Notícias

‘É inadmissível’, diz secretário de Saúde sobre assalto em base do Samu

A Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192 Manaus) localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte, foi assaltada na madrugada desta terça-feira, 24/3. “É inadmissível isso acontecer no momento que estamos enfrentando o novo coronavírus”, disse o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, solicitando reforço dos órgãos de segurança pública. Ele esteve no local para tomar as demais providências e para acalmar os servidores.

 

 

Quatro indivíduos, um portando arma de fogo e outro uma faca, invadiram o local entre 2h30 e 3h, quando uma ambulância estava de saída para atender um chamado. Em aproximadamente 20 minutos, eles agrediram o agente de portaria, renderam os profissionais que estavam na sala de conforto médico e levaram objetos pessoais, como celulares, dinheiro e o carro de um dos médicos, que ainda na madrugada foi recuperado pela Polícia Militar ainda na madrugada.

 

“Estamos presentes para dar apoio e avaliar medidas que possam melhorar a segurança da unidade. Já tivemos aqui a presença da polícia e ficaram de reforçar a ronda. Isso é inaceitável e dificulta a ação das forças de saúde que precisam estar atuantes durante essa crise”, finalizou Marcelo Magaldi.

Notícias relacionadas