementar. O grande esforço será feito no sentido de eliminar os criadouros para controle da população de mosquito”, afirma Deodato.

Semsa lança cartilha educativa que será distribuída nas escolas

Durante o lançamento da “Operação Impacto de Combate à Dengue”, na segunda-feira (31), o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, apresentou cartilha produzida pela Prefeitura de Manaus, que passará a ser utilizada nas ações de educação em saúde, principalmente nas escolas. A publicação, “Aprendendo a combater a dengue”, tem uma tiragem inicial de 50 mil exemplares e contém informações sobre a doença, os principais sintomas e os cuidados que devem ser observados pela população, para se prevenir contra a doença. A cartilha informa, ainda, os canais disponíveis para a população tirar dúvidas sobre o tema: o disque dengue (0800 280 8 280); o e-mail dengue@pmm.am.gov.br; e o perfil de twitter @denguecombate.

Segundo Deodato, equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estarão atuando para mobilizar escolas, associações de bairros, sindicatos, indústrias e órgãos governamentais para a adoção de medidas de prevenção à dengue. Estão sendo firmadas parcerias com instituições como a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), entidades como o Sindicato da Construção Civil e, também, com igrejas, visando difundir o máximo possível as orientações sobre o combate à dengue.

Deodato afirma que, mais uma vez, a população terá papel fundamental para assegurar o sucesso da operação de combate à dengue. O secretário salienta que, de um modo geral, cada domicílio recebe apenas uma ou duas visitas do agente da operação, que precisa avançar para outras áreas, realizando o trabalho de eliminação ou tratamento dos criadouros do mosquito. “É preciso que as pessoas adotem como rotina a inspeção do ambiente doméstico, seguindo as orientações repassadas pelo agente de saúde, para evitar o surgimento de novos criadouros do mosquito”, orienta Deodato.

INSTITUIÇÕES PARCEIRAS:

Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica)

Governo do Estado (Fundação de Vigilância em Saúde/ FVS e Corpo de Bombeiros)

Órgãos do Município: Secretaria Municipal de Limpeza Pública, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Infraestrutura, Secretaria Municipal de Comunicação e Instituto Municipal de Planejamento Urbano.

Prefeitura lança “Operação Impacto de Combate à Dengue”

segunda-feira, outubro 31st, 2011

A Prefeitura de Manaus lança nesta segunda-feira (31), às 8h, no auditório do Parque Municipal do Idoso, a “Operação Impacto de Combate à Dengue 2011”, que será realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e o Governo do Estado (Fundação de Vigilância em Saúde e Corpo de Bombeiros). O detalhamento da operação, com a programação das ações que serão executadas, será apresentado pelo secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato e representantes das instituições parceiras. As ações de campo iniciam já na segunda-feira e devem se estender até o final de março de 2012. Um efetivo de 3,5 mil agentes públicos, entre civis e militares, estará mobilizado para, entre outras atividades, inspecionar mais de 350 mil imóveis da cidade, com o objetivo de eliminar focos de proliferação do mosquito transmissor da doença.

Serviço: Lançamento da Operação Impacto de Combate à Dengue

Data: 31/10

Horário: 8h

Local: auditório do Parque Municipal do Idoso, na rua Rio Mar, 1.324, bairro Nossa Senhora das Graças.

SAMU realiza simulação de atendimento em acidentes e catástrofes

quarta-feira, outubro 26th, 2011

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) da Prefeitura de Manaus realizou, nesta quarta-feira (26), às 6h, no Km 01 da BR-174, uma simulação de atendimento de urgência, na ocorrência de acidentes e catásfrofes com múltiplas vítimas. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o exercício faz parte do conteúdo programático do curso “Suporte Básico da Vida”, que está sendo oferecido aos profissionais do SAMU, por meio de parceria firmada entre a Prefeitura de Manaus e o Ministério da Saúde (MS) e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), de São Paulo.

O exercício contará com a participação de, aproximadamente, 90 pessoas. Deste total, 40 são servidores do SAMU e do Programa SOS Vida, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) também irão participar da simulação, atuando como as “vítimas” do suposto acidente. Toda a ação terá a parceria da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Grupamento Aéreo (Graer), Corpo de Bombeiros, Guarda Metropolitana e Manaustrans.

Dez ambulâncias (seis do SAMU e quatro do SOS Vida), além de duas motolâncias serão utilizadas na simulação de atendimento ao acidente. Elas serão acionadas e sairão das bases que estão distribuídas nas várias zonas da cidade. “O objetivo desta atividade é aplicar o conhecimento técnico das equipes em uma situação próxima da realidade, eliminando dúvidas e fazendo a atualização do protocolo de atendimento”, explica Claudia Teixeira, diretora de Atenção Especializada e Serviços de Urgência da Semsa.

