Ações

Controle da Dengue

 

Área responsável

Núcleo de Controle da Dengue

Contato: 3654-5863

Objetivos

Coordenar, supervisionar e avaliar as ações do Programa Municipal de Controle do Aedes.

Doença e tratamento

O que é dengue?

A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Como se pega?

A principal forma de transmissão é pela picada das fêmeas dos mosquitos Aedes aegypti. Há alguns registros de transmissão vertical (gestante – bebê) e por transfusão de sangue, no entanto não é comum.  Existem quatro tipos diferentes de vírus do dengue: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.

O que você pode sentir?

A infecção por dengue pode ser assintomática, leve ou causar doença grave, levando à morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele.

Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Na fase febril inicial da doença pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, sangramento de mucosas, entre outros sintomas.

O que fazer se estiver com os sintomas?

Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde.

Tratamento

Com o surgimento dos sintomas, é importante procurar um serviço de saúde mais próximo, fazer repouso e ingerir bastante líquido. Importante não tomar medicamentos por conta própria

Serviços

A Semsa promove visita domiciliar dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde nos bairros com alta vulnerabilidade, com ações de eliminação, inutilização e tratamento de criadouros e possíveis criadouros de mosquitos; inspeções quinzenais em locais com grande quantidade de depósitos que possam se tornar criadouros de mosquitos, como oficinas, borracharias, ferro velho, recicladoras de material não biodegradável, recicladoras de pneus, cemitérios e etc.

Também atua na orientação à população através de campanha nas mídias sociais, e por meio das visitas dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde com a implantação do checklist 10 Minutos Contra o Aedes, visando à vigilância e profilaxia de depósitos de armazenamento de água e limpeza do meio ambiente residencial, profissional e social da população.

Como denunciar?

O cidadão liga para o Disque-saúde e faz a denúncia de locais que possam conter focos ou possíveis focos de mosquitos. Recebe um número de protocolo através do qual acompanha a situação do local denunciado.

Disque-saúde: 0800 280 8 280

Que informações o usuário precisa ter em mãos?

Endereço completo (com ponto de referência) do local denunciado, e se possível o nome do proprietário.