Nossa História

Nossa história

Em 21 de outubro de 1970, visando prestar melhores serviços à comunidade manauara, a Administração Municipal, por meio da Lei nº 1.094, estabeleceu diretrizes para a reforma administrativa, onde à secretaria de desenvolvimento, a antiga SEDECO, caberia desenvolver ações no campo da saúde, de caráter preventivo em geral e de vigilância epidemiológica.

No entanto, o aumento do contingente populacional exigiu do poder público a adequação das estruturas prestadoras de serviços para alcançar os objetivos a que se propunha, razão pela qual, em 20 de novembro de 1975, através da lei nº 1240, foi criada a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), órgão do primeiro escalão da Administração Municipal.

Havia, na estrutura de criação, a Divisão de Saúde Pública com atividades específicas, inclusive de fiscalização sanitária e a Direção de Socorro de Urgência, em nível de prestação de serviços.

Dada a amplitude de ações da Semsa, tornava-se praticamente restrito o campo de suas atividades, e, uma vez reconhecida esta dificuldade, foi estabelecida pelo Decreto nº 1686 de 17 de dezembro de 1979, uma nova estrutura organizacional, que permitia maior flexibilidade à Semsa no âmbito de suas ações.

Compunham o segundo nível – o de prestação de serviços – três divisões distintas: de Saúde Pública; de Vigilância Sanitária, que absorveu a fiscalização sanitária; e a Divisão Médico Hospitalar, extinguindo a de Socorro de Urgência, assegurando, desta forma, continuidade no desenvolvimento das atividades de coordenação, execução, acompanhamento, controle e avaliação.

Em 1973, foram iniciados os trabalhos da Profilaxia da Raiva, no estado, com realização de vacinação humana e a vacinação canina; em 1979, foi implantada a seção de Controle de Zoonoses. De 1975 a 1978, a Fiscalização Sanitária desenvolveu campanhas, efetuando classificação das condições sanitárias das casas de pasto e de gêneros alimentícios, residências e escolas; realizando implantações de serviços com finalidades educativas e preventivas.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) tem como fundamental objetivo formular, regulamentar e coordenar a política municipal de saúde. Estando também sob sua responsabilidade as seguintes atividades:

– assessorar e apoiar a organização dos sistemas locais de saúde, acompanhando e avaliando a situação da saúde e da prestação de serviços;

– desenvolver políticas voltadas à saúde, de modo que atenda às necessidades da população;

– prestar serviços de saúde através de unidades especializadas de vigilância sanitária e epidemiológica.

Para garantir a prestação de serviços de promoção, proteção e recuperação da saúde da população, a Prefeitura de Manaus conta com mais de 11.000 servidores lotados na Secretaria Municipal de Saúde.

Hoje, a estrutura da Semsa conta com 283 pontos de atenção nas zonas urbana, rural e ribeirinha, que incluem 3 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), 1 centro especializado de reabilitação, 10 Unidades de Saúde de horário ampliado, o S.O.S Vida, com 11 ambulâncias e 21 vans, sendo 5 para cadeirantes, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, 8 Policlínicas, 4 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), 6 Laboratórios, Farmácias Gratuitas, entre outros.

É Missão institucional da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): “Gerir o sistema municipal de saúde, observando os princípios e diretrizes do SUS, desenvolvendo, com qualidade e efetividade, ações de vigilância e atenção à saúde da população no município de Manaus”.

É Visão da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa): “Tornar-se instituição de excelência na vigilância e atenção à saúde, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da população, até o ano de 2023”.

São Valores da Secretaria Municipal de Saúde: Ética, Compromisso, Inovação, Transparência e Humanização.