Notícias

Dez unidades de saúde da Prefeitura de Manaus e dois shoppings terão vacinação contra a Covid-19 neste sábado, 21/1

Dez unidades de saúde da Prefeitura de Manaus e os shoppings Manaus Via Norte e Sumaúma Park, ambos na zona Norte, funcionarão como pontos de vacinação contra a Covid-19, neste sábado, 21/1. As unidades básicas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que abrem tradicionalmente aos sábados, irão atender crianças, adolescentes, adultos e idosos, das 8h às 12h, e os dois shoppings atenderão exclusivamente pessoas a partir de 18 anos, das 13h às 19h.

 

 

 

 

A vacinação em pontos alternativos às sextas-feiras e sábados vem sendo realizada desde a semana passada, por meio de parceria firmada entre a Prefeitura de Manaus e o governo do Amazonas, como forma de incentivo e facilitação de acesso da população aos imunizantes. A ação teve início com a oferta de vacina em seis supermercados da capital.

 

O subsecretário municipal de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, informa que as dez unidades de saúde estarão atendendo o público de 12 anos ou mais, para vacinação de primeira e segunda dose e para aplicação das doses de reforço, conforme protocolos do Ministério da Saúde.

 

Nesses locais também podem ser vacinadas as crianças de 3 anos a 11 anos que ainda não tomaram nenhuma dose de vacina ou que receberam a primeira dose de CoronaVac e precisam completar o esquema primário.

 

As crianças de 6 meses a menores de 3 anos (2 anos, 11 meses e 29 dias) seguem com o atendimento centralizado em quatro unidades específicas, onde está sendo aplicada a vacina Pfizer Baby (tampa cor de vinho) – USF Áugias Gadelha, na zona Norte; USF Alfredo Campos, na zona Leste; USF Deodato de Miranda Leão, na zona Oeste; e USF José Rayol dos Santos, na zona Sul.

 

Djalma destaca que o município continua sem a vacina Pfizer pediátrica. “Estamos aguardando a regularização do abastecimento por parte do Ministério da Saúde e, enquanto isso, orientamos os pais com filhos de 5 a 11 anos, pendentes da segunda dose, a não buscarem no momento as unidades de saúde. Assim que as doses chegarem, faremos o comunicado à população”.

 

O subsecretário esclarece que a falta da segunda dose das crianças de 5 a 11 anos enquanto o município estiver desabastecido não impede a emissão da Declaração do Cartão de Vacinação Atualizado, exigido para matrícula nas escolas da rede pública.

 

“Mesmo que o esquema vacinal contra a Covid não esteja completo, os pais devem ir à uma UBS e solicitar o documento. Caso necessário, a criança vai receber a vacina do calendário infantil que, porventura, esteja em atraso e a declaração será emitida”.

 

Públicos

De acordo com as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI), o público geral a partir de 18 anos de idade pode receber da primeira até a quarta dose contra a Covid (segundo reforço) e os que têm alto grau de imunossupressão podem tomar, também, a quinta dose.

 

Os adolescentes de 12 a 17 anos e as crianças de 5 a 11 anos podem receber uma dose de reforço (3ª dose), sendo que os imunossuprimidos com 12 anos ou mais estão autorizados a receber até a segunda dose de reforço (4ª dose).

 

Já as crianças de 6 meses a 4 anos recebem apenas as doses do esquema vacinal primário (duas doses, no caso da CoronaVac, autorizada para o público a partir de 3 anos; ou três doses, no caso da Pfizer Baby, destinada ao público de 6 meses a 4 anos).

 

Para a vacinação de todos os grupos etários é exigido documento de identificação com foto (ou certidão de nascimento no caso das crianças menores); CPF ou Cartão nacional de Saúde (CNS); e a carteira ou a caderneta infantil de vacinação.

 

Pontos extras

Os dois pontos de vacinação em funcionamento nos shoppings neste sábado estão sendo operacionalizados em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e Fundação de Vigilância em Saúde Doutora Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). Nos dois locais estarão disponíveis todas as doses previstas pelo Ministério da Saúde para o público adulto.

 

As informações relativas à vacinação, como orientações quanto às doses e públicos contemplados, podem ser verificadas no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) e nas redes sociais oficiais (@semamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook).

 

O subsecretário Djalma Coelho reforça, mais uma vez, a necessidade de altas coberturas vacinais para proteger a população da Covid-19. “Infelizmente a pandemia ainda não acabou e, embora estejamos vivendo momentos mais tranquilos do ponto de vista epidemiológico, não é hora de relaxar quanto às medidas de proteção contra o vírus, e a vacina é a maior delas”.

 

Unidades Básicas – 8h às 12h

 

Zona Norte

– Clínica da Família Carmen Nicolau – Rua Santa Tereza D’Ávila, s/nº, Lago Azul

– USF Áugias Gadelha – Rua 15, s/nº, Cidade Nova I (a partir de seis meses de idade)

– USF Balbina Mestrinho – Rua Major Silvério J. Nery, nº 170, núcleo 3, Cidade Nova

– USF Maj PM Sálvio Belota – Rua Samambaia, nº 786, Santa Etelvina

 

Zona Sul

– USF Doutor José Rayol dos Santos – Avenida Constantino Nery, s/nº, Flores (a partir de seis meses de idade)

 

Zona Leste

– USF Alfredo Campos – Alameda Cosme Ferreira, s/nº, Zumbi (a partir de seis meses de idade)

– USF Amazonas Palhano – Rua Antônio Matias, s/nº, São José Operário

– USF Leonor Brilhante – Avenida Autaz Mirim, s/nº, Tancredo Neves

 

Zona Oeste

– USF Deodato de Miranda Leão – Avenida Presidente Dutra, s/nº, Glória (a partir de seis meses de idade);

– USF Leonor de Freitas – Avenida Brasil, s/nº, Compensa I

 

Pontos alternativos – 13h às 19h

 

Zona Norte

– Shopping Manaus Via Norte – Avenida Arquiteto José Henrique Bento Rodrigues, 3.760, Monte das Oliveiras

– Sumaúma Park Shopping – Avenida Noel Nutels, 1.762, Cidade Nova

 

 

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

Notícias relacionadas