Notícias

Ouvidoria municipal do SUS participa de sistema nacional para qualificação dos atendimentos

A Ouvidoria Municipal do Sistema Único de Saúde (SUS), da Prefeitura de Manaus, está em processo de adesão ao projeto “Implantação do Sistema Nacional de Acreditação Institucional de Ouvidorias do SUS”, uma parceria entre o Departamento de Ciências Sociais (DCS), da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), da Fundação Oswaldo Cruz, e o Ministério da Saúde, por meio da Ouvidoria Geral do SUS.

 

 

Ouvidoria municipal do SUS participa de sistema nacional para qualificação dos atendimentos

 

 

Em reunião virtual realizada na manhã desta sexta-feira, 16/7, o representante da Ouvidoria da Agência Nacional de Acreditação Institucional de Ouvidoria do SUS, Fernando Manuel Bessa Fernandes, que atua na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), abordou sobre as etapas que envolvem o processo de adesão ao sistema de acreditação nacional, que tem por objetivo qualificar o atendimento a partir de um constante processo de autoavaliação dos trabalhos desenvolvidos.

 

Para a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, a adesão da ouvidoria da Semsa ao novo sistema é fundamental para melhorar a gestão da saúde municipal. “A adesão da ouvidoria à acreditação, que analisa e certifica os atendimentos das ouvidorias seguindo padrões e indicadores do nível de prestação do serviço, será muito boa para melhorar ainda mais nosso atendimento ao usuário. É uma proposta que atende às determinações do prefeito David Almeida, que preza muito pela qualidade na saúde pública municipal”, reforçou.

 

A ouvidora municipal do SUS, Maísa Rocha, destaca que a adesão ao sistema nacional de acreditação representa um importante avanço para a ouvidoria, que é um canal fundamental para esclarecimento de dúvidas, recepção de reclamações e disseminação de orientações à população. “Este é um compromisso muito importante que estamos assumindo e vai resultar no fortalecimento da credibilidade na gestão da saúde do município. É um processo que vai possibilitar que o nosso usuário perceba o quanto sua participação é importante para o gerenciamento da saúde municipal, não só por meio de críticas, mas com sugestões para a melhoria dos serviços”, pontua.

 

Etapas

A pauta da reunião desta sexta-feira abordou o contexto, objeto, objetivos e os papéis de cada integrante envolvido no processo de acreditação. As etapas desse processo compreendem a leitura sobre as publicações que abordam o tema,  a criação de uma equipe de gestão da qualidade autorregulatória e autônoma, reuniões para realizar a autoavaliação, que tem a proposta de olhar para a ouvidoria do SUS tanto de dentro para fora, quanto de fora para dentro, identificando potenciais, desafios, aspectos que podem ser aprimorados, enfocando ações individuais, coletivas e de parcerias e por último, a elaboração de um relatório de autoavaliação da ouvidoria destacando o fluxo de trabalho.

 

A equipe da Ouvidoria Municipal do SUS da Semsa Manaus, formada por Maísa Rocha, Carla Fernanda Gonçalves, Fagner Ribeiro, Marcia Luana Alves, Iana Porto, Robson Christiano Campelo e Jean Carlos Miranda, discutiu o conceito de acreditação, que é o compromisso da busca constante pelo caminho de qualidade do trabalho da ouvidoria e a autoavaliação com referência nos indicadores do sistema institucional de ouvidoria do SUS.

 

“Esse é um processo em que todos ganham. A gestão fica fortalecida a partir da qualificação da equipe e isso reflete na administração. Ao mesmo tempo, o usuário tem a possibilidade de perceber a importância do SUS. Tudo isso é possível a partir do processo de autoavaliação”, assinala Maísa Rocha.

 

 

Texto – Tânia Brandão/Semsa

Fotos – Divulgação/Semsa

Notícias relacionadas