Notícias

Estabelecimento no Centro é autuado pela prefeitura por má conservação de alimentos

A Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), da Prefeitura de Manaus, realizou nesta quarta-feira, 6/10, uma operação de fiscalização na câmara fria de um estabelecimento comercial no Centro, que resultou na autuação da empresa e no descarte de aproximadamente 600 quilos de carne de frango, por irregularidades na conservação e na certificação de origem dos produtos.

 

 

 

 

A fiscalização, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) ocorreu pela manhã, tendo o apoio de policiais da Delegacia do Consumidor (Decon), da Polícia Civil do Amazonas. No local, foram encontrados aproximadamente 350 quilos de carne de frango armazenados em condições inadequadas e sem refrigeração. Outros 250 quilos de miúdos de frango, sem o Selo de Inspeção Federal (SIF) e sem indicação de origem, também foram encontrados. A certificação deve estar presente em todos os alimentos como garantia da origem e da qualidade para o consumo humano.

 

Todos os produtos foram recolhidos pelos fiscais, e serão destinados ao Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), na zona Oeste, por servirem para o consumo animal.

 

Devido às irregularidades constatadas na estrutura da câmara fria para o armazenamento e manuseio dos alimentos, outras duas toneladas de produtos – principalmente carne de frango, além de batata congelada e carne bovina –, foram apreendidos em depósito.

 

Conforme o fiscal Fabrício Barros, da Gerência de Vigilância de Produtos (GVPro), o estabelecimento foi autuado e poderá receber uma multa entre uma e 400 Unidades Fiscais do Município (UFM), cujo valor unitário atual é de R$ 114,61.

 

“O estabelecimento irá responder a Processo Administrativo Sanitário e terá um prazo de três dias para defesa, tempo no qual deverá regularizar sua situação. Se, para efetivar essa regularização, forem necessárias obras no local, o estabelecimento poderá pedir um prazo maior”, explica o fiscal.

 

O diretor da Visa Manaus, Ewerton Wanderley, ressaltou a importância da população estar atenta às certificações de origem e qualidade dos alimentos, bem como às condições de higiene dos locais onde realiza suas compras.

 

“A Vigilância Sanitária Municipal realiza fiscalizações como a de hoje regularmente, mas é fundamental que os cidadãos não se descuidem de zelar pela qualidade dos produtos que levam para casa. As certificações dos órgãos oficiais, como a SIF, são ferramentas essenciais nesse processo. Verifique, sempre, a presença desses selos, a data de validade do produto, e também o estado dos locais onde eles estão acondicionados, para não pôr sua saúde em risco”, alerta.

 

A população de Manaus pode denunciar irregularidades sanitárias relativas a produtos e serviços por meio da Ouvidoria da Visa Manaus, pelo número (92) 98842-8481, ou pelo e-mail visamanaus.ouvidoria@gmail.com.

 

 

Texto – Renildo Rodrigues / Semsa

Foto – Divulgação / Visa Manaus

Notícias relacionadas