15/05/18 | 15:42
Trinta casos confirmados de sarampo em Manaus

Manaus permanece com 30 casos confirmados de sarampo até o momento. O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 15/5, pela Prefeitura de Manaus, com o 10º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo, que apontou 457 casos suspeitos da doença. O número representa 62 notificações a mais do que o registrado no 9º Informe, liberado pela Sala de Situação de Vigilância em Saúde no dia 8 de maio.

Manaus 01.04.18 – Prefeitura intensifica vacinação contra o sarampo. Foto: Lucas Silva/Semcom

Entre os casos notificados, além dos 30 confirmados, 47 estão descartados e 380 continuam sob investigação. De acordo com o novo informe, a faixa etária mais atingida ainda é a de crianças de até cinco anos de idade, compondo 73,34% dos casos confirmados e 59,53% dos suspeitos.

“O maior número de crianças no registro de notificações dos casos de sarampo é um padrão que vem se mantendo desde o início do surto da doença em Manaus. Por isso, os serviços de saúde realizaram diversas ações de prevenção priorizando esse público específico, incluindo a campanha de vacinação contra o sarampo que já beneficiou 132.431 crianças”, informa o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

O novo informe mostrou ainda que 19 dos casos confirmados foram notificados na zona Norte, além de sete na zona Sul, três na zona Leste e um na zona Rural. Em relação aos casos suspeitos, a zona Norte também registra o maior número de notificações com 41,79% dos casos, seguida da zona Sul (23,19%), zona Leste (17,94%), zona Oeste (16,19%) e zona Rural (0,88%).

A vacinação contra o sarampo continua a ser reforçada em todas as 183 salas de vacina da rede pública de Saúde. A vacina tríplice viral imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, e é contraindicada para pessoas com alergia grave ao ovo de galinha, alergia à proteína do leite de vaca e crianças que estejam em tratamento com medicamento imunossupressor. Esses casos devem ser avaliados por um profissional de saúde.

O Informativo Epidemiológico do Monitoramento de Casos Suspeitos de Sarampo em Manaus é divulgado toda terça-feira pela Sala de Situação de Vigilância em Saúde, composta por representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

 

TextoEurivânia Galúcio/Semsa

Foto: Lucas Silva/Arquivo Semcom

Disponível em: https://flic.kr/p/25Dx3B5