Notícias

Profissionais de saúde da Prefeitura de Manaus recebem treinamento sobre inserção de DIU

A maternidade Doutor Moura Tapajóz (MMT), da Prefeitura de Manaus, deu início nesta quinta-feira, 7/10, ao treinamento teórico e prático de inserção ambulatorial de Dispositivo Intrauterino (DIU) para duas profissionais médicas e três médicas residentes, que vão compor a equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) Desembargador Fábio do Couto Valle (Previsão de inauguração no final de outubro), na avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

 

 

 

 

O treinamento será ministrado pelos médicos obstetras Cristiane Pacheco (parte teórica) e Pablo Túlio Cavalcante Costa (parte prática). “Esse novo modelo de UBS de porte 4, que será inaugurado pelo prefeito David Almeida, prevê atendimento humanizado e uma carta ampliada de serviços, que inclui a inserção ambulatorial do DIU. Ficamos muito felizes de, como unidade de referência para esse procedimento, podermos colaborar nessa nova empreitada, que será modelo para as demais unidades a partir de agora”, destacou a diretora da maternidade, enfermeira obstetra Núbia Cruz.

 

O DIU é o contraceptivo reversível disponível mais eficaz do mercado, com taxa de eficiência de 99,3%, e com durabilidade de até 10 anos. O dispositivo é uma pequena peça de plástico recoberta com cobre que é colocada dentro do útero e dificulta a chegada dos espermatozoides às trompas, onde ocorre a fecundação (união do óvulo e espermatozoide).

 

Segundo dados do Ministério da Saúde (MS), no Brasil, somente 1,9% das mulheres em idade fértil usam o DIU de cobre para evitar a gravidez. Mundialmente, no entanto, a tendência é outra, e o DIU de cobre se sobressai como o método anticoncepcional reversível mais utilizado. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), são cerca de 170 milhões de usuárias, ultrapassando a pílula anticoncepcional, que tem cerca de 110 milhões de adeptos.

 

 

Texto – Marcella Normando / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

Notícias relacionadas