A metodologia de atendimento emergencial a ser aplicada na simulação será o Protocolo Start, adotado pelo Ministério da Saúde como atendimento padrão em acidentes com múltiplas vítimas. Conforme a gravidade dos ferimentos, o protocolo estabelece a classificação dos pacientes em quatro escalas de prioridade, identificadas por cores: absoluta (vermelho), intermediária (amarelo), baixa (verde) e nula (preto). 

Com graus de prioridade absoluta e intermediária, a vítima deve passar pela triagem, atendimento e ser removida em até 30 minutos e 60 minutos, respectivamente. Pacientes com baixa prioridade são os que, geralmente, não precisam de remoção, pois sofreram lesões leves ou não apresentaram lesões. A prioridade nula é para aqueles que foram a óbito no momento do incidente.

Serviço: Simulado de atendimento do SAMU, em acidentes e catástrofes com múltiplas vítimas

Data/Hora: 26/10, às 6h

Local: Km 01, BR-174 (logo após o posto da Polícia Rodoviária Federal, ao lado do posto de gasolina Equatorial)

Semsa treina militares para Operação de Combate à Dengue

quarta-feira, outubro 26th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) deu início, na terça-feira (25), à capacitação dos militares das Forças Armadas que irão atuar nas ações de campo da Operação Impacto de Combate à Dengue, que a Prefeitura de Manaus lança na próxima segunda-feira (31). De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, o treinamento, que inclui aulas teóricas e práticas, começou pelos integrantes da Marinha, e prossegue, nesta quarta-feira (27), com os soldados do Exército e se encerra na quinta-feira (28), com o pessoal da Aeronáutica. Aproximadamente 200 militares, das três forças, devem passar pelo treinamento.

As aulas teóricas estão acontecendo no auditório da Escola Municipal Desembargador Cândido Honório Ferreira, localizada no bairro Alvorada II (rua Abílio Alencar, antiga rua 5, próximo ao CAIC). O conteúdo teórico inclui informações sobre o ciclo biológico do mosquito transmissor da dengue (o Aedes aegypti), procedimento de abordagem nas visitas domiciliares, tratamento e eliminação dos criadouros do mosquito e preenchimento das planilhas de atendimento. As aulas para por em prática o conteúdo serão realizadas nas áreas das respectivas vilas militares.

A partir do dia 31, os militares vão se juntar aos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde da Prefeitura, e aos bombeiros, do Governo do Estado, formando um contingente de cerca de 4 mil pessoas, que irá inspecionar os imóveis da cidade, eliminar criadouros do mosquito da dengue e orientar a população. O trabalho conjunto está previsto para se estender até o final de março. Tradicionalmente, a Operação Impacto de Combate à Dengue tem início no final de dezembro. Este ano, em decorrência da antecipação do período chuvoso, a Prefeitura decidiu adiantar em dois meses a intensificação das ações de campo de combate ao Aedes aegypti.

Mutirões de limpeza – Nesta quarta-feira (26), a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) inicia, pelo bairro Lírio do Vale, na zona Oeste de Manaus, uma série de mutirões de limpeza, já como parte das ações de preparação para a Operação de Combate à Dengue. Durante toda esta terça-feira um serviço de som da Semulsp percorreu as ruas do bairro orientando a população sobre o tipo de lixo que o mutirão vai recolher.

O subsecretário de Limpeza Pública, Túlio Kniphoff, frisa que o objetivo desses mutirões não é recolher poda de árvores, restos de capinação ou orgânico. Os moradores devem retirar dos quintais o lixo que acumula água e contribui para a proliferação do mosquito da dengue. É o caso, por exemplo, de latas, garrafas, carcaças de eletrodomésticos, camburões velhos, entre outros. Esse lixo deve ser recolhido e colocado na frente da casa para que as equipes da Semulsp façam o recolhimento.

A Semulsp vai entrar no bairro Líro do Vale com duas pás mecânicas, 10 caminhões caçamba e duas equipes de 7 e 8 pessoas. A previsão é que a limpeza dure entre três e quatro dias.

Na Operação Impacto de Combate à Dengue realizada em 2010/2011, os mutirões de limpeza recolheram cerca de 62 mil toneladas de resíduos, numa parceria entre a Prefeitura e a Secretaria da Região Metropolitana de Manaus (SRMM).

Fórum discute prevenção da transmissão vertical da Sífilis e do HIV

quarta-feira, outubro 26th, 2011

Na terça-feira (25), encerrando as atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate à Sífilis (21 de Outubro), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoveu o “I Fórum Municipal de Prevenção da Transmissão Vertical da Sífilis e do HIV”. O evento, organizado pela coordenação de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, aconteceu das 9h às 17h, no auditório da Fundação Hemoam, com a participação de 120 profissionais da área da saúde do município e das maternidades da rede pública.

Durante o fórum, será apresentado um panorama da sífilis e do HIV em crianças na Região Norte e abordados temas como “Atendimento à Gestante com Sífilis e HIV, na Atenção Básica”; “Manejo Clínico do Recém-Nascido com Sífilis Congênita” e “Metas de Manaus para o Controle da Sífilis e do HIV em Crianças”.

A sífilis congênita (aquela transmitida de mãe para filho) foi também tema das ações educativas realizadas durante toda a semana passada, na rede municipal de saúde, como parte das atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate à Sífilis. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, explica que o objetivo foi reforçar a informação de que a doença, ainda com elevada prevalência no País, pode ser prevenida se a gestante for corretamente diagnosticada e adequadamente tratada, evitando a transmissão para o bebê, por meio da placenta. “O exame para diagnóstico e o tratamento estão disponíveis na rede pública. O exame para sífilis é um direito da mulher no pré-natal e no parto”, frisou Deodato.

O secretário salienta que a transmissão vertical (de mãe para filho) da Sífilis pode ocorrer em qualquer fase da gestação, com consequências que podem ir da formação do feto, aborto e, até mesmo, à morte do recém-nascido. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis, nas gestantes com sífilis recente não tratada, a taxa de transmissão vertical varia de 70% a 100% e, na tardia, de 30% a 40%.

Todas as unidades de saúde, incluindo as que compõem a “Saúde da Família”, foram orientadas pela coordenação de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, a reforçar as ações de educação em saúde com foco na sífilis congênita, na importância do pré-natal e da prática de sexo seguro. O trabalho também foi feito inclusive no âmbito do Programa Saúde na Escola (PSE), voltado para a orientação de adolescentes e jovens.

Atendimento normal na rede durante paralisação de médicos do SUS

quarta-feira, outubro 26th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que o atendimento nas unidades da rede municipal transcorreu normalmente, na terça-feira (25), data em que aconteceu o movimento nacional de paralisação dos médicos do SUS. O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, acrescenta que a política de valorização dos servidores municipais, adotada pela atual administração, tem assegurado avanços e resultados importantes no setor.

Os servidores da Saúdeinclusive os médicos – tiveram reajuste salarial nos últimos três anos de administração do prefeito Amazonino Mendes. No acumulado deste período (2009, 2010 e 2011), alcançaram 17% de reposição salarial, frisa Deodato.

Francisco Deodato anuncia que a Prefeitura está se preparando para lançar, ainda este ano, um concurso público destinado a reforçar os quadros da rede municipal de saúde, inclusive o número de profissionais médicos. De acordo com o secretário Francisco Deodato, a Semsa já está finalizando os estudos sobre as necessidades da rede, para definir o número de vagas que serão abertas pelo concurso, conforme esse levantamento e a capacidade orçamentária do Município.

A Prefeitura está executando um amplo Programa de Reestruturação da Rede Municipal de Saúde, que vem permitindo recuperar e até reconstruir unidades, como forma de garantir não apenas condições mais dignas de atendimento à população mas, também, assegurar melhores condições de trabalho aos profissionais da saúde.

De 2009 (primeiro ano da atual administração) para cá, já foram inauguradas 58 obras na rede municipal de saúde – entre reformas e construções –, resultado de investimentos da ordem de R$ 16.616.014,41. Atualmente, 25 obras estão em fase de conclusão e outras 15 estão em andamento. A principal mudança, em termos de infraestrutura, está acontecendo no âmbito da Estratégia Saúde da Família, com a substituição das antigas “Casinhas de Saúde”, de apenas 32m², por unidade de 130m², mais bem equipadas e em condições de oferecer mais serviços à população e espaço mais adequado para o trabalho das equipes de saúde. Vinte Unidades Básicas de Saúde da Família, neste novo padrão, já estão funcionando.

Semsa convoca pais para realizarem troca do Cartão de Vacina

terça-feira, outubro 25th, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está orientando os pais ou responsáveis por crianças menores de dois anos a comparecerem à unidade de saúde da rede pública, onde o bebê já é acompanhado, para realizar a troca do Cartão de Vacina pela Caderneta de Saúde da Criança. A troca do cartão pela caderneta poderá ser feita no período de 7 a 25 de novembro, informa o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato.

A caderneta é um documento mais completo que, além de registrar o histórico vacinal da criança, traz uma série de informações importantes sobre temas como crescimento, desenvolvimento, aleitamento materno, alimentação complementar e a triagem neonatal (testes do olhinho, do pezinho e da orelhinha). As informações abrangem o período que vai desde o nascimento até os 10 anos de idade. A caderneta tem duas versões: para menino e para menina.

Desde 2010, a Prefeitura não recebia do Ministério da Saúde as Cadernetas da Criança, por isso os bebês atendidos na rede pública desde então vinham recebendo apenas o Cartão de Vacina. Agora que as remessas da caderneta foram regularizadas, será feita a substituição dos cartões.

As crianças menores de dois anos inscritas no Programa de Nutrição Infantil “Leite do Meu Filho” devem fazer a troca do cartão na unidade de saúde onde fazem o acompanhamento para cumprir as condicionalidades do programa.

Rita Uchôa, do Setor de Saúde da Criança e do Adolescente da Semsa, explica que, ao receber a Caderneta da Criança, as mães devolverão à unidade o cartão de vacina antigo. “As anotações do cartão relativas às doses de vacina tomadas pela criança, bem como seu peso e altura, serão transcritas para a Caderneta”, explicou.

Sífilis Congênita é tema fórum promovido pela Semsa, nesta terça

terça-feira, outubro 25th, 2011

A Prefeitura de Manaus promove, nesta terça-feira (25), o I Fórum Municipal de Prevenção da Transmissão Vertical da Sífilis e do HIV. O evento, que acontece das 9h às 17h, no auditório da Fundação Hemoam, marca o encerramento da programação especial realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), alusiva ao Dia Nacional de Combate à Sífilis, 21 de outubro.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, durante o fórum será apresentado um panorama da sífilis e do HIV em crianças na Região Norte e abordados temas como “Atendimento à Gestante com Sífilis e HIV, na Atenção Básica”; “Manejo Clínico do Recém-Nascido com Sífilis Congênita” e “Metas de Manaus para o Controle da Sífilis e do HIV em Crianças”.

A sífilis congênita (transmitida de mãe para filho) foi o tema central de uma série de ações educativas realizadas na rede municipal de saúde, na última semana. Deodato explica que o objetivo da programação, organizada pela coordenação de DST/Aids e Hepatites Virais da Semsa e desenvolvida por todos os distritos de saúde, foi reforçar a informação de que a doença, ainda com elevada prevalência no País, pode ser prevenida se a gestante for corretamente diagnosticada e adequadamente tratada, evitando que ocorra a transmissão para o bebê, por meio da placenta. Todas as unidades foram orientadas a reforçar as ações de educação em saúde com foco na sífilis congênita, na importância do pré-natal e da prática de sexo seguro. O trabalho de conscientização foi feito inclusive no âmbito do Programa Saúde na Escola (PSE), que alcança adolescentes e jovens.

A transmissão vertical (de mãe para filho) da Sífilis pode ocorrer em qualquer fase da gestação, com consequências que podem ir da má formação do feto, aborto e, até mesmo, à morte do recém-nascido. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis, nas gestantes com sífilis recente não tratada, a taxa de transmissão vertical varia de 70% a 100% e, na tardia, de 30% a 40%. “O exame para o diagnóstico e o tratamento estão disponíveis na rede pública. O exame para sífilis é um direito da mulher no pré-natal e no parto”, frisou Francisco Deodato.

Na sexta-feira (21), cada Distrito de Saúde programou visitas de abordagem preventiva às maternidades da rede estadual e municipal, com a finalidade de reforçar as orientações aos profissionais de saúde e pacientes sobre a prevenção da sífilis congênita.

Semsa apoia Conferência de Políticas Públicas e Direitos LGBT

sexta-feira, outubro 21st, 2011

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio da Equipe Técnica Municipal de DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, vai apoiar a II Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, com a disponibilização de preservativos para Comissão de Mobilização e Divulgação da  conferência. O evento acontecerá de 25 a 27 de outubro, no Auditório DDPM da Semed, localizado na Rua Maceió, 2000, Parque Dez de Novembro.

Clique aqui para ver a programação.

Semsa divulga funcionamento dos serviços de Saúde no feriado

sexta-feira, outubro 21st, 2011

A Prefeitura de Manaus informa que as unidades de urgência e emergência da rede municipal de saúde – a Maternidade Moura Tapajóz e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) – manterão plantão de 24 horas para atender a população no feriado municipal da próxima segunda-feira (24), quando se comemora o aniversário da cidade.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, informa que as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Policlínicas, que fazem o atendimento ambulatorial, não estarão funcionando neste dia. O atendimento volta ao normal na terça-feira (25).

As três unidades do Programa Farmácia Gratuita, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), instaladas nos terminais de ônibus da Cidade Nova (T3), na zona Norte; Jorge Teixeira (T4) e do São José (T5), ambos na zona Leste, também não estarão funcionando durante o feriado, retomando o atendimento na terça-feira, às 8h.

Francisco Deodato frisou que, durante o feriado, o SOS Vida cumprirá a agenda previamente marcada de remoção de pacientes para realização de alguns procedimentos, como é o caso de hemodiálise